Logo APMT
Logo APMT

Rev José Roberto e Ivone

01/07/2024 00:00:00

Portugal, janeiro 2024

18 Jesus, aproximando-se, falou-lhes, dizendo: Toda a autoridade me foi dada no céu e na terra. 19 Ide, portanto, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; 20 ensinando-os a guardar todas as coisas que vos tenho ordenado. E eis que estou convosco todos os dias até à consumação do século. (Mateus 28:18-20)

Que declarações encorajadoras e reconfortantes Cristo dá-nos nesta transição entre a sua partida e o avanço da igreja. Antes e depois dEle dar-nos a Grande Comissão, que rasgaria a história da humanidade, Ele encoraja-nos e conforta-nos. Isso ocorreu no contexto da Sua ressurreição. Sua morte fora eivada por um contexto amargo e angustiante. Muito em breve, os discípulos sentiriam fortemente do amargor dos seus dias, pois não demoraria para desencadear contra eles tempos de perseguição (Atos 8). Mas Cristo encorajou-os ao declarar de Sua “Toda autoridade” no céu e na terra. Isto implicaria que, por mais cruel e maligno que fossem as circunstâncias a serem enfrentadas pela igreja, a autoridade suprema de Cristo estaria sobre todas elas. Quer dizer também que com Seu poder supremo Ele cuidaria apropriadamente de todas as coisas. E mesmo em meio às investidas do mundo que jaz no maligno, eis mais encorajamento: a igreja não está só neste mundo. Cristo assegurou “Eis que estou convosco”.

Que conforto! Estamos seguros! Temos consolo! O amado está com a Sua noiva o tempo todo. Ele cuida de nós. “É certo que não dormita, nem dorme o guarda de Israel” (Salmos 121:4). Esta segurança e conforto possuem todos os que estão em Cristo. Mas, cumprir a Sua ordem é um chamado ao compromisso, sem esmorecer diante das circunstâncias desafiadoras; é um chamado a agir pela fé (Habacuque 3.17,18; Hebreus 11).

Assim, meus irmãos, embora estejamos, semelhantemente aos nossos irmãos de outrora, a viver tempos de perplexidades políticas, sociais e econômicas, quando a justiça encontra-se suprimida, quando o mal parece prosperar, lembremos que: Cristo tem autoridade suprema sobre tudo e sobre todos. Lembremos que não estamos sozinhos. Ele está connosco. Não há o que temer. Vamos todos em frente.

Eu e a Ivone estamos a encerrar nossos dias no Brasil, tendo dedicado-nos ao cumprimento do que foi proposto, retornaremos para o campo na mesma confiança do início: O Senhor está connosco, assim como está com a igreja que fica.

Prioridades desta terceira fase:

Manter devocionalidade sadia; Dar atenção necessária à família; Investir em relacionamentos e convívios com não evangélicos para evangelização e discipulado; Incursionar em aldeias, vilas e cidades, com vistas a evangelização e discipulado; Investir tempo para desenvolver os grupos iniciados, Póvoa e a Região de Aveiro; Apoiar grupos e instituições para treinamento; Investir em programa de doutoramento. Priorizar o plantio de igrejas no Porto e na Póvoa de Varzim.

Principais Atividades Planejadas:

1. Continuar reflexões e devocionais pessoais e familiares;
2. Cuidar da saúde e bem estar um do outro;
3. Continuar o pastoreio na implantação da Igreja na Póvoa de Varzim; 4. Contactar e visitar pessoas não evangélicas no Porto com vistas à evangelização;
4. Visitar famílias conhecidas não evangélicas no norte com vistas à evangelização;
5. Assessorar irmãos de São João da Madeira, Ovar e Aveiro;
6. Preparar e ministrar treinamento para irmãos no Porto e na FitRef;
7. Dar seguimento ao assunto do doutoramento.

“O coração do homem pode fazer planos, mas a resposta certa dos lábios vem do SENHOR.” (Provérbios 16:1)

Motivos de Gratidão: Agradeçamos.

1 - Pelos alvos alcançados plenamente no período que encerrou;
2 - Pelo tempo passado no Brasil a divulgar o projeto;
3 - Por nossas cirurgias terem sido realizadas com sucesso;
4 - Pela saúde da Ivone e a estagnação do crescimento do bócio na face;
5 - Por minha cirurgia e tudo estar a andar bem;
6 - Pelos diálogos tão construtivos sobre o ministério diaconal nas igrejas;
7 - Pela renovação do projeto para voltarmos ao campo missionário por mais 5 anos;
8 - Por duas igrejas que decidiram estabelecer parceria connosco.

Motivos de intercessão: Intercedamos:

1 - Pelos alvos parcialmente alcançados no período a encerrar.
2 - Pelo pleno reestabelecimento da saúde da Ivone;
3 - Solução de questões de ordem pessoal no Brasil;
4 - Fortalecimento do lastro de parceria para a nossa manutenção e atividades no campo;
5 - Fortalecimento da Igreja na Póvoa e pelo despertamento de liderança local;
6 - Pelas visitas e evangelização no Porto;
7 - Pelos treinamentos a serem ministrados no Porto e na FitRef.

No amor do Cordeiro
Rev José Roberto da Silva e Ivone Rocha dos Santos Silva

Nosso Pix:

José Roberto da Silva:
Nubank: Pix (CPF): 067 896 468 84
Banco do Brasil: Pix: jrobertosil@gmail.com

Ivone Rocha dos Santos Silva
Santander Pix (CFP): 076 448 458 36

Facebook: https://www.facebook.com/profile.php?id=100077075303120

Publicações recentes:

Rev Vinícius e Elizabeth

Cartas de Missionários

Ana Karina

Cartas de Missionários

Rev Jean e Ruanny

Cartas de Missionários

Um Templo para Angola

Campanhas