Mande-nos uma mensagem!

Informações

APMT responde

O missionário deve buscar parceiros, sócios para o projeto que irão desenvolver em determinado país, visto que a missão é uma só, a Missão de Deus, e todos somos cooperadores da missão, orando, financiando e indo. A APMT através do Comitê Gestor da IPB apóia com o valor parcial.

O valor necessário para o sustento pessoal do missionário, varia, de acordo com o custo de vida de cada país, e/ou localidade. O levantamento de informações é feito antes da ida para o campo que irá atuar.

Quanto ao projeto do missionário este é apresentado, podendo ou não ser aprovado, dependendo da avaliação da Diretoria e/ou Assembléia da APMT e do Comitê Gestor do Fundo Missionário da IPB. Caso seja aprovado, o projeto poderá receber parte dos recursos financeiros designados pelo Supremo Concílio para o trabalho missionário transcultural. Inclui o sustento pessoal e outras áreas de necessidade.

Sempre que uma igreja convida determinado missionário para falar sobre missões, seja para pregação, testemunho, palestra, estudo, etc., é justo que a própria igreja que está convidando e sendo abençoada assuma as despesas de transporte e hospedagem do missionário. Os missionários vivem de ofertas missionárias, portanto por mais que queiram não podem arcar com as despesas de visita a uma igreja, tampouco a APMT tem recursos para isso.

Basicamente da seguinte maneira:

Cada missionário, ao integrar o quadro de missionários da APMT, recebe um código de
de contribuição, um número de 2 dígitos, o qual é divulgado pelo próprio missionário e nos órgãos informativos.
Ao efetuar seu depósito, coloque o código, referente ao missionário. Caso não seja possível efetuar o depósito com o código em centavos, ou seja caixa BDN, comunicar ao escritório, e a oferta será destinada ao referido missionário.

Depósito Bancário:

APMT – Agência Presbiteriana de Missões Transculturais

Banco do Brasil   – Agência 0635-1 (Cambuci) – c/c: 7500-0

Banco Bradesco – Agência 119-8 (Cambuci) – c/c: 107965-4

Através de Carnê:

Solicite o boleto bancário ao nosso escritório. O boleto não possui data de vencimento e nem valor estipulado. A contribuição através dele pode ser feita em qualquer banco e em qualquer dia. Nesse caso, o código em centavos não é necessário.

Através de Cheque:

Cruzado e nominal à APMT – Agência Presbiteriana de Missões Transculturais.

Transferência online: CNPJ 04.138.895/0001-86

Se a oferta for destinada a sustento de um missionário, favor observar o código de contribuição (Link – Missionários).

Exemplo: se depositar R$30,00 e o código do missionário a quem se destina a oferta for “ 0,25” , deposite R$30,25 dessa maneira a oferta será rapidamente identificada e encaminhada para o referido missionário.

Caso tenha dificuldade em depositar as moedas, ou caso vá utilizar um caixa-rápido, entre em contato com o nosso escritório por faz, telefone ou e-mail, e identifique o missionário a quem se destina a oferta.

APMT
Fone: (11) 3207-2139 – 3341-8339
E-mail: apmt@apmt.org.br

Quando o projeto do missionário é apresentado, por ocasião de seu ingresso no quadro de missionários da APMT, este projeto pode ou não ser aprovado, dependendo da avaliação da Diretoria e/ou Assembléia da APMT e do Comitê Gestor do Fundo Missionário da IPB. Caso seja aprovado, o projeto poderá receber parte dos recursos financeiros designados pelo Supremo Concílio para o trabalho missionário transcultural.

Não! Porém essa é uma questão de consciência e sensibilidade.

Consciência porque o missionário é alguém que tudo deixou pelo chamado de Deus para pregar o Evangelho às nações. Como não trabalha secularmente como outros cristãos, seu sustento vem de ofertas principalmente de igrejas que os convidam para testemunhar. Muitas dessas igrejas acabam até por adotar o missionário, não apenas contribuindo uma vez, mas regularmente.

Sensibilidade porque o missionário, ao deixar sua terra, ou em muitos casos, o conforto de suas férias, demonstra disposição e apoio aos que desejam ouvi-lo. A igreja precisa ser sensível a todas as lutas, privações e dificuldades pelas quais passam os missionários, associando-se a eles na medida de suas possibilidades.

Através de ofertas missionárias de igrejas e pessoas comprometidas com o cumprimento do “ide e fazei discípulos de todas as nações”.
 
Os recursos são depositados nas contas bancárias da APMT e repassados aos missionários nos campos sem qualquer ônus.
 
Observação:
Quando o projeto do missionário é apresentado, por ocasião de seu ingresso no quadro de missionários da APMT, este projeto pode ou não ser aprovado, dependendo da avaliação da Diretoria e/ou Assembléia da APMT e do Comitê Gestor do Fundo Missionário da IPB. Caso seja aprovado, o projeto poderá receber parte dos recursos financeiros designados pelo Supremo Concílio para o trabalho missionário transcultural.
 
Depósito Bancário:
APMT – Agência Presbiteriana de Missões Transculturais
 
Banco do Brasil – Agência 0635-1 (Cambuci) – c/c: 7500-0
Banco Bradesco – Agência 119-8 (Cambuci) – c/c: 107965-4
 
Através de Carnê:
Solicite o boleto bancário ao nosso escritório. O boleto não possui data de vencimento e nem valor estipulado. A contribuição através dele pode ser feita em qualquer banco e em qualquer dia. Nesse caso, o código em centavos não é necessário.
 
Através de Cheque:
Cruzado e nominal à APMT – Agência Presbiteriana de Missões Transculturais.
 
Transferência online:
CNPJ 04.138.895/0001-86
 
Se a oferta for destinada a sustento de um missionário, favor observar o código de contribuição (Link – Missionários).
Exemplo: se depositar R$30,00 e o código do missionário a quem se destina a oferta for “0,25”, deposite R$30,25 dessa maneira a oferta será rapidamente identificada e encaminhada para o referido missionário.
 
Caso tenha dificuldade em depositar as moedas, ou caso vá utilizar um caixa-rápido, entre em contato com o nosso escritório por faz, telefone ou e-mail, e identifique o missionário a quem se destina a oferta.

Como é o trabalho missionário transcultural realizado pelos missionários da APMT?

– Ação Social
– Capelania hospitalar
– Desenvolvimento de Liderança Autóctone
– Discipulado
– Ensino Teológico
– Evangelismo
– Plantação de Igrejas
– Pré-escola e ensino fundamental
– Tradução da Bíblia

– Ação Social
– Ambulatório – África e Brasil
– Agronomia – Norte da África
– Nutrição – Guiné Bissau
– Projeto Amadeus – Romênia
– Projeto Meninos de Rua – Senegal
– Projeto CEPA – Apoio aos imigrantes – Espanha
– Projeto C-Step – Apoio aos imigrantes – África do Sul
– Cursos Profissionalizantes (corte costura, pequenos socorros, artesanato, etc)

– Evangelismo
– Aos Refugiados
– Aos Universitários
– Através do Esporte
– Através de Rádio e TV
– Em Escolas
– Em Hospitais

– Plantação de Igrejas
– Bolívia
– Brasil (povos indígenas)
– Espanha
– Guiné Bissau
– Guine Conacri
– Itália
– Paraguai
– Portugal
– Romênia
– Senegal
– Timor Leste

– Pré-Escola e Ensino Fundamental
– Escola Paraguai / Brasil – San Lorenzo (Paraguai)
– Escola Presbiteriana Ebenezer – Assunción (Paraguai)
– Centro Educacional Presbiteriano – Concepción (Paraguai)
– Alfabetização de adultos e reforço escolar – Santa Rita (Paraguai)

– Blocos Étnico-Religiosos
– Animistas
– Árabes
– Budistas
– Ciganos
– Hindus
– Indígenas
– Muçulmanos

– Alcançando os Povos Indígenas
– Alfabetização Bilíngüe (língua mãe e português)
– Assistência à Saúde
– Plantação de Igrejas Autóctones
– Produção de Cartilhas
– Tradução da Bíblia

1. Cadastrando igrejas em nosso banco de dados.
2. Envelopando correspondências.
3. Atendendo telefonemas.

Ligue e fale conosco. (11) 3341-8339

1. Depósito no Banco Bradesco
Banco Bradesco  –  Agência:119-8    –  C/C 107965-4 e
Banco do Brasil    –  Agência 0635-1  –  C/C 7500-0
Boca do Cx. (Moedas + Código)
Ao ser depositado observar o código de contribuições, se a oferta for destinada para missionários.
Caso, necessite de recibo, entrar em contato com o escritório identificando o depósito.
Cx. Eletrônico (Informe contribuição)

2. Depósito Outros Bancos
TEF/DOC/Tansf. Eletronica na
Boca do Cx. ou Cx. Eletrônico
CNPJ nº04.138.895/0001-86

APMT
Fone: (11) 3207-2139
E-mail: apmt@apmt.org.br

São casais e solteiros que abriram mão de usufruir do conforto de seu país e cultura para representar a Igreja Presbiteriana do Brasil na proclamação mundial do Evangelho de Cristo.
 
Há três tipos de missionários: os que trabalham em países e com povos onde há liberdade religiosa; os que trabalham em campos de risco; os que trabalham na base.
 
Fora os missionários que trabalham em campos tranculturais onde há perseguição, todos os outros estão relacionados no link “missionários” na página principal deste site.
 
*Para interceder e contribuir com qualquer de nossos missionários, de maneira segura, entre em contato com o escritório da APMT. (11) 3207-2139 ou e-mail: apmt@apmt.org.br
Autorizados e credenciados pela APMT/IPB, os missionários visitam as igrejas antes de partirem para o campo missionário (nota: eles só estão autorizados a partir quando o sustento estiver completo) com o objetivo de encorajá-las a intercederem e investirem em missões e em seu projeto missionário.
 
Os missionários também usam os correios para enviarem às pessoas e igrejas suas cartas, projetos e folders.
 
Já no campo missionário, incentivamos a comunicação regular do missionário com a igreja. Para isso, a equipe de base no escritório assessora os missionários enviando suas correspondências (sem qualquer ônus para eles). A equipe de base também redireciona ao missionário de campo o investimento de pessoas e igrejas. Além disso, a base conversa pessoalmente com pastores, conselhos missionários e igrejas esclarecendo dúvidas e apresentado os projetos de cada missionário.
 
A base também produz materiais de divulgação dos ministérios: Revista Alcance, Quadro de Missionários, malas diretas, site, etc.