Logo APMT
Logo APMT

Rev. Jean Marc e Ruanny

12/02/2024 03:00:00

Brasil, fevereiro 2024

A estrada até aqui

A você que nos conhece ou não, é sempre bom ter uma recapitulação sobre o que estamos fazendo há mais de oito anos. Calma, não será um textão contando cada passo de nossa trajetória missionária, mas só um reconhecimento breve e necessário do que Deus fez até aqui. Nós louvamos a Deus diariamente por diversos benefícios, desde as coisas mais insignificantes ao olhar humano, até aquelas que geralmente as pessoas chamam de “eventos miraculosos”. Ser mantido por Deus em missões durante todo este tempo é um privilégio. Além disso, conhecer e criar laços com quem Deus usa para o sustento desta obra é entender que o Reino de Deus é um reino de amigos, pois na perspectiva do Reino, ninguém realiza a obra sozinho.

Há mais de oito anos estamos vivendo esta vocação de anunciar Cristo onde estivermos, das comunidades carentes no Rio de Janeiro até o secularismo europeu na Espanha, dos andes peruanos até a metrópole paulistana, e sempre tivemos uma única compreensão: Senhor, usa-nos para anunciar a notícia que expande seu Reino de justiça, paz e salvação. E se você fez parte disso até aqui conosco,em oração ou em contribuição, os frutos desse laborioso trabalho também é seu. Quão maravilhoso é poder servir ao nosso Deus.

O fim do ciclo de preparação

Estou pronto! É difícil afirmarmos isso para qualquer tarefa, mesmo que tenhamos anos de preparo para algum propósito, parece que sempre falta alguma coisa. O período de preparação para as mais diversas vocações na sociedade é sempre árduo e ocupa o maior desgaste em nós, fazendo com que percamos de vista que essa é uma fase essencial da nossa vida. Usualmente, as pessoas pensam somente no resultado e não no processo.

Quando me tornei missionário pela JOCUM em 2016, jamais imaginaria que ainda levaria mais oito anos de preparo, para finalmente começar arrumar as malas para o campo transcultural que o Senhor preparou. É claro que muitas pessoas enfatizam o exemplo do Apóstolo Paulo, sobre o seu tempo de preparo e espera em Atos, da sua conversão até o momento que foi enviado. Mas ao mesmo tempo, “E logo, nas sinagogas, proclamava Jesus, afirmando que ele é o Filho de Deus.” Atos 9:20. Logo após sua conversão, Paulo já anunciava a Cristo com intrepidez. Isso me fez pensar muito sobre como o Senhor vai nos usando e moldando ao longo do processo de preparação, e como o preparo missionário já é o nosso ministério sendo desenvolvido.

Por isso 2023 foi um ano marcante para a nossa família. Após muitos anos nesta caminhada de missões e preparação, viagens missionárias, cursos, seminário, sabatina para o pastorado, conselhos, tivemos a graça de finalizar todos os requisitos para sermos enviados ao campo transcultural pela nossa agência (APMT – Agência Presbiteriana de Missões Transculturais). O fim do ciclo de preparação nos alegra muito, e nos dá total confiança no Senhor para o início de uma nova etapa ministerial.

O planejamento para 2024

Como família missionária, estabelecemos alguns planos e metas para o desenvolvimento do projeto em 2024. Atualmente, estou trabalhando como pastor auxiliar na Igreja Coreana Nova Vida, na região central de São Paulo, no bairro Bom Retiro. Eu trabalhei em 2023 como evangelista nesta mesma igreja, e pela graça do Senhor, a Igreja Nova Vida nos acolheu no nosso provável último ano de Brasil de maneira muito carinhosa.

Ao final do ano passado, estávamos com muitas dúvidas e anseios sobre como faríamos para nos manter como família em São Paulo, pois estamos em um período de transição e levantamento dos recursos financeiros para irmos à Itália. A boa mão do Senhor abriu esta porta para auxiliarmos esta igreja, enquanto divulgamos o projeto missionário para levantar os parceiros financeiros necessários. Atualmente, estamos no processo de agendamento com igrejas da região para a divulgação do projeto.

Muitas perguntas surgem quando falamos do projeto missionário em diversos lugares, mas a número um é: Quando vocês vão? A resposta para essa pergunta depende de vários fatores. Nós estabelecemos prazos e planos, mas eles estão submetidos a vontade de Deus. Nós só partiremos quando conseguirmos o orçamento mensal necessário para o sustento do projeto na Itália.

O desafio do levantamento de recursos para um projeto missionário

Como foi falado no início do nosso informativo, nenhum trabalho dentro do Reino de Deus se realiza sozinho. Há muitos desafios relacionado ao levantamento de recursos. Primeiramente, é importante ressaltar uma informação que muitos desconhecem: A agência missionária não sustenta a família missionária no campo. Eles providenciam alguns valores que complementam o auxílio financeiro do projeto missionário, mas isso apenas quando o missionário chega no campo. Outros desafios como, o alto valor do sustento mensal por ser um país com uma moeda muito mais valorizada que a nossa e o desânimo que acomete todo missionário ao não receber retorno das igrejas para divulgação, fazem parte de todo este processo. Porém, os desafios não são um fim em si mesmos, pois nos ajudam a entender que é somente pela graça de Deus que podemos superá-los, ao passo que também podemos aprender e crescer espiritualmente através desse momento específico.

Pedidos de oração

Diante das nossas atualizações, temos vários pedidos de oração.

1. Pela saúde física e espiritual da nossa família em 2024.
2. Pelo trabalho pastoral que está sendo desenvolvido na Igreja Nova Vida em 2024.
3. Pelo nosso sustento atual que se encontra defasado.
4. Pela divulgação do projeto missionário nas igrejas e levantamento dos parceiros para o projeto na Itália.
5. Pelos fiéis parceiros de ministério que já estão conosco há tanto tempo, e continuam nos dando suporte.

Rev. Jean e Ruanny
@projetoliberta836
projetoliberta836@gmail.com
(21) 97990-6396

Publicações recentes:

A Igreja e o cumprimento da Missão

Artigos

Ronalda e Joseph Nassakou

Cartas de Missionários

Família Di Castro

Cartas de Missionários

Rev José Dilson e Marli

Cartas de Missionários