Logo APMT
Logo APMT

Notícias

Além das fronteiras: tema da Campanha Anual da APMT 2024

2024-01-05T03:00:00.000Z

Além das fronteiras: tema da Campanha Anual da APMT para 2024

Baseado em 2 Co 10.16a , visa ao encorajamento das igrejas e congregações, pastores e presbíteros, demais líderes e membros, a realizarem ações efetivas em prol de missões transculturais.

Nos últimos meses, tenho pensado muito no que a APMT realizou, como instituição, desde sua fundação até hoje. Na mesma toada, penso no futuro, em tudo que nos temos proposto a fazer, enquanto Agência Missionária Denominacional, e na magnitude dos desafios mundiais que batem à nossa porta.  Agora em 2024, caso tivéssemos os recursos humanos disponíveis, poderíamos atender convites de lideranças eclesiais de aproximadamente 50 países para envio de missionários.

Ao mesmo tempo em que esse quadro nos dá uma sensação de credibilidade como uma agência sul-americana, vem um aperto no coração por não termos essa "mão de obra" disponível. Apenas para ficar bem claro, se HOJE, a APMT tivesse 50 casais prontos para o campo, com a teologia, missiologia e demais formações, nós poderíamos enviá-los imediatamente.

Afinal, o que podemos fazer ante a esse desafio “além fronteiras”? Não apenas a APMT, mas a IPB enquanto denominação, cada igreja local, cada congregação, cada membro, cada sociedade interna, cada presbitério, cada sínodo, cada seminário e instituto bíblico... Os campos estão lá, clamando pelos ceifeiros. O Senhor da Seara continua chamando seus servos. O que nós não estamos vendo? O que está faltando? Compete a nós discernir e obedecer.

Nossos seminários e institutos bíblicos, presbiterianos, estão repletos de alunos, os presbitérios estão cheios... há presbitérios que possuem o dobro e até o triplo de pastores em relação ao número de igrejas e congregações. As igrejas estão repletas de pessoas que continuamente oram pedindo que o Senhor lhes mostre a vontade dele para suas vidas. A resposta, contudo, já foi dada! Está registrada com todas as letras! “Vão! Façam discípulos! Batizem-nos! Preguem o Evangelho do Reino a todos! Indiscriminadamente! Atravessem a rua, atravessem o oceano, atravessem os ares! Vão! Digam que dei minha vida por eles! Digam que meu sangue carmesim escorreu pelo meu corpo enquanto eu jazia crucificado. Digam que esse sangue limpo, puro, imaculado foi suficiente para pagar a conta! Não há mais dívida! Não há mais grilhões! Não há prisão! Digam-lhes que o Pai aceitou o meu sacrifício e que tudo o que Ele quer agora é o coração daquele que sinceramente crer e se render em definitivo.”

Ponderando, então, nessas coisas, e grato por tudo que temos recebido das bondosas mãos de Deus, convido você a clamar comigo, pedindo ao Senhor que nos levante, nos movimente, que Seu Espírito Santo invada nossa alma e lance fora todo o medo e toda a estagnação.

Convido você a divulgar a Campanha 2024 da APMT em todos os departamentos e sociedades da sua igreja! O versículo-chave é 2 Coríntios 10.16a - “a fim de anunciar o evangelho para além das vossas fronteiras…”

Os tempos estão cabulosos, o mundo urge! Ore comigo: “Senhor, aqui estou. O que queres de mim? Que se cumpra em mim a Tua vontade e que Teu glorioso nome seja ADORADO em todos os rincões deste planeta maravilhoso que o Senhor nos deu.”

Pelos, ainda, não alcançados,

Rev. Marcos Agripino
Executivo Administrativo da APMT

Formatura 17ª turma do CFM São Paulo 2023

2023-12-04T03:00:00.000Z

O momento em que os nomes dos formandos são chamados, na cerimônia de Formatura do CFM,  gera em meu coração um misto de emoções. Primeiro de regozijo, pela constatação de que aqueles irmãos, futuros missionários e missionárias, concluíram uma importante etapa de sua formação pré-campo. Por outro lado, vem uma sensação de “perda”, de melancolia, pois sei que pessoas com quem convivi amiúde por um ano, ou até mais, não estarão mais lá, naquela sala de aula, quando o primeiro módulo do ano seguinte começar.

Dentre esses relacionamentos, alguns se transformam em amizade genuína, e isso é motivo de gratidão a Deus. Mesmo que uma relação mais próxima não se desenvolva com todos, é nítido perceber os dons e talentos de cada um, e como serão fundamentais no campo missionário.

Em 24 de novembro de 2023, um grupo de 25 pessoas se formou. Dentre elas, algumas já têm seu campo/ministério definido: Itália, Quilombolas/Brasil, Guiné-Bissau, Indígenas Kulina/Brasil, Paquistão, Iraque, Cuidado Missionário, Angola, Uruguai, Índia, França e Ruanda. Vislumbrando uma turma como essa, é como se todo o cansaço, as horas de trabalho, as centenas de e-mails, as consultas à plataforma, as reuniões, os contatos com os professores, as horas passadas em sala de aula, as demandas infindas do Estágio Transcultural e todas as demais ações anuais do CFM nem tivessem acontecido.

Estes foram os formandos:

1. Arquimedes Marques Oliveira
2. Edivaldo Gomes da Silva Filho
3. Daniela Soares Gonzales Faria
4. Elisabete Regos Neves
5. Enilda Marta Carneiro de Lima Mello
6. Isabelle da Silva Souza
7. Ivanda Maria Borges
8. Juliana Charret de Barros Prates
9. Lucas Rodrigues de Castro
10. Lucilane Goncalves Araújo
11. Luiz Henrique Portela Faria
12. Marcelle Freitas da Silva
13. Paulo Eduardo Gonçalves
14. Regiane da Silva Cunha
15. Renato Souza Prates
16. Roberto Mouzinho Ferreira
17. Roney Berg Costa Silva
18. Sarah Fabris Dias
19. Shirlei Aparecida Campos
20. Valdez de Sousa Castilho Junior
21. Valéria Cortes Marques Silva
22. Vanessa Caroline Borges de Castro
23. Vanessa da Silva Chagas dos Santos
24. Vanja Lucélia Waldhelm Mouzinho Ferreira
25. Walter Pereira de Mello

Minha oração é: “Senhor, que a cada dia seus corações estejam mais perto de Ti, que sejam servos obedientes, que sejam revestidos de sabedoria e discernimento, e que sejam fiéis testemunhas de Teu Evangelho onde estiverem, trazendo glória ao Teu nome e expansão ao Teu Reino. Em nome de Jesus, amém.”

Profª Mônica de Barros Barreto Guimarães de Mesquita - Coordenação

Viagem para Albânia - Projeto “Saúde Alegre para os Balcãs”

2023-11-16T03:00:00.000Z

Venha participar do projeto “Saúde Alegre para os Balcãs” – Albânia.

Albânia é um pequeno país, nos Balcãs pertencente ao Leste Europeu, sua capital é Tirana, o idioma é o albanês e está entre os 20 menores e mais pobres países da Europa. A população é dividida em 60% de muçulmanos e 10% de Católicos Romanos.

Em outubro participamos pela segunda vez deste projeto liderado pelo competente pastor Benilton, sua esposa Nancy e irmãos albaneses.

A cada dois anos se forma uma equipe de brasileiros, todos voluntários, que por duas semanas, trabalham em várias cidades atendendo a população carente e também os irmãos das Igrejas.

Os voluntários são todos convictos deste chamado de curto prazo em campos missionários e participam: enfermeiras, recepcionistas, gente “Bombril”, tradutores (português-albanês), pastores, missionários, aposentados, curiosos, aventureiros, protéticos, dentistas e médicos. A união da equipe tem como finalidade colaborar e enraizar o Reino de Deus no campo missionário da Albânia.

Os membros da equipe em números de 23 pessoas vieram dos “quadros cantos do mundo” como Afeganistão, Áustria, Portugal, Austrália, Itália, S. José do Rio Preto –SP, Limeira / SP, Vilhena e Ji-Paraná/RO.

Onde existir, na Albânia, uma igreja evangélica sendo implantada, haverá uma animada e responsável equipe atuando incansavelmente.

Diariamente as experiências no campo missionário transcultural nos trazem momentos inesquecíveis e um deles foi a inauguração da Igreja Presbiteriana em Tirana, através do Pastor Benilton e nossa amada APMT (Agência Presbiteriana de Missões Transculturais).

Na inauguração o cultuar de adoradores de todas as nações naquele local reservado para culto e a Glorificação do nosso Deus, foi e será inesquecível para todos nós “... e a Glória de Deus tomou aquele lugar”, após o culto inaugural, serviram o coquetel e o esperado bolo.

O segundo momento foi o testemunho de uma irmã albanesa sobre uma lei guardiã (medo) muito antiga que existe no país a “vingança de sangue”, onde uma família se vinga a morte de um deles, assassinando alguém da outra família.

Um pastor muito amado na Albânia se viu envolvido na “vingança de sangue” e sendo ele o próximo a ser assassinado não fugiu ou mesmo se escondeu. Mas o dia da “vingança de sangue” se fez com um disparo a “queima roupa” em frente da sua filhinha.

A pobre viúva, confusa em seus sentimentos adquiriu o poder de escolher a próxima vítima em troca do seu esposo, mas dia após dia teve seu coração transformado por Deus.

Então, ela revolveu conversar com o assassino, e sentados em um bar, olhando fixamente em seus olhos, expõe o amor de Jesus, o seu perdão e salvação, em seguida diz – “Eu te perdoo, porque Deus me perdoou os meus pecados em Jesus Cristo e me deu a vida eterna”. O assassino ficou paralisado por muito tempo ali sentado, enquanto a mulher saia lentamente do bar. O testemunho vem correndo o mundo e a lei da “vingança de sangue” têm com os seus dias contados na Albânia.

Atualmente várias famílias albanesas por anos, estão trancadas em suas casas sem poder sair, pois estão jurados de morte pela lei da “vingança de sangue” e somente são atendidos por dentistas e médicos da Equipe do Projeto.

Talvez você esteja lendo este artigo e se perguntando, quanta disposição destas pessoas e profissionais envolvidos. Deve ser muito interessante. Mas onde eu me encaixo neste projeto? Eu, sinceramente não sei, mas sei algo muito importante e vital, se não houver o abandono do seu pequeno, egocêntrico e religioso mundinho, e continuar se satisfazendo de coisas, aconchego familiar e respeitando sua zona de conforto, você não irá. Lembre-se que nossa finalidade aqui no mundo, como homens criados por Deus é adorá-lo, glorificá-lo e encher a terra (confins) com outros adoradores.

São indescritíveis os momentos onde conhecemos “outro Jesus” com a pele queimada do sol, pés sujos e doloridos de tanto andar e em sua companhia encontramos muito trabalho, alegria e boas gargalhadas com todos seus discípulos.

Gentil & Neuza Lima Mauro
Médicos em Vilhena/Rondônia
Mobilizadores da APMT

Estágio Transcultural do CFM na Argentina

2023-11-01T03:00:00.000Z

Os alunos do CFM – Centro de Formação Missionária, também candidatos a missionários da APMT, realizaram o estágio transcultural na cidade de Marcos Paz, Argentina, durante os dias 13 de julho a 01 de agosto. O projeto missionário no país é liderado pelo Rev. Wilton Santos e sua esposa Josye, juntamente com seus filhos, que trabalham arduamente na plantação de uma igreja na cidade Marcos Paz e outra na Capital do país, Buenos Aires.

Ao todo a equipe contou com 32 adultos e 3 crianças e durante os 15 dias de prático, eles realizaram inúmeras ações evangelísticas, além de programações para a edificação da igreja local, tais como: atividades com crianças, acampamento, jantar de casais, pregações, Escola Bíblica Dominical, evangelização na rua e na praça, reforma na igreja, aulas de música, acordeão, teclado e violão, pintura artística na parede da igreja, conferência missionária, e outras atividades que cooperaram para o fortalecimento da igreja nascente.

A Argentina é um país de alto nível de idolatria e ateísmo apesar de constitucionalmente católico. Mesmo sendo um país que faz divisa com o Brasil, a fé Reformada ainda é desconhecida de muitos e para os evangélicos argentinos, considerada como hostil. O projeto missionário da APMT é pioneiro no país, que ainda não possuía nenhuma igreja presbiteriana implantada.

Atualmente, em torno de 50 pessoas, entre membros e visitantes, congregam regularmente e participam das atividades Iglesia Presbiteriana Argentina - Marcos Paz. Para a consolidação da igreja, se faz necessário a aquisição de um local próprio e para isso e igreja está realizando uma campanha.

Para participar da Campanha de compra de um local para a realização da igreja presbiteriana na Argentina e ter maiores informações desse projeto, clique aqui ou entre em contato com o missionário Rev. Wilton - wiltonmissoes@gmail.com

“O que admirou a nossa equipe de estagiários foi a doçura das pessoas, envolvimento dos membros da igreja e a disposição dos jovens, contribuindo para o avanço da obra missionária na região. A presidente da SAF, que já foi organizada, tem como presidente uma jovem de 22 anos”, destacaram os estagiários.

A Coordenação do estágio esteve sob a supervisão do Executivo Administrativo da APMT, Rev. Marcos Agripino e o apoio pastoral do Rev. Cornélio Castro, quem aconselhou e entrevistou cada participante para conhece-los melhor.

O cumprimento do Estágio Transcultural é um dos requisitos para os candidatos a missionários da APMT. A participação no Estágio também faz parte da Grade Curricular do CFM, em que os alunos do CFM cumprem 17 disciplinas mais o Estágio Transcultural.

O local é aprovado anualmente pela Diretoria e/ou Assembleia da APMT e, em geral, acontece em um dos campos transculturais da APMT na América do Sul. Toda a logística é de responsabilidade do CFM juntamente com o missionário anfitrião, e a APMT agradece a cada igreja parceira e mantenedores que investiram no preparo dos nossos candidatos e possibilitaram a todos arcar com a viagem.

Encontro de missionários da APMT em Campinas

2023-10-23T03:00:00.000Z

Dentro do contexto missionário brasileiro a APMT tem duas áreas de atuação entre grupos transculturais: os povos indígenas e os grupos minoritários. Ao todo são 42 missionários desenvolvendo 25 projetos ministeriais nesses segmentos de menos evangelizados do Brasil. Há cada 2 anos é promovido um encontro com todos esses missionários focado em comunhão entre as equipes, boas ministrações pastorais, de edificação, bem como atualizações institucionais da agência e estratégicos pertinentes ao trabalho missionário transcultural brasileiro.

Nos dias 2 a 6 de outubro, aconteceu o EMIPOM – Encontro de Missionários de Povos Minoritários da APMT, que atuam no Brasil em contexto transcultural, com os indígenas, quilombolas, ciganos, imigrantes e refugiados de vários países. O evento aconteceu no Lar Luterano, em Campinas, São Paulo e reuniu em torno de 40 pessoas, adultos e crianças.

Neste ano, o encontro foi pensado para servir no cuidado espiritual e familiar dos missionários, por meio de momentos de reflexão na Palavra, testemunhos, grupos de compartilhamento, oração e palestras, como também orientações a respeito da dinâmica da agência. As crianças também tiveram uma programação especial e  dinâmica, a cargo da Missionária Tia Fátima, que serve missionário no ministério infantil com viagens de curto prazo. Foi uma semana de atividades e tempo de comunhão entre os participantes, que se sentiram renovados para continuar servindo nos diferentes campos. “Para mim foi o melhor encontro que já tivemos, a equipe de base da APMT intencionalmente fizeram com que todos os missionários ficassem mais íntimos”, contou Joice Ubaldo, missionária da entre indígenas.

Igrejas e SAFs foram mobilizadas para enviar mimos e presentes aos missionário, parte de um Kit entregue a cada participante, motivo de grande emoção e alegria em receber o carinho materializado em cada detalhe. Uma igreja enviou uma oferta para proporcionar uma tarde de sorvete aos missionários, que puderam experimentar as delicias de distintos sabores. Após o momento de confraternização, os missionários se reuniram em grupos para orar e agradecer a Deus pelas igrejas espalhadas pelo Brasil, que são parceiras dos diferentes projetos missionários entre os povos minoritários, e conscientes de que a obra missionária é realizada em parceria.

O missionário Rev. Norval Silva, tradutor da Bíblia, que atualmente está enfrentando um câncer e em tratamento de quimioterapia, compartilhou seu testemunho juntamente com sua esposa Laudiceia. Ele manifestou sua confiança na soberania plena do Pai, apesar da circunstância momentânea ao enfrentar esta doença. Laudiceia falou do duro momento que estão vivendo, pois ela também já tinha enfrentado a mesma doença anos atrás e, apesar da tristeza que inunda o coração, a esperança é renovada a cada dia, sabendo que a nossa morada eterna é na casa do Pai.

O missionário Rev. Jairo Rodrigues, acompanhado da sua esposa Kênia, que atua plantando uma igreja hispânica em São Paulo, também compartilhou as dificuldades que estão atravessando na área da saúde. Ele precisará passar por uma grande cirurgia, para a retirada de um tumor no pâncreas, que também atingirá outros órgãos.

Os missionários Isaac Souza e Shirley, que atuam em contexto indígena há mais de 40 anos com plantação de igreja e tradução das Escrituras, manifestaram sua alegria ao ver que hoje um presbitério da região do Amazonas abraçou a igreja plantada e está dando assistência periódica.

Outros irmãos também compartilharam brevemente sobre os projetos e as lutas pessoais que estão passando. Todos os presentes se uniram em momentos de oração e clamor a Deus pela vida dos queridos missionários, familiares e ministérios.

No final do evento, muitos puderam dar seus testemunhos. “Esta vivência entre colegas renova as nossas forças e nos ajuda a relembrar que não estamos só, temos outros irmãos e igrejas que estão conosco, apesar da distância. Louvamos a Deus pela nossa agência e o cuidado que tiveram para promover também uma programação muito especial com nossos filhos”, disse Joice Ubaldo.

Todos manifestaram sua gratidão a Deus pelo tempo juntos com outros missionários que atuam em contextos semelhantes, aos organizadores, pela programação acolhedora e que trouxe refrigério aos corações; também os mimos e as supressas recebidas, reconhecendo o trabalho da equipe da Base, que se empenhou em proporcionar uma experiência agradável e de fortalecimento relacional e espiritual.

Para conferir os melhores momentos desse Encontro assista o vídeo abaixo. E se deseja saber mais sobre o trabalho da APMT entre os grupos minoritários e indígenas e os projetos missionários, acesse: https://apmt.org.br/missionarios

Emma E. de Castro
Coordenadora Depto. Comunicação da APMT

Casal de missionários recebe homenagem, após o Culto de 95 anos da Missão Evangélica Caiuá

2023-09-01T03:00:00.000Z

Depois de 38 anos de serviço na direção da MEC - Missão Evangélica Caiuá, em Dourados, MS, o Rev. Beijamim Benedito Bernardes e sua esposa Margarida, missionários da APMT, passam a direção para o sucessor, Rev. Simei Mariano. O Presb. Enoque Bernardes também recebeu uma placa de reconhecimento pelos serviços prestados, nos últimos 30 anos, como construtor de várias igrejas nas aldeias e construções na Sede.

O evento de comemoração dos 95 anos de existência da Missão e 15 anos de organização da IIPB – Igreja Indígena Presbiteriana do Brasil, aconteceu na Sede da MEC, em Dourados, MS e reuniu mais de 700 pessoas, vindas de diferentes aldeias: da RID - Reserva Indígena de Dourados, Amambai, Sassoró, Taquapiry, Caarapó, Porto Lindo, Guassuty, Campestre como também caravanas de Dourados, Amambai, Campo Grande, Rio de Janeiro e São Paulo.

A liturgia do culto foi dirigida pelo presidente da MEC, Rev. Geraldo Silveira com a participação do Presidente da IIPG, o Presb. Ezaú Mamede Terena. O Rev. João Luiz Furtado ministrou a mensagem no culto da manhã e o atual Diretor Executivo da MEC, Rev. Simei Mariano de tarde.

Após o culto, da manhã, casal foi homenageado pelos membros da Assembleia da Instituição, com uma placa de reconhecimento pelos serviços prestados. Foi também comunicada a decisão da Assembleia de que o novo prédio administrativo receberá o nome de Beijamim Benedito Bernardes, edifício este que será inaugurado em breve. O casal Bernardes, também, foi homenageado por Vera Villon e Jorge Villon, representando o “Trabalho da Missão Caiuá no Rio de Janeiro”. Uma família Kaiwá, homenageou em nome de várias gerações indígenas. A APMT foi representada pelo Miss. da APMT, Rev. Marcos Mota, quem na época do Covid 19 dedicou sua vida servindo como enfermeiro no Hospital Porta da Esperança.

O Coral infanto juvenil Mitã Rory da Escola da Missão em Amambai, apresentou vários hinos de louvor a Deus e uma canção composta pelo Presb. Jânio Sanches, inspirada na vida e ministério do casal homenageado. Uma das crianças entregou uma placa com a letra.

No culto da tarde, todas as congregações presentes, tiveram participação entoando louvores do hinário “Japorahei joa”. Quatro jovens e duas crianças receberam o batismo, ministrado por pastores indígenas.

O Rev. Beijamim contou que durante o evento, veio à mente sua trajetória ministerial, e comentou: “Fiquei pensando no começo do meu ministério, quando estava no último anos do Seminário e tínhamos que decidir onde iriamos servir. Fui para Araxá, MG, onde fiquei dois anos, depois fui para Oiapoque, no Amapá, por dois anos, depois já casado fomos para Coromandel, MG, onde ficamos 5 anos e cooperamos na formação de 12 pastores. Foi então quando entendemos que Deus nos conduziu para a MEC. Aqui formamos nossa “Grande Família” com a comunidade indígena, tivemos as nossas duas filhas, que hoje estão casadas e nos deram 5 lindos netos. Em várias ocasiões cruciais vimos a intervenção de Deus.” Tivemos muitas alegrias e as tristezas Deus transformou em riso.

Ele também compartilhou um dos momentos que o emocionou durante o evento, e disse: “Fiquei muito emocionado quando uma das crianças saiu da fila e me abraçou dizendo: ‘Deus guie a sua vida’, pois estamos começando uma nova etapa, mas sempre contando com a direção e a graça de Deus”, concluiu emocionado.

Antes do almoço, o Rev. Beijamim foi homenageado pelos indígenas com uma dança cultural e no final, foi levantado no meio da roda, ao brado de: “Honoyo”, o que em terena, quer dizer Vitória.

Foi servido um delicioso e farto churrasco, acompanhado de arroz, puchero e salada, preparado por um grupo de missionários voluntários. A programação concluiu de tarde, com um vídeo do Hino da Missão Caiuá, de música e letra do Rev. Cornélio Castro, com a participação de um grupo coral de São Paulo e a Oração final e a Bênção impetrado pelo Rev. Beijamim.

CLIQUE AQUI PARA ASSISTIR AO CULTO https://youtu.be/ENn4-P8nyms

Bíblias para Angola: O valor da Palavra na língua materna

2023-07-18T03:00:00.000Z

Qual o valor de uma Bíblia?

Conhecer mais sobre Deus através de sua Palavra e poder se deleitar com a mensagem salvadora do Evangelho é um privilégio que nem todos têm.

Seja porque não há Bíblias traduzidas para muitas línguas ainda, ou porque a distribuição e acesso a elas pode ser caro e limitado para muitos povos. Como igreja sabemos que o valor da Palavra de Deus na língua materna de um povo é algo muito precioso.

Em apoio à Igreja Presbiteriana de Angola, a APMT-IPB deseja comprar 1.000 Bíblias na língua Umbundo e Português, que serão distribuídas em 4 Igrejas e 7 congregações do sul de Angola, na província de Cunene, no Estado de Ondjiva.

Com apenas R$ 45,00 você pode doar uma Bíblia a alguém que ainda não tem acesso à Palavra de Deus em sua língua do coração.

Convidamos você a fazer parte deste desafio, para que mais pessoas em Angola possam conhecer a Deus através das Escrituras em sua língua materna.

Envolva sua igreja, SAFs, UMPs, UPAs, UCPs, Presbitérios e Sínodos. A campanha estará disponível no site da APMT até o final de setembro.

Campanha encerrada, obrigado a todos que participaram!

 

A IPA – Igreja Presbiteriana de Angola conta com a parceria da IPB para a consolidação da Fé Reformada no país

2023-06-28T03:00:00.000Z

Nos dias 5 a 7 de junho, aconteceu a Reunião Ordinária do Sínodo Geral da IPA - Igreja Presbiteriana de Angola, o que equivale ao Supremo Concilio da IPB - Igreja Presbiteriana do Brasil, em Luanda, capital de Angola. Estiveram reunidas 112 pessoas, representantes de oito (8) Presbitérios: Presbitério Sul de Luanda, Presbitério Nzagi - Luanda Norte, Presbitério Norte de Luanda, Presbitério do Uíge, Presbitério do Dundo Lunda Norte, Presbitério Centro de Angola, Presbitério de Milunga e o Presbitério Sul de Angola e visitantes convidados. Na ocasião foi eleita a mesa da diretoria. O Rev. Antonio Neves Mussaqui, que já esteve no Basil em várias ocasiões, foi eleito presidente.

O Rev. Marcos Agripino, executivo administrativo da APMT, participou durante toda a programação e fez uma exposição bíblica no culto da quarta-feira.

No dia seguinte ao término da Reunião, a nova mesa eleita, do Sínodo Geral da IPA, se reuniu com o presidente do Supremo Concilio da IPB, Rev. Roberto Brasileiro, o executivo administrativo a APMT, Rev. Marcos Agripino, com o propósito de rever alguns acordos de cooperação entre a IPB, por meio da APMT, e a IPA, em vários segmentos, e de refletir sobre os desafios e as possibilidades da continuidade dessa cooperação em outras áreas que precisam de desenvolvimento ministerial, visando à a consolidação dessa denominação irmã. A saber:

  1. Organização administrativa da denominação, com o estabelecimento de um escritório administrativo;
  2. Educação teológica. Para isso é necessária a criação de escolas teológicas, Seminários e Institutos Bíblicos, formação de bibliotecas, e outras iniciativas.
  3. Plantação de igrejas. Aquisição de terrenos e construção de templos. Faz-se necessária a cooperação específica na plantação de pelo menos cinco igrejas em cidades estratégicas, nos próximos 10 anos.
  4. Projeto social.  A criação de pelo menos cinco Escolas Presbiterianas no país e também um Pronto-socorro.
  5. Construção do escritório central da denominação, na capital do país, Luanda.

Hoje, há em torno de 70 igrejas e congregações no país, mas com pouca infraestrutura física. Ao falar sobre a solicitação feita, o Rev. Agripino disse: “A APMT pode atender essa demanda nos próximos anos, unindo esforços com outros órgãos da IPB, igrejas e irmãos, para fortalecer e consolidar essa jovem igreja que nasceu a partir da IPB. De fato, temos necessidade de pessoas, a partir do Brasil, que estejam engajadas na plantação de igrejas como também que cooperem para o crescimento e amadurecimento da igreja na fé cristã reformada”, explicou.

Para suprir essa necessidade, o Rev. Agripino acrescentou: “Precisamos enviar professores na área de educação teológica, educadores cristãos, coordenadores pedagógicos, acadêmicos, como também profissionais na área da área de saúde, e ensino regular, pessoas com experiencia na área de engenharia, arquitetura, pedreiros e serventes, brasileiros, que desejem servir nas construções. Outra necessidade é o investimento para aquisição de terrenos, e construção de templos. Doação de bíblias nas línguas locais também é uma necessidade imediata. A Bíblia já foi traduzida para várias das línguas locais angolanas, mas estão esgotadas e não há recursos para impressão. Vários crentes presbiterianos ainda não têm um exemplar da Palavra. Cada unidade custa em torno de 30 reais”.

Percebemos, no Brasil, uma boa fase de despertamento de vocacionados, porém é necessário trabalhar neles a disposição para serem enviados onde há uma real necessidade, a fim de que eles possam ser direcionados para responder uma demanda que já existe.

Pode-se perceber, de acordo com estudos e tendências, que o próximo movimento missionário para o mundo surgirá a partir do continente africano, e é por isso que as igrejas precisam ser fortalecidas e consolidadas na fé e na doutrina, pois existe muito sincretismo religioso. “Enquanto em muitos lugares há acesso à Internet, bibliotecas, livros digitais e outras ferramentas, muitos irmãos na África não têm nem um exemplar da Bíblia em mãos para ler, estudar e firmar sua fé no conhecimento bíblico, e isso acaba facilitando o sincretismo religioso”, recalcou o Rev. Agripino.

Ao longo da história, muitos tiveram contato com o cristianismo, mas há forte influência da feitiçaria, das crenças animistas, além de questões éticas e culturais locais, então quando eles conhecem o cristianismo, sem uma boa base bíblica e teológica, acabam misturando tudo e isso requer um acompanhamento e aprofundamento nas Escrituras, o que refletirá na pregação, no discipulado e, consequentemente, na maturidade cristã.

Se de alguma maneira nós, como IPB, não servirmos à IPA no fortalecimento e na consolidação da fé bíblica e reformada, e também a outros países do Continente Africano, quando a África se tornar um Continente Enviador de missionários para o mundo, pode ser que haja uma considerável fragilidade teológica. “Se nós, como IPB, não podemos atingir os 54 países da África, podemos pelo menos contribuir pontualmente em alguns deles, e eles mesmos serão multiplicadores de uma excelente força missionária transcultural.” Concluiu o Rev. Agripino.

CEP recebe a visita de membros do Sínodo Sudoeste Paulista

2023-03-22T03:00:00.000Z

O Diretor Superintendente da Editora Cultura Cristã e Presidente do Sínodo Sudoeste Paulista, Presb. Clodoaldo Furlan, recebeu no dia 21 de março a visita de mais de 80 pessoas, membros do Sínodo Sudoeste Paulista, composto pelos Presbitérios: Presbitério de Botucatu, Presbitério de Itapeva, Presbitério de Itapetininga, Presbitério de Médio Paranapanema e Presbitério de Tatuí.

O objetivo do encontro é aproximar as igrejas dos órgãos da IPB e mostrar as diferentes frentes de atividades que são realizadas.

Para falar dos materiais que são publicados pela Editora, o Editor Chefe, Rev. Cláudio Marra fez uso da palavra. Ele explicou sobre os materiais publicados, principalmente as revistas da Escola Bíblica Dominical. Também apresentou para o público o livro da sua autoria, “Igreja Discipuladora” e presenteou a todos com um exemplar.

O Executivo Administrativo da APMT, Rev. Marcos Agripino falou sobre os objetivos da IPB no ministério transcultural já alcançados e os grandes desafios que a igreja ainda tem pela frente. Ele lançou o desafiou para que cada igreja do Sínodo adote em oração um países alvos definidos pela APMT para o envio de missionários nos próximos 10 anos e entregou a todos com um exemplar da Revista Alcance.

O Presb. Furlan falou da sua alegria em receber a visita de todos e os presenteou com alguns materiais da Editora, além de oferecer um bom desconto nos livros e todos os materiais da livraria.

Turquia e Síria: Abrace!

2023-02-18T03:00:00.000Z

Turquia e Síria não podem esperar!

Os terremotos que aconteceram no dia 6 de fevereiro causaram forte comoção em todo o mundo. Até o momento, segundo fontes confiáveis, já foram contabilizados mais de 40 mil mortos, sem contar o número de sobreviventes que carecem de cuidados médicos. Há quem diga que o número de mortos ultrapassará 100 mil. As perdas materiais são incalculáveis e as consequências a longo prazo ainda não foram mensuradas.

Diante desse cenário, como APMT, autarquia da IPB para missões transculturais, manifestamos nossa solidariedade, especialmente, aos nossos irmãos que estão sofrendo neste momento, tanto na Turquia quanto na Síria. Atualmente não há missionários da APMT nos dois países, mas estamos no Iraque, na Jordânia e no Líbano, países fronteiriços.

Temos mantido contato com irmãos da Igreja Presbiteriana da Turquia, especificamente de Istambul (cidade que não foi atingida), de onde equipes já estão atuando na região do terremoto. As cidades mais afetadas estão na Província de Hatay.

Conclamamos as igrejas locais da IPB a separarem um tempo para intercessão pelas vítimas, pois estão sofrendo terrivelmente. Além da magnitude do terremoto, o inverno lá está rigoroso e muitos estão padecendo com o frio. A falta de comida, de água potável, de energia elétrica, medicamentos e outros gêneros de primeira necessidade, precisa ser suprida urgentemente.

Com o propósito de promover ações que venham amenizar a dor e o sofrimento, queremos convidar você a unir-se à APMT na Campanha Emergencial Pró Turquia e Síria.

Estamos levantando uma oferta especial a ser enviada o quanto antes, pois as necessidades são imediatas.

Junte-se a nós! Sejamos as mãos do Senhor Jesus estendidas neste momento de dor e sofrimento!

Rev. Marcos Agripino
Executivo Administrativo

https://youtu.be/v2LTjxPzVZk
Áreas mais afetadas pelo terremoto

Projeto Café & Missões

2023-02-03T03:00:00.000Z

https://youtu.be/X9PKLGaI3M0 Conheça o Projeto Café e Missões Café quentinho é uma boa pedida na maioria dos lares brasileiros. Presente também nas reuniões, confraternizações, e nunca pode faltar naquela visita aos irmãos de fé. E se aproveitarmos os momentos de degustação do café para orar pelos nossos missionários, trazendo esse suporte para nosso dia a dia? E mais, e se além de orar, se parte dos lucros desse café, tão presente em nossos dias, fosse direcionado para os missionários? Essa é a proposta do projeto Café e MISSÕES, em parceria com a Agência Presbiteriana de Missões Transculturais. Toda uma estrutura foi montada: na base temos produtores irmãos em Cristo, que são os fornecedores do café puro, de alta qualidade da região de Minas Gerais, livre de impurezas. Depois, temos toda uma logística montada para atender aos pedidos das igrejas no sistema de e-commerce. Feito o pedido, os fornecedores vão despachar diretamente para essas igrejas, em caixas de 20kg, podendo ser adquiridos quantas caixas forem necessárias. Lançamento do Projeto  No dia 28 de janeiro de 2023, foi realizado o culto de gratidão pelo lançamento, na Primeira Igreja Presbiteriana de São Bernardo do Campo, a igreja que tão amistosamente apoiou cada etapa desse processo. E o presidente da APMT, Rev. Amauri Oliveira, esteve presente e comenta a importância dessa proposta: “É especial por causa do propósito com o qual esse café está sendo disponibilizado em nossas igrejas. Esse café é missionário, ao comprar esse produto, parte do lucro é revertida para sustento de missionários. Essa é uma parceria da APMT, em parceira com irmãos produtores do triângulo mineiro. Ao consumir esse produto, você vai contribuir com missões.” O início de um sonho Esse Projeto nasceu no coração do missionário da APMT, reverendo Marco Antonio Mota, incomodado com a situação de saber que há mais de 150 missionários com projetos já aprovados, mas que não tem condições de ir ao campo por falta de recursos. O missionário relata que começou a sonhar de fato com café, mas sem entender exatamente o que estava acontecendo, quando recebeu a ligação de um irmão em Cristo, Walter Rocha, que é comerciante de cafés. Este homem, desejoso de ajudar de alguma forma com missões, propôs uma parceria para abençoar o missionário com a venda de cafés no Uruguai, onde o Rev. Marco Antonio Mota, estava. Essa foi a semente, de onde surgiu a ideia de juntar a venda de café com a ajuda aos missionários. O missionário apresentou a ideia para o Rev. Marcos Agripino, executivo da APMT, em outubro de 2020, e este pediu para apresentarem o Projeto. Então o presbítero Dante Venturini de Barros, que é engenheiro civil aposentado, e Conselheiro do Mackenzie, assumiu a liderança no processo de organizar o Projeto. Durante a pandemia, o Dante solicitou a ajuda do Mackenzie para a elaboração desse projeto, que imediatamente respondeu, com a ajuda de professores especializados. Essa equipe passou meses estudando, analisando, estruturando esse projeto, conhecendo profundamente cada detalhe da produção do café da região mineira, também visitaram ongs de americanos missionários que também já possuem projetos semelhantes, que associam negócios com missões. Foram meses e meses de reuniões, levantamento de mercado, estatística, análise, exposição da ideia para diferentes igrejas. E enfim, em agosto de 2022, após 1 ano e meio de trabalho no projeto, ele foi apresentado para a diretoria da APMT e aprovado. E agora apresentamos e convidamos todas as igrejas presbiterianas a participar, fazendo sua compra de café. Contatos:Instagram: @projetocafeemissoesEmail: contato@cafemissoes.com.br           dante.barros@cafemissoes.com.br Telefone: (11) 97118-9350 (Pb. Dante) Pagamento via PIX e transferência bancária. Em breve no crédito e débito. TIPOS/PREÇOS: - Clássico: torrado e moído: R$ 29,90 (500 g);- Gourmet: torrado e moído: R$ 38,50 (500 g) ou torrado, em grãos: R$ 77,00/Kg;- Especial: torrado e moído: R$ 49,90 (500 g); ou torrado, em grãos: R$ 99,80/Kg; ou em cápsulas tipo Nespresso: R$ 20,00 (cx. com 10 un.)
*Valores de janeiro de 2023.Obs.: Fretes não incluídos.

Pregar o Evangelho, essa tarefa é minha!

2023-01-16T03:00:00.000Z

“Se anuncio o evangelho, não tenho de que me gloriar, pois sobre mim pesa essa obrigação; porque ai de mim se não pregar o evangelho” 1 Co 9.16

No ano de 2022, a APMT completou 22 anos de idade. Foram 22 anos de uma caminhada ascendente e santa, pela senda que culmina no Novo Céu e na Nova Terra. Fechamos o ano com quase 280 missionários posicionados em 41 países! Ainda estamos dando passos tímidos, mas em todos os 163 anos da IPB nunca houve tal estatística em favor de disseminar o Evangelho a povos de todo o Mundo.

São 100 pastores presbiterianos que estão dedicando suas vidas, de suas esposas e filhos, para pregar e discipular os eleitos em rincões remotos do Brasil e das Américas, além dos demais cinco continentes. Isso fora os solteiros e solteiras.

Um novo desafio se avizinha em face à Ação Global da APMT para os próximos dez anos. O alvo é iniciarmos trabalhos em 25 novos países: Argélia, Bósnia, Bulgária, Camboja, Equador, Grécia, Guiana Equatorial, Guiana Francesa, Guiné Conacri, Ilhas Cook, Ilhas Fiji, Israel, Kosovo, Macedônia, Malawi, Montenegro, Nicarágua, Papua Nova Guiné, São Tomé e Príncipe, Sérvia, Suriname, Tadjiquistão, Togo, Venezuela, Vietnã.

Sendo assim, lançamos o desafio a todas as igrejas locais da IPB, às sociedades internas e aos membros das igrejas a assumirem, diante do Senhor, o compromisso de se engajarem por essas nações e pelos futuros missionários.

Nosso Tema para 2023 é Pregar o Evangelho, essa tarefa é minha! Nosso Versículo-chave: “Se anuncio o evangelho, não tenho de que me envergonhar, pois sobre mim pesa essa obrigação; porque ai de mim se não pregar o evangelho” 1 Co 9.16

Mobilize a sua igreja, una-se a nossa equipe da Base Geral da APMT aqui no Brasil e colha os frutos na Eternidade. Se cada um de nós assumir a sua responsabilidade diante do desafio de alcançar os mais de 2 bilhões e meio de pessoas que ainda não sabem nada sobre Cristo e sua obra redentora, o fardo não será tão pesado.

Com nossos votos de que os próximos 12 meses sejam de muitos joelhos dobrados em favor dos não alcançados, e dos não engajados, despeço-me, cordialmente,

Rev. Marcos Agripino C. Mesquita Executivo Administrativo da APMT Missionário na Base

16ª Turma de Formandos do CFM São Paulo

2022-11-19T03:00:00.000Z

Com muita alegria que o CFM – Centro de Formação Missiológica da APMT formou sua 16ª turma do curso em São Paulo. Na noite de sexta (18), foi realizado um culto de celebração pela formatura dos alunos, na Igreja Presbiteriana Higienópolis em São Paulo, local onde o curso do CFM tem sido realizado semanalmente.

16 formandos de diferentes regiões do Brasil terminaram o treinamento transcultural e agora estão mais próximos de partir para o campo como missionários.

Agradecemos as igrejas e parceiros que oraram e investiram no preparo ministerial dos nossos vocacionados. Cada formando é uma resposta de oração das igrejas, para que mais servos sejam enviamos aos povos e culturas que ainda não conhecem a Cristo.

Turma de Formandos 2022:
1. Alexandre Augusto de Oliveira
2. Ana Karina Costa Dutra
3. Cassiana Borges Matos Oliveira
4. Elias da Silva Pereira
5. Fábio Nobre Figueiredo
6. Franklim Ferreira da Cunha Júnior
7. Gladston Xeique
8. Jahyr Eliel Theodoro
9. Jéssica Caixeta Rodrigues Mendes
10. Jovana Christina Coelho Pereira
11. Luciana Flávia de Souza Reis Tavares
12. Rodolfo Silveira Carvalho
13. Ronan de Oliveira Mendes
14. Salomão de Sousa Tavares Junior
15. Sirlene Silva Vieira Xeique
16. Taciana Pereira Marinho Theodoro

Convidamos você e sua igreja a se envolverem na caminhada desses vocacionados, acompanhando o projeto, orando, investindo e seguindo junto com eles para os países e povos para os quais Deus os chamou.

CLIQUE AQUI E VEJA MAIS FOTOS DA FORMATURA

CBM – Congresso Brasileiro de Missões 2022

2022-11-18T03:00:00.000Z

CBM reúne agências missionárias de todo o Brasil
Com mais de 1500 participantes, o congresso abordou o tema “Verdades que não podemos ignorar”

Sob o tema “Verdades que não podemos ignorar”, aconteceu o IX CBM – Congresso Brasileiro de Missões, nos dias 7 a 11 de novembro, no Hotel Monte Real, em Águas de Lindóia, São Paulo.

O evento reuniu mais de 1.500 pessoas de diferentes agências e organizações missionárias associadas à AMTB – Associação de Missões Transculturais Brasileiras e representantes de movimentos missionários estrangeiros. O encontro é realizado a cada 3 anos, mas por causa da pandemia, o que aconteceria em 2020, foi possível realizar somente este ano.

Entre os preletores principais convidados, estiveram os missionários da APMT Cácio Silva e Ronaldo Lidório, além de Paulo Feniman, Jeannie Marie, Renaut Van Der Riet, Barbara Burns e Dick Brogden. As palestras provocaram quebrantamento dos participantes, confrontando suas vidas pessoais diante da Palavra de Deus, para poder levar a mensagem a outros que ainda precisam ouvir o Evangelho genuíno.

As oficinas, minicursos e painéis que aconteceram no período da tarde, tiveram a participação de missionários da APMT que compartilharam sobre diferentes temas. Foram eles: Quilombolas “Povo perto de uma igreja distante”, Renato Belzoff; Teologia, Igreja e Missão, Ronaldo Lidório; Docência em Missões, Simone Alvarez;  Projeto em 5Ps: Um modelo de gestão ministerial para projetos e instituições missionárias, Cácio Silva.

Um dos momentos significativos foi o lançamento de livros de autores nacionais que contribuem com sua literatura para o crescimento da obra missionária. Entre as 45 obras apresentadas, cinco escritores são missionários da APMT: Ronaldo Lidório, Cácio Silva, Mônica Mesquita, Cornélio Castro e V. J.

A APMT esteve presente com o estante que ofereceu diversos materiais promocionais como folders, revistas, camisetas e também um vestuário com roupas típicas de diferentes nacionalidades em que o público podia vestir e tirar uma foto. Um totem com um programa interativo, desenvolvido por nosso missionário Leonardo Bessa, foi muito apreciado pelas pessoas que visitaram o stand.

Durante os cinco dias de congresso, houve muita oportunidade de atualização, reuniões informais, encontros e novas parcerias, entre elas uma comitiva da Coreia do Norte que se reuniu com líderes da APMT, com o objetivo de avaliar propostas de parcerias missionárias para aquele país.

O próximo CBM, com a graça de Deus, acontecerá em 2025. Reserve essa data e participe deste evento que sem dúvida fará muita diferença na sua vida e ministério.

Emma Castro

CLIQUE AQUI PARA VER AS FOTOS

CNSAFs organiza o V Encontro da Mulher Presbiteriana em Caldas Novas/GO

2022-11-09T03:00:00.000Z

O Encontro contou com a participação de mais de 2.300 mulheres e celebrou os 138 anos de organização da SAF no Brasil

Com o tema Mulheres presbiterianas, evidenciam o amor de Deus em todos os seus relacionamentos, o V Encontro da Mulher Presbiteriana, organizado pela CNSAFs aconteceu nos dias 03 a 06 de novembro em Caldas Novas - GO, contou com a participação de mais de 2.300 mulheres de diferentes estados brasileiros.

No Encontro foram celebrados os 138 anos de organização da SAF - Sociedade Auxiliadora Feminina da Igreja Presbiteriana do Brasil, nascida em 11 de novembro de 1884, ainda no tempo do Brasil Imperial. “Você mulher presbiteriana, tem a oportunidade de estar na SAF e trabalhar para Jesus conosco. Juntas temos a oportunidade de auxiliar nossa igreja na evangelização, nas missões, na assistência social, no crescimento espiritual e na comunhão entre as irmãs, na oração pelos filhos e na oração da madrugada intercedendo por todos aqueles que o Senhor nos orienta a orar. Que possamos aprender com esse aniversário que Jesus ama nossa SAF e está a frente deste precioso ministério. Parabenizamos cada uma de nossas sócias e convidamos as demais irmãs presbiterianas a se juntarem a nós!", comemora Ana Maria Prado, Presidente da CNSAF’s.

Palestraram durante os 4 dias do Encontro: Sra. Solange Tambelini Brasileiro, falando sobre: “O Amor e a Autoestima da Mulher Cristã”; Rev. Reginaldo José de Pinho Borges, sobre “Mulheres presbiterianas, evidenciam o amor de Deus em todos os seus relacionamentos, com as pessoas idosas”; Rev. Gildásio Jesus Barbosa dos Reis; sobre “Em busca da paz: Como lidar com os conflitos e restaurar relacionamentos quebrados?”. E também estiveram presentes Rev. Roberto Brasileiro, Presidente do SC/IPB, Rev. Rosther Guimarães, Presidente da APECOM, Rev. Rodrigo Leitão, Secretário Executivo da APECOM, Rev. Marcos Serjo, Vice-Presidente do SC/IPB, Rev. Maurício Santa Rosa Galvão, do Sínodo Central da Bahia, Rev. Gildásio Reis, Presidente do Sínodo de São Paulo e Marcos Agripino, Secretário Executivo da APMT.

Durante o congresso também houve um momento especial voltado ao trabalho missionário da IPB. As congressistas levantaram uma generosa oferta e em seguida, as participantes vieram até a frente realizar entregas de Bíblias, que totalizaram 1.024, (hum mil e vinte e quatro) e 20 (vinte) Novos Testamentos. que foram destinadas aos funcionários da Rede DiRoma.

A convite da CNSAF’s (Confederação Nacional de SAF’s) e da APMT (Agência Presbiteriana de Missões Transculturais), o Encontro contou com a participação especial de um casal iraquiano, oriundos da Igreja Presbiteriana de Bagdá, no Iraque. Salwan Sabah Mansoor Hirmiz e sua esposa Mawaddah Yousif Jamil Saka fazem parte da família que fundou a igreja Presbiteriana na capital do Iraque no século 19. Durante o congresso, os líderes presentes e as demais mulheres puderam orar pelo casal e os encorajar a permanecerem firmes no trabalho em prol da Igreja de Deus. Para o casal iraquiano foi uma grande inspiração e privilégio ver quão forte e ativo é o trabalho das mulheres presbiterianas na igreja brasileira.

Todas as autarquias da IPB, agências missionárias e livrarias puderam expor seus projetos e atividades no espaço dos estandes durante o congresso. A APMT esteve presente, conversando com as mulheres, muitas delas já parceiras dos missionários da agência, e apresentando os trabalhos missionários realizados em 42 países. Em especial o estande do Café e Missão, uma produção de grãos de cafés onde uma porcentagem das vendas são ofertados para o trabalho missionário da APMT.

O Rev. Marcos Agripino, missionário e Executivo administrativo da APMT, palestrou no Encontro e falou sobre os avanços e desafios do trabalho missionário da APMT, bem como dos alvos a serem alcançados nos próximos anos. O pastor agradeceu as orações e a fidelidade de cada sócia da SAF em cada campanha e parceria missionária que a CNSAF’s tem realizado ano após ano. “A comemoração dos 138 anos da SAF é um marco na história da IPB. São anos de uma contribuição imensa para o avanço do trabalho transcultural da nossa igreja. Fica a nossa gratidão a Deus pela vida das irmãs que têm tido uma participação ímpar e de muita importância no trabalho da APMT no Brasil e ao redor do mundo”, parabeniza Rev. Marcos Agripino.

Isabella Silveira
Missionária de Base na Comunicação da APMT

CLIQUE AQUI PARA VER MAIS FOTOS

X EMOLIM: Encontro de Mobilizadores e Líderes de Missões

2022-09-26T03:00:00.000Z

No dia 24 de setembro de 2022, aconteceu em São Paulo na Igreja Presbiteriana de Vila Mariana o X EMOLIM: Encontro de Mobilizadores e Líderes de Missões.

Foi um dia intenso de mensagens inspiracionais, oficinas e muitas informações de como a igreja pode participar mais ativamente da tarefa missionária da APMT nos campos. Saímos de lá impactados com as realidades e desafios da missão global ainda não terminada. Mas certamente, terminamos o dia e voltamos para nossas igrejas motivados a mobilizar nossos membros a fazer parte desta Grande Comissão.

Mas a proposta deste evento é que ele não acabe ali, mas sim que aproxime a igreja, a agência e o missionário, para juntos cumprirem o chamado de Jesus de compartilhar as boas novas até os confins da terra. E esta tarefa não é apenas do missionário, do pastor ou do mobilizador, mas sim de todo o corpo de Cristo, com seus diferentes dons e talentos, convictos de que foram chamados para servir à Igreja espalhada entre as nações, afim de que toda criatura venha a conhecer o Salvador.

E como APMT, sonhamos em ver cada vez mais nossas IPB's imersas e ativas no campo missionário, segurando as cordas na retaguarda da Missão.

CLIQUE AQUI - CONTEÚDOS SOBRE MISSÃO PARA SUA IGREJA CLIQUE AQUI PARA VER AS FOTOS DO X EMOLIM

Participe do 10ª EMOLIM em São Paulo no mês de setembro

2022-09-05T03:00:00.000Z

X EMOLIM - Encontro de Mobilizadores e líderes de missões

Oportunidade especial de atualização, edificação e renovação para o avanço missionário e a mobilização das igrejas nas parcerias missionárias em favor do Reino e sua expansão até os confins da terra, promovido pela APMT -  Agência Presbiteriana de Missões Transculturais da Igreja Presbiteriana do Brasil

O X EMOLIM tem o propósito de reunir mobilizadores e líderes de missões de Igrejas Locais, Presbitérios e Sínodos, com o objetivo de aproximar os envolvidos na ação mobilizadores pela obra missionária.

TEMA: OS ESSENCIAIS DA MISSÃO

Pensar no que é essencial nos remete àquilo que não pode faltar para que algo aconteça: no que essa ação se baseia, ao que está ligada a sua realização, ou o seu propósito. Na ação missionária – e principalmente na mobilização – o essencial da missão aponta para os princípios básicos e o que impulsiona a ação, tanto quanto para o que norteia sua realização e alcance, sem que falte a análise do que aconteceu até o momento e quais são as perspectivas de trabalho.

Nesta 10ª edição do EMOLIM olharemos para o que foi conquistado e construído até aqui e buscaremos vislumbrar o avanço possível e almejado enquanto Igreja de Cristo e participantes de Sua Missão. Para isso, teremos atividades de reflexão sobre os fundamentos do que é essencial na prática da Igreja para a mobilização missionária, apontando para o avanço da ação missionária transcultural da IPB e os reflexos dessa realidade na nossa vida cristã.

PARTICIPE!

Reúna seu grupo de apoiadores do trabalho missionário e venha representar sua região no EMOLIM! Na programação, vários momentos de aprendizado e comunhão: períodos inspiracionais, com devocional, preleção e tempo de reflexão conjunta; prática e ferramentas, com oficinas, minicursos e debates; exposições, em contato com as áreas evangelísticas da IPB, testemunho de ações das igrejas locais, conhecimento dos projetos de candidatos, contato com missionários no Brasil, além da troca de experiências com outros grupos locais que vivenciam a mesma realidade e papel na obra missionária.

A 10ª edição do EMOLIM é uma oportunidade especial de atualização, edificação e renovação para o avanço missionário e a mobilização das igrejas nas parcerias missionárias em favor do Reino e sua expansão até os confins da Terra.

+ Informações:

Dia 24 de setembro de 2022
Das 8h às 20h

Local: Igreja Presbiteriana de Vila Mariana
Endereço: Rua Vergueiro, 2407 - Vila Mariana - São Paulo estação ANA ROSA do Metrô - Linha Azul

Inscrição: R$ 50,00 - Inclui Material / Café da manhã / Coffee break / Lanche
*Inscrições até 22 de setembro!

CLIQUE AQUI E FAÇA SUA INSCRIÇÃO https://youtu.be/UYsilepYPSc

O Evangelho está sendo pregado em praça pública na França

2022-08-22T03:00:00.000Z

“Conjuro-te, perante Deus e Cristo Jesus, que há de julgar vivos e mortos, pela sua manifestação e pelo seu reino: prega a palavra, insta, quer seja oportuno, quer não, corrige, repreende, exorta com toda a longanimidade e doutrina.” 2 Timóteo 4:1,2

Todos nós envolvidos com missões já ouvimos falar da dificuldade de se evangelizar numa cultura pós-moderna e secular como a francesa, por exemplo. A França é um país onde a liberdade de pensamento e de religião são preservadas, em virtude da Declaração de 1789 sobre os Direitos do Homem e do Cidadão. A República é baseado no princípio da laicidade (ou "liberdade de consciência") imposta pela lei de 1880, e da lei de 1905 sobre a separação das Igrejas e do Estado.

Em resumo, a lei da laicidade francesa separa o estado da igreja e proíbe qualquer interação religiosa em ambientes escolares, repartições governamentais e públicas e ainda restringe a ambientes privados e particulares as interações religiosas e antireligiosas.

Essa lei levou de certa maneira a uma inibição da prática evangelística nas ruas e praças das cidades francesas. Existe uma certa timidez e mesmo medo por parte dos cristãos em fazer qualquer manifestação pública da fé que confessam com medo de serem acusados de fazer proselitismo ou invadirem um espaço pessoal religioso impenetrável garantido por lei.

Neste último dia 30 de julho aconteceu nosso segundo Festival Internacional Gospel no parque da minha cidade, Anduze. Tivemos três bandas que participaram: duas holandesas e uma francesa, e o resultado foi surprendente.

Tivemos um público que chegou perto de 400 pessoas durante as 3 horas e meia de show. Jesus foi compartilhado, Deus foi glorificado e o evangelho foi pregado em praça pública através de testemunhos dos músicos. Foi uma experiência impar nesses seis anos de França.

Precisamos estar sempre prontos a compartilhar a nossa fé e aproveitar todas e quaisquer oportunidades, seja em tempo oportuno ou não. Estejamos sempre preparados para pregar a Palavra e compartilhar a nossa fé com amor, pois Deus nos dará a oportunidade.

Gostaria de agradecer a todos que intercederam por esse evento e convidar você a assistir esse pequeno vídeo que explica e mostra melhor esse evento.

Rev. Paulo e Valéria Sicoli
p.sicoli@hotmail.com

https://youtu.be/QE4rH5RI2c4

A IPB celebra 163 anos de Obediência a Grande Comissão

2022-08-12T03:00:00.000Z

O texto de Mateus 28.18-20, popularmente conhecido como a “Grande Comissão”, está duplamente ligado com a Igreja Presbiteriana do Brasil. Primeiro, porque ele é um texto da Palavra de Deus e nós presbiterianos amamos a Bíblia porque ela é inspirada e a nossa única regra de fé e prática. Aprendemos isso na classe de catecúmenos. Segundo, porque foi ouvindo um sermão sobre Mateus 28.18-20, na capela do seminário de Princeton, pelo seu professor de teologia Charles Hodge, que Ashbel Green Simonton, sentiu-se despertado por Deus para o trabalho missionário transcultural, definindo posteriormente, junto com sua missão o Brasil como campo de atuação, chegando no Rio de Janeiro em 12 de agosto de 1859.

A semente do evangelho lançada por Simonton a 163 anos, pela atuação do Espírito Santo e trabalho dedicado dos missionários presbiterianos americanos e brasileiros, cresceu e se tornou uma grande árvore que é a IPB, que através de mais de 270 missionários da Agência Presbiteriana de Missões Transculturais, em 5 continentes e 42 países, como José do Egito, está dando frutos do outro lado do muro ou do mundo. Por isso, neste dia 12 de agosto, temos muito a celebrar e a agradecer a Deus por aquilo que ele tem feito na IPB e através dela para sua glória e expansão do seu reino no Brasil e no mundo.

O desafio da IPB é continuar sendo uma igreja que adora a Deus e proclama o seu nome em toda a terra, a exemplo da igreja de Antioquia. Lucas registra no capítulo 13 de Atos a vida de culto e de missão dessa igreja. No contexto da adoração, a igreja foi desafiada a proclamar o nome de Jesus, enviando Barnabé e Saulo para além de suas fronteiras a até hoje somos abençoados por Deus através dessa igreja. Como assim?

Na segunda viagem missionária, o apóstolo Paulo teve a visão do varão macedônio: “Passa a Macedônia e ajuda-nos”. Paulo e sua equipe obedeceram a Deus, indo para Filipos, no continente europeu, da Europa o evangelho foi para a América do Norte e de lá para o Brasil. Agora é a nossa vez. Do Brasil para a Guiné-Bissau e para o mundo. Que Deus continue fazendo da IPB uma igreja de adoração e de missão, uma que igreja vive para glória de Deus, obedecendo continuamente a Grande Comissão dada por Jesus a sua igreja: “Ide, portanto, fazei discípulos de todas as nações.”

Rev. Paulo Serafim
Missionário da APMT/IPB,
Guiné-Bissau, África Ocidental.

https://youtu.be/xvi-560_4Cg

40ª reunião do Supremo Concílio da Igreja Presbiteriana do Brasil aconteceu em Cuiabá

2022-08-08T03:00:00.000Z

Membros da Assembleia da APMT são eleitos na 40ª Reunião do Supremo Concílio em Cuiabá, Mato Grosso.

Nos dias 24 a 31 de julho aconteceu a 40ª Reunião do Supremo Concilio da IPB - Igreja Presbiteriana do Brasil, na sede da Igreja Presbiteriana de Cuiabá, MT.

Em torno de 1.400 deputados, representando as igrejas de todo o Brasil, tomaram assento para deliberar os 288 documentos enviados.

O Rev. Roberto Brasileiro foi reeleito na presidência do Supremo Concilio, na vice-presidência, foi eleito o Rev. Marco Antônio Serjo da Costa, 1° Secretário o Presb. George Santos de Almeida, o 2° Secretário o Rev. José Romeu da Silva, o 3° Secretário, Presb. Marco Aurélio Ribeiro e o 4° Secretário, Rev. Carlos Eduardo Aranha Neto. O Presb. José Alfredo M. de Almeida foi reeleito tesoureiro.

Entre os visitantes, estiveram presentes representantes das igrejas parceiras de Portugal, Iraque, Paraguai, Angola, Estados Unidos, Nova Zelândia e Nepal. Todos os representantes tiveram um espaço para falar sobre avanços e os desafios missionários transculturais. Eles agradeceram o apoio da IPB e expressaram a necessidade de continuar enviando missionários para estes países como também a importância da parceria para alcançar outras nações.

Entre as nomeações para os diferentes órgãos da IPB, foi nomeada a composição dos membros da Assembleia da APMT para o período 2022-2026, como segue:

- Rev. Amauri Costa de Oliveira - SP
- Rev. Aguinaldo de Melo Nascimento - PB
- Rev. Dejard Cadais Morais - AM
- Rev. Fernando Arantes - SP
- Rev. Marcos André Marques - BA
- Rev. Paulo da Silva - PR
- Presb. Rogério Machado - MT
- Presb. Cláudio Demétrius de Oliveira
- GO - Presb. Ezequias Costa Sales - RJ

Suplentes
- Rev. Ednaldo Batista Ribeiro – PR
- Rev. Sérgio Paulo Horta Pereira - RO
- Rev. Francisco das Chagas Vieira de Melo - SP
- Rev. Edimar Leandro - SC
- Presb. Adevanir Portes - GO
- Presb. Thiago Gonçalves da Rocha - RJ

Conselho Fiscal:

Titulares
- Presb. André Luís da Rocha
- Presb. Enéias Dominoni
- Rev. Jonas Rosa Murtta

Suplentes
- Presb. Jefferson Francisco de Paula
- Presb. João Carlos dos Santos
- Rev. Marcos S. Silva

Na Expo Supremo, os participantes puderam visitar os 23 estandes das diferentes autarquias, sociedades internas, agências, instituições e empresas ligadas à IPB. No estande da APMT, dois missionários estiveram lançando seus livros e autografando. O Miss. V. J., com o livro “Dez anos em 10 dias”, e o Rev. Cláudio Gonçalves com o livro “O uso social da riqueza em Calvino”.

Também o Rev. Antônio Mussaqui, da Igreja Presbiteriana de Angola apresentou seu livro “A Igreja Presbiteriana em Angola”.
No dia 12 de agosto, todos os nomeados estarão tomando posse do cargo na Igreja Nacional de Brasília.

A Reunião do Supremo Concílio da IPB acontece a cada quatro anos. A próxima será em Manaus, AM.

6º Encontro de Missionários da Base Europa

2022-07-20T03:00:00.000Z

Com o tema abordando a Espiritualidade Bíblica e seus impactos na vida do missionário, o Encontro dos Missionários da Base Europa foi um grande sucesso. Ele aconteceu na França, na cidade de Sète, em um Centro protestante de férias, entre os dias 4 a 8 de julho, com muito espaço para as crianças e adultos, com uma programação especial voltada para crianças e jovens, visando pastorear as próximas gerações de missionários no velho Continente. 86 pessoas estavam presentes.

A Diretoria da Agência Presbiteriana de Missões Transculturais (APMT) estava presente em sua totalidade, não apenas apoiando o evento, mas também realizando diversas reuniões com os missionários e trazendo discussões pertinentes sobre o avanço da obra missionária em contexto europeu. O evento contou também com a presença do missionário Rev. Cácio Evangelista Silva, como preletor oficial. Ele é coordenador de projetos de nossa Agência.

O tema de nosso Encontro foi abordado com graça, sabedoria e poder, pelo Rev. Cácio. Em uma das conferências, o texto de Atos 20.28 foi trabalhado com muita pertinência. “Cuidem de vocês mesmos e de todo o rebanho no qual o Espírito Santo os colocou como bispos, para pastorearem a igreja de Deus, a qual ele comprou com o seu próprio sangue” (Atos 20.28). A mordomia pessoal, familiar e ministerial foram temas destacados como marcas profundas de nossa espiritualidade e que podem nessa ordem, exercer um impacto tremendo sobre nossas vidas.

Em função das muitas e diversas necessidades, o missionário precisa atentar para aquilo que é essencialmente prioritário em seu projeto, atuando com seriedade e assertividade a fim de que, sob a orientação do Espírito, Jesus Cristo seja anunciado e vidas venham confessá-lo como Senhor e Salvador, esclareceu também nosso preletor.

A Europa tornou-se um imenso campo missionário. Ela precisa ser (re)evangelizada. Em gerações passadas, centenas de missionários foram enviados ao redor do mundo. Em tempos mais antigos, nosso reformador João Calvino enviou missionários ao Brasil. O velho Continente conheceu muitos e poderosos avivamentos. Mas terra que não evangeliza, torna-se campo a ser evangelizado. Eis uma grande oportunidade: uma porta bem escancarada para fazer missões e a nossa Agência missionária não tem perdido tempo. Bendito seja Deus!

Deus tem, através de seu Santo Espírito, levantado homens e mulheres para esse enorme e importante trabalho. Encontramos missionários de várias denominações semeando a Palavra em campos europeus. A Igreja Presbiteriana do Brasil (IPB), através da APMT, tem participado desse movimento missionário. Ela tem atuado na plantação de novas igrejas e da denominação presbiteriana, trabalhado na revitalização de igrejas em parceria com igrejas irmãs. Tem desenvolvido também diversos trabalhos na área social, com destaque para o leste Europeu, bem como projetos para refugiados do Oriente Médio e outras partes do mundo.

Nesse sentido, a Agência Presbiteriana de Missões Transculturais tomou a sábia decisão de expandir sua visão missionária nos próximos anos (2022-2032) para vários outros países ao redor do planeta, além de solidificar todos os trabalhos já existentes. Aqui pela Europa, os países prioritários serão: Itália, Montenegro, Romênia, Macedônia, Grécia, Kosovo, Bósnia, Croácia, Sérvia e Bulgária. Percebemos claramente um olhar para o leste Europeu, incluindo os Balcãs.

Nossa oração é no sentido de que nossas igrejas locais sejam cada vez mais despertadas para a obra missionária, tanto em contexto nacional quanto transcultural, mesmo em nossa pátria, cheia de outras culturais. Que o sopro ardente do Espírito Santo alcance nossos corações, para que façamos discípulos de todas as tribos, povos e raças. Amém!

Rev. Marcos Azevedo e Rev. Marcos Más – Líderes da Base Europa

Ações da APMT com os refugiados da Ucrânia

2022-03-24T03:00:00.000Z

A recente Guerra que se instaurou com a invasão da Rússia à Ucrânia, no dia 24 de fevereiro deste ano, além de deixar muita destruição, dor e mortes, também está causando o êxodo de muitos cidadãos que abandonam seu país, com a esperança de encontrar refugio em outros países, inclusive no Brasil.

Mesmo a APMT não tendo missionários e projetos locais na Ucrânia, muitos dos missionários que atuam em países vizinhos, têm encontrado formas de servir em diversas frentes no auxílio aos refugiados de Guerra da Ucrânia e, assim, demonstrar o amor de Cristo àqueles que têm sofrido com o conflito.

Abaixo você poderá ler alguns relatos de como nossos missionários têm servido: como tradutores, motoristas, acolhimento e angariando roupas e mantimentos para os refugiados que têm chegado nas fronteiras da Ucrânia com outros países.

  • ROMÊNIA

Queridos, a situação com a guerra está se intensificando. A nossa igreja aqui na Romênia está envolvida ajudando com doações de roupas, alimentos não perecíveis e dinheiro quando podemos para os refugiados.

Temos auxiliado na procura de hospedagens e nossa igreja também está hospedando, no momento estamos com uma idosa de 82 anos, duas senhoras e um garoto de 9 anos. Todos com muita saudades de suas casas, a idosa chora na maior parte do tempo, e temos procurado animá-la para que não entre em depressão. Sabemos que vocês estão orando e pedimos que continuem.

Motivos de oração:

  • Pelos voluntários que ficam nas fronteiras esperando os refugiados com sopa quente, chá, café e roupas de frio.
  • Pelas jovens que desaparecem no início da guerra, a polícia diz que os foram levadas pelo tráfico humano.
  • Pelas mulheres que estão grávidas, algumas estão decididas a abortar seus bebês, pois não veem nenhuma saída. O caos na Ucrânia está no nível muito alto.
  • Orem para que nesse tempo de incertezas, sofrimento e dor as pessoas conheçam o evangelho.
Miss. Ireni Bacanu - icpbacanu@hotmail.com
  • ALEMANHA OCIDENTAL
[video width="1080" height="1080" mp4="https://apmt.org.br/wp-content/uploads/2022/03/WhatsApp-Video-2022-03-24-at-15.19.19.mp4"] [/video]  

Queridos irmãos, gostaria de contar com as vossas orações para a viagem que irei fazer até à Polônia, na semana que vem. Algumas igrejas evangélicas livres da Alemanha, se reuniram e resolveram ir até o país vizinho com uma caravana de minivans buscar o maior número possível de refugiados ucranianos, que receberão asilo aqui na Alemanha.

Eu serei um dos motoristas deste grupo, onde iremos até o Campo de Refugiados em Mlyny, a apenas alguns quilômetros de distância da zona de conflito na Ucrânia. Serão ao todo mais de 20 horas de trajeto, atravessando toda Alemanha e Polônia. Nos próximos dias darei maiores detalhes acerca da nossa saída e dos transportes dos refugiados. Obrigado a todos pelas orações.

Como nós temos algumas vagas nos carros, podemos levar algumas pessoas extra, mas é preciso cuidado nas conversas pra que não pareça que estamos tentando assedia-los pra fazer alguma coisa. A comunicação é uma das piores partes já que só alguns falam inglês, e ninguém fala alemão. Alguns tradutores estão ajudando nesse trabalho.

A igreja fez uma bela recepção aos refugiados. Eles podem ficar hospedados nas dependências da igreja (aptos) por até 3 meses gratuitamente. Além disso o governo alemão oferece uma ajuda mensal, e com o tempo podem pedir visto de permanência no país, embora a maioria queira mesmo voltar para suas casas.

Rev. Cyro Ferreira - c3ferreira@gmail.com  
  • ALEMANHA ORIENTAL

Olá queridos irmãos, como vocês já devem ter ouvido falar, muitos ucranianos estão fugindo da Ucrânia. Em Schwerin e toda a região, há muitas pessoas que falam russo e por isso muitos têm chegado até lá e também há alguns missionários que estão fazendo "resgate" das pessoas na Polônia. A maioria das pessoas que têm chegado são mulheres e crianças, os homens estão ficando.

Orem por essas pessoas! Em especial pela Oksana, ela morou há 20 anos atrás com a avó do Sebastian e é uma mulher que sempre testemunhou de Cristo, sua fé é um exemplo para todos. Ela, juntamente com seus 6 filhos, foram resgatados por um missionário de uma missão parceira! (glória a Deus).

Ela está sozinha com 6 crianças e grávida de 34 semanas de gêmeos... Em todo momento ela tem mostrado fidelidade ao Senhor, mas a situação não é fácil.

Por favor, orem para que a igreja se levante e testemunho do amor de Cristo acolhendo essas mulheres e crianças que chegam. Uma situação difícil que precisamos de muita sabedoria. Se você puder, pare nesse momento e vamos clamar agora por essa situação!

Miss. Fabiana Braun - famieliebraun@hotmail.com  
  • ESPANHA
[video width="1080" height="1080" mp4="https://apmt.org.br/wp-content/uploads/2022/03/WhatsApp-Video-2022-03-24-at-14.55.45.mp4"] [/video]

Rev. Fabio Diniz, é missionário na Espanha e por muitos anos também serviu na Rússia. Nestes dias de conflito ele tem viajado para a Polônia, Moldávia, Ucrânia e região para auxiliar no acolhimento aos refugiados, fazendo traduções e também levando aqueles que desejam sair do país em direção às fronteiras e outros países da Europa. Abaixo alguns relatos de sua viagem.

  1. Gália - Graças a Deus ela está bem com os filhos na base da JOCUM da Romênia, o marido e o irmão voltaram para Kiev para ajudar. Com o apoio de vocês, pude passar 300 euros (+- 1.600 reais) para ajudá-la nas despesas.
  2. Nossa igreja na Espanha e nossa ONG Religar arrecadamos roupa e alimentos para levar para Ucrânia, levamos hoje para uma igreja ucraniana que está ajudando os refugiados; Compramos 250 euros (mais ou menos 1.400 reais) em alimentos com o dinheiro enviado do Brasil.
  3. Domingo estaremos indo na divisa da Ucrânia para ajudar na tradução e distribuição de alimentos e roupas…. continuem orando por nós.
  4. Estamos para receber uma família ucraniana em nossa igreja e mantê-la durante 1 ano, peço que orem por isso também.
Rev. Fábio Diniz - fa7bio@gmail.com

Se você desejar saber mais notícias das ações dos nossos missionários e formas de auxiliar e se envolver com o que eles têm feito em prol dos refugiados, entre em contato direto com eles no email informado no texto, para ver as necessidades específicas das ações que eles têm realizado nos diferentes lugares e frentes de trabalho.

Assim que tivermos maiores notícias e informações dos missionários iremos divulgar em nossas redes sociais.

Convocamos a toda igreja que continue orando pela Ucrânia e pela Rússia, clamando por paz, segurança e por oportunidades da Igreja mostrar amor àqueles que têm sofrido.

Semana de Orientação 2022

2022-02-07T03:00:00.000Z

Mais uma Semana de Orientação da APMT aconteceu em Campinas, SP, dos dias 31 de janeiro a 4 de fevereiro. O evento reuniu quase 30 candidatos a missionários e mobilizadores, no acampamento do Lar Luterano.

O objetivo do encontro é dar a conhecer aos participantes os aspectos operacionais da Agência, sua estrutura e a dinâmica dos diferentes departamentos. Missionários e funcionários que atuam na Base central em São Paulo, estiveram presentes e cada um falou da sua área de atuação.

O Rev. Marcos Agripino explicou detalhadamente aspectos importantes que o missionário precisa considerar e cuidar, mesmo morando fora do país. Muitas dúvidas foram esclarecidas. O presidente da APMT, Rev. Sergio Paulo Nascimento, passou um dia com os participantes, deu uma palavra de encorajamento a todos e conversou com alguns pessoalmente.

Para os participantes a semana foi muito importante, pois desconheciam muitas coisas que foram colocadas e tinham outro conceito sobra a Agência. Eles também agradeceram o trabalho desenvolvido por cada Departamento que atua na Base e o cuidado que a equipe tem com cada missionário, como também o apoio que é dado às solicitações das igrejas locais.

Alguns pastores presentes participaram, trazendo uma mensagem devocional todos os dias. O Rev. Cornélio Castro dirigiu o louvor.

As crianças tiveram uma programação paralela intensa, coordenada pela Maria de Fátima Alves R. dos Santos, que desenvolve um ministério com crianças, usando variados recursos visuais, principalmente fantoches.

Um dos momentos muito importante durante o evento, foi a apresentação pública da Nova Identidade Visual da APMT, que aconteceu na quita-feira, 20Hs, com transição ao vivo pelo canal do Instagram. Foi apresentado também um vídeo explicativo, que teve a interpretação em LIBRAS - Língua Brasileira de Sinais, por Kilma Gouveia. O Sinal da APMT em LIBRAS foi criado foi criado pela Diega Crislane Alves Pereira, professora surda e oralizada. Ela é de Garanhuns, PE.

A Semana de Orientação acontece todos os anos e é direcionado a candidatos a missionários e mobilizadores da APMT, como também a missionários que há muito tempo estão no campo e precisam de reciclar e atualizar seu conhecimento sobre a dinâmica institucional.

CLIQUE AQUI PARA VER MAIS FOTOS https://youtu.be/4KiA3qy_X_E

Nova turma de Formandos do CFM Nordeste 2022

2022-02-04T03:00:00.000Z


 
Com muita alegria que o CFM NE – Centro de Formação Missiológica da APMT, formou sua mais uma turma do curso em Recife, NE. No dia 26 de janeiro, foi realizado um culto de celebração pela formatura dos alunos, na capela do Seminário Presbiteriano do Norte (SPN), local onde o curso do CFM Nordeste é realizado de forma intensiva nos meses de janeiro e junho.
Foram 7 formandos de diferentes estados do Nordeste que puderam concluir o preparo missiológico, uns dos pré-requisitos da APMT para se tornar missionário transcultural. Agora, os alunos estão mais próximos de partir para o campo como missionários.
Agradecemos as igrejas e parceiros que oraram e investiram no preparo ministerial dos nossos vocacionados. Cada formando é uma resposta de oração das igrejas, para que mais servos sejam enviados aos povos e culturas que ainda não conhecem a Cristo.
Convidamos você e sua igreja a se envolverem na caminhada desses vocacionados, acompanhando o projeto, orando, investindo e seguindo junto com eles para os países e povos para os quais Deus os chamou.
 
Turma de Formandos jan/2022:
  1. Angelo Manassés dos Santos (IP de Boa Viagem)
  2. Idélia Manassés de B. Silva (IP de Boa Viagem)
  3. Samuel Teodozio do Nascimento Júnior (IP Vila Sotave)
  4. Thaís Clementino Gomes (3° IP de Patos/PB)
  5. Karla Pietra (Primeira IP Garanhuns)
  6. Darlene Nunes Buarque Teodozio (IP Vila Sotave)
  7. Kilma Gouveia de Melo (IP Heliópolis – Garanhuns)
 
Leia a seguir o testemunho da formanda Kilma Gouveia:
Quero registrar a minha alegria, nesse dia, quando junto com outros irmãos, adoramos  e  louvamos ao Senhor pela oportunidade que tivemos de participar do CFM e concluir o curso. Os obstáculos foram imensos, vocês não têm ideia….das viagens, pra lá e cá, muitas vezes contando as moedas para a alimentação, durante as semanas no seminário. Ah! E os estudos, leituras e mais leituras! Mas….foram dias  enriquecedores do conhecimento da Palavra de Deus, e testemunhos de tantos servos professores e colegas!  Momentos devocionais cada manhã, e de oração diária, dirigido antes das aulas por santos professores que não apenas têm conhecimentos, mas que vivem o Evangelho! 
O Estágio na Missão Caiuá em MS, foi um marco exponencial em minha vida. Quantas experiências e lembranças vou levando na bagagem. GRATIDÃO é a palavra que me vem à mente e ao coração. 
A Deus toda a Glória, que o Espírito Santo traga à memória todo o conhecimento recebido para engrandecer o Reino de Deus. Grata ao Conselho da IPH, pelo apoio e orações. Grata ao meu marido pela compreensão de tantos dias longe (que seriam férias), ou com a cara nos livros. Grata aos meus filhos pela constante torcida e ajuda na parte tecnológica. Grata a minha mãe e irmãos, pelas caronas de ida e volta para o SPN, e pela acolhida nos fins de semana! Grata aos colegas de curso, de perto e de longe, pela paciência ao repetir para mim todas as recomendações que o professor tinha dado para os trabalhos, e eu esquecia. Grata às queridas irmãs do Café com Oração, que foram e são como cordas que puxam, que dão suporte, que firmam todo o tempo com suas orações e palavras de ânimo.  Grata a turma de formandos 2022 que me acolheu, alguns que nem me conhecem….E por fim grata a coordenadora do CFM, Monica Mesquita, essa serva do Altíssimo que se preocupa com cada aluno/a e que me deu o privilégio de manter contato, acompanhando os meus anseios, dúvidas e preocupações, e orando comigo, durante todos esses anos!

 
CFM é um curso preparatório para missionários transculturais e para irmãos que desejam ampliar sua visão sobre missões a fim de atuar na igreja local. São 17 módulos mais um estágio transcultural em campos da APMT. No Nordeste os módulos acontecem de forma intensiva nos meses de janeiro e junho com duração de 1 ano e meio. Para saber mais sobre o curso, acesse: apmt.org.br/cfm
CLIQUE AQUI PARA VER AS FOTOS DA FORMATURA https://www.youtube.com/watch?v=kpaEoVrtLJ8

Tentativa de Golpe em Guiné Bissau

2022-02-01T03:00:00.000Z

No dia de hoje, 1 de fevereiro de 2022, Guiné Bissau sofreu uma “Tentativa de Golpe”. Algumas famílias missionárias da APMT atuam no país, desenvolvendo diferentes projetos.

De acordo com fontes de notícias do país, há reféns, feridos e algumas vítimas fatais decorrente de um enfrentamento armado.

A APMT já manteve comunicação com todas as famílias que moram lá e todas elas estão em casa, sem sofrer nenhum dano e está acompanhando a situação.

Ainda não sabemos o que pode acontecer nos próximos dias. Alguns missionários nos comunicaram que pode haver corte de energia elétrica, água e que foi decretado o corte dos meios de comunicação como internet, telefone e rádio.

Contamos com as orações dos irmãos para que toda nossa equipe continue sendo guardada e protegida pelo Senhor e que em breve volte a paz no país.

Rev. Marcos Agripino
Executivo da APMT

https://youtu.be/_eoyHnOpxh8