Logo APMT
Logo APMT

Rev. Daniel e Débora Bovo

05/03/2024 03:00:00

Itália, março 2024

"Porque: Todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo. Como, porém, invocarão aquele em quem não creram? E como crerão naquele de quem nada ouviram? E como ouvirão, se não há quem pregue? E como pregarão, se não forem enviados? Como está escrito: Quão formosos são os pés dos que anunciam coisas boas!"  (Romanos 10:13-15)

Amado parceiro de missão,

Graça e Paz! Iniciamos o nosso "ano dois” no campo missionário e podemos dizer: parece que "chegamos ontem!" ao mesmo tempo que sentimos "quantas coisas já vivemos".

Os dias aqui são intensos e a sensação de que somos turistas tem passado, a rotina tem entrado nos eixos e a sensação de que "este é o nosso lar" tem sido cada vez mais presente.

Já nos sentimos mais à vontade em sair de casa, frequentar lugares comuns sem nos sentir “tão forasteiros” e já percebemos os costumes do dia-a-dia da Itália em nossa própria rotina. Atividades simples como ir a farmácia ou ao supermercado, que antes demandava um esforço a mais, já não são mais tão desafiadoras.

Entretanto, ainda temos um longo caminho a percorrer, ainda precisamos nos aprofundar no idioma, na história e nos costumes dos italianos, a ponto de nos sentirmos como eles. Precisamos entender as suas dores, seus problemas para, só assim, entender seu coração.

Queremos contar como foram os últimos meses...

O mês de dezembro foi muito importante para conhecermos melhor a cultura italiana. A Itália vive o Natal intensamente. Muitas atrações lúdicas em castelos, parques, rodas gigantes e muita comida pelas ruas e praças. Assim como a maior parte das cidades brasileiras, as cidades se iluminam, montam presépios e muitos personagens natalinos ficam espalhados pelas ruas.

Mesmo este clima tão hospitaleiro não foi capaz de diminuir a nossa saudade do Brasil, de nossa família e dos nossos amigos nessa época de festas. Ao mesmo tempo foi divertido para as meninas ver toda aquela animação.

Nos dias de natal, fomos amorosamente acolhidos pelos irmãos da Igreja de Legnano. Fomos convidados pelo Rev. Humberto e pela Mis. Brandali a participar do culto e almoço de natal da Igreja, o Presb. Thomas e sua família emprestaram seu apartamento para nos hospedarmos, possibilitando-nos permanecer alguns dias em Legnano e, o Presb. Matheus nos convidou para passarmos o dia de natal com sua família. O Senhor nos presenteou com esse tempo, a fim de não nos sentirmos sozinhos, apesar da saudade do Brasil.

No mês de janeiro passamos uma semana de muitas lutas. Necessitamos viajar para a Lombardia e, decidimos ficar para dormir uma noite na província de Monza. Na madrugada, Débora verificou a frequência respiratória de Anna, que já estava um pouco doente, e constatou que estava bastante alta. Rapidamente fomos em busca de um hospital e Anna foi diagnosticada com uma pneumonia causada pelo vírus Sincicial. Foram dias difíceis pois estávamos há quase duas horas da nossa casa, em uma cidade que não conhecíamos e, sem poder voltar para a cidade que moramos, pois Anna ficara internada por uma semana, tomando antibiótico e recebendo a oxigenoterapia.

Mesmo diante disso tudo, vimos mais uma vez a poderosa mão do Senhor cuidando de nós. A mãe de Débora havia chegado do Brasil para passar suas férias conosco, apenas algumas horas antes da internação de Anna, podendo nos ajudar nos cuidados de Sara enquanto Daniel fazia o percurso casa-hospital, resolvendo todo o necessário e Débora ficava internada com Anna. Foi uma semana difícil, mas o Senhor mais uma vez demonstrou sua bondade: o excelente atendimento que recebemos, o hospital, um dos melhores que já conhecemos (usando, inclusive, o sistema público de saúde da Itália) e, após essa semana, Anna foi completamente curada pelo Senhor.

Durante um mês desfrutamos da companhia da mãe de Débora e agradecemos a Deus pela sua visita. Foi um tempo de matar um pouco a saudade da família.

Também no mês de janeiro chegou uma família do Brasil, que veio se juntar a nós na plantação da Igreja em Asti, membros da Igreja Presbiteriana Maranata de Santo André - SP, eles se mudaram para a Itália e escolheram a cidade de Asti devido a presença de uma igreja Presbiteriana. Agora somos 3 famílias.

Desde dezembro nossos cultos passaram a ser 100% em Italiano e cremos que já está na hora de mudarmos a Igreja para um local público para que possamos começar a convidar mais pessoas para ouvir o evangelho (a sala da nossa casa já ficou pequena).

Louvamos ao Senhor por você que tem estado conosco neste grandioso desafio. Que tem orado, divulgado, investido recursos neste projeto. Você tem sido um instrumento de bênçãos do Senhor para a Itália. Precisamos que você continue conosco nesta caminhada.

UNA-SE A NÓS EM ORAÇÃO

Motivos para agradecer ao Senhor juntamente conosco:
• Agradeça ao Senhor porque Ele tem nos capacitado a aprender a língua e, aos poucos, nos adaptarmos a cultura italiana;
• Agradeça ao Senhor pelo amor que Ele tem colocado em nossos corações pela Itália e pelo povo italiano;
• Agradeça ao Senhor pelas amizades que temos feito aqui. Elas são muito importantes para a proclamação do evangelho;
• Agradeça ao Senhor por pessoas e igrejas que têm se unido a este projeto missionário, pois são resposta de muitas orações.

Motivos para interceder juntamente conosco:
• Ore para que o Senhor continue a nos dar inteligência e sabedoria para aprender a língua formal e imergir profundamente na cultura desta nação;
• Ore para que o Senhor opere um milagre em nosso processo de cidadania italiana. No mês passado, demos entrada na justiça do Brasil solicitando mais uma correção de documento. Clame para que a juíza acolha nosso pedido e, de forma breve.
• Ore pela saúde física de nossa família, especialmente pela saúde de Anna. Estamos no fim do inverno e o frio começa a dar sinais de ir embora, porém para uma família habituada ao clima do nordeste brasileiro, ainda é bastante frio.
• Ore pelo trabalho de evangelização e plantação da Chiesa Presbiteriana de Asti. Que o Senhor dê as estratégias adequadas e nos leve aos que crerão no evangelho;
• Ore pela vida do Rev. Humberto Arisa, líder da Equipe Itália da APMT e pelos novos missionários que estão chegando neste semestre.
• Ore por mais parceiros para este projeto: igrejas e irmãos. Ainda não atingimos o valor total necessário para a manutenção dele.

QUER SER PARCEIRO DESTE PROJETO? NOS ENVIE UMA MENSAGEM!
+55 (83) 9 9418.8109 (Whatsapp)
familiabovo.apmt@gmail.com (E-mail)
@familiabovo.apmt (Instagram)

Um caloroso abraço da Família Bovo,
Rev. Daniel, Mis. Débora, Sara e Anna.

Publicações recentes:

A Igreja e o cumprimento da Missão

Artigos

Ronalda e Joseph Nassakou

Cartas de Missionários

Família Di Castro

Cartas de Missionários

Rev José Dilson e Marli

Cartas de Missionários