Logo APMT
Logo APMT

Rev. Celso Dias e Leiliane

Lisboa, 28 de setembro de 2023.

“Cantai ao SENHOR um cântico novo, cantai ao SENHOR, todas as terras. Cantai ao SENHOR, bendizei o seu nome; proclamai a sua salvação, dia após dia. Anunciai entre as nações a sua glória, entre todos os povos, as suas maravilhas.” (Sl 96.1-3).

Aos irmãos e parceiros da obra missionária,

Vivemos dias bastante quentes em Portugal neste verão que passou. As atividades das pessoas intensificaram neste tempo e agora a temperatura está mais agradável e ainda há bastante atividade entre as pessoas. Portugal continua vivendo uma situação econômica mais apertada, que não deixa de ser um reflexo da guerra que ocorre do outro lado da Europa entre a Rússia e a Ucrânia. Convivemos com um período de inflação, algo que há décadas não acontecia em Portugal e nem no continente europeu em geral. Os momentos de maior dificuldade econômica tendem a deixar as pessoas mais abertas para o evangelho. Isto ainda não foi detectado, mas pode acontecer e com isto poderão aparecer mais oportunidades das pessoas estarem um pouco mais abertas para ouvir a palavra.

Como já consideramos em outras cartas, a imigração de brasileiros e outros povos, tem feito aumentar o número de frequentadores em nossas igrejas e com isto, há também a chegada de alguns portugueses o que tem nos animado grandemente com o desenvolvimento da obra do SENHOR. As nossas igrejas tem crescido e a última estatística feita aponta o crescimento das igrejas evangélicas em Portugal, com o aumento de igrejas e do número de membros. A nossa igreja aqui, a Igreja Cristã Presbiteriana de Portugal, também está experimentando este crescimento.

A Igreja Presbiteriana de Cristo, igreja em que trabalhamos aqui tem assim experimentado muitas bênçãos. Uma delas foi uma reforma que fizemos, quando pudemos construir uma cozinha e reformar salas para escola dominical e atividades sociais na igreja. Esta reforma propiciou um melhor desenvolvimento das atividades da igreja que já eram realizadas e abre uma possibilidade para desenvolver outras atividades. A outra é que tivemos o privilégio de receber no mês de julho, um grupo de jovens que esteve realizando um trabalho de evangelismo e suporte as igrejas. Esta atividade foi chamada de “mochilando”, e foi coordenada pelo Rev. Paulo Sicoli, missionário da APMT na França. A nossa igreja recebeu este grupo, quando estavam terminando as suas atividades em Portugal.

Em termos familiares, Deus tem abençoado a família. A Leiliane tem feito algum tratamento, mas não há gravidade. Estaremos fazendo os exames de rotina agora em outubro. A Sarah pela graça de Deus continua a sua preparação missionária na APMT, no Brasil. O Luigi continua trabalhando.

Em termos continentais, continuamos com o problema da guerra, da inflação, que tem afetado a vida de todas as pessoas aqui. A nossa oração constante é para que a guerra acabe e voltemos a normalidade. Portugal tem se recuperado economicamente, mas está longe de ter a situação econômica de antes da pandemia, tem ocorrido muitas greves aqui em vários setores. Esta situação pela graça de Deus não tem afetado a vida da nossa igreja.

MOTIVOS DE LOUVOR

  • Pelas conclusão das reformas na igreja.
  • Pela volta das atividades da igreja, que estavam paralisadas durante a reforma.
  • Pelo Luigi estar muito bem no seu trabalho.
  • Pela Sarah estar caminhando na sua preparação missionária.

MOTIVOS DE ORAÇÃO

  • Para que a guerra entre a Rússia e Ucrânia cesse e haja paz naquela área da Europa.
  • Para que consigamos treinar a liderança da igreja.
  • Para que possamos dar o acabamento na casa pastoral.
  • Para que o Luigi consiga retornar ao curso na universidade.

Rev. Celso Dias Alves
Pastor Presbiteriano e Missionário da APMT em Portugal

Publicações recentes:

Rev Vinícius e Elizabeth

Cartas de Missionários

Ana Karina

Cartas de Missionários

Rev Jean e Ruanny

Cartas de Missionários

Um Templo para Angola

Campanhas