Logo APMT
Logo APMT

Rev. O. F. e T.

02/05/2024 00:00:00

Oriente Médio, fevereiro 2024

CHARLES SPURGEON
“Só os tolos acreditam que política e religião não se discutem. Por isso, os ladrões permanecem no poder e os falsos profetas continuam a pregar”.

FAMÍLIA
Deus tem nos sustentado emocionalmente, espiritualmente e financeiramente. Louvamos a Ele, pelo Seu cuidado por nós. Nossos filhos estão bem, graças a Deus, todos estudando. Tiago está trabalhando e namorando. Está muito feliz. Débora tem auxiliado muito no ministério aqui. Somos muito gratos a Deus pela Sua infinita misericórdia expressada em nossas vidas.

PAQUISTÃO.
Você sabia que Paquistão significa “lugar da pureza”. O nome não reflete a realidade do país, onde há muita pobreza e impureza. Alguns em forma de piada dizem “lugar de doença”. No entanto, estamos presente nessa nação para mudar essa realidade. Transformando vidas através do Evangelho, estamos construindo um novo Paquistão, onde os princípios da Palavra de Deus vão reinar. Já temos visto isso, uma vez que 45% dos membros da nossa igreja eram perseguidores de cristãos antes de se converterem. Louvado seja Deus por isso. O baterista da nossa igreja, era um grande inimigo nosso, hoje é alguém que nos protege. Glórias sejam dadas ao nome do nosso Deus! Ele está plantando a Sua igreja e mudando a história desse país.

A GUERRA CONTINUA
Infelizmente o conflito entre Judeus e Palestinos tem se escalado cada vez mais. O número de países envolvidos nesse confronto, aumenta dia a dia. Nenhum acordo de paz é aceito por ambas as partes e o número de feridos e mortos é enorme. Na parte palestina falta água, alimentos, energia, etc. O sofrimento da população é grande, principalmente as mulheres e as crianças. Nosso vilarejo continua calmo, sem ser muito afetado pela guerra. Poucas famílias de refugiadas conseguiram chegar aqui. Estamos auxiliando algumas famílias lá no conflito, através de um membro da minha equipe que está lá acompanhando tudo de perto. Vamos continuar orando por um acordo de paz.

NOSSAS CRIANÇAS
Estamos trabalhando bastante na documentação das últimas crianças que foram resgatadas. Elas estão um pouco assustadas com tudo, mas aos poucos vão se adaptando ao novo ambiente. Nessa semana compramos mais colchões e cobertores. Interceda por elas, especialmente para conseguirmos vagas na escola para as crianças maiores.

NOVO PROJETO
Vamos iniciar na semana que vem um novo projeto de distribuição de kits de higiene pessoal para meninas adolescentes. Inicialmente serão 35 kits entregues, mas no futuro queremos ampliar e fazermos kits para meninos também. Também vamos organizar palestras ensinando-os sobre princípios básico de higiene pessoal. Nosso propósito maior é levar o amor de Cristo aos corações deles. Esteja na brecha conosco em favor desse projeto.

ESTEJA NA BRECHA
*Continue lembrando do jovem Hassan que foi liberto do homossexualismo. Ele está bem, trabalhando e vencendo a cada dia. No entanto, é uma luta diária;
* Teresa minha esposa e uma outra missionária estão estudando sobre autismo. Elas tem se dedicado a aprender algumas técnicas e exercícios para auxiliar autistas no desenvolvimento deles. Elas vão auxiliar no tratamento no pequeno Nawaf, que é autista. Aqui não existe nenhum tratamento para isso. Ore por elas;
* Tacinnin está super bem com seus olhos e tem estudado bastante. Toda a família dela está bem e os filhos estão todos estudando português. Estamos tentando levá-los para o Brasil como refugiados, uma vez que aqui eles são proibidos de trabalhar. Que Deus nos mostre o caminho para isso;
* Clame a Deus por 3 jovens aqui que já serviram a Cristo, mas se desviaram. Eles estão bem céticos mas não queremos desistir deles. Coloque o nome deles na sua lista de intercessão: Ranin, Barak e Safwat;

TEM DIAS
Tem dias que nos sentimos fortes como Josué e Calebe, prontos pra guerra...
Tem dias que preferimos nos esconder na caverna como Elias...
Tem dias que queremos cantar e dançar, como Davi e Miriã...
Tem dias que queremos chorar como Ana...
Tem dias que temos fé como Abraão para vencer tudo, saltar muralhas e derrotar exércitos...
Tem dias que elevamos os olhos para os montes e nos perguntamos de "onde nos virá o socorro"...?
Isso não quer dizer que somos fortes ou fracos... isso quer dizer que somos simplesmente humanos e limitado e dependentes da misericórdia de Deus.
A grande diferença em tudo isso é "estar ao lado do SENHOR"; isso é que faz a grande diferença na minha e na sua vida!!!

TESTEMUNHO
Débora minha filha escreveu um texto para a escola e eu traduzi para vocês. Segue abaixo: “Meus pais são super-heróis. Pelo menos, eu sempre senti isso deles. Aos 19 anos, meu pai recebeu um chamado para o trabalho missionário quando ainda era um adolescente no Brasil. Desde então, ele e a minha mãe aprenderam inglês e árabe, viveram na Síria e no Iraque durante a guerra e chegaram na Jordânia próximo ao ocorrido do dia 11 de Setembro. Eles acabaram se estabelecendo em Omã comigo e com meu irmão, optando por nos criar em um país classificado em 31o lugar na perseguição aos cristãos. Esta é apenas uma pequena porção de todos os sacrifícios que meus pais fizeram em seu compromisso de servir a Deus. Meus pais são super-heróis, mas eu não. Enfrentei perseguição quando criança. Enquanto crescia, todos os meus colegas eram muçulmanos, a nossa igreja era fortemente monitorizada pelo governo e até enfrentamos ameaça da Al Qaeda de atacar a minha escola e a minha igreja na pequena cidade onde cresci. Ao passar pelos tanques militares estacionados em frente à minha escola primária, questionava-me sobre Deus. Esta perseguição não era contra mim, ou seja, não era contra a minha fé particularmente, porque eu não tinha fé própria. No entanto, tudo isso mexeu muito comigo. Existe algo tão poderoso na Palavra de Deus que faz com que todas as nações reúnem suas armas e bombas, tudo o que podem, para tentar destrui-la. Tentam destruir os cristãos, a mim e aos meus pais. Eu tinha algo precioso em minhas mãos, mas não entendia muito bem por que alguém morreria por isso. Hoje tenho quase a mesma idade que meu pai tinha quando ele recebeu seu chamado e descobri o que há de tão poderoso na Palavra de Deus. É GRAÇA. Mesmo nas minhas dúvidas, Sua graça é maior. Mesmo na busca dos meus próprios desejos, Sua graça é maior. Mesmo no meu sofrimento, Sua graça é maior. A Sua graça dá nova vida, não só a mim, mas ao refugiado que luta e foge da guerra, ou ao terrorista que acredita que o seu pecado é imperdoável. Sua graça é maior. E nisto está o meu testemunho, da graça de Deus, que se estende até mesmo àqueles que perseguiram cristãos como eu”.

ORANDO PELOS POVOS NÃO-ALCANÇADOS
POVO: Os Bube – Guinea Equatorial. POPULAÇÃO: 66.000 pessoas.
MODO DE VIVER: Constituem 15% da população do país. Vivem ao redor de Biboco e Cobo. Seu idioma é o bubi, que possui alguns trechos da Bíblia traduzida. Em sua maioria católica, mantem algumas de suas crenças tradicionais.
OREMOS: Que Deus levante uma igreja entre os Bube, que dê testemunho da fé verdadeira.

Publicações recentes:

Rev Vinícius e Elizabeth

Cartas de Missionários

Ana Karina

Cartas de Missionários

Rev Jean e Ruanny

Cartas de Missionários

Um Templo para Angola

Campanhas