Logo APMT
Logo APMT

APMT no Vocare 2024

28/06/2024

A APMT esteve presente na edição dos 10 anos do VOCARE, em Sumaré/SP, entre os dias 30/05 e 02/06. Além de montarmos um stand durante o evento, pudemos servir na equipe de voluntários, incluindo nossa atuação entre os hangouts (conselheiros dos participantes), nos testemunhos, e na ministração às crianças. Alguns representantes da APMT testemunharam como foi a experiência de servirem ao Senhor com seus dons e talentos, em prol da nova geração, o que pode ser constatado nos relatos a seguir.

Participar do VOCARE e testemunhar o impacto do poder da Palavra de Deus na vida de centenas de jovens foi lindo e muito gratificante. Pela graça de Deus, já tem mais de 30 anos que estamos servindo no campo transcultural, como solteiros, como recém casados, com filhos pequenos, com filhos adolescentes e agora um novo passo, retornando ao campo, deixando os filhos adultos que estão construindo suas próprias histórias. Fomos conselheiros no Hangout do VOCARE, e que privilégio ouvir e aconselhar tantos jovens em seus primeiros passos na vocação que Deus lhes deu. Gratidão ao nosso Deus, que continua levando obreiros à sua Seara, para fazerem ainda mais e melhor que a geração passada.

E* e A* Barros (missionários da APMT)

A experiência no VOCARE foi muito especial ao meu coração e ministério. Cheguei do Oriente Médio a 1:30 da manhã do sábado, e no sábado à noite, as 19:45, já estava participando desse movimento tão maravilhoso, onde Deus tem despertado corações e aprumado vocacionados. Esse movimento tem um valor inestimável para os candidatos a missões. O VOCARE orienta o jovem a como iniciar a sua jornada missionária, apresentando inúmeros caminhos e agências para que eles possam dar os primeiros passos em seu ministério. Como IPB e APMT, continuar participando e incentivando nossos missionários a participarem, dividindo suas experiências com essa nova geração, acredito ser fundamental. E foi exatamente o que fiz: compartilhei o meu chamado, trajetória, preparo e projeto que está sendo desenvolvido no campo missionário. Louvo a Deus por ter me permitido estar lá.

T* C* (missionário da APMT)

Participamos do congresso que celebrou os 10 anos do VOCARE, organizado pela AMTB. Foram cerca de 600 participantes, a grande maioria jovens, de diferentes partes do país e denominações. A APMT foi representada com uma equipe de voluntários e candidatos, através do stand com material de divulgação e outros itens, dois casais de missionários que fizemos parte do Hangout, grupo de aconselhamento ao longo de todo o evento. Três filhas de missionários serviram na equipe, duas missionárias de Base ficaram no stand, e um jovem missionário de campo transcultural compartilhou seu testemunho no plenário. O propósito e grande valor do VOCARE é estimular e desafiar o jovem ao despertamento missionário, com variadas oportunidades e formas de engajamento. A energia, coragem e desprendimento dos jovens traz movimento e crescimento à força missionária evangélica, que se atualiza e conecta à realidade atual. Igrejas e agências missionárias recebem um novo fôlego e visão para a evangelização e pregação do Evangelho a diferentes etnias e culturas. Pela primeira vez no evento, ficamos impressionados com a excelência da estrutura e da organização. Foram criados ambientes e oportunidades para a interação e participação dos jovens: área de convivência e café com stands (de agências e instituições especializadas em tecnologia, recurso audiovisual, cursos de línguas e preparo missionário); sala de oração (aberta ininterruptamente); a escala para leitura bíblica (durante o VOCARE toda a Bíblia foi lida em voz alta na entrada da área dos stands, o Voc Village); espaço para o aconselhamento (Hangout); oficinas e painéis de vivência missionária; o Connect, entre outros. Antes de cada plenária, pela manhã e à noite, houve momentos dedicados ao testemunho de missionários. Dentre eles, dois muito impactantes foram o de uma quilombola que saiu de sua comunidade para estudar Pedagogia, mas retornou ao quilombo para falar do Evangelho às crianças, e o de uma dançarina surda, que usa sua arte para evangelizar. A experiência que tivemos no aconselhamento, chamado Hangout, foi abençoadora e muito gratificante. Foi criado um amplo espaço acolhedor, com poltronas adequadas e confortáveis, para oito atendimentos simultâneos. No segundo dia houve a necessidade de ampliar pela quantidade de interessados. A equipe de conselheiros foi formada por 23 pessoas, organizadas em escalas, com cinco horários de atendimento. Eu e Janete realizamos aconselhamentos individuais e uma vez juntos, para um casal de noivos. Há dois meses do casamento, eles buscaram orientação diante da necessidade de tomar importantes decisões familiares e profissionais. Mesmo com muitos atendimentos que se estenderam até a madrugada, e pouco intervalo, conseguimos aproveitar o congresso e nos emocionamos ao ver o agir de Deus nos jovens. Foi ainda uma bênção perceber o reconhecimento e valor que o VOCARE proporcionou através da troca de experiências entre jovens e missionários. Ao final, mais de 100 jovens fizeram público compromisso de dedicação missionária, o que reflete o impacto do evento. Nosso sonho e oração é ver o despertar missionário dentro da juventude das igrejas da IPB. As mocidades, através das igrejas, federações, sinodais e confederação nacional, possuem um belo modelo para se envolver e participar nos próximos VOCARE. A força dos jovens vence o maligno, e a Palavra de Deus permanece neles, com visão e paixão missionárias.

Luiz Otávio Gomes e Janete (missionários da APMT)

Durante algumas edições do CBM – Congresso Brasileiro de Missões, observávamos a baixa presença e o pouco engajamento das novas gerações, que são os futuros líderes da igreja global. Em resposta a isso, a AMTB criou o movimento VOCARE que, em seus 10 anos, desperta e mobiliza a juventude brasileira para a Missão de Deus. Eu estive servindo na equipe de voluntários em todas as edições do VOCARE. Dentre as diferentes frentes, destaco a relevância de uma delas, o Connect, que foi idealizado por uma Fm – filha de missionários da APMT (Jessica Mesquita). o Connect oferece diversas maneiras de servir no Reino, conectando o vocacionado com as oportunidades e ferramentas das agências, organizações e ministérios, como, por exemplo, o cadastro no banco de voluntários e o mural de oportunidades. VOCARE é sobre obediência à vocação de Deus para todo o seu povo! Nós, jovens da IPB, podemos e devemos fazer muito mais com todos os dons e talentos que Deus nos deu, seja no ministério da Palavra, mas também como um biólogo, como designers, músicos, profissionais de TI, engenheiros, profissionais da saúde, donas de casa, filósofos, agrônomos, jornalistas, veterinários, advogados, professores de idiomas, e por aí vai. A lista de perfis não tem fim.

Isabela Mesquita (filha de missionários da APMT)

A edição dos 10 anos do VOCARE foi minha segunda vez no encontro nacional do movimento. Minha primeira participação foi em 2022. Nas duas oportunidades, atuei como voluntária, ajudando em diversas tarefas durante os dias do evento. No entanto, em ambas as ocasiões, acabei sendo mais servida e abençoada do que eu mesma servi. O Movimento VOCARE desempenha um papel crucial para o avanço missionário, mobilizando jovens para trabalhar tanto em suas igrejas locais quanto em organizações missionárias, em diferentes frentes. Pessoalmente, o VOCARE me impacta ao demonstrar como Deus usa pessoas comuns para expandir o Evangelho. Isso me inspira a não ficar parada, mas a me envolver na missão, mesmo que eu não tenha um chamado específico para o trabalho missionário transcultural e integral. Como membro da IPB e servindo em minha igreja, posso contribuir para a obra missionária sendo uma mobilizadora e incentivando outros jovens a se engajarem na missão em suas áreas de atuação. Acredito que, como denominação, podemos enviar nossos jovens e apoiá-los para que se envolvam ativamente na missão de espalhar o Evangelho por todo o mundo.

Sara Souza (filha de missionários da APMT)

Creio que as nossas igrejas - e aqui falo diretamente às igrejas presbiterianas - deveriam fazer um esforço para levar os seus jovens ao VOCARE, tanto o evento nacional quanto o regional, para que eles conheçam mais do que a Igreja (como Corpo de Cristo) tem feito e pretende fazer no âmbito das missões. É uma oportunidade única dos nossos jovens serem impactados pelos testemunhos de irmãos dos mais diversos backgrounds/vivências e, assim, eles próprios perceberão quão grande a Seara é e o quanto é necessário que mais pessoas se levantem, dispostas a pregar o Evangelho até aos confins da terra.

Sarah Dias (filha de missionários da APMT, e missionária colaboradora)

Estar no VOCARE pela primeira vez, sendo missionária há tanto tempo, foi surreal! Foi surreal ver que existe um movimento de dez anos, trabalhando para manter a chama das Missões acesa nos corações das novas gerações! Foi uma honra! O VOCARE é de suma importância, pois traz as realidades de vivências nos campos, e desperta novos vocacionados para unir forças para a evangelização do mundo, através de suas formações e expertises. Vi um garoto de 13 anos se derramando na presença de Deus. Ele já faz missão com seus pais em comunidades carentes do Rio de Janeiro. Com tudo que nós, como IPB temos, de conhecimento teológico e missiológico, além de centenas de missionários, creio que temos muito a contribuir com o Movimento VOCARE, abrindo nossas portas para que todos tenham acesso aos nossos cursos preparatórios, e conectando os nossos missionários com essa nova geração de vocacionados. Servi em nosso stand como voluntária, falei em dois momentos sobre o que a APMT tem feito nos campos menos alcançados, compartilhei sobre a Tradução da Bíblia para Línguas Minoritárias, sobre a plantação de igrejas em campos transculturais... e apresentei a nossa Agência a todos que nos visitaram no stand. Algo que me chamou a atenção e me levou a fazer uma convocação de última hora foi a quantidade de surdos e intérpretes presentes. Os convidei a conhecerem a realidade das crianças surdas em outros continentes.

Noêmia Clemente (missionária da APMT)

Não conhecia de perto o VOCARE, só de ouvir falar. Tive uma experiência incrível de ver tantos jovens envolvidos com missões e ainda mais fazer parte de alguma forma. Com toda certeza posso afirmar que o VOCARE é de extremo valor, pois esses jovens tiveram o privilégio de viver, de conhecer e de se envolver com a Missão. Certamente serão marcados e nunca esquecerão de tudo que viveram, com seus corações queimando ainda mais por missões. Fiquei impactada com a sala de oração,  jovens organizando tudo e muito envolvidos com oração,  um ambiente exclusivo para orar, e no tempo que estive lá vi vários jovens orando e conectados com a programação. Fiquei impactada também com os voluntários, que trabalharam duro, servindo com alegria e disposição: isso é adoração.  Podemos investir em divulgação, para que as IPBs possam mandar os jovens da UMP e da UPA aos encontros regionais e nacionais, vi muitas denominações,  mas poucos presbiterianos, muitas caravanas de diversas igrejas... Poderíamos incentivar mais as UMPs e UPAs, pois seria incrível estarem engajadas nesse grande e maravilhoso movimento que conecta o jovem com a missão de Deus. Minha participação foi com as crianças que ali estiveram. Tive oportunidade de servir compartilhando o amor de Jesus e a obra missionária com as crianças, que podem ser missionárias também. Tivemos um espaço VOC KIDS para as crianças, que foi maravilhoso, pois as crianças são o VOCARE de hoje que refletirão no amanhã. Louvo a Deus pelo privilégio de ter participado servindo como voluntária. Fui muito abençoada e privilegiada em ver a potente adoração ao Senhor. Como diz o Rev Chun k Chung "Quando o povo de Deus se reúne em louvor, oração, aprendizado da palavra e amor, potencializa a adoração e sobe como aroma agradável a Deus". John Piper diz que “A missão existe porque não há adoração”.  Então temos que pregar o Evangelho para que haja verdadeira adoração.  Foi isso que aconteceu no VOCARE 2024.

Maria de Fátima Santos (missionária colaboradora da APMT)

Fique de olho nos próximos passos do Movimento VOCARE. Pode ser que o Senhor queira te abençoar, fazer de você um abençoador dessa galera incrível, ou ambas as coisas.

Acesse o site e saiba mais sobre o Movimento VOCARE: https://vocare.org.br/

Publicações recentes:

O trabalho mais difícil do Planeta

Artigos

Rev. Edward Lane - O Missionário que adotou o Brasil

Biografias

Elinalda Santos

Cartas de Missionários

Gustavo e Sarah

Cartas de Missionários