Logo APMT
Logo APMT

Rev. O. F. e T.

22/12/2023

Oriente Médio, dezembro 2023

TRÉGUA NA GUERRA... Graças a Deus tivemos uma trégua no conflito entre Judeus e Palestinos. Com acordos temporários das 2 partes, houve um cessar fogo com libertação de reféns. Esse cessar fogo possibilitou também a entrada de alimentos e medicamentos para os civis. Glória a Deus! Além dos 3 mil cristãos na Palestina, muitas pessoas tem vindo a fé nesse período de guerra. O número de novos convertidos já ultrapassa os 150. Deus agindo em momentos de crise. Ele é fiel! Vamos continuar orando por judeus e palestinos.

FACULDADE... Continue orando pela minha filha Débora que está pleiteando faculdade nos Estados Unidos. Ela já começou o processo e estamos orando por bolsa escolar. Que Deus esteja realizando milagres nesse sentido a nós.

NOVOS PARCEIROS... Interceda por novos parceiros, que vão caminhar conosco aqui no Oriente Médio. Alguns parceiros estão encerrando parceria conosco a partir de 2024, ore para novos parceiros que venham substituir esses que estão nos deixando. Deus está cuidando de tudo.

DESAFIOS DE FÉ... Em poucos dias nossas crianças resgatadas vão para um novo ambiente, agora mais permanente. Renovamos uma escola abandonada e temos um contrato de uso da mesma por 30 anos, sem aluguel. Deus é bom! Quanto ao orfanato, vamos continuar persuadindo as autoridades para dar continuidade as obras. Esteja na brecha conosco.

EXPANSÃO... Deus está nos direcionando a expandir nossos projetos no Paquistão. Um grande projeto de fé para impactar não só o país, mas toda a região. Por enquanto, é apenas um sonho. Ore conosco nesse sentido.

INTERCEDA
• Agradeça pela Tacinnin que está bem, recuperada da cirurgia e estudando bastante. Deus é bom;
• Ore pela Cristina que não tem nos dado notícias. Que Deus a guarde do mal;
• Continue orando pelo Nawaf que ainda não conseguimos um diagnóstico preciso do seu problema. Estamos auxiliando a família com medicamentos preventivos;
• Interceda pela jovem Majda que é casada, tem 3 filhos e descobriu nessa semana um tumor no cérebro. Ela tem 39 anos e aqui não tem recursos para melhorar o estado de saúde dela. Ela é cristã.

CURIOSIDADES ORIENTE MÉDIO... Mocha é uma bebida muito conhecida por nós, que é uma mistura saborosa de café com chocolate. Mocha é o nome de um porto no Iêmen e até 1990 era o principal porto de exportação do café arábica do mundo.

RECORDAÇÕES QUE NOS FAZEM CHORAR... Uns dos tempos mais difíceis que vivenciei, foram meus dias de Seminário. Não no sentido negativo, mas dias de teste e provação vindas do Senhor. Deus queria dar um treinamento a mim de forma integral, ou seja, em todos os sentidos. Com um bom trabalho, estabilidade e independência eu vivia, quando Deus me chamou para o ministério. Respondi positivamente a esse chamado e larguei tudo. De repente, me vi sem trabalho, sem dinheiro e totalmente na dependência dos outros ou de Deus. Contudo, essa decisão fazia parte do treinamento de Deus para meu ministério e Ele começou a agir logo. Primeiramente, fui aprovado como candidato ao ministério pelo Presbitério de Limeira, que generosamente assumiu todas as minhas despesas de seminário, incluindo, hospedagem e alimentação. A Igreja Presbiteriana de Leme/SP me convidou para trabalhar como seminarista, me dando uma ajuda de custo mensal. Deus é fiel! Sem trabalho e sem condições de pagar o INSS para minha aposentadoria, minha irmã Loemi assumiu esse compromisso e o fez com fidelidade nos meus quatro anos de seminário. Minhas outras irmãs sempre me abençoavam com roupas, sapatos, etc... como é bom ter família grande. Nos meus primeiros dias de ministério, plantando uma igreja em um dos bairros de Leme, foi a moto do meu irmão Oséias que me ajudou por mais de 2 anos. Meu irmão concedeu sua moto para meu uso nesse tempo. Deus se preocupa com os mínimos detalhes da nossa vida. Em um estágio missionário no meu primeiro ano de seminário, lá no sertão baiano, local chamado Brumado, foi um cheque do meu irmão Ozias que chegou pelo correio, que me sustentou nos meus últimos dias de estágio. Em um dia de aniversário, sozinho no quarto do seminário presbiteriano em Campinas/SP, dois seminaristas Ednaldo & Leonildo (hoje pastores), vieram no meu quarto, o Leonildo carregando nas mãos uma banana e uma maça, nos quais foram divididas milimetricamente em 3 partes. Com essas frutas, eles cantaram parabéns e oraram comigo, celebrando assim mais um ano de vida. Memórias marcadas, jamais esquecidas. No meu último ano de seminário, olhando minha estante de livros, quase vazia. Orava a Deus, que não permitisse que começasse o ministério sem livros de pesquisa, afinal de contas, pensava eu, todos os pastores tem bibliotecas enormes. Deus levantou uma igreja na Coréia do Sul, da qual eu não conheço até hoje e nem sei o nome. Também não sei como eles me descobriram, mas o fato é que eles votaram um valor mensal para me ajudar, compondo assim minha biblioteca. Nosso Deus é tremendo!!! Cursando o quarto ano e trabalhando como seminarista na Primeira Igreja Presbiteriana de Americana fui convidado para pregar em um domingo a noite. Era exigência da igreja de pregar de terno. Sem terno para pregar e sem condições de comprar um, orava a Deus para a provisão de um terno. Mais uma vez Deus se mostrou fiel. O Augusto mais conhecido como “Guto”, filho do nosso inesquecível Pr Joás, presenteou-me com um lindo terno que havia usado apenas uma vez. No domingo estava eu lá, todo “chic” de terno, agradecendo mais uma vez a fidelidade do nosso Senhor. Na formatura recebi um terno novinho de presente na minha igreja, a IPB de Leme/SP. Comecei meu ministério com um terno novinho, uma expressão da bondade de um Deus que não falha. Na cerimônia da minha formatura de seminário estava eu lá regozijando pela vitória de uma conquista. Vitória minha, não... vitória de todos os que caminharam comigo nessa etapa tão importante da preparação pastoral. Já se passaram 26 anos que tudo isso aconteceu e se eu continuar a escrever posso testemunhar que Deus continua realizando milagres tremendos em minha vida, mostrando que quando dependemos Dele somente, podemos descansar na Sua fidelidade. Fica agora a tarefa de escrever sobre a provisão do Senhor em 23 anos de serviço no campo missionário no Oriente Médio. Vai dar um livro. A Ele seja a glória somente!

ORANDO PELOS POVOS NÃO-ALCANÇADOS...
POVO: Os Emberá – Colômbia. POPULAÇÃO: 88.800 pessoas.
MODO DE VIVER: Seu idioma é Emberá. São bons cultivadores de milho, iúca e banana; também se dedicam à pesca e à caça com zarabatanas envenenadas. O xamã, que tem habilidade para se comunicar com os espíritos é a personalidade mais importante socialmente.
OREMOS: Para que Deus derrube a influência espírita neste grupo, e possa conhecer Cristo.

O. F. e T.
“Coragem para ser diferente, Compromisso para fazer diferença”
osni.ferreira@generalmail.net

Publicações recentes:

Hidi

Cartas de Missionários

Rev. Ivam e Yet-Olívia

Cartas de Missionários

Não julgue um missionário pelo que ele tem

Artigos

Rev. Jairo e Kênia

Cartas de Missionários