Logo APMT
Logo APMT

Cartas de Missionários

Rev. Luiz Augusto e Rachel Bueno

5/4/2024

Portugal, maio 2024

"Porém em nada considero a vida preciosa para mim mesmo, desde que eu complete a minha carreira e o ministério que recebi do Senhor Jesus para testemunhar o evangelho da graça de Deus”.  S. Paulo aos Efésios (Atos dos Apóstolos 20:24)

Queridos irmãos e amigos, em Cristo:

Esperamos que estejam em paz e com saúde.

Trazemos aqui um breve resumo do que experimentamos nestes meses em nossa comunidade na Covilhã:

1- Os encontros dos casais têm acontecido mensalmente. Estamos a estudar o livro: Quando pecadores dizem: sim. Tem sido um tempo de edificação tanto os recém-casados como os casados de muitos anos.

2- A aula bíblica para as crianças têm recebido novas auxiliares e professoras. São irmãs que estavam congregando e agora estão dispostas a ajudar. O número de crianças tem aumentado também.

3- Os cultos têm sido bem frequentados. Temos uma média de 35 a 40 pessoas dominicalmente (contando com as crianças).

4- Temos dado aulas de doutrina todos os domingos antes do culto. Já há dois meses estamos estudando o Catecismo de Westminster.

5- Estamos avaliando a possibilidade de começarmos encontros de estudo bíblico numa Freguesia chamada Souto da Casa. Ali há várias pessoas que desejam estudo bíblico, mas não há igreja evangélica neste momento.

Agradeça e ore por esses motivos:

1. Pela possibilidade de participarmos do encontro de missionários da APMT que irá se realizar em julho que acontecerá na Espanha. Ainda não temos todos os recursos para a viagem.

2. Pelo processo de cirurgia do Luiz. O médico pediu novos exames e aguarda a chamada para a realização destes.

3. Pela Rachel que fez nova consulta dos nódulos na tireoide e segue em observação.

4. Pelo crescimento e despertamento espiritual daqueles que se congregam em nossa igreja.

5. Pelo curso básico de teologia que o Luiz quer iniciar. Estamos esperando o tempo oportuno.

6. No dia 9 de maio, o Luiz completou 59 anos e no dia 22 ele completará 36 anos de ministério pastoral. Continue a rogar a Deus por sua vida.

Agradecemos a Deus por cada um de vocês, que têm nos apoiado financeiramente e em orações. Que o bom Senhor supra cada uma de suas necessidades. Continuem a orar para que possamos ter perseverança no propósito de alcançar os nacionais a fim de que o evangelho de Cristo venha a transformar suas vidas para a eternidade.

Um abraço fraterno,
Luiz e Rachel

Pix: luizbueno65@gmail.com

Rev Edivaldo e Valéria

4/4/2024

Itália, maio 2024

Olá QUERIDOS IRMÃOS, graça e paz!

Depois de um tempo de espera no Brasil, finalmente chegamos à Itália. Desembarcamos na terra da bota no início de abril e, num piscar de olhos, completamos nosso primeiro mês aqui.

Inicialmente nos empenhamos na documentação e regularização junto às autoridades e órgãos do governo italiano. Esta etapa é naturalmente lenta e burocrática, porém, indispensável a todos que desejam residir legalmente no país.

O CAMPO MISSIONÁRIO

Nossa chegada ao campo foi marcada pela acolhida da Chiesa Presbiteriana in Itália, na cidade de Legnano (Milão). Nos tornamos membros, conforme orientação da APMT, e fomos apresentados à igreja. Posteriormente, conhecemos a congregação em Brescia (onde iremos atuar inicialmente). Fomos recebidos pelos irmãos e muito nos alegramos.

No fim de abril participamos do Encontro Anual da Igreja. A segunda edição deste evento foi marcada pela apresentação dos novos missionários (além de nós, outros 2 casais e 1 missionária também chegaram). Glória a Deus por isso!

OS NOVOS DESAFIOS

Este primeiro mês no campo foi marcado pelas constantes mudanças e incessante procura por uma residência definitiva. A Itália enfrenta a mesma questão migratória de outras partes da Europa. Alugar uma casa não é algo simples e rápido. Foram semanas de intensas buscas e contatos, porém, sem qualquer êxito. Neste período, vivemos em aluguéis temporários (Airbnb). Sofremos um pouco com as 4 mudanças, bem como, os custos elevadíssimos, entretanto, o Senhor nos guiou e nos supriu em tudo!

OS PRÓXIMOS PASSOS

Recentemente conseguimos fechar um contrato de locação em Legnano (onde fica a igreja sede), todavia, o imóvel só estará disponível em julho. Ainda assim, já podemos efetuar a matrícula dos nossos filhos na escola (as aulas começam em setembro) e finalizar os documentos restantes. Seguimos firmes no estudo da língua e cultura italiana a fim de atingirmos a fluência necessária para assumir os trabalhos em Brescia até o fim do ano. Neste período, iremos auxiliar o campo dentro das nossas atuais possibilidades.

Somos gratos pelas orações e envolvimento dos queridos irmãos. As lutas são grandes, porém, somos diariamente encorajados e fortalecidos no Senhor Jesus.

• Orem por nossa saúde física, emocional e espiritual;
• Orem pelo aprendizado da língua e adaptação no país;
• Orem por nossa família e ministério;
• Agradeçam a Deus por todos os parceiros;

Che il Signore Gesù vi benedica tutti, grazie!

Rev. Edivaldo, Miss. Valéria e Filhos

Contatos:

34 9127-2042
e-mail: speranzapitalia@gmail.com

Rev Humberto e Brandali

3/4/2024

Itália, maio 2024

Notícias.... Distâncias

Na Bíblia, o termo "distância" é mencionado em vários contextos e em diferentes passagens. Por exemplo, em Provérbios 22:3, está escrito: "O prudente vê o perigo e busca refúgio; o inexperiente segue adiante e sofre as consequências." Este versículo fala sobre a importância de reconhecer a distância entre o perigo e buscar proteção.

Além disso, em Lucas 15:20, a história do filho pródigo destaca a distância emocional e física entre o pai e o filho, que posteriormente é restaurada quando o filho retorna para casa procurando perdão.

Usando a palavra distancia me vem em mente uma pergunta?

Quanto tempo vocês levam para ir para a sua Igreja? Esses são apenas alguns exemplos das passagens que abordam o tema da distância na Bíblia.

No nosso trabalho temos recebido pessoas das mais diferentes cidades que enfrentam grandes distancias e até mesmo de Lugano (Suíça).

No dia 25 de abril deste mês, tivemos o privilégio de receber 17 novos membros, foi o maior número recebido de uma única vez, um grande privilégio.

Estou trabalhando na recepção dos novos missionários, com documentos e casa para alugar, não tem sido fácil, um dos obstáculos é alugar casa.

Orem

• Pela minha vida de modo que tenha sabedoria e força física para atender a demanda em crescimento.
• Pela nossa saúde física, a Branda continua com seu tratamento, estamos bem fisicamente.
• Pela minha viagem ao Brasil em agosto para visitar minha mãe, que tenhamos um tempo precioso e também alguns contatos com igrejas e pessoas.

Agradeço o apoio e contribuição, se desejarem entrem em contato, ainda temos algumas datas para o mês de agosto.

Contato

+39 3337884058
Pix: revdohumberto@hotmail.com

Ibijara e Patricia Culina

2/4/2024

Brasil, abril 2024

ALDEIAS KULINAS NO RIO PURUS

No início do mês de março fiz uma viagens às aldeias Kulinas no Rio Purus. Os missionários da Missão Novas Tribos do Brasil foram expulsos daquela área indígena sem o consentimento das lideranças das aldeias. O caçique quer que eles voltem a morar na área. Fui convidado pela equipe missionária para conversar e traduzir para o povo os motivos que levaram os missionários a serem expulsos e como eles devem fazer para garantir seu direito de ouvir a Palavra de Deus.

RECEBENDO KULINAS EM NOSSA CASA

Recebemos a visita de três famílias Kulinas na nossa casa. Foi a primeira vez que eles nos visitaram. Servimos almoço para eles e passamos um tempo cantando no nosso idioma. Tenho ajudado eles fazendo uma ponte para a sociedade. Eles carecem de ajuda em diversas áreas.

CONHEÇA O BRENO

Ele é o mais jovem membro da nossa igreja. Com apenas 13 anos ele demonstra muito compromisso com o Senhor. Não falta a nenhum culto. Está sempre disposto e animado para servir. Investimos na vida dele pagando aulas de violão, e já podemos colher os frutos. Sem saber ele nos anima cada dia.

VAMOS FESTEJAR

No dia 04 de Abril comemoramos o aniversário de dois anos do Yan!

AGRADEÇAM CONOSCO

• Por mais um ano de vida do Yan;
• Pela boa viagem às aldeias;
• Pela visita dos Kulinas;
• Pela vida do Breno;
• Pelo sustento e ânimo do Senhor cada dia.

OREM CONOSCO

• Pelas aldeias Kulinas no Purus, eles estão sedentos da Palavra;
• Pelo futuro do Breno;
• Pelos Kulinas de Feijó, que sejam totalmente transformados pelo Espírito Santo.
• Para que Deus nos dê saúde, sabedoria e ousadia para pregar.

Obrigado por suas orações e sustento! Somos uma equipe missionária!

Miss. Ibijara e Patricia Culina

Rev. F. N. e E. M.

5/4/2024

Ásia, maio de 2024

“Vós, porém, sois raça eleita, sacerdócio real, nação santa, povo de propriedade exclusiva de Deus, a fim de proclamardes as virtudes daquele que vos chamou das trevas para sua maravilhosa luz.” (1 Pedro 2.9).

Pedro está explicando à Igreja sobre os benefícios da fé, em um contraste com o tropeço dos incrédulos. Os cristãos são o verdadeiro povo de Deus. Nós estamos dando continuidade às antigas promessas que começaram com Abraão e Moises.  E, é nessa perspectiva que estamos enviando nossas notícias, aqui, do outro lado da grande muralha.

A nossa chegada aqui foi tranquila, apesar de longa, burocrática e cansativa. Atravessamos a fronteira no dia 14 de março - chegamos bem no meio do feriado do ano novo chinês e isso foi bom para nós, porque a cidade estava bem tranquila e gradativamente entramos na rotina da cidade grande. O nosso primeiro desafio foi alugarmos um apartamento próximo à universidade, o que conseguimos em uma semana, com a graça de Deus.

Na universidade, fomos extremamente bem recebidos pelo departamento de línguas. Em algumas das muitas reuniões da turma, fomos citados pelos professores como exemplos de perseverança e determinação em aceitarmos o desafio de aprendermos uma nova língua em nossa idade. Toda honra e toda glória ao Senhor! O nosso curso começou no dia 26 de fevereiro.

A rotina de estudante em uma universidade na Asia é desafiadora, especialmente porque 99% dos nossos colegas são asiáticos, e eles já tem conhecimento da língua por viverem nas proximidades do país ou por hereditariedade. A maioria deles já escrevem, têm facilidade em pronunciar os sons e muitos já falam a língua. Além disso, a didática aplicada aqui é bem diferente da didática do ocidente. Nós temos as aula na sala de aula, muita lição de casa e, além do curso de línguas, a universidade exige que façamos cursos extra curriculares que incluem costumes, cultura e leis dos país. Por isso, sentimos o peso da cobrança por parte dos professores. Contudo, enfrentamos esses obstáculos na força dAquele que nos conduziu até aqui.

Este é um momento propício para clamarmos por sabedoria vinda do alto para administrarmos nosso tempo entre todas as exigências da universidade e dos cursos, bem como cuidar da nossa família, saúde e ministério. Estamos conhecendo muitas pessoas aqui e temos muitas oportunidades de compartilharmos sobre o motivo de estarmos aqui. Mas, precisamos ser prudentes e cautelosos. Neste momento, focamos em fincar as raízes nesta terra e lançarmos a semente.

A nossa documentação ficou pronta um mês depois que chegamos. A burocracia aqui é exaustiva, morosa e extremamente detalhista, mas finalmente foi concluída. Mesmo assim, uma vez por mês, recebemos a visita de um grupo de representantes da segurança para checar os documentos e respondermos perguntas sobre nossa estadia aqui. Isso não nos incomoda, mas já estávamos preparados para essa situação.

Motivos de intercessão:

- Precisamos de mais parceiros financeiros - temos dificuldades em cumprir com todas as necessidades financeiras.
- Sabedoria e inteligência para aprendermos a língua e cumprirmos todas as exigências da universidade.
- Saúde - nos últimos meses sentimos alguns problemas estomacais.
- Segurança - o clima aqui é bem tenso e em todo momento sentimos que estamos sobre grande vigilância.

Muito obrigada pelo apoio e orações;

nEle,
Rev. F.N.F e E.M.F

Rev Salomão e Luciana

4/4/2024

Uruguai, abril 2024

Por isso, digo a vocês: não se preocupem com a sua vida, quanto ao que irão comer ou beber; nem com o corpo, quanto ao que irão vestir. Não é a vida mais do que o alimento, e não é o corpo mais do que as roupas? Porque os gentios é que procuram todas estas coisas. O Pai de vocês, que está no céu, sabe que vocês precisam de todas elas. Mas busquem em primeiro lugar o Reino de Deus e a sua justiça, e todas estas coisas lhes serão acrescentadas. Mateus 5.25,32,33

Esse texto ensina que a gente não tem que ficar preocupado com nada, porque Deus é quem nos dá tudo o que precisamos. Não temos que nos preocupar nem mesmo com o que vamos vestir ou comer, porque Ele é quem cuida de nós. O que precisamos fazer é buscar a Deus e seu reino. Isso significa fazer sua vontade, e não a nossa, E Ele nos dará tudo o que é necessário.

Janeiro

Com muita alegria recebemos em nossa casa os missionários Cleber, Kath, Ian e Levi. Esses amados amigos trabalham na equipe de base da APMT, têm um projeto chamado Farol 942, e auxiliam os missionários da nossa agência a divulgarem seus projetos. Eles gravaram um vídeo do trabalho aqui em La Costa, que você pode acessar pelo YouTube pelo título: Uma igreja está nascendo em Ciudad de la Costa no Uruguay ou acessando o link: https://youtube.com/watch?v=hDUH8_li9ns&t=40s

Férias em família e mais um desafio

Em janeiro tivemos nosso período de férias, onde pudemos descansar, conhecer um pouco mais do Uruguai e nos prepararmos para os desafios de 2024. Utilizamos também esse período para tentar legalizar a permanência de nosso veículo aqui.

Viajei para Santana do Livramento (RS) / Rivera (UY) para completar e organizar a documentação necessária, mas Deus nos conduziu a outros planos.

No retorno para La Costa me envolvi em um acidente de trânsito na cidade de Rivera. Pela graça de nosso Deus, nem eu, nem os ocupantes do outro veículo nos machucamos, embora ambos os carros tenham sofrido perda total. Certamente a providência de Deus nos preservou! Em Rivera, tive mais uma prova do cuidado de Deus comigo: o Pr Gustavo Mello, da Primera Iglesia Presbiteriana del Uruguay - Rivera me acolheu e auxiliou em todo o período que fiquei na cidade, sendo apoio em todos os sentidos. Também o Pr Francisco Jr cedeu graciosamente seu apartamento para minha acomodação, até que eu terminasse todos os trâmites.

Estamos nos adaptando à realidade de não termos um veículo. Temos aprendido a descansar na vontade soberana do Senhor, sabendo que Ele há de suprir cada uma de nossas necessidades

Fevereiro

Com o início das aulas das meninas, tive a oportunidade de ministrar uma aula experimental para os alunos do 3º ao 6º ano. Trabalhei com essas turmas um experimento sobre a necessidade de combatermos a poluição do ar. Nosso objetivo fundamental é aproveitar tais aberturas para ampliarmos nossos relacionamentos, com a intenção de comunicarmos o evangelho de Cristo Jesus.

App sobre missões

Temos recebido auxílio de vários irmãos que, com seus diversos dons e talentos, têm servido à missão do Senhor Jesus. Os queridos Ruither, Joyce, Mia, Otto têm nos auxiliado a desenvolver um app sobre missões, para facilitar a veiculação de projetos, notícias e motivos de oração dos missionários. Logo teremos excelentes novidades para compartilhar.

Março

Iniciamos esse mês com um grande desafio: iniciar os trabalhos aos domingos em La Costa. Após acertarmos os detalhes com o conselho da Iglesia Presbiteriana del Uruguay, além das reuniões de 5ª feira, começamos a nos reunir também aos domingos, com escola bíblica dominical e culto. Que grande alegria!

Nossa família e a igreja

Todos estão muito animados e comprometidos com a Iglesia Presbiteriana del Uruguay en Ciudad de la Costa. Lídia tem trabalhado com a arte digital dos convites e, junto com Leandra, auxiliam na preparação dos cânticos e do material infantil. Lu tem ministrado aulas para as crianças tanto na 5ª feira como na EBD. Estou trabalhando na sala de adultos o livro O drama das Escrituras, abordando os princípios de criação – queda – redenção – glorificação que permeiam toda a Palavra de Deus.

Também saímos pelas ruas próximas à nossa casa e igreja para convidar, distribuir folhetos evangelísticos e para conversar com nossos vizinhos.

Recebemos os irmãos da IPUY de Montevideo e de Mercedes para o culto inaugural da igreja de la Costa. Foi um tempo de grande alegria, adoração e comunhão.

Temos desfrutado da vida comum da Igreja por meio do ensino das Escrituras, da comunhão e do partir do pão. O grupo base tem se fortalecido dia após dia, e temos experimentado excelentes momentos juntos. A lluvia (como é conhecido o junta- panelas) tem se mostrado deliciosamente eficaz.

Aniversário da Leandra

Pela graça do nosso Deus, nossa caçulinha completou 6 anos. Como estamos felizes por comemorar esse dia tão especial. Essa menininha é sensível e intensa em tudo o que faz, e ama cuidar de cada um de nós. Nossa oração é para que ela continue a amar a Jesus todos os dias de sua vida, mais e mais.

Domingo de Páscoa

No último domingo de março comemoramos a Ressurreição do nosso Senhor Jesus Cristo com a celebração da Santa Ceia. Foi um momento muito especial para nossa igreja, pois testificamos que o nosso Redentor está vivo!

Desafios e informações sobre o campo

Pela graça do nosso Deus começamos o mês de março com as reuniões de oração e estudo bíblico às 5ª feiras, e escola bíblica e culto aos domingos. Ore conosco pelo discipulado feito com os irmãos do grupo base, para que a cada dia eles estejam mais motivados e preparados para a obra do Senhor em nossa região.

Devido ao acidente de trânsito em fevereiro, estamos sem carro desde então. Em nossa realidade, um carro é fundamental para o desenvolvimento do trabalho. A disposição geográfica de nossa cidade é bem peculiar, se estendendo por 32km no sentido leste-oeste, e 8km no sentido norte-sul. Temos feito os trajetos do dia-a-dia quase sempre de bicicleta. Isso para economizar recursos e tempo, uma vez que as passagens de ônibus são caras e pouco viáveis, já que transitam em apenas uma avenida da cidade. Agora, com a chegada do frio (outono/inverno) a opção bicicleta se torna inviável.

O seguro pagou o valor venal total de nosso veículo. Entretanto, aqui no Uruguai, esse valor é apenas 1/3 do necessário para comprar um outro carro, ainda que bem mais antigo e básico que o que tínhamos. Se tentarmos comprar um auto no Brasil, estaremos sujeitos à mesma situação em relação aos documentos, já que eles não podem ser regularizados aqui, nos forçando a fazer a mesma viagem à fronteira (1200km ida e volta) a cada 3 meses.

Ore conosco por sabedoria para resolver a questão do nosso deslocamento aqui em la Costa, e para que tenhamos os recursos necessários para isso. Caso você queira contribuir especificamente para essa finalidade, basta entrar em contato conosco (whatsapp /email).

Motivos de oração

• Gratidão pelo início da IP em Ciudad de la Costa;
• Fortalecimento do grupo base de plantação;
• Saúde para esse período em que o clima apresenta baixas temperaturas;
• Questão do nosso meio de transporte;
• Para que sejamos ferramentas úteis nas mãos do nosso Senhor, trabalhando com fidelidade ao seu propósito;

Contato

Rev. Salomão de Sousa Tavares Jr.
Telefone: +55 (62) 99214-6821 (Brasil) | +598 099 017 367 (Uruguay)
E-mail: uruguayreformado@gmail.com

Luciana Flávia de Souza Reis Tavares
Telefone: +598 091 494 251 (Uruguay)
E-mail: luartreis@gmail.com

Contribuir

Nubank Agência: 0001
Conta corrente: 63244447-5
Nome da conta: Salomão de Sousa T. Jr.
Chave PIX: 891.423.731-15

Rev Gilberto e Sônia

3/4/2024

Uruguai, abril 2024

Prezados irmãos em Cristo,

Damos graças ao Senhor nosso Deus pela vossa cooperação no trabalho missionário transcultural no Uruguai.

“...com efeito, grandes coisas fez o Senhor por nós; por isso, estamos alegres” Salmo 126.3

Iniciamos o ano recebendo um grupo de irmãos voluntários do Brasil para o trabalho missionário de curto prazo da APMT. Foram ao todo 25 pessoas entre jovens e adultos de várias partes do Brasil, que vieram conhecer o campo missionário na Cidade de Mercedes e participar do treinamento missionário. Abrimos o nosso apartamento para receber uma família e reservamos quartos nos hotéis e airbnbs para hospedar as pessoas. Realizamos reuniões e refeições nas instalações da Congregação. Vários contatos com as pessoas da cidade foram feitos nas visitas à casa de idosos, evangelização de impacto na Rambla do Rio Negro com crianças e jovens. Todos cooperaram para o bom andamento das atividades e Deus nos fortaleceu e nos deu várias pessoas para fazer o discipulado e visitar. A coordenação do trabalho com o grupo estava sob a direção do Rev. Rubens Alexandre e da Congregação com a liderança local. Somos gratos a Deus por essa visita e a cooperação dos amados irmãos em Cristo.

Depois das atividades no mês de janeiro saímos para um período de descanso e de contatos com Igrejas Presbiterianas em Porto Alegre no RS, Rio do Sul, Indaial, e Tijuquinhas em SC. Nesta ocasião, participamos da reunião ordinária do Presbitério da Integração Catarinense, do qual o Rev. Gilberto Francisco faz parte, e demos relatório das atividades desenvolvidas durante o exercício de 2023 no campo missionário do Uruguai. Louvamos a Deus pela acolhida que os amados irmãos nos deram pelas cidades que passamos, divulgando o Projeto Missionário e pelo tempo de repouso e descanso.

Regressamos do Brasil em março para as atividades no Uruguai. Durante a nossa ausência, as reuniões da Congregação estavam sob a direção de um presbítero, Bruno, e um diácono, Adrián, membros da referida congregação. Realizamos reuniões departamentais com adolescentes, homens e mulheres, além das reuniões regulares de oração nas quintas-feiras e Escola bíblica e Cultos aos domingos. O casal Marcelo e Joana Lopes, que foram alcançados em janeiro com o trabalho de evangelização, está participando ativamente das reuniões aos domingos.

No final de março participamos de um intercâmbio com a Iglesia Presbiteriana Del Uruguay e a Igreja Presbiteriana de Canoas, RS, na cidade de Canoas, por ocasião da Semana Santa, Páscoa. Duas famílias e a senhora Nancy Silva da Congregação de Mercedes acompanharam a caravana neste retiro espiritual de Páscoa. Foi uma experiência muito marcante e histórica para as duas famílias que foram pela primeira vez ao Brasil.

Motivos de intercessão:

1. Orem pelo curso de discipulado do casal Marcelo e Joana Lopes;
2. Pelos contatos com a senhora Lila Schus e sua filha Yosana;
3. Pelo plano de reforma do salão de reuniões;
4. Pelo crescimento da Igreja Presb. do Uruguai nos seus primórdios.

Pelos laços fraternos em Cristo,
Rev. Gilberto e Miss. Sônia Santos

Nosso Pix para Contribuição: 01277284814 (CPF)

Rev Maurício Rolim e Sandra

2/4/2024

Uruguai, abril de 2024

Estimados irmãos e cooperadores na obra do Senhor, Graça e paz!

“Também vos digo que muitos virão do oriente e do ocidente e se sentarão à mesa de Abraão, Isaque e Jacó, no reino do céu;”. Mateus 8:11

Essas palavras procedem dos lábios de Jesus quem depois de redimir um centurião romano revela que a graça salvadora alcançaria pessoas de todos os extremos da terra, os quais pela graça entrarão no reino de Deus. Essa verdade é muito significativa para as nossas vidas, uma vez que já fomos alcançados pela graça de Deus e já temos parte no reino de Deus, e segundo porque ela nos lembra da nossa responsabilidade em continuar firmes anunciado o evangelho em todos os lugares da terra, pois cremos que Deus chamará os Seus escolhidos a render-se aos pés de Jesus e receber o dom da vida eterna.

Finalizamos o primeiro trimestre de 2024 e muitas coisas aconteceram nestes três meses, e neste informativo queremos compartilhar com vocês para que louvem a Deus pelo trabalho realizado e orem conosco pelos desafios que temos ainda pela frente.

Em janeiro ainda tivemos a presença dos nossos filhos até o final da primeira quinzena o que nos trouxe muita alegria. Louvamos a Deus pelas oportunidades que eles estão tendo e estamos aprendendo a viver com eles longe. Ainda em janeiro recebemos um grupo de voluntários que foram trabalhar apoiando o trabalho na cidade de Mercedes. Apoiamos na recepção de alguns deles que passaram pela capital e tivemos a oportunidade de estar com eles em uma programação. Louvamos a Deus pelo trabalho realizado na liderança do Pr. Gilberto e Sonia nossos missionários ali.

Em fevereiro tivemos a alegria e privilegio de receber o Pr. Alfredo e sua esposa Raquel, irmãos com um precioso trabalho com crianças no Brasil. Vieram e nos ajudaram com a Escola Bíblica de Férias de verão, foi um tempo abençoado em ver novas crianças chegando à igreja. No final de janeiro nossa filha foi para um intercâmbio da faculdade na Espanha e eu fui acompanhá-la, na volta cheguei e encontrei a Sandra bem dolorida que terminou com um diagnostico com um nódulo grande na tiroide que precisa ser removido e uma lesão séria de hernia de disco que precisa de intervenção cirúrgica. Desde então precisou de um tratamento intenso para amenizar as dores e ficamos na espera das operações que serão feitas de maneira simultânea.

Em março começamos oficialmente o trabalho de plantação de uma nova igreja no departamento de Canelones na cidade de La Costa, os missionários Pr. Salomão, Luciana e filhas estão animados com esse novo desafio e precisam das nossas orações. Também começamos as classes do seminário com um lindo grupo de alunos de 3 países, Uruguai, Paraguai e Argentina. Ainda este mês tivemos a alegria de participar como igreja da programação de semana santa da IPB de Canoas, viajamos com um grupo de 35 pessoas e foi um tempo de mutua edificação e celebração da morte e ressurreição de Cristo para a nossa salvação. Seguimos com todas as atividades departamentais da igreja e esperamos uma nova família de missionários para o próximo trimestre.

As lutas e os desafios são oportunidades para poder ver claramente os cuidados e a intervenção de Deus nas nossas vidas e através delas. Louvamos a Deus por seu apoio, orações e mensagens de ânimo. Essa obra é feita pela unidade da igreja e por seu desejo de ver as pessoas chegarem ao conhecimento de Cristo. Nossa gratidão e apreço por suas vidas e companhia na caminha da obra missionária no Uruguai. Deus lhes abençoe...

Pedidos de oração:

- Pela saúde e operações da Sandra
- Pelos estudos de nossos filhos no Brasil
- Pelos novos trabalhos de plantação de igreja 2024
- Pelo projeto de edificação do templo em Montevidéu
- Pela coordenação dos trabalhos da APMT no cono sul

Juntos servindo ao Senhor da seara,
Pr. Mauricio e Sandra Rolim

E-mail: mauricio_rolim@apmt.org.br
Whatsapp: +598098421504

Como contribuir:
Banco do Brasil
Mauricio Lopes Rolim Junior
CPF. 114.407.198-45
Agência: 0635-1
Conta Corrente: 14897-0
Pix: 114.407.198-45

Rev Cornélio e Emma

5/4/2024

São Paulo, abril de 2024

“Anunciai entre as nações a sua glória, entre todos os povos, as suas maravilhas." Salmos 96.3

Olá caros irmãos, parceiros na caminhada missionária,

Nos alegramos no Senhor, pelo privilégio poder dedicar as nossas vidas, de tempo integral, na realiza do ministério que Ele mesmo nos confiou, e cooperar na expansão do Reino de Deus. Isso só é possível porque podemos contar com a parceria de cada um de vocês.

Só agora foi possível dar uma paradinha, e colocar neste informativo, um pouco do que foram os nossos primeiros meses deste ano.

Começamos o ano "entrando na faca", pois é. O Cornélio foi submetido a uma cirurgia pre-agendada, de 3 hernias (uma umbilical e duas inguinais). Pela graça de Deus, tudo correu bem. O Seguro cobriu as despesas do hospital. Depois do tempo requerido para guardar o repouso necessário ele retomou suas atividades regulares.

Ainda em janeiro tivemos a noticia de que nosso filho Samuel, que mora no Paraguai, teve dengue, e precisou ser internado por alguns dias. Foram dias muito difíceis, mas que nos levaram a exercitar a nossa fe e confiança no Senhor. Logo depois, a esposa do Samuel, Nathalia também foi internada por quase duas semanas, com todos os sintomas da dengue, mas não teve um diagnóstico conclusivo. Ela teve alta e continuou o tratamento em casa. Em março, o Paulo também teve dengue e já se recuperou.

Como viram, começamos o ano um pouco turbulento na saúde, mas já estamos na nossa rotina novamente.

No inicio de abril, participamos da reunião da Assembleia da APMT para renovação do nosso projeto. Foi nos sugerido apresentar um só projeto familiar, mesmo tendo duas frentes independentes de atuação, o qual foi aprovado e agora o nosso projeto pasa a ser nominado COMUNICAR, uma vez que continuo atuando na Coordenação do Depto. de Comunicação e o Cornélio da Divulgação dos projetos da APMT e na Coordenação dos missionários que atuam com os povos minoritários no Brasil.

Queremos compartilhar brevemente algumas experiências vivenciadas nestes quatro primeiros meses deste ano, e o avanço do ministério como também os novos projetos que estamos envolvidos e que estamos dando sequência.

Encontro

Como todos os anos, no inicio de fevereiro, estivemos na equipe que organizou a Semana de Orientação da APMT, onde participaram em torno de 50 candidatos a missionários e mobilizadores. O encontro aconteceu em Campinas, SP. Durante o evento, o Cornélio também fez parte da comissão que examinou novos mobilizadores.

Divulgação

Após o tempo de repouso, Cornélio visitou algumas igrejas em São Paulo, para compartilhar sobre os projetos da APMT;

Esteve na Reunião da Comissão Executiva, em Londrina, PR, onde colocou um Estande com os materiais de divulgação da Agência e também fez contato com vários pastores;

Estamos envolvidos na Campanha das Missioricas, uma iniciativa do Presb. Azor Ferreira (in memória). Ele deixou o legado da visão que continua por meio de homens e mulheres que abraçaram a causa. Este ano, a Campanha tem o objetivo de levantar uma oferta generosa, em troca de uma dúzia de mexericas, para investir na evangelização e logística de campanhas evangelísticas no Oriente Medio.

Alcance

A primeira edição da Revista Alcance deste ano, traz na capa Itália, um pais muito glamuroso e reconhecido pela sua Arte renacentista, pela religião Católica Romana mas que nos dias atuais vive em profundo secularismo e pós cristianismo. Este pais é um dos alvos da APMT. Para fazer a assinatura da Alcance, é só entrar no LINK e adquirir 4 exemplares da revista durante um ano.

Conteúdos virtuais

Este ano retomamos o "Batepapo missionário" uma live no Instagram, onde conversamos com os nossos missionários espalhados pelo mundo, para conhecer sua trajetória de vida e seus desafios missionários.

Começamos um novo formato de conteúdo missionário, em parceria com a IPPTV, o canal de Youtube da Igreja Presbiteriana de Pinheiros em São Paulo. Estamos produzindo uma programação em novo formato, agora em Videocast, gravados nos estudios emisora parceira.

A equipe de Podcast, também retomou a produção com novas programações que já estão disponíveis nas plataformas e no Site. Também temos novos vídeos no canal de YouTube da APMT. O novo Vídeo Institucional está quase pronto, em breve estaremos compartilhando. Louvamos a Deus pelos novos voluntários que se somaram ao projeto.

Viagem Familiar

Tive a alegria e a oportunidade dada por Deus de me re-encontrar com a minha irmã Mirna, que mora na Espanha, depois de 12 anos. Foi um tempo muito intenso e bem familiar. Pudemos comemorar os 15 anos da sua filha Laila.

Também me presentearam uma "esticada" a Alemanha, para visitar uma prima muito querida, Delci. O marido dela é pastor de uma igreja em Speyer e ela trabalha com refugiados Iranianos. Tive a oportunidade de participar de uma célula com eles.

Capacitações

No mês de março pude ministrar o módulo Panorama da Missão da Igreja no CFM;

Meu projeto para dar inicio ao Doutorado no Mackenzie foi aprovado e comecei este ano. O Cornélio já está concluindo a parte acadêmica e se dedicando à pesquisa.

Lançamento

Tenho a alegria de poder compartilhar o lançamento do meu livro, resultado da minha pesquisa de Mestrado, "Expressões culturais e artísticas em contexto escolar: um estudo de caso na escola Francisco Meireles, na Sede da Missão Evangélica Caiuá, em Dourados, MS" (clique aqui)

Foram muitas outras realizações, mas isto é só um pouco daquilo que o senhor nos permitiu realizar.

Motivos gratidão

• Agradecemos a Deus pela recuperação da saúde dos que estiveram doentes na nossa familia;
• Pela oportunidade de rever parte da minha familia;
• Pela aprovação para continuar minha pesquisa acadêmica;
• Pela renovação e ajustes do nosso projeto;
• Pelo lançamento do meu primeiro livro;
• Pelos nossos parceiros e aqueles que estão entrando em contato conosco para conhecer mais a respeito do nosso ministério.

Muito obrigada por contar com suas orações, carinho, amizade e parceria. Somente juntos podemos seguir avançando e cumprindo os propósitos de Deus nas nossas vidas.

Que Ele no ajude a continuarmos firmes na sua graça, continuemos sendo instrumento nas suas mãos para levarmos juntos a Sua Glória em todas as nações.

No amor do Senhor da seara,

Rev. Cornélio Castro e Emma

CORNELIOEMMA@YAHOO.COM
EMMA@IPB.ORG.BR

I. D. e L.

4/4/2024

Ásia, abril 2024

Olá meus irmãos!

No dia 19/04 completamos dois meses aqui na Ásia. Tem sido um período de grande adaptação, repleto de alegrias e bênçãos.

Tiramos uma foto durante um Iftar que participamos no nosso condomínio, com cerca de 300 primos (muçulmanos). Foi um momento incrível dado por Deus, pois tivemos a chance de conhecer muitas pessoas, incluindo o Oswaldo, com quem tenho conversado bastante e orado para que o Pai nos dê mais oportunidades de compartilhar sobre Jesus.

Eu, I., tenho aulas de inglês de segunda a sexta-feira, quatro horas por manhã. No final do dia, aproveito para explorar a cidade e praticar o inglês.

Já a P. tem encontrado mais oportunidades para fazer amizades, já que muitos homens trabalham em outras cidades ou países e suas esposas ficam por aqui essas mulheres falam inglês ou o hindi. Uma das mulheres que ela conheceu foi a Marina, uma jovem casada que mora no nosso condomínio. Por isso, decidimos que a P. também deveria começar aulas de inglês. Damos esse passo de fé, mesmo sem todos os recursos necessários para pagar a mensalidade.

Embora o calor nos deixe cansados durante o dia, vemos constantemente a mão de Deus nos guiando. E sempre que pensamos estar sem forças, Ele nos dá sustento.

PEDIDOS DE ORAÇÃO

Oi! Gostaríamos de compartilhar alguns pedidos de oração e atualizações sobre nossa vida aqui. Estamos cheios de esperança e gratidão!

• Desenvolvimento da Língua: Precisamos de oração no aprendizado do inglês.
• Pela vida do Oswaldo e sua família: A avó do Oswaldo está enfrentando muitas dores por causa da artrose. Pedimos suas orações tanto pela saúde dela quanto por oportunidades de compartilhar o evangelho com a família.
• Pela Marina e sua família: Marina já nos visitou duas vezes, mas por pouco tempo. Por favor, ore para que tenhamos mais oportunidades de falar de Jesus com ela e para que a comunicação entre ela e a P. melhore cada vez mais.
• Pelos trabalhadores da cidade: Nosso desejo é ser instrumentos nas mãos de Deus para que a glória Dele cresça em nossa cidade. Contamos com suas orações para que sejamos eficazes nesse propósito.
• Recursos para o curso de inglês: O curso custa R$1.400,00 mensais, e cremos que Deus proverá, como tem feito todos os dias. Suas orações por essa provisão são muito importantes para nós.

AGRADECIMENTOS

Olá! Queremos compartilhar com vocês algumas atualizações e motivos de gratidão que temos vivido:

• Pela nossa casa: Estamos muito agradecidos pela casa onde estamos morando. Antes de nós, uma família de trabalhadores morava aqui, mas eles precisaram retornar ao Brasil devido à gravidez da esposa. Isso nos permitiu comprar os utensílios deles e já encontrar a casa mobiliada. Que bênção!
• Adaptação dos nossos filhos: Estamos realmente gratos por ver como nossos filhos estão se adaptando bem, apesar da saudade que é natural sentir. Eles estão fazendo amigos e isso enche nossos corações de alegria. • Oportunidades de pregação do evangelho: Mesmo estando há pouco tempo no país e ainda aprendendo o idioma, Deus tem nos abençoado com incríveis oportunidades de compartilhar o evangelho. É maravilhoso ver como Ele trabalha!
• Gratidão pelos nossos parceiros: Agradecemos a Deus por cada parceiro que ora e contribui com nossa família. Sua parceria e suas orações são essenciais para nós.

@projeto_gotong_royong

Rev Benilton e Nancy

3/4/2024

Albânia, abril 2024

“O Senhor é justo em todos os seus caminhos e é bondoso em tudo o que faz. O Senhor está perto de todos os que o invocam, de todos os que o invocam com sinceridade. Realiza os desejos daqueles que o temem; ouve-os gritar por socorro e os salva”. (Salmos 145:17-19)

Përshëndetje në emër të Krishtit! (Saudações em nome de Cristo!)

Podemos ver claramente a bondade e os cuidados do Senhor em todo este período de idas e vindas na Argentina e no Brasil: tempo muito cansativo e com poucos momentos para “recarregar as baterias”, mas com muitas alegrias e numerosas bençãos.

Agradecemos imensamente ao nosso Senhor, pois tivemos a oportunidade de visitar e socorrer nossa família no Brasil e Argentina. Alegramo-nos em poder passar – depois de 12 anos – as festividades de final de ano em família. Ali, também, choramos juntos e abençoamos os nossos queridos com tantas coisas a serem resolvidas. Ainda, esse foi um tempo de visitar os nossos queridos amigos, irmãos e amadas igrejas. E, em meio a tudo isso, pudemos ajudar a nossa filha, Karin, com a sua mudança e acomodação em São Paulo (capital), onde ela deu início aos estudos universitários em fevereiro último.

No entanto, a agitação e o cansaço não pararam ali. Logo do retorno à Albânia, tivemos que correr para resolver muitas coisas, especialmente Benilton com a área administrativa da Igreja/Fundação. Enquanto isso, Nancy foi acometida de uma forte gripe, que a deixou de repouso por duas semanas.

Por outro lado, nós ficamos muito emocionados por ver os irmãos da igreja e os alunos de Nancy na Escola Dominical, que ansiosos pelo regresso, nos receberam com muita alegria e carinho.

Em relação às atividades da igreja, pela primeira vez, festejamos a Páscoa com a participação de um coral formado pelos irmãos, finalizando a celebração com um almoço, no qual todos compartilharam algo que haviam preparado para a ocasião. Foi lindo ver a alegria de todos em se sentir parte de tudo aquilo.

De igual modo, agradecemos muito a Deus pela benção de realizar a 1a Conferência de Mulheres das Igrejas Reformadas Albanesas, com uma palavra muito especial e importante para tantas presentes. Presenciamos a gratidão e a alegria de muitas das nossas irmãs, que se sentem emocionalmente castigadas e desgastadas, pois elas passam por terríveis situações com seus maridos não-convertidos.

Por último, queremos contar sobre o privilégio de tomar parte na Conferência “Reavivar Missionário”, dirigida pelo Rev. Elias Dantas e voltada para missionários que trabalham em várias nações do continente europeu. Damos graças a Deus, pois, verdadeiramente, sentimo-nos renovados, desafiados pela Palavra compartilhada e impactados com os testemunhos que escutamos ali. Realmente, aquela foi uma oportunidade preciosa de Deus para as nossas vidas.

AGRADECEMOS A DEUS:

• Karin: Pela entrada naquela universidade, que desejava tanto. Pela demonstração do cuidado de Deus sobre sua vida, especialmente através de tantos irmãos queridos, que a abençoaram com o necessário para mobiliar o seu quarto e também com algumas outros coisas para o apartamento.
• Viagem ao Brasil e Argentina: Por tantos que ofertaram e fizeram isso se tornar possível. Pela maravilhosa hospitalidade da família Loiola, que, com tanto carinho, recebeu-nos em sua casa durante todo este período. E, também, por todos os irmãos e amigos que nos abriram as portas. Pelas novas igrejas e parceiros que Deus levantou para somar conosco neste ministério.
• Nosso lugar: Pela benção da compra do ambiente da Igreja/Fundação, pois, através disso, entre outras atividades, podemos abençoar ao Seminário Teológico Reformado, cedendo-lhe espaço para a realização das aulas aos estudantes de Tirana e região.

OREMOS:

• Pela saúde do pai de Benilton e da mãe de Nancy: Cada vez mais, debilita-se a saúde deles, sendo isso motivo de preocupação, especialmente por se encontrarem fisicamente tão distante de nós.
• Emili, uma aluna de Nancy na EBD: Para que, cada dia mais, o Senhor a ajude no crescimento e entendimento de como enfrentar os desafios da vida cristã. Para que não haja desânimo, enquanto ela aguarda a aprovação dos seus pais sobre o seu batismo. Nota: em nossa carta anterior, falamos sobre Emili.
• “AL”: Pela família de nossa querida irmã Alketa, que, na madrugada de 17 de abril, foi tomada junto à presença do Pai Celeste. Como havíamos pedido oração em cartas anteriores, ela estava lutando duramente contra um câncer. No entanto, por fim, encontrou descanso nos braços do nosso Senhor.
• Finanças: Para que o Senhor supra tudo o necessário para os estudos e a moradia de Karin em São Paulo. Para podermos quitar, o quanto antes, o pagamento do empréstimo feito para a compra do ambiente atual da Igreja/Fundação.

Queridos irmãos, despedimo-nos confiando neste maravilhoso Senhor, justo e bondoso em todos seus caminhos, como diz o salmo inicial desta carta. Animamos todos a confiarem Nele, sabendo que, Ele sempre se faz presente na vida dos que O invocam em verdade, cumprindo os desejos daqueles que O temem e atendendo as suas necessidades.

Mais uma vez, muito obrigado por continuar nos apoiando e por ser parte deste ministério!

Zoti ju bekoftë! (Deus vos abençoe!)

Benilton, Nancy e Karin Dos Santos

E-mail: beniltondossantos@gmail.com // benankarin@gmail.com
Pix: 490.985.195-04

Rev Paulo e Valéria Sícoli

2/4/2024

França, abril 2024

Mas, a quem assemelharei esta geração? É semelhante aos meninos que se assentam nas praças, e clamam aos seus companheiros, E dizem: Tocamo-vos flauta, e não dançastes; cantamo-vos lamentações, e não chorastes. Mateus 11:16 - 17

Há exatamente 20 anos...

Nossa família chegava ao nosso primeiro campo missionário europeu, a Islândia. Ansiosos por aprender uma nova e complicada língua, mergulhamos de corpo e alma na cultura islandesa servindo a igreja local e trabalhando para sustentar a família. Com os anos, nós nos integramos muito bem na cultura, no trabalho pastoral e secular. Nós nos adaptamos muito bem ao clima polar severo com suas noites longas e ventos fortes e gelados.

Nosso ministério pastoral ganhou uma nova dimensão no ensino apologético e na área de aconselhamento pastoral, principalmente entre os jovens que vinham de outros países visitar e conhecer nossa pequena igreja islandesa.

Depois de mais de uma década de trabalho missionário que incluiu também a plantação de escolas e igrejas na África, fomos redirecionados para ministrar na França.

Em 2016 mudamos para uma região protestante e Huguenote no interior da França para trabalharmos com revitalização de igrejas. Desde então nosso compromisso com a igreja reformada francesa local vinha crescendo a cada ano até que finalmente sossegamos e passamos a concentrar nossos esforços em apenas uma igreja e alguns novos projetos de plantação na nossa atual região.

No início de nosso ministério éramos desafiados na area apologética da fé. Existia uma forte influência filosófica de uma nova geração de cientista ateus que desafiaram a fé cristã com seus escritos pseudo-científicos, palestras em universidades e forte presença nas mídias sociais.

Nós nos sentimos desafiados e passamos a investir muito tempo estudando e nos especializando nesta área da defesa de nossa fé. Graças a Deus, como tudo na vida passa, essa tendência também passou mas, o que a substituiu, na minha opinião foi ainda pior. O momento pós-moderno em que vivemos aqui na França foi tomado por um sentimento de indiferença em relação a assuntos fundamentais da existência humana como a fé, moral e busca pela transcendência.

Essa passagem destacada acima de quando Jesus fala de João Batista e de seu próprio ministério nunca me pareceu tão atual como nos dias que vivemos aqui no campo missionário. Não importa o quanto nos esforçamos para atrair as pessoas a Cristo ou iniciarmos uma conversa sobre nossa fé, os ouvidos estão tapados e não existe o menor interesse em escutar o outro quando o assunto é evangelho ou espiritualidade.

Quando João Batista estava pregando, milhares de pessoas vinham ouvir sua mensagem. Embora ele tenha atraído multidões e muitos estivessem dispostos a desfrutar da sua luz por um tempo (João 5:35), ainda assim o povo como um todo rejeitou sua mensagem. Quando o Senhor Jesus pregou, grandes multidões vieram ouvir seus ensinamentos, mas apenas uma pequena fração delas se tornaram verdadeiros discípulos. Apenas alguns aceitaram a Sua salvação.

Hoje como nos dias de Jesus, somos desafiados a perseverar na pregação do evangelho a despeito do grande desinteresse das pessoas. A obra de convencer o homem do pecado não é nossa, mas do Espírito (Jo 16:8). Precisamos estar preparados a explicar a razão da nossa fé com gentileza, clareza, amor e temor (1 Pe 3:15). As oportunidades podem parecer raras então, não podemos desperdiçá-las.

Que o Senhor Jesus aumente as oportunidades de compartilhar o Seu amor com as pessoas que cruzam nossos caminhos e nos mantenham firmes no propósito da expansão de Seu reino entre nós. Amém!

Motivos de Agradecimento:

• Deus tem nos abençoado a cada domingo com a pregação e exposição de Sua Palavra. Peçam ao Senhor que me unja e me mantenha fiel à exposição de Sua santa Palavra.
• Fizemos um evento evangelístico com um grupo de teatro com jovens franceses chamado Ágape. O evento durou todo final de semana e mesmo com muita chuva, muitas pessoas vieram participar do evento e assistir a exibição da peça que nos trouxe uma reflexão sobre o amor de Deus a cada um de nós.
• Domingo passado Deus enviou um número grande de pessoas para nosso culto de domingo. Tivemos a apresentação e consagração de uma criança e no próximo domingo o seu papai será batizado. Deus é bom!
• Após o culto fizemos uma almoço fraternal com muitos visitantes. Deus tem usado nossa pequena igreja para pregar as Boas Novas de Jesus para muitas pessoas. Orem para que as sementes lançadas caiam em boa terra e germinem.
• Nosso grupo de estudo bíblico de quarta feria continua firme e cada vez mais pessoas tem se chegado ao grupo.
• Estamos orando para começarmos dois outros grupos em outras cidades próximas. Orem para que o Senhor nos abra as portas.
• A série The Chosen tem sido uma boa ferramente de evangelização. Toda primeira sexta feira do mês temos convidado vizinhos e amigos para assistirem dois capítulos conosco e depois temos um momento de confraternização onde discutimos um pouco sobre os vídeos apresentados.
• Algumas pessoas entram pela primeira vez na igreja e outras vem até mesmo da igreja católica para assistirem ao filme.

Rev Paulo e Valéria Sícoli

Rev Josué Yupanqui e Yovana

5/4/2024

Peru, abril 2024

“Não quero, porém, irmãos, que sejais ignorantes acerca dos que já dormem, para que não vos entristeçais, como os demais, que não têm esperança.” 1 Tessalonicenses 4:13

Da tristeza a esperança, a cosmovisão das pessoas da cidade de Tessalonicenses era bem diferente daquilo que fala a palavra de Deus e esse pensamento não adequado estava entrando a igreja. Para estas pessoas (demais) que não acreditavam na ressureição a morte era o final de tudo, o Apostolo Paulo para corrigir essa forma de pensar escreve para a igreja de Tessalônica aclarando que a morte não é o final da vida senão que a morte é o início da nossa vida com Cristo, embora que nosso corpo e espírito se separam na morte com a segunda vinda do nosso Senhor Jesus ressuscitaremos com um corpo glorificado e estaremos para sempre com nosso Salvador. Sabendo que nossa esperança em Cristo não se limita a esse mundo gostaria de compartilhar com vocês as notícias do Projeto Quéchua:

Treinamento de Líderes: Nosso foco no treinamento nesse tempo é nas igrejas locais do presbitério, estamos focados nas igrejas urbanas e rurais, pois vemos a grande necessidade de presbíteros e líderes de serem capacitados para servir nas suas igrejas. Temos visitados as igrejas na cidade e fora da cidade. Sim estamos alcançando o proposito no treinamento de líderes estado nas igrejas locais do presbitério. As capacitações tem acontecido na Igreja Presbiteriana la Libertad, Igreja Presbiteriana de Emanuel, Igreja Presbiteriana de Ayacucho e Igreja Presbiteriana 8 de Diciembre.

Iglesia Presbiteriana “La Libertad”: Na Igreja Presbiteriana la Libertad estamos na fase final da revitalização e continuamos apoiando os trabalhos na Igreja mencionada. Temos liderado o trabalho com os jovens e as reuniões tem acontecido todos os sábados as 19:00 pm. com estudos Bíblicos Reformados e atualizados. Temos participado continuamente nas reuniões do consistório e temos treinado e capacitado os membros do consistório. Nos cultos dos domingos na Igreja local continuamos pregando sequencialmente sobre temas da família. Já minha esposa Yovana continua liderando o trabalho do ministério das crianças e também tem atuado como conselheira desse ministério.

Como já foi mencionado acima estamos na fase final de revitalização na igreja, por isso estamos focados nas capacitações dos líderes nas diferentes áreas, e o discipulado primordial entre os líderes. Também temos trabalhado com os jovens e vemos os frutos desse trabalho com o crescimento espiritual desses liderados. O trabalho de Yovana com o ministério das crianças está dando seus frutos por um lado os professores tem sido acompanhados e assessorados por ela e o número de crianças novas tem aumentado.

Evangelismo e Discipulado: Intencionalmente temos nos relacionado com as pessoas no bairro, feira e nos diferentes lugares da cidade para os evangelizar, pois vemos que a melhor forma de evangelizar as pessoas é a amizade. As visitas as pessoas não crentes têm acontecido para os levar a palavra de Deus. O discipulado continua na igreja Presbiteriana la Libertad tanto com os jovens como com os outros líderes. A evangelização tem seus frutos e pela graça de Deus temos pessoas novas na Igreja la Libertad. Já o discipulado continua com os jovens da igreja e tem dado seus frutos com o crescimento espiritual. Também continuo no acompanhado e aconselhamento e discipulado de alguns líderes do presbitério.

Atividades Filantrópicas e Ação Social: Casais não crentes e crentes tem nos procurado para os orientar e aconselhar, pois não tem as ferramentas e estratégias para lidar comas dificuldades com seus parceiros e filhos, eles são orientados e aconselhados de conformidade com os princípios da Palavra de Deus. Sim vemos o fruto do aconselhamento e orientação nos casais não crentes e crentes, ver que suas vidas em seus lares, com seus filhos e esposos/as tem melhorado nos deixa muitos alegres.

Plantação de Igrejas: As reuniões com o grupo continuam para o culto e estudo Bíblico todos os domingos as 18:00 horas estamos expondo temas da teologia da Teologia Reformada.

Os cultos são realizados os domingos as 6:00 p.m. e também estamos discipulado a algumas pessoas que fazem parte desse grupo. O crescimento tem acontecido tanto numericamente como espiritualmente.

Motivos de louvor:

- Dar graças a Deus pela sua Misericórdia derramada com minha família e ministério, realmente sentimos o cuidado de Deus no dia a dia em nossas vidas;
- Louvamos a Deus pelo projeto Quechua, pois estamos sendo usados como instrumentos para abençoar as igrejas e líderes nessa parte da Cordillera de los Andes;
- Agradecer pelo grande privilegio servir a Deus juntamente com toda minha família aqui em Ayacucho Peru.

Pedidos de oração:

- Orem sempre pela minha família e ministério, pois nós precisamos sempre ser dependentes de Deus como instrumentos para abençoar as demais pessoas aqui em Ayacucho;
- Orem pelo Peru, pois o país se encontra em uma crise política e econômica e os prejudicados somos o povo, essa crise traz instabilidade em todo sentido da palavra no país;
- Intercedam pelo trabalho de treinamento de líderes nas igrejas locais do presbitério, que Deus continue abrindo outras portas para a Gloria dEle.

No amor do Senhor das Missões
Pr. Josué Yupanqui, Yovana, Joshua Erick e Giovanna Valentina

Pryscila Barros

4/4/2024

São Paulo, abril de 2024

Queridos,

Na última carta contei um pouco de minha preparação e trajetória missionária até o momento. Compartilho com vocês com muita alegria alguns dos últimos acontecimentos e avanços, louvando a Deus por cada um deles.

No dia 26/02 aconteceu minha formatura de conclusão de Pós-Graduações do CPAJ - Centro Presbiteriano de Pós Graduação Andrew Jumper, no Mackenzie. Agradeço e louvo a Deus por essa conquista, concluindo assim uma importante etapa de preparação para o campo missionário.

No dia 11/04 passei pela segunda reunião com a assembleia da APMT - Agência Presbiteriana de Missões Transculturais da IPB - Igreja Presbiteriana do Brasil, para aprovação do projeto "Boas Novas" que será desempenhado em Medellin/Colômbia. Graças a Deus ocorreu tudo bem na reunião, sendo assim aprovado o projeto para o novo campo de trabalho.

Desde fevereiro deste ano estou estudando espanhol de modo on-line com um professor colombiano. Tem sido ótimo para o aprendizado do idioma. Peço orações para que eu aprenda o máximo possível este ano.

Agora estou na fase de visitação a igrejas para apresentação e divulgação do projeto com o objetivo de formar parcerias com igrejas e pessoas. Peço que orem para Deus abençoar, direcionando-me nesta nova fase. Peço orações também pelo processo de pedido e aprovação do visto. O planejado é que eu vá para o campo missionário no início de janeiro.

Louvo, agradeço e me alegro no Senhor por Sua bondade e graça sobre minha vida. E também a cada um de vocês que tem caminhado e que caminharão comigo nesta missão!

“Que formosos são sobre os montes os pés do que anuncia as boas-novas, que faz ouvir a paz, que anuncia coisas boas, que faz ouvir a salvação, que diz a Sião: O teu Deus reina!” Isaías 52.7

Em Cristo Jesus,
Pryscila Barros
(11) 96346-7300

Danilo e Joelma

3/4/2024

Guiné-Bissau, abril 2024

Apocalipse 21:2 “E eu, João, vi a santa cidade, a nova Jerusalém, que de Deus descia do céu, adereçada como uma esposa ataviada para o seu marido.”

Uma das preocupações de pais missionários é adaptação e readaptação dos filhos no campo, pois cada vez que vão ao Brasil são abraçados por seus avõs, parentes e mimados por amigos, quem não ama ser mimado? Sentir que está em casa?

Todavia, quando retomam ao campo tem grandes choques, e no caso de Guiné Bissau, não há muito como distrair as nossas crianças, tendo em vista que os restaurantes custam caros, a única praia de carro fica a 7 horas de nossa casa e para tomar banho de piscina tem que pagar R$ 50, 00 por pessoa e nós somos quatros. Não há parque ou outras opçoes de lazer.

Maria Elisa está com quatro anos e como costumamos falar já sabe o que é bom. Rs. Isto nos deixava apreensivo, já que ela descobriu como é bom comer chocolate e como ir ao parquinho do shopping é divertido, ou até mesmo caminhar na praia ou na praça. E agora, como será? Estavamos apreensivos, pois ela não gostou do tempo que ficou na Bolivia, ficou triste e muito zangada, pois lá não tinha nada do que ela amava.

Maria Elisa viajou do Brasil até Guiné Bissau na janela do avião apreensiva observando, como disse ela: O espaço. Rs. E a todo momento falava: - Mamãe, ta demorando muito para chegarmos na Guiné Bissau.

Quando pegamos o voôu de Portugal, ela dizia: - Agora está perto, não vou dormir, mas o sono foi mais forte. Ela acordou faltando pouco para a terrisagem.

Ao chegar no aeroporto de Guiné Bissau ela tava agoniada, a primeira pessoa de rosto familiar que viu foi o missionário Rogério Gallo, ela ao vê-lo gritava muito feliz:- Tio Gallo, tio Gallo, correu para seus braços e o abraçou apertado, coisa boa, ela percebeu que aqui tinha membros da família de Cristo a sua espera e ainda com chocolate em mãos. Rs. Era um chocolate pequeno, mas que ela comeu durante uma semana, pois a cada dia comia um pedacinho.

Quando chegamos na porta da nossa casa qual foi a nossa supresa ao vê-la saltar do carro e dizer:- Finalmente cheguei em casa! Capitu (nossa cadela de 9 anos) a cheirou e lambeu muito. Mas, Maria Elisa continuava gritando:- Mamãe cheguei em casa. Ao entrar em casa ela correu para seu quarto, jogava os brinquedos no chão e relembrava os momentos que brincava com eles, colocou seus quarenta livros no chão e dizia:- Lembra mamãe quando a senhora lia este livro para mim? Há mamãe é tao bom está em casa, este é meu lugar preferido.

Ela avistou a tia Ana Paula, a abraçou, como é bom estar em casa, nos braços de quem amamos, e quando a vovó Drica chegou a tarde, outro abraço apertado ela deu, e disse:- Mamãe, eu estou muito, muito, muito feliz.

No outro dia fomos a sua escola, supreendendo seua amigos e professora que a acompanaham desde o jardim 1, ela atualmente está na pré- classe, ela a todo tempo pedia para ir a escola, quando lá chegamos os alunos ao avistarem deixaram a professora dando aula sozinha e gritaram seu apelido:- MAE, MAE, MAE chegou! A professora os mandou sentar, todavia ao olhar na janela, viua a Mae, (Ma de Maria e E de Elisa) e pôs a mão na boca quase chorando de felicidade por ter sua última aluninha com eles. Ao abrirem a porta da sala, todos correram e como bons guineenses dançaram abraçados, felizes, muito felizes, era uma festa sem fim. Depois ficamos sabendo que eles estavam preparando uma supresa para Maria Elisa, todavia eles foram surprendidos primeiro.

Como é bom estar em casa, Apocalipse nos fala que o Senhor está preparando um novo lar para nós, a Jerusalém celestial, devemos anelar por este lar tão quanto minha filha e tantas crianças anelam em estar nos braços dos pais, ver a noite virar dia e como anelam em: Estar em casa.

De que modo temos vivido? Ansiosos para o avião aterrisar (Cristo retornar) e pormos nossos pés dentro do nosso lar? Ou temos nos distanciado desta verdade que muitos tem até mesmo esquecido? Cristo voltará e sua vinda trará a alegria eterna de um novo lar.

Retornar a Guiné Bissau e recomeçar uma nova etapa em nossas vidas com Maria Elisa feliz por estar em casa, aviva em nós o amor por esta terra e a certeza de que nosso tempo ainda não se findou aqui.

Ao chegarmos fomos muito bem recepcionados por nosso líder com quem estaremos trabalhando até que o Senhor nos direcione a nova aldeia a ser trabalhada, pois compreendemos que ainda devemos permanecer por cá por mais algum tempo, quanto tempo? Somente Aquele que nos trouxe decidirá e nossa oração é para que nossos ouvidos estejam atentos ao ouvir sua voz. Agradecemos aos irmãso que oraram por direção quanto a Bolívia ou Guiné Bissau, pois o Senhor respondeu e sua Palavra conduz-nos a permanecer em solo africano.

Pedimos que continuem orando para que o Senhor levante obreiros para a seara boliviana, pois os amados que ali estão rogam por serem pastoreados e devemos interceder por eles continuamente e fortemente até que ali esteja os que o Senhor escolheu para pastorea-los.

Nossa chegada a Guiné Bissau já esta sendo marcada por trabalhos, do jeito que amamos, em reunião com miss Rogério e Fabiana coneversamos sobre nossa parceria no campo de Enterramento e desde então estamos com a mão no arado, bem como tivemos a oportunidade de ministrar na igreja da Kairós.

Joelma já se reuniu com a direção da AEP que chegou do Brasil para ministrar aos cooperadores aqui e recebeu novas diretrizes quanto ao seu trabalho voluntário, uma coisa que muito nos emocionou foi ouvir que os muitos alunos tem passado em vestibulares, entrevistas de emprego com louvores na GB e até mesmo no Brasil e o mais excelente é ver as conversões, pois a AEP (Abordagem Educacional por Princípios) visa prepára-los academicamente, e principalmente conduzílos a Cristo por meio de princípios bíblicos, a Bíblia é o centro de todo currículo. Caso desejem conhecer melhor esta abordagem educacional que veio do Brasil consultem o site: https://aecep.org.br/ e também https://www.alicercesdoensino.com.br/o-que-%C3%A9-aep

Maria Elisa está engajada na escola e feliz como falamos acima, Isaac está com 7 meses e já tem dois dentinhos, ele tem sentido muito o clima aqui, o calor de 40 graus tem deixado o nosso pequeno dormir bem mau. Infelizmente o país tem regredido em diversos setores, a prova disto é que temos tido luz apenas três vezes por semana e tem faltado água. Precisamos comprar duas baterias e elas custam R$ 7 mil reais, como ainda estamos pagando as passagens de volta, não nos foi possível fazer a compra das baterias.

No mais pouco a pouco vamos nos readaptando, e rogando sabedoria tanto para o campo quanto para conduzir nossos filhos nesta nova etapa para nossas vidas. Fiel é o Senhor e o mais Ele fará.

Motivos de gratidão:

• Nossa chegada em paz a Guiné Bissau.
• Joelma esta bem, não teve nenhum pico de pressão alta mostrando que realmente foi curada por Deus da Eclâmpsia pós parto.
• Retorno as atividades de plantação. *Retorno das aulas presencias da Maria Elisa.

Motivos de oração:

• Pagamento das passagens.
• Compra das baterias
• Por nossa parceria com o trabalho em Enterramento.
• Adaptação e saúde das crianças.

Nosso muito obrigado porque estes dez anos de Guiné Bissau foi possível e será possível novos anos, porque nós e cada um dos irmãos temos buscados sermos um em Cristo Jesus, na adoração e na proclamação do Evangelho.

Danilo, Maria Joelma, Maria Elisa e Isaac Danilo

Gladston e Sirlene Xeique

2/3/2024

Brasil, abril 2024

“Alegrai-vos sempre no Senhor; outra vez digo: alegrai-vos” (Fp 4.4).

Alegrem-se conosco pelas ações e atuações no primeiro trimestre de 2024.

Graças a Deus estamos bem e animados. Isto é motivo de nos alegrar em Deus. Pois a graça dEle vem nos proporcionando oportunidades únicas.

A saúde está em dia, e a vigilância também. Deus graciosamente tem nos guardado, em meio a tantas pestes que vem assolando a humanidade. Sabemos que a queda proporcionou tudo isso. Estamos felizes com tudo que estamos vivendo. Este trimestre foi maravilhoso. Graças á Deus.

Foram três meses intensos de devoção e serviço ao Senhor e as comunidades que estamos relacionando. Louvamos a Deus por sua preciosa graça.

No objetivo em manter uma devocional sadia, Deus nos direcionou para compartilhar um desafio de leitura bíblica para algumas pessoas, incluindo as familias que estamos discipulando, para ler um capítulo da Bíblia por dia, e chegamos ao final de março com a leitura e compartilhamento de mensagens e oração nos livros: Provérbios, Mateus, Judas, Marcos, Gálatas, Efésios e Habacuque, fechando o trimestre com o total de 7 porções inteiras das Escrituras. Já são 220 pessoas participando e interagindo com o conteúdo. Continuaremos este formato de desafio, até que Deus nos direcione para alguma mudança na estratégia de fomentar um relacionamento contínuo com a palavra de Deus.

Deus tem nos surpreendido a cada dia. Pois estamos vivendo a fase da adaptação como missionários da APMT, da mobilização e divulgação do projeto, na busca por parceiros ministeriais. O relacionamento com a cultura e costumes do povo, está nos proporcionando um crescimento ministerial exponencial.

A equipe está sendo construída e desenvolvida para que o trabalho de visitação aos acampamentos seja eficaz. Louvado seja o Senhor. Estamos treinando mais pessoas para serem integrantes da equipe. O feedback das famílias que estão sendo discipuladas vem contribuindo para os ajustes necessários em nossa visão de campo.

O volume de visitas às famílias nos acampamentos aconteceram de maneira satisfatória para o período. Pois, devido ao período chuvoso que enfrentamos com diversas tempestades que assolaram a região com muitos raios e ventos, mesmo assim, foi possível realizar 18 visitas ao acampamento de Timóteo, sendo 6 delas para o discipulado, e nos acampamentos do bairro Vale Verde, em Ipaba, foram 8 visitas evangelísticas, 2 para discipulado e 1 para entregar 20 cadeiras que usaremos nos encontros de adoração. Ainda não conseguimos realizar cultos nos acampamentos. Mas estamos percebendo que em breve acontecerá. Se Deus quiser!

Foram feitas algumas assistências aos necessitados, após as tempestades, com alimentos de cestas-básicas. 3 famílias foram assistidas.

Deus nos agraciou com uma oportunidade no PAA – Programa de Aquisição de Alimentos, programa do Governo Federal, que foi captado pela Administração municipal de Timóteo, beneficiando 5 famílias ciganas do acampamento de Timóteo, sendo que uma dessas famílias, estamos buscando ampliar o relacionamento. O programa propõe uma sacola de alimentos do tipo: (Folhosos, Legumes, Biscoitos, Mel, Doces, Frutas e Tempero). Os produtos são orgânicos, produzidos pela agricultura familiar da região. As famílias iniciaram o recebimento das sacolas no dia 22/02/2024, e a partir desta data, todas as quintas-feiras eles vêm recebendo a sacola com os produtos. Eles receberão este benefício durante um ano. Glória a Deus!

O número de pessoas acessadas e acampamentos visitados, se mantém. Graças a Deus, o evangelho vem sendo ministrado aos corações.

Uma das famílias que estamos discipulando, o casal Bruno e Raquel, vem recebendo o evangelho com alegria e testemunhando da graça entre o seu povo. Ficamos felizes com a atitude do Bruno, que matriculou a Raquel na Autoescola, sem nenhuma pressão externa, mas, fruto de suas devocionais diárias. Este era um dos sonhos de Raquel. Esse tipo de atitude não é comum entre o grupo de ciganos que estamos trabalhando. Percebemos que os homens são machistas e opressores, sem generalizar, mas é a grande maioria, levando as mulheres a terem uma baixa autoestima, como se não bastasse a exclusão imposta por nossa sociedade. Esta ação tem trazido algumas perseguições, do tipo zombaria para com o Bruno. Peço orações, para que Deus continue fortalecendo-os, diante das perseguições que o evangelho produz, e para que a Raquel possa passar nos exames e ter a tão sonhada CNH em mãos. Se Deus quiser.

Na mobilização e apresentação do Projeto, apresentamos a APMT e os materiais de divulgação como a Revista Alcance, Folders etc., e o projeto No Rastro da Carroça, em dois momentos distintos: no dia 24/02 na Assembleia de Deus do bairro Macuco em Timóteo e, no dia 24/03 na IP Monte Sinai, no bairro Caladinho em Cel. Fabriciano.

No dia 04/02, realizamos um “Bazar Solidário” nas mediações do acampamento de Timóteo, onde vários ciganos participaram da ação, bem como a comunidade do bairro Nova Esperança. Bairro que está localizado o acampamento.

Quanto ao alcance de novos acampamentos, isto não aconteceu neste trimestre. Pois exigiria de nós um esforço tal que, no momento, não seria possível entregar. Decidimos priorizar a reforma e preparação da casa para onde iremos mudar. Sairemos do bairro Recanto Verde para o bairro Alphaville.

Não haverá alteração no raio de nossa atuação, por se tratar de um bairro vizinho do Recanto Verde, mantendo-se as mesmas distancias dos acampamentos. A casa de apoio foi concretizada. Glória a Deus!

PRINCIPAIS ATIVIDADES PLANEJADAS PARA O PRÓXIMO TRIMESTRE

1. Manter uma rotina diária de leitura bíblica e oração pessoal.
2. Priorizar momentos de qualidade como casal.
3. Evangelizar ciganos de maneira intencional.
4. Discipular os novos e interessados na fé.
5. Iniciar cultos no acampamento de Timóteo semanalmente.
6. Fazer levantamento das famílias e números de acampamentos da região.
7. Cooperar com nossa igreja local.
8. Finalizar o processo de mudança de residência.
9. Treinar vocacionados para serem inseridos na equipe. 10. Divulgar o projeto e buscar parceiros.

Participe conosco desses desafios!

Por se tratar de pessoas em situação de vulnerabilidade social e perseguição, favor não compartilhar as fotos nas redes sociais.

Abraços fraternais da Família XEIQUE

Fale conosco:

gladston.xeique@gmail.com
si.xeique@gmail.com
(31)98515-2220
(31)98715-9335

Instagram: @norastrodacarroca.ofc

Participe de nosso grupo exclusivo do WhatsApp: https://chat.whatsapp.com/H8f4I7z8fLHJobIQxPuOC9

Rev Marcos Agripino e Mônica

6/3/2024

Brasil, abril 2024

Graça e Paz, em nome de Jesus!

Já começamos o ano recebendo muitos convites para falar em conferências missionárias por todo o Brasil, durante 2024. Haverá também vários eventos de suma importância para a APMT e também para o Movimento Missionário Mundial. Em maio, serão 10 anos do Movimento VOCARE, com um grande evento presencial, em que a APMT se fará representar com um belo Stand, e nossa filha Isabela fará parte da equipe de voluntários. Desde o início, Jessica e Isabela sempre estiveram muito envolvidas, inclusive em funções de liderança nacional.

Haverá também o Encontro da Área Ásia da APMT, em final de junho, na cidade de Chiang Mai, Tailândia. No comecinho de julho, haverá o Encontro da Área Europa, em Málaga, do qual participarão todos os missionários da região. Em agosto, estaremos no INICIATIVA 2033, com a AMTB. Em setembro, Agripino e Isabela irão para Seul, Coréia do Sul. Dez anos atrás, Agripino esteve no Congresso de Lausanne na África do Sul, e agora foi convidado para o Encontro na Coréia. Isabela e Jessica também foram convidadas, mas Jessica não poderá ir, porque estará com neném de 3 meses em casa! O Movimento Lausanne é de relevante importância para o trabalho missionário ao redor do mundo, desde seu início, na década de 70, sob a liderança de Billy Graham e John Stott. Agripino estará presente enquanto líder de agência missionária denominacional e participará de vários grupos de discussão. Em outubro, teremos o Encontro da Área Oceania, na Nova Zelândia fechando, assim, os encontros de áreas regionais da APMT deste ano.

O primeiro módulo do CFM São Paulo foi excelente, com uma boa turma de 21 alunos, que participou ativamente das aulas. Houve também quatro módulos do CFM Nordeste, em Recife, nas dependências da I.P. Madalena, no mês de janeiro.

Estamos hoje com 293 missionários e missionárias servindo em todos os continentes, num total de 40 países. Recentemente, 19 ex-muculm@nos foram convertidos pelo Senhor em Guiné-Bissau; 19 pessoas foram batizadas em quatro países diferentes (Índia, Senegal, Colômbia, Portugal); cinco novos presbíteros foram ordenados em Portugal e França; um novo ponto de pregação foi inaugurado em Leiria, Portugal; houve capacitação de 55 líderes nacionais no Timor Leste e entre os indígenas A*, no Norte do Brasil; a Confissão de Fé de Westminster foi traduzida para o Albanês; dentre inúmeras outras bênçãos em nossos campos.

Eu e Agripino tiramos uns dias de férias em janeiro, de 3 a 15/01 e fomos para o Rio de Janeiro, em casa de amigos. Foi um bom período de descanso. No dia do meu aniversário, 15/01, eu quis conhecer a Biblioteca Nacional, que fica no Centro do Rio. Fizemos uma visita monitorada com uma guia, e pudemos contemplar vários clássicos, obras primas da literatura nacional e mundial, inclusive primeiras edições. Qual não foi a nossa surpresa, ao consultar o acervo, descobrimos que o meu livro “Missões do jeito que Deus quer – o papel da igreja no envio e sustento dos seus missionários” consta do acervo da BN. Ficamos muito felizes e somos gratos a Deus pelo dom de escrever dado por Ele. O Senhor, às vezes, afaga a nossa alma usando as vidas de alguns irmãos de caminhada. Recentemente, um missionário do Betel Brasileiro publicou em sua rede social um comentário sobre meu primeiro livro, em que ele diz: “Numa linguagem fácil, característica dos escritos da nossa querida Mônica... seu livro é essencial. Ela, como sempre, sabe como ninguém ‘tocar nas feridas’ e ensinar lições que encorajam, confortam e desafiam a Igreja Brasileira a viver missões com sabedoria e coerência... Como outros livros da autora, que tenho em minha biblioteca e são ótimos, devorei e indico este, ‘As duas faces do sustento missionário – igreja e vocacionado’, a todos que se envolvem com missões... Obra importante para pastores, líderes e vocacionados. Vale a pena!” Outra bênção foi que eu tive o privilégio de receber uma mensagem, de um membro da Assembleia da APMT, com os seguintes dizeres: “Agripino é um dos homens que eu mais admiro na vida.” Louvado seja o Senhor por tamanho privilégio e responsabilidade, de ministrar ao seu povo através do ministério e dons que Ele mesmo nos deu.

No dia 20/01 as meninas (Jessica e Isabela), juntamente com algumas amigas minhas, vieram em nossa casa para comemorar “atrasado” o meu aniversário “. Dia 1º de fevereiro, preparei um almoço em comemoração ao aniversário da Jessica, e vieram algumas amigas dela. Foi um tempo de comunhão e gratidão. Tenho podido acompanha-la nas consultas de pré-natal, e isso tem trazido a ela segurança nesta primeira experiência gestacional.

Isabela foi promovida mais uma vez no trabalho, no Colégio Elim (escola chinesa e confessional cristã), que fica no bairro da Moóca, aqui em São Paulo. Ela já trabalha lá há dois anos e meio, e já foi promovida três vezes. Agora ela responde como Secretária Escolar, o que trouxe diversas novas responsabilidades. Ela gosta muito de trabalhar lá.

Eu e Agripino estamos fazendo check up anual de saúde. Passamos no cardiologista e em breve no endocrinologista. Já estamos fazendo exames e graças a Deus estamos bem de saúde.

“Que daremos ao Senhor por todos os seus benefícios para conosco?” Obrigada por ler nosso informativo até o final!

Receba nosso abraço,
Marcos Agripino e Mônica
(11) 99713-0133

P. H e S. O.

5/3/2024

Ásia, abril 2024

"O coração do homem pode fazer planos, mas a resposta certa dos lábios vem do S3nh0r" Pv 16:1

Estamos escrevendo a nossa primeira carta informativa do ano. E que começo de ano! Fizemos planos, alguns foram frustrados aos nossos olhos, mas sabendo que a resposta certa vem do S3nh0r, estamos tentando descansar nessa verdade, por mais desafiador que isso seja.

FINAL DE ANO

Passamos o final de ano com alguns amigos brasileiros e americanos, também tivemos momentos gostosos em família no começo do ano antes do retorno das aulas do P.H. Visitamos alguns pontos turísticos da nossa cidade e começamos a nos preparar para a reta final do nosso tempo na Índ!@. Descobrimos também entre o final e começo do ano que a nossa família vai crescer! Vou deixar um tópico especial nessa carta para falar melhor sobre esse assunto!

GRANDE DESAFIO

Nos meses de fevereiro e março, começamos a nos preparar e também levantar um valor específico para fazer uma visita às Terras do Mar. Conversamos com o Pai e colocamos o propósito de levantar o valor necessário para fazermos essa viagem, se possível antes do retorno para o Brasil. Graças a Ele conseguimos levantar o valor necessário, compramos as passagens e começamos a preparar tudo para ir. Faltando alguns dias para a viagem, descobrimos, meio que por acaso, que nos últimos meses algumas regras em relação a visto de estudantes e seus dependentes haviam mudado. Depois de pesquisar um pouco, nos foi informado de que o P.H. estava com o registro de estudante correto, assim como o documento que é necessário para a saída do país, mas o meu (S.O) simplesmente não existia. Pesquisamos também sobre o registro do P.Hzinho, mas por ele ser menor de idade, não seria necessário esse documento. Começamos então a correr atrás do tempo para conseguir emitir o meu documento a tempo da nossa viagem. Adiamos as passagens de avião para uma semana mais tarde, mas infelizmente o documento não saiu a tempo e tivemos que tomar a triste decisão de cancelar a nossa visita às ilhas. Tivemos uma perda financeira significativa, mas louvamos ao Pai pois não perdemos o valor total e também não ficamos ''presos'' no meio do caminho sem esse documento. Apesar de todo o estresse que passamos, Ele nos poupou de passar por algo pior e até mesmo nos livrou de algo que não conseguimos ver ou compreender no momento. Mas como somos humanos e fracos, ainda nos sentimos muito tristes com essa situação e sem conseguir entender porque o Pai não permitiu que fizéssemos essa visita. A nossa or@çã0 é que consigamos obedecer sem entender e descansar nEle que é o Dono de tudo, todos e de qualquer situação. Graças a Ele conseguimos que o documento que permitia a minha saída do país, saísse com uma semana antes do nosso retorno para o Brasil, onde chegamos no dia 27 de março, depois de muiiiitas horas de voo.

MAIS UM MEMBRO NA FAMÍLIA

Como comentei no começo dessa carta, a nossa família vai crescer! Estou agora a uma semana de completar 6 meses de gestação e descobrimos nos últimos dias que chegará mais um menino para alegrar o nosso lar! Louvamos ao Pai, pois no meio desse turbilhão de emoções, Ele nos abençoou com mais uma herança para completar a nossa família. A gestação tem ido bem e a previsão de nascimento é para o começo de agosto! Completei também no dia 6 de abril mais uma aniversário e tive a alegria de festejar com meus familiares mais próximos. Louvo ao Pai que me sustentou até aqui e que tenho certeza de que continuará caminhando comigo todo os dias!

LOUVOR

- Pelo final do ano e pelos amigos que o Pai nos deu na Índ!@;
- Pelo nosso tempo naquele país e tudo o que o Pai nos permitiu vivenciar;
- Pela proteção do Pai que não permitiu que visitássemos as ilhas e por Seu favor em permitir que voltássemos para o Brasil na data planejada;
- Pela benção do crescimento da nossa família com mais um filho;
- Por mais um ano de vida.

PEDIDOS

- Pelos nossos corações, que ainda se entristecem em relação ao impedimento de visitar as Terras do Mar;
- Pela gestação do nosso segundo filho, que o Pai nos dê boa saúde e nos prepare para a chegada dele;
- Pela readaptação ao Brasil e que em breve possamos ter o nosso cantinho;
- Pelos próximos passos do Projeto Terras do Mar, que esperamos que seja definido nesse tempo no Brasil junto com a liderança da nossa agência.

Estamos agora entre as casas dos nosso pais e aguardando mudar para o apartamento do meu irmão em maio, que vamos alugar em São Paulo. Interceda por nós também por esse tempo de transição e adaptação. Que o Pai abençoe grandemente a sua vida! Grande abraço!

P.H, S.O, P.Hzinho e bebê!

*Você percebeu palavras escritas de forma diferente no decorrer da carta? Essa é uma forma mais segura de se comunicar em campos de risco de perseguição. Se tiver alguma dúvida entre em contato conosco! =)

Seja um parceiro do Projeto Terras do Mar: https://forms.gle/SVpUJmXNvcZz3CQ18
Informações pelo Whatsapp: https://chat.whatsapp.com/I3riqQKDoRBHQlLKVxwhtr

H. M. e G.

4/3/2024

Ásia, abril 2024

“Só sei que nada sei”

A famosa frase, geralmente atribuída a Sócrates, descreve muito bem o momento em que vivemos.. Já adultos, temos que aprender o que as crianças aqui já sabem. Não sabemos o que comer, pois tudo tem sabor, nome e aspecto diferente. Atravessar as ruas é um desafio que envolve compreender uma coreografia de motos e carros que ignora completamente o que conhecemos como “leis de trânsito”. Sem falar nas vezes em que o táxi nos deixa em lugar diferente do que deveria e não temos condições de argumentar em uma língua que ainda levaremos um bom tempo para aprender. A todo momento o Senhor nos ensina a depender completamente Dele, pois em tudo percebemos nossas grandes limitações até mesmo nas tarefas mais simples.

Em modo de sobrevivência

Começar a vida em uma nova cultura totalmente desconhecida e diferente da nossa nos coloca em “modo de sobrevivência” nas primeiras semanas. Temos que nos ajustar rapidamente para conseguir estabelecer o necessário como moradia, comida e alguma rotina para assegurar estabilidade, principalmente das crianças.

Encontrar uma residência foi uma experiência desafiadora. Quase nenhum corretor falava inglês e a maior parte dos locais não aluga casas para estrangeiros por receio da polícia (os locatários precisam informar a polícia se há algum estrangeiro na vizinhança). Também precisávamos encontrar uma escola para os meninos, pois precisam aprender a língua local. Infelizmente, para o nosso filho mais velho, de sete anos, as escolas exigem o domínio da língua antes de serem matriculados. Depois de muito esforço encontramos uma escola internacional que exigia apenas conhecimento da língua inglesa. Na mesma semana, por providência divina encontramos um apartamento bem perto da escola.

Embora gratos e animados por todas as bênçãos recebidas, vivemos hoje em uma das cidades mais poluídas do mundo. Desde que chegamos, há 3 semanas, ainda não vimos o céu, pois fica permanentemente encoberto por uma camada cinza de poeira e fumaça. Infelizmente isso tem trazido problemas de saúde, principalmente para as crianças aqui em casa. Acredito que seja apenas até nos acostumarmos com a poluiçâo, em contraste com o ar puro africano que respiramos nos últimos anos.

O “efeito Torre de Babel”

Conviver com diferentes línguas não é algo realmente novo para nós. Além da língua portuguesa, nos tornamos falantes da língua inglesa há alguns anos. Em Moçambique, tivemos que nos adaptar ao chichewa e, depois, ao changana. Mas esta é a primeira vez em que vivemos em um lugar onde nenhuma delas é útil no dia-a-dia.

A língua local possui seis tons diferentes. Isto é, além do vocabulário e gramática, também precisamos aprender os diferentes sons que sinalizam os significados das palavras. Por exemplo, “ma” cujos diferentes tons podem significar mãe, fantasma, cavalo ou cova.

Embora a cidade onde vivemos receba um bom número de turistas todos os anos, não há nenhum relacionamento entre eles e os locais, com exceção da prestação de serviços. Já os ocidentais residentes, a grande maioria vive em “bolhas” de expatriados, convivendo apenas com outros estrangeiros.

Para cumprir nosso propósito aqui, precisamos fazer o que a maioria não faz. Conviver o mais próximo possível das pessoas que nos receberam em seu próprio país. Aprender sua língua e cultura é, portanto, parte fundamental de nossa missão. Apenas assim poderemos apresentar as Boas Novas de uma maneira que eles podem compreender em toda sua profundidade.

Assim, para chegarmos lá, nossas atividades diárias envolvem aprendizado sistemático da língua usando dois métodos diferentes, totalizando seis horas diárias, cinco vezes por semana.

ORE COM A GENTE

• MANUTENÇÃO DE BOA SAÚDE
• BOM APROVEITAMENTO NO APRENDIZADO DA LÍNGUA E CULTURA
• INÍCIO DE RELACIONAMENTOS COM A COMUNIDADE

projetoraizes@proton.me

Rev Jorge e Jarci

3/3/2024

Líbano, abril 2024

“...E conhecereis a verdade e a verdade vos libertará ...”. Jo 8.32

Queridos parceiros na missão, graça e paz!

Estamos vivendo tempos desafiadores, nos quais a verdade tem sido substituída por narrativas em todos os lugares do mundo e, de acordo com os interesses de quem detêm o poder. Alguém já disse que em uma guerra, a primeira vítima é a verdade. E é verdade. Aqueles que defendem a lei, as convenções, os acordos internacionais tem sido os primeiros a violá-los não existindo assim local seguro em tempo de guerra. Espaços aéreos, hospitais, templos religiosos, escolas, museus, embaixadas, instituições, princípios, etc. Tem sido violados em todos os lugares mesmo em cenários nos quais não existem guerras explícitas. A narrativa cria bons e maus quando na verdade todos os lados em todos os lugares carecem da Verdade que liberta.

Precisamos tomar cuidado para não sermos nem manipulados nem omissos diante das narrativas destruidoras da Verdade. Em um contexto beligerante no qual estamos, somente a Verdade que é Cristo, pode fazer frente às narrativas de todos os lados. Continuamos em alerta e esta é a triste rotina daqui. Aumentou significativamente o número de furtos, roubos e sequestros, além da perseguição aos sírios (sem documentos) refugiados no Líbano e outros problemas inerentes a um país em guerra.

Deus nos tem preservado na missão e, juntamente com a parceria de vocês estamos mostrando a Luz de Cristo num oceano de narrativas abraçadas por grupos diversos daqui, daí, dalí, dacolá... Comemoramos o dia da mulher, o dia das mães, Domingo de ramos, sexta feira da paixão, Ressurreição de Cristo, dentre outras ações no lar para idosos e em outras localidades do país.

Motivos de oração:

- Pela conversão das pessoas com as quais trabalhamos;
- Por proteção em tempos de guerra;
- Por sabedoria no viver o evangelho;
- Por dias melhores para os sírios e para os libaneses.

Juntos com vocês,
Rev Jorge, Jarci, Timóteo e Samuel

PIX: projetonur@gmail.com
Whatsapp: +96181797073

Maurício e Ana

2/3/2024

Zimbábue, abril 2024

“Não cesses de falar deste Livro da Lei; antes, medita nele dia e noite, para que tenhas cuidado de fazer segundo tudo quanto nele está escrito; então, farás prosperar o teu caminho e serás bem-sucedido” Josué 1:8

Queridos parceiros em Missão,

Louvado seja o Senhor por mais três meses de trabalho que Ele nos concedeu em Zimbábue! Temos provado do cuidado de Deus em todo o tempo.

Nesse informativo queremos compartilhar um pouco do trabalho de produção de versículos bíblicos nas línguas Ndebele e Shona que junto com o inglês são as línguas oficiais aqui na cidade onde moramos Bulawayo em Zimbábue.

Por aqui já temos as bíblias traduzidas para as línguas oficiais e existem apenas materiais na língua inglesa que podem ser usados no ensino das crianças, mas existe bem poucos materiais impressos nas línguas maternas.

Devido as crianças começarem a aprender inglês somente na escola, encontramos dificuldade em ensinar os versículos bíblicos na língua delas, então no começo do ano de 2023 começamos a imprimir os versículos bíblicos em Shona e Ndebele.

Esse trabalho tem sido feito com a ajuda de uma família local que tem conhecimento das duas línguas e também nos auxilia com o design dos materiais. Temos impresso em papel A3 visuais grandes para as aulas e também versículos pequenos para que as crianças possam levar para casa.

Esse trabalho tem abençoado não somente as aulas das crianças, mas também está sendo uma forma de apoiar pessoas contribuindo com o seu sustento, já que no Zimbábue existem muitos profissionais talentosos, mas que tem dificuldade de exercer uma atividade remunerada.

Por favor orem pelas atividades em que estaremos envolvidos nos próximos meses:

• Treinamentos para professores de crianças;
• Igreja em Plantação na área de Worringham;
• Continuação dos trabalhos de evangelismo na creche e hospital;
• Impressão de versiculos nas linguas Inglesa, Shona e Ndebele.

Louvamos ao Senhor por sua vida querido parceiro que tem nos acompanhado em oração, financeiramente ou divulgando o Projeto Casa de Pedra, vocês fazem parte do que Deus está fazendo em Zimbábue.

Ronalda e Joseph Nassakou

5/3/2024

Senegal, abril de 2024

Preciosos irmãos e amados do Senhor Graça e Paz!

“Tu, porém, sê sóbrio em todas as cousas, suporta as aflições, faze a obra de um evangelista, cumpre cabalmente o teu ministério.” 2 Tm.4:5

Assim como o apóstolo Paulo falou para Timóteo, essa palavra de advertência é para toda igreja hoje. Paulo nos encoraja a manter a nossa sobriedade, sermos lúcidos, e serenos, em situações adversas em que enfrentamos. Ele nos encoraja a sermos testemunhas vivas do Senhor Jesus, a suportar as aflições, o que significa aqui: tribulações, perseguições, problemas, dificuldades e males típicos de todos aqueles que são fiéis ao Senhor. Devemos cumprir o nosso ministério com fidelidade e amor.

Falando um pouco do Senegal

Nesses últimos anos havíamos passado por tempos terríveis de grandes manifestações, com muitas destruições e confrontos, o povo queria mudança. E depois de muitas reuniões e diálogo entre os líderes políticos, o governo decidiu fazer as eleições. No dia 26 de março as eleições foram realizadas, e o povo teve o seu candidato eleito. O Presidente Mack Sal passou o poder para o novo presidente. No dia 4 de abril foi a festa da independência do Senegal e foi a posse do novo Presidente que se chama Bassirou Diomaye Faye. Nesses dias temos visto que o povo se aquietou, e no momento os temores e os medos cessaram, graças a Deus.

Houve o período do Ramadã, o mês de jejum dos muçulmanos, as nossas orações se intensificaram a favor deste povo que tanto amamos,  a maior tristeza que temos aqui é a certeza que o povo tem feito sacrifícios de tolo, pois a pobreza, a miséria, a cegueira espiritual, só aumenta e a insatisfação está estampada nos rosto das pessoas. Temos clamado pelo verdadeiro milagre da salvação.

Desempenho do nosso Projeto

Temos realizado o ministério com o trabalho de plantação de Igreja, evangelismo, aconselhamento, discipulado, cursos profissionalizantes e alfabetização. A realidade do Senegal é impactante pois estamos num país onde existe menos de 1% de cristãos, e mais de 90% são povos não alcançados e que uma grande parte vive em extrema pobreza. Nos primeiros contatos para a evangelização, criamos um elo de amizade, e percebemos que essas pessoas esperam de nós muito mais, uma ajuda, um apoio, para poderem saciar suas necessidades físicas, e depois aceitarão ouvir o espiritual. o povo espera que os ajudemos.

Evolução dos Alvos

Temos continuado com a manutenção do terreno em Mbour onde estaremos realizando o Projeto todo.

A primeira canalização de água que fizemos para a caixa d'água não deu certo, o poço era salgado. Estamos fazendo uma outra canalização com outro poço de água doce. Nesta aldeia onde estamos trabalhando ainda não existe distribuição de água do governo.

Temos trabalhado para o funcionamento das placas solares, para que não tenhamos despesas caras com a energia eletrica,  mas ainda não obtivemos a liberação do governo. Aumentamos uma parte do muro, para proteção das placas solares, para que não haja roubo.

Por não termos conseguido preparar o terreno com todas as manutenções necessárias, não foi possível levar os rapazes para está presente no projeto em Mbour. Por isso não foi possível começar o curso profissionalizante durante este primeiro trimestre.

Continuamos com as reuniões da Célula aqui em Dakar. O número dos que creem tem aumentado, e o evangelho tem sido pregado com zelo e graça de Jesus. Temos continuado com um trabalho de visitação aos rapazes que vivem nas ruas, durante a semana estamos alcançando esses rapazes com aconselhamento, pregação da palavra e discipulado. Ajudando-os em suas necessidades. Ajudando também na alimentação.

Também temos abençoado alguns desses rapazes, pagando uma tenda para eles dormirem.

Notícias da Família

Estamos bem, graças a Deus, com grandes desafios sempre, nas áreas dos cuidados de saúde, de finanças e de descanso.  Nossos filhos vão bem, o Isaac continua crescendo e tem se aplicado nos estudos estando entre os primeiros da classe. Nossa família no Brasil vai bem, tenho visto os cuidados do Senhor para com todos.

Motivos de louvor

• Louvemos ao Senhor porque ele tem tido cuidado de nós, tem nos dados a sua força, a sua sabedoria, a sua coragem para realizarmos a sua obra.
• Agradecemos ao Senhor pelos seus livramentos, e suprimentos, e todos os cuidados.
• Louvem a Deus conosco porque temos alcançado os rapazes das ruas que vivem em total miséria e perigo, levando sempre para ele uma mensagem de esperança e salvação.
• Louvem a Deus conosco pelo Senegal, pela vitória das eleições, pela paz e a tranquilidade que estamos tendo no momento.
• Louvem a Deus conosco pelo Projeto em Mbour, já foram separados 20 rapazes, e todos estão animados.

Motivos de oração

• Por finanças, para que tenhamos o necessário para o começo do curso em Mbour
• Orem para que possamos encontrar bons professores
• Ore pela organização da luz e da água que ainda não conseguimos concluir, que o Senhor possa suprir essas necessidades,
• Orem conosco para que tenhamos mais parceiros para o desempenho desta grande obra.
• Orem para que consigamos resolver o problema das placas solares. Que possamos ter a liberação do governo.
• Orem para que possamos ter obreiros que nos ajude.

Queridos irmãos, agradecemos imensamente a parceria que temos, que seria da obra missionária se não fosse as igrejas do Senhor para sustentá-las, e apoiá-las. Queremos dizer que precisamos de vocês, que sem o apoio da igreja não podemos fazer nada, suplicamos que continuem sendo nossos parceiros, a obra ainda não terminou, ainda temos muito para fazer, e juntos somos mais fortes e podemos alcançar mais vidas. Que o Senhor os visite com ânimo, renovo e firmeza, em nome de Jesus.

Juntos na Seara do Mestre,
Abraços saudosos Seus Missionários,
Ronalda e Joseph Nassakou.

Família Di Castro

4/3/2024

Oriente Médio, abril 2024

Tempo de Observar e se Expor

Identidade

Nesse tempo de Ramadã, estando em um país de maioria muçulmana, vemos diversas mudanças de comportamento da sociedade e de indivíduos. Seja a vestimenta (mulheres que costumam andar sem hijab - o véu sobre a cabeça - e nesse tempo o usam), o jejum diário nesses quarenta dias diminui as atividades diurnas, e aumenta bastante as noturnas, quando eles quebram o jejum. As vestimentas típicas são usadas com muito mais frequência, especialmente quando se juntam para alguma celebração. Pensando sobre esses usos e costumes, podemos refletir: Que tipo de cristãos temos sido? Alguém que só é identificado em determinados lugares ou formas (como na igreja, ou épocas do ano (como Páscoa e Natal)? Temos muito mais a mostrar. Temos Cristo!

Estudos

Esse início de ano foi de bastante estudos. Aumentamos nossa carga horária nas aulas de línguas, P. com o curdo, M. com o inglês. Precisamos trocar de professores, mas ampliamos as oportunidades, além de professores nativos, podemos ter contato com alunos estrangeiros, alguns de culturas próximas. É muito bom começar a ampliar os vocabulários básicos para cumprimentar os locais, fazer perguntas simples, poder até responder algumas e identificar letras e números no comércio. Ore por nosso aprendizado!

Pesquisa

Outra frente que nos dedicamos foi a pesquisa de oportunidades de servir na região. Temos grande e pequenas organizações que dão suporte para refugiados. Temos tido várias visitas e reuniões com lideres. M. começou a acompanhar um trabalho com mulheres em um campo. Queremos uma definição em breve sobre lugares de desenvolvermos efetivamente nosso projeto. Ore para o Senhor abrir portas!

Crianças

J. começou também na mesma creche da A, por um período menor, enquanto D. está na alfabetização na mesma instituição. Os três estão já bem adaptados, mostram alegria mesmo com o desafio de serem quase os únicos de outro país. Temos alguns contatos começando com pais de crianças lá, especialmente falantes de inglês e que moram no nosso condomínio. Ore por esses relacionamentos, para o Senhor se revelar a eles.

Saúde

P. começou na academia, e a M. também continuou, achamos uma com ótimo preço, próximo de casa, onde separam homens e mulheres, como é comum aqui. Além de ótimo para nossa saúde, também ê um lugar de se expor aos locais e fazer relacionamentos. Passamos o inverno sem os problemas que tivemos no Reino Unido, apenas uma tosse recorrente do J. Especialmente sobre a saúde, aqui temos boa assistência, mas no caso da A., ainda precisamos dar mais passos para seu tratamento de audição e fala. Ore para o Senhor mostrar os melhores meios para isso.

Ministérios

Na igreja curda local, demos assistência para o trabalho com crianças nesses meses. Também temos mais contatos com obreiros vindos de diferentes países e em diversas frentes de atuação aqui. Por meio das mídias sociais, acompanhamos um pouco algumas igrejas parceiras no Brasil, sempre em oração e gratidão pelo trabalho e visão de Reino de cada uma e das famílias e pessoas que individualmente dão suporte para atuarmos aqui.

Que o Senhor os abençoe, obrigado por caminharmos juntos!

Família Di Castro

Rev José Dilson e Marli

3/3/2024

Brasil, abril 2024

Queridos, Graça e paz!

“Anunciem a sua glória entre as nações, seus feitos maravilhosos entre todos os povos!” Sl.96.3

Depois de uma longa espera, finalmente nossa passagem para a Itália foi marcada para o dia 29/04/24. Agora é oficial! Estamos arrumando as malas!! Por isso contamos muito com vossas orações! Dia 11/04 teremos uma entrevista para um visto religioso – o que nos permitirá uma estadia de forma legal durante 1 ano. Antes esse tipo de visto só era concedido a padres. Isto é algo inédito!

A princípio iremos a Legnano – comuna da província de Milão, por 15 dias, onde se localiza a Igreja Presbiteriana da Itália plantada pelo Rev. Humberto Arisa e o alvo é depois seguirmos para a região da Ligúria, onde nos estabeleceremos a longo prazo e desenvolveremos nosso ministério.

MISTO DE EMOÇÕES!

Por um lado uma alegria muito grande invade nosso coração por mais uma vez nos dirigirmos a um campo missionário direcionado pelo Senhor. Por outro lado, nosso coração fica muito apertado nesse novo período em deixar nossos filhos e netos queridos. Mas esse é o preço da Missão! Também por deixarmos nossa igreja – tão vivaz e ativa para irmos a um lugar inóspito ao Evangelho.

MOTIVOS DE ORAÇÃO:

- Pela entrevista para o visto religioso dia 11/04 – que encontremos graça diante das autoridades.
- Por nossa viagem e chegada na Itália. Por todos os desafios da língua, cultura, bem como apartamento para alugar e toda a logística desse novo desafio;
- Por mais parceiros neste ministério – só estamos com 60% do sustento necessário.
- Pelos filhos e netos que ficarão. Cuidado e proteção do Senhor.
- Que em nosso coração abunde a paz de Cristo e que portas sejam abertas segundo Sua perfeita vontade.

Em Cristo,
José Dilson e Marli

Rev Luiz Otávio e Janete

2/3/2024

Brasil, abril 2024

Fiquem alertas, permaneçam firmes, mostrem coragem, sejam fortes. Façam todas as coisas com amor. 1 Coríntios 16.13,14 (NAA)

As palavras finais de Paulo à igreja de Corinto na primeira carta são apropriadas para tempos de espera e dificuldade. Diante dos pesados problemas da igreja, ele escreve quatro exortações com atitudes específicas e práticas para animar os cristãos. Em seguida, e mais importante, destaca: fazer tudo com amor.

Nem sempre nos preocupamos em vigiar, ou ficar alertas, em amor; permanecer amorosamente firmes (sem sucumbir à ira, murmuração ou tristeza); ter coragem para amar (mesmo as pessoas difíceis); ou fortalecer nosso amor em Deus.

O primeiro trimestre foi marcado por contatos frequentes com a igreja na Espanha e os advogados espanhóis. Estivemos no consulado de São Paulo por duas vezes em fevereiro, uma em março e outra no começo de abril. Foram traduzidos novos documentos, contratamos novo plano de saúde, entregamos um texto elaborado pela advogada ao consulado, pagamos as taxas e demos entrada em novo pedido de visto religioso.

Por outro lado, seguimos com diversas atividades. No começo do ano fomos ao Rio de Janeiro, para encontros com parceiros, e em fevereiro estive em Brasília para reunião do Presbitério e visitas. Fui preletor de duas reuniões da Madrugada de Oração da CNSAFs, preguei na Igreja Presbiteriana Betel de Guarulhos e contamos a experiência da plantação da igreja no Panamá aos candidatos a missionários da APMT no módulo do CTM sobre Vida e Caráter do Missionário, a convite do Rev. Aguinaldo do Nascimento, na Igreja Presbiteriana Unida em São Paulo.

Em fevereiro participei da Conferência de Avivamento na Igreja Presbiteriana de Pinheiros; em março de reunião sobre plantação de igrejas do CTPI em Campinas. Janete ministrou curso para confecção de fantoches na Igreja Presbiteriana Vila Baronesa, em Osasco. Participaram seis alunas e cada uma produziu seu próprio fantoche em um dia inteiro de aula.

Durante este longo período de espera, continuamos a aprender a orar mais e descansar pela fé em Deus. Nas igrejas que visitamos e junto aos parceiros e amigos, recebemos exortações semelhantes às de Paulo aos coríntios, que nos animam a perseverar. Agradecemos a cada um as orações, e a Deus por sua maravilhosa graça e misericórdia a cada dia.

Pr. Luiz Otávio, Janete, João Otávio e Tiago

Emails:
luizong@gmail.com
janetemsg@gmail.com

WhatsApp:
+55 11 96610-9729 (Luiz Otávio)
+55 11 94577-4257 (Janete)