fbpx Skip to content

Segurança em Tempos de Insegurança

“Deus é o nosso refúgio e fortaleza, socorro bem presente nas tribulações” Salmo 46.1

Momentos de crises são também momentos de oportunidades. Nelas nossas convicções são testadas, nosso coração é exposto e nossa fé se torna observável.

São sobretudo oportunidades de crescimento, de se tomar consciência de vulnerabilidades e de fortalecer áreas frágeis da vida.

E, ainda, momentos quando o amor e o cuidado de Deus por seu povo se tornam ainda mais evidentes.

Em momentos de tribulação, o salmista recorda ao seu próprio coração e ao seu povo que “Deus é o nosso refúgio e fortaleza”, bem como, nosso “socorro bem presente”. À luz desta perspectiva, vão aqui algumas ponderações nesse tempo de crise global:

1) Sejamos cautelosos, porém, não temerosos. Entre um e outro, a linha é tênue.

2) Sejamos responsáveis, porém, não nos deixemos levar pelo impulso pecaminoso de tentar controlar a história, as circunstâncias. Somente Deus controla a vida.

3) Sejamos realistas, porém, não pessimistas. O realista reconhece os fatos e age à luz destes, ainda que por antecipação, já os pessimistas se entregam a especulações da mente humana, se angustiam e angustiam outros.

4) Sejamos esperançosos, porém, não simplistas. Medidas devem ser tomadas, orientações devem ser seguidas, pois a esperança na calmaria que há de vir amanhã não nos isenta de enfrentar a tempestade de hoje.

5) Sejamos mensageiros de boas novas, não de más notícias. As más notícias estão circulando à solta e rapidamente chegarão a todos, com ou sem a nossa ajuda. Sejamos intencionais em transmitir mensagem de esperança, de segurança em Deus, de consolo e conforto. Mensagem que apazigue o coração, ao invés de agitar a alma.

6) Sejamos criativos, evitando autossabotagem. Encontre uma forma prudente de manter contato com as pessoas, amigos, familiares e aquelas que estão sendo evangelizadas ou discipuladas por você. Envie áudios, textos, compartilhe estudos e reflexões bíblicas, use a estratégia paulina de escrever, pense em alternativas.

7) E, por fim, aproveitemos a pausa, evitando ansiedade. Ao reduzir a dinâmica da vida, teremos mais tempo livre. Aproveite para orar mais, fazer boas leituras, refletir mais e, especialmente, ter tempo de qualidade com a família. Não desperdice todo o seu tempo se intoxicando nas redes sociais. Curta as pessoas que estão ao seu lado, brinque, coloque a conversa em dia, sorria com quem sorri e seja empático com quem chora.

A pandemia vai passar, o governo de Deus permanecerá. O COVID-19 será contornado, nosso Deus jamais será controlado, pelo contrário, eternamente controlará todas as coisas. Louvado seja Seu nome!

N’Aquele que torna o mal em bem (Gn 50.20) e faz todas as coisas cooperarem com aqueles que O amam (Rm 8.28),

Cácio e Elisângela Silva
Missionários da APMT e WEC Internacional

Compartilhe esta postagem

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on print

Últimas postagens

Arquivo

Arquivos

Você pode contribuir para o Evangelho a qualquer momento com sua oferta.
Informativo