Skip to content

Rev. Ronaldo e Rossana Lidório (Povos Indígenas) – 28/04/2015

Queridos irmãos,

Louvamos a Deus por Sua bondade por meio de suas vidas que nos sustentam em oração, encorajamento e apoio.

Algumas notícias dos ‘meninos’. Vivianne está cursando o quinto período de Direito e Ronaldo Junior iniciou agora o curso de Medicina, ambos na Universidade Federal do Amazonas, em Manaus. Louvamos a Deus por esta ótima oportunidade em suas vidas e por estarem estudando na mesma instituição, o que é sempre de grande ajuda para nossa logística como família. 

Povo Mura. Rossana e eu estamos envolvidos na evangelização do povo Mura no Amazonas. Tem sido uma experiência de encher o coração. Em nossa ultima visita ao rio urubu algumas pessoas se entregaram a Cristo. Estamos orando por uma igreja bíblica, amorosa e missionária neste lugar. O Pr Alcedir (Igreja Presbiteriana de Manaus) forma equipe conosco neste projeto, que é uma parceria: Amanajé, APMT e a Igreja Presbiteriana de Manaus. Orem conosco por segurança nas viagens (a primeira aldeia fica a 250 km de Manaus), por um bom relacionamento com o povo e vidas transformadas pelo Evangelho. 

Projeto Amanajé. O Amanajé, sob liderança de Cácio e Elisângela, tem vivido dias de encorajamento e alegria em ver uma evangelização abundante e várias conversões entre os povos indígenas. Os polos de atuação (São Gabriel, Santa Isabel e Manaus/entorno) estão animados e o Senhor tem enviado novos missionários. Deus é bom! Orem conosco pela equipe Amananjé: Ademir Menezes, Adilson e Cintia Silva, Alceris e Arlene Dias (Terena), Alessandra Dávila (voluntária), André e Marcelle Aureliano, Andrew e Aimée Janzen, Antônio e Simone Rezende, Cácio e Elisângela Silva, Carlos e Elfriede Janzen, Chris Skinner, Domingos e Marta Florentino (Tikuna), Ester Cayul, Felipe e Arlene Aleixo (Baré), Francisco e Rose Ferreira, Gabriel e Crislaine Poleto, Iraquitan e Silvéria Carvalho, Jacinto e Felícia Plácido (Baré/Baniwa), Jaime e Esther Hernández, Jaimeson e Cleidemar Nascimento (Sateré-Mawé/Baré), Markus e Leonízia Jutzi, Marcelo e Cláudia Carvalho, Maria Gomes (Lia), Paulo Silas e Clea Assis, Ronaldo e Rossana Lidório, Ronofo e Bete Cruz (Baré), Rosinese Domingos, Silvério e Inésia Garrido (Baniwa), Valéria Fernandes.

Pesquisa. O Projeto Fronteiras caminha bem na pesquisa das populações tradicionais no Amazonas e creio que no fim deste ano teremos uma mostra das comunidades menos evangelizadas no Estado. Desenvolvemos uma metodologia de pesquisa de grupos minoritários que está sendo utilizada entre indígenas, ribeirinhos e quilombolas. Planejamos disponibiliza-la também para a pesquisa entre ciganos e outros grupos minoritários menos evangelizados no Brasil. Também temos assessorado o Projeto Amanajé em uma pesquisa entre etnias menos evangelizadas no Peru. Orem conosco pelos pesquisadores, segurança nas muitas viagens e resultados claros e direcionadores para o trabalho missionário. 

Treinamento. O Instituto Antropos está coordenando mais uma turma de Pós Graduação em Antropologia Intercultural em Manaus, promovida pela UniEvangélica em parceria com a APMT. São 37 alunos, uma turma muito competente e totalmente envolvida em projetos comunitários, sociais e missionários. Teremos o Capacitar 2015, que é um treinamento missionário complementar (Antropologia cultural, Plantio de igrejas e Introdução à linguística), em João Pessoa nos dias 2 a 7 de agosto. Favor acessar www.capacitar.org.br para outras informações. 

 

Consultorias estratégicas. Há cerca de 400 áreas em 42 países no mundo onde o Evangelho tem sido pouco proclamado e uma igreja local tem tido dificuldade de se enraizar. São as chamadas regiões áridas. Estamos dando passos para concentrar nossas ações de treinamento nas equipes missionárias que atuam nestas áreas. São treinamentos específicos com foco no desenvolvimento de estratégias missionárias. Há também o fator pastoral que temos percebido ser cada vez mais importante. Orem conosco por sabedoria para priorizarmos os locais certos, segurança nas viagens e também no tempo com as equipes missionárias, boas oportunidades para colaborar tanto com as estratégias quanto com os corações daqueles que estão na ponta da lança.

Publicações. Os últimos livros publicados foram Sal & Luz (disponível na Editora Betania) e Comunicação e Cultura (disponível na Editora Vida Nova).  Publicamos também o livreto Vocacionados, que visa dar orientação bíblica e prática àqueles a quem Deus tem chamado. Há também um site (www.vocacionados.org.br) destinado a este fim. Orem conosco para que a literatura seja edificadora e desafiadora,  e também pela revisão do livro Plantando Igrejas (Cultura Cristã).

Outros motivos de oração. Pelos encontros do CONPLEI (Conselho Nacional de Pastores e Líderes Evangélicos Indígenas); pelo ministério Calendário de Intercessão pelas Nações coordenado por minha mãe, Euza Lidório (já são mais de 1.000 grupos que utilizam este material para orar por missões); pela Visão 2025 que objetiva ver um trabalho de tradução iniciado em todas as 1860 línguas sem a Bíblia nos próximos anos (www.missaoalem.org.br) e pelos milhões que estão sofrendo terrível perseguição em nossos dias (www.portasabertas.org.br). Orem conosco também pelo encontro missionário da Base Indígena da APMT em maio e pelo congresso da Missão AMEM em outubro. 

 

Que o Senhor nos guarde do mal, anime o coração e nos leve a honrar o Cordeiro Jesus.

Ronaldo e Rossana Lidório

Compartilhe esta postagem

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on twitter

Últimas postagens

Você pode contribuir para o Evangelho a qualquer momento com sua oferta.
Informativos