Skip to content

Rev. Ronaldo e Rossana Lidório

AM, junho de 2019

PARA QUE SE ALEGREM CONOSCO

Comunicar o evangelho de Jesus Cristo é um grande privilégio e um grande desafio, pois envolve proclamação e testemunho. É no encontro entre o evangelho falado e o evangelho vivido que se dá a verdadeira evangelização.

Lembremos, porém, que toda transformação de vida

é resultado direto do desejo, poder e iniciativa de Deus. Nenhum esforço evangelístico, por mais elaborado que seja, conseguiria provocar uma verdadeira transformação. Deus, entretanto, decidiu usar as palavras humanas para que o evangelho dos céus seja transmitido. No livro The bondage and liberation of the will, o reformador João Calvino, explicando a soberania de Deus e a evangelização, diz que “[…] embora Deus seja capaz de realizar a obra secreta de seu Santo Espírito sem quaisquer meios ou assistência, ele também ordenou a pregação externa (pública), para ser usada como um meio. Mas para torná-la um meio efetivo e frutífero, ele escreve com seu próprio dedo em nossos corações aquelas palavras que ele fala em nossos ouvidos pela boca de um ser humano”.

Partilhamos algumas atividades missionárias para que se alegrem conosco.

Treinamento

Louvamos a Deus pela oportunidade de ministrar seis treinamentos nesses últimos três meses para cerca
de 930 pessoas, todos com foco em plantio de igrejas.

O primeiro foi direcionado a cristãos e líderes indígenas de quatro etnias que trabalham em igrejas no interior do Amazonas. Foram dias de comunhão, oração e estudo da Palavra. Todos ficamos animados com a bondade do Senhor e pelo encorajamento que a Palavra produz nos corações.

Houve também um treinamento dedicado àqueles que atuam entre os ribeirinhos no Norte do país. Foi promovido pela Aliança Evangélica Pró Ribeirinhos. Foram dias de comunhão e estudo sobre as melhores estratégias para a evangelização e plantio de igrejas entre as milhares de comunidades ribeirinhas ainda não alcançadas pelo evangelho de Cristo.

Houve três treinamentos com presença majoritária de pastores brasileiros, em São Paulo, Rio e Anápolis. Há um crescente despertamento no Brasil para o plantio de igrejas urbanas e oramos para que essas igrejas nasçam com a visão do Reino: centradas em Cristo e com paixão pela proclamação do evangelho, perto e longe ao mesmo tempo.

Um dos treinamentos aconteceu em Phoenix, Estados Unidos, para um grupo de pastores e missionários com foco no plantio de igrejas. É parte de um mestrado em missiologia coordenado pelo missiólogo Michael Goheen e a minha disciplina teve como objetivo conciliar missão e missões: a necessidade das convicções bíblicas e teológicas sobre a missão desembocarem em ações missionárias entre os que pouco ou nada ouviram de Cristo.

Pudemos prover algumas consultorias missionárias a distância, na África e Ásia. Os temas mais abordados foram “processos de discipulado em países fechados”, “estratégias de plantio de igrejas de forma itinerante” e “análise cultural e plantio de igrejas”.

Grupos minoritários no Brasil

Seguimos envolvidos com o trabalho entre os Mura e Sateré-Mawé no Estado do Amazonas. Há boa abertura para ações também entre os Kanamari, na região de Itamarati, e oramos por boa direção de Deus.

De forma geral as igrejas indígenas vão bem, com amor pela Palavra e por Cristo. O assédio de seitas se intensifica a cada dia, um importante motivo de oração e também de urgência na consolidação do conhecimento da Palavra de Deus.

A pesquisa “Indígenas do Nordeste” está dando seus primeiros passos. É promovida pela Aliança
Evangélica Pró Indígenas do Nordeste, Associação de Missões Transculturais Brasileiras (AMTB) e Conselho Nacional de Pastores e Líderes Evangélicos Indígenas (CONPLEI). Tem como alvo visitar as etnias indígenas do Nordeste dimensionando as necessidades e oportunidades missionárias, o que está acontecendo por meio de uma preciosa equipe, para a glória de Deus.

Participamos de um encontro promovido pela Agência Presbiteriana de Missões Transculturais (APMT) reunindo boa parte dos missionários presbiterianos entre os grupos minoritários no Brasil. Foi um encontro estratégico, com boas reflexões eclesiológicas, comunhão e também bastante encorajamento pelo que Deus tem feito entre os indígenas, quilombolas, ciganos, árabes, imigrantes latinos, chineses e tantos outros em nosso país. Que o evangelho alcance a todos!

Participamos também de um encontro do Departamento de Assuntos Indígenas (DAI) da AMTB para tratar de diversas questões envolvendo o panorama mais amplo dos povos indígenas em nosso país, especialmente no que tange a relação com as frentes missionárias. Vivemos dias desafiadores e as vezes confusos, mas em meio a tudo o Senhor Jesus tem chamado os seus de forma cada vez mais intensa.

Konkombas de Gana

Trabalhamos na atualização dos programas de tradução para apresenta-los à equipe Konkomba de tradução do Antigo Testamento para a língua Limonkpeln. Estão animados, trabalhando intensamente na tradução, chegando a 11 livros traduzidos.

Planejamos uma visita a Gana no mês de julho com a intenção de colaborar com a revisão dos livros
traduzidos, bem como visitar algumas igrejas Konkombas.

Outras atividades

Escrevemos alguns artigos sobre a missão e tivemos o privilégio de pregar a Palavra em 8 ocasiões. Participamos também de uma reunião com a diretoria da APMT e um encontro de liderança da WEC. É maravilhoso ver o quanto Deus chama e junta pessoas de todo o mundo, línguas e culturas distintas, para que o evangelho seja pregado e os povos o adorem em toda a terra. Uma das pregações que mais nos marcou teve como título “A missão será cumprida”, com base em Mateus 24:14. Apesar da limitação da igreja e da hostilidade da sociedade “o evangelho do reino será pregado em todo o mundo”.

Família em Manaus

Somos gratos a Deus pelos nossos filhos, Vivianne e Ronaldo Junior, que seguem bem, animados em Cristo. Vivianne está formada em Direito e trabalhando em Manaus; e RJ faz o internato em Medicina, também em Manaus. Ambos amam e servem a Cristo. Rossana ainda continua com seus tratamentos de saúde devido a alguns problemas que se avolumaram nos últimos tempos. Pedimos que nos ajudem em oração pelos próximos exames e procedimentos. Mainha (Euza) segue firme com seus quase 85 anos a frente do Calendário de oração, que é distribuído a centenas de pessoas, promovendo intercessão por missões.

Alvos para 2019

No início do ano destacamos 8 principais alvos para 2019. Pedimos que orem conosco pelos alvos 3 e 7:

– Prover treinamento para 800 missionários transculturais nas áreas de plantio de igrejas e
antropologia cultural, no Brasil e outros cinco países.
– Prestar consultoria à equipe Konkomba de tradução do Antigo Testamento na língua Limonkpeln.

Agradecemos a Deus por suas vidas. As orações, encorajamento e apoio enchem nossos corações de
alegria.

Orem pela equipe Amanajé: Ademir e Ester, Adilson e Cíntia, Adimilson e Luciana, Alceris e Arlene, Alessandra, André e Marcelle, Antônio e Simone, Cácio e Elisângela, Carlos e Elfriede, Christopher, Edmilson e Avaneide, Esteban e Erika, Ester, Gabriel e Crislaine, Gaudino e Larissa, Glen e Corina, Gustavo e Deborah, Iraquitan e Silvéria, Jaime e Esther, Jaimeson e Cleidemar, Kamron e Janet, Lindelvan e Valéria, Markus e Leonízia, Marcelo e Cláudia, Maria, Ronaldo e Rossana, Rosinese.

 

Ronaldo e Rossana Lidorio

Email: ronaldo@lidorio.com.br

Site: www.ronaldo.lidorio.com.br

WWW.APMT.ORG.BR

WWW.WECBRASIL.COM.BR

Site: www.ronaldo.lidorio.com.br

Youtube: https://www.youtube.com/channel/UC7ACWUlrp2hVUsoro_HETlQ

Facebook: https://m.facebook.com/RonaldoLidorio/

Instagram: instagram.com@ronaldolidorio.oficial

Site em Inglês: https://godchurchmission.com/v2/

 

 

Compartilhe esta postagem

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on twitter

Últimas postagens

Você pode contribuir para o Evangelho a qualquer momento com sua oferta.
Informativos