Skip to content

Rev. P. O. C. e M.

Brasil, maio de 2022

Saudações em Cristo!

Caros “seguradores de cordas”, que empreendem esforços no Reino de Deus, também através de nossas vidas: Louvamos o Santo nome do Senhor, nosso Deus, pois Ele tem nos guiado com sua forte mão, e em nossa família vemos isso de forma palpável e também no Sobrenatural! Isso nos dá mais ânimo na caminhada missionária, em um momento em que precisamos afunilar as etapas da mudança para o campo, com todas as implicações e desafios que esse processo exige.

J. :
Nosso terceiro filho, J, nasceu dia 24 de abril, parto normal, de muitas emoções. Que felicidade ver nossa família crescendo dessa forma! D. e A. ficam eufóricos com o irmãozinho, querendo que coloquemos no colo deles e dando carinho constantemente. Tivemos a notícia na noite do dia 29 de abril, que o J. estava com alta taxa de icterícia, sendo necessário internar de imediato, na tarde do sábado, dia 30, as taxas continuaram subindo, e ele foi encaminhado para a UTI.

Cura:

Ficamos naturalmente apreensivos, mas sempre confiando em Deus, que abriu portas para sermos atendidos em uma ótima estrutura hospitalar e de equipe médica, tudo pelo Sistema Único de Saúde, em que o atendimento foi melhor que o plano particular de saúde. Muitos países não contam com benefícios como temos com o SUS, privilégio contar com essa assistência aqui antes de mudarmos. Teve alta médica no dia 3 de maio na parte da tarde, e foi direto para casa. Louvamos a Deus por nos amparar na aflição, e por cada um que intercedeu, e foram muitos, por nossa casa.

Agenda:

Mesmo com a chegada do J, mantemos nossa agenda na medida do possível visitando igrejas, pastores, líderes e parceiros. Estivemos na Congregação do Goiânia Viva, da nossa igreja mãe, a Maranatha; na Igreja Batista Jardim das Oliveiras; Igreja Presbiteriana do Criméia Leste; Igreja Assembléia de Deus Terra Prometida (Aparecida de Goiânia); Igreja Presbiteriana do Recanto das Minas Gerais; Igreja Presbiteriana Independente Vila Nova e expondo o nosso Projeto na Primeira Igreja Presbiteriana de Goiânia, cujo braço missionário, o GAM, muito bem nos acolheu desde o começo do ano. Tivemos algumas reuniões virtuais também, como com a Igreja Presbiteriana de Ouro Branco, com Presbitério do Triângulo Mineiro. É uma alegria estar em diversas igrejas, também de outras denominações, mas que amam a Missão do Senhor e se envolvem com ela.

Disponibilidade:

Temos algumas agendas marcadas pela frente, queremos ainda visitar muitas igrejas, mas o tempo está ficando mais curto. Se você deseja nos receber temos a seguinte disponibilidade: 15 e 29 de maio, e 6, 19 e 26 de junho. Em julho conforme a data da mudança, (que queremos definir nos próximos dias), agendaremos mais algumas. Esses dias são destacados para o domingo, seja manhã ou noite. Mas também podemos ver algumas outras durante a semana, ou no sábado, tanto presencial como virtualmente.

Sustento: 

Quanto ao nosso sustento, estamos felizes por alcançarmos a estimativa de 75% do desejável. Ainda esperando respostas de algumas igrejas ou pessoas, buscamos outros parceiros para esse complemento, conforme apresentamos no gráfico abaixo. O valor em aberto consta R$ 3.500. Se você através de sua igreja deseja se envolver para completarmos essa meta, pedimos que entre em contato para estarmos juntos ensinando e despertando a igreja para um maior envolvimento com a obra missionária.

Próximos passos:

Seguimos estudando inglês, para já entrar no campo intermediário tendo um tempo mais proveitoso de aprimoramento, pois essa língua será nossa plataforma para aprender o árabe lá no campo, da maneira que só é falado lá. Recapitulando nossos primeiros três anos de projeto: 1) Queremos sair para a I. no final de julho ou agosto de 2022, lá focamos em um tempo com a missão parceira (Horizontes), experiências com refugiados assistidos lá (muitos afegãos e curdos, inclusive), a cidade se chama D., e fica a cerca de duas horas de L. . 2) Na metade de 2023, queremos ir para o campo pelos dois anos iniciais desse ciclo do projeto, em Erb*1, onde já tem a igreja em andamento e a pré-escola, além de outras, com esse período podendo ser renovado quantas vezes o Senhor permitir.

Motivos de Oração:

1) A saúde do J, que venceu esse primeiro desafio, para que, assim como o D. e a A. estando bem, continuem a progredir e nos dar as condições de encaminhar a mudança;

2) Nosso tempo de despedida dos familiares, igrejas e amigos. Nunca experimentamos isso, mas estamos em paz, que as crianças também fiquem;

3) O restante dos recursos para a manutenção da família no projeto, sendo que já temos o das passagens e parte para toda a documentação. Louvamos a Deus por isso!

4) Nossa gratidão a cada parceiro que faz parte desse projeto, e nos possibilita sonharmos juntos, pra glória de Deus.

 

No amor do Senhor,

Família Di Castro

Projeto AQUA – Acolhendo e Qualificando em Amor

 

Compartilhe esta postagem

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on twitter

Últimas postagens

Você pode contribuir para o Evangelho a qualquer momento com sua oferta.
Informativos