Logo APMT
Logo APMT

P. O. C. e M.

17/01/2024

Oriente Médio, janeiro 2024

10 anos de ministério integral!

Queridos que nos acompanham,

Breve retrospectiva:
Nos casamos em 2013, mas desde o tempo de namoro, nós conversávamos sobre dedicar nossa vida ao trabalho missionário transcultural. Cursos, Congressos, Cultos de ênfase missionária nos alimentavam mais nesse propósito. Mas foi logo depois de casados que procuramos a liderança da nossa igreja local, e fomos encaminhados ao Seminário. Assim, eu P., deixei o trabalho de jornalista, M. havia se formado em Psicologia, e comecei o Bacharelado em Teologia em fevereiro de 2014, de lá pra cá foi uma jornada de muitas emoções, em etapas como: chegada de nossos três amados filhos, nosso preparo missiológico, ordenação pastoral, ingresso na agência, levantamento de sustento, saída e início no campo transcultural, um ano de Reino Unido e agora no O.M., sempre na total dependência de Deus. Ele nos sustentou, e continua. Exantemos a Ele!

4 meses de "S":
Completamos dia 14 agora quatro meses na nossa cidade. Mesmo com os inevitáveis momentos de choque cultural, temos encontrado alegria e esperança por servir nessa terra. Um campo missionário amplo, um povo de maioria absoluta que não conhece o nome do nosso Senhor. Todo o aprendizado de uma nova cultura demanda tempo, ainda mais aprender a se comunicar a partir de um  tronco linguístico distante do nosso de origem. Desafios que colocamos nós pés do Senhor, e nEle encontramos descanso sobre isso. Ore por nosso aprendizado!

Dia a dia aqui:
D. e A. vão bem na escola, não conhecemos outros coleguinhas estrangeiros, no máximo de países próximos. Isso os deixa ˜diferentes" dos demais, ore para essas diferenças não seja grande peso para eles. O J. ainda não frequenta, e estamos avaliando o colocar por algumas horas da semana em breve. Na igreja curda podemos participar de diversas atividades, priorizando as dedicadas a crianças, e grupo de mulheres que M. compareceu. P, fez uma pregação, em inglês, com tradução para o curdo. Oportunidades boas também com o pessoal da ONG local, após estarmos como voluntários em diversas atividades, agora entendemos ser tempo de conhecer outros trabalhos na região, com vistas a agregarmos nosso projeto, especialmente dentro de campo de refugiados, e também sonhando com uma futura igreja. Temos muitas demandas tanto com curdos deslocados internos ou de países vizinhos, como também com árabes, da mesma forma. Para isso, precisamos definir o foco em qual desses dois grupos, para a prioridade do aprendizado da língua específica. Interceda por essa direção do Senhor a nós!

A novela dos vistos
Já contamos isso de formas diferentes, mas como nem todos sabem, vamos tentar resumir: Para o nosso visto ficar pronto, era necessário o da ONG local ficar primeiro, e nós aguardamos até o começo de dezembro para o da M. e das crianças poderem ficar prontos. Isso gerou muitas multas, e foi somado ao extravio dos documentos. P.  somente completou sua documentação na véspera do natal, ainda ficando outros papéis de moradia para terminar até poucos dias atrás. Foi um tempo bem difícil, as informações desencontradas, burocracias locais não só pesaram financeiramente, mas ainda mais emocionalmente, mas o Senhor nos amparou. Graças a Deus, agora está tudo devidamente finalizado. Louve ao Senhor por isso!

Bençãos depois da tempestade
No natal resolvemos ficar só em família, e foi um tempo mais tranquilo, no ano novo pudemos ir alguns dias na cidade vizinha de "E", com outros colegas de equipe, e brasileiros e latinos de outras organizações. Foi um tempo de refrigério. E logo que voltamos, temos uma nova bênção para compartilhar: o último item da nossa lista que fizemos a campanha para levantar recursos, que era um veículo para nossa família usar nas diversas necessidades aqui, enfim foi adquirido! Um parceiro no Brasil adiantou sua contribuição do ano, e nos comprometemos a repassar mensalmente para ele a diferença que foi completada. Depois de um ano e quatro meses sem carro, agora podemos contar com um. Agradeça a Ele conosco!

PS: Ore pela situação de toda a região do O.M, especialmente em decorrência do conflito I. x H ou P.

Nesse pequeno vídeo, temos mais uma rápida palavra a vocês.

Que nosso Senhor seja a prioridade sempre em nossas vidas.

Até que Ele volte!

Família Di Castro

Publicações recentes:

Hidi

Cartas de Missionários

Rev. Ivam e Yet-Olívia

Cartas de Missionários

Não julgue um missionário pelo que ele tem

Artigos

Rev. Jairo e Kênia

Cartas de Missionários