Skip to content

Rev. O. F.

 CORAGEM PARA SER DIFERENTE, COMPROMISSO PARA FAZER DIFERENÇA

 

VISTOS…

Amados começamos nessa semana o processo de vistos de residência para os nossos filhos. É um processo mais simples, pois eles recebem visto de família. Ore para que logo possamos receber os vistos deles e ficarmos mais estabelecidos no país.  

FRUTOS & BATISMOS…

Estamos muito felizes de discipularmos 15 adolescentes refugiados, preparando eles para o batismo. Eles estão super animados e cada vez mais desejosos de aprender da Palavra de Deus. Estamos marcando o batismo deles para final de agosto. Ore por eles, principalmente para que Deus levante líderes no meio deles para servir o povo daqui. Deus movendo no meio dos árabes, aleluia!!!!

PROJETOS ATÉ DEZEMBRO…

Estamos trabalhando com 2 projetos que queremos concretizar até dezembro deste ano. O primeiro projeto é a aquisição de distribuição de pelo menos 500 MP3s no dialeto Maharis. Se conseguirmos mais vamos distribuir mais, mas o alvo é de pelo menos 500 unidades. O segundo projeto é a finalização da construção do andar superior da nossa igrejinha no P*. Se Deus permitir em meados de dezembro vamos consagrar mais esta etapa da nossa construção.

NATAL COM FÉ PARA CRIANÇAS REFUGIADAS & P*

Queremos distribuir um kit evangelístico no mês do Natal para crianças refugiadas e para as crianças do Paquistão. Esse kit vai conter material evangelístico, alguns docinhos e um pequeno presente para a criança. Estamos calculando o valor de 15 reais por kit. Esperamos abençoar muitas crianças e levá-las ao conhecimento da verdade.

DESAFIO

Queridos fazem 2 anos que estamos sem carro no campo. Está cada vez mais difícil servirmos aqui sem um meio de transporte. Quero pedir aos irmãos que ore conosco nesse sentido, para que Deus providencie um carro para nós no tempo Dele. Precisamos de um carro que consiga andar na areia do deserto. Esteja na brecha em nosso favor, diante desse desafio enorme.

TRISTE REALIDADE…

Todos os anos uma média de 700 mulheres cristãs são sequestradas, estupradas e forçadas a casar com m* no P*. Segundo a ONG Movimento de Solidariedade esta é uma realidade no P*. A conversão forçada de mulheres jovens hindus e cristãs ao i* e ao casamento muitas vezes por meio de trabalho forçado, continua sendo um problema sistêmico. Uma jovem de apenas 15 anos chamada N* P* que conseguiu escapar das mãos do estuprador, contou com detalhes tudo que passou nas mãos dele. O governo americano tem forçado o governo do P* a combater essa prática, mas sem muito sucesso. Como igreja podemos clamar a Deus por um fim nessa situação tão deprimente.

NÃO HÁ LIVRO IGUAL…

Por que devemos ler a Bíbli@? Primeiro, porque nenhum ser humano poderia escrever seguindo um padrão tão elevado. Segundo, porque a Bíbli@ produz uma paz que nenhum outro livro pode produzir. Martinho Lutero disse: “A Bíbli@ está viva, pois fala comigo; ela tem pés, pois corre atrás de mim, ela tem mãos, pois me segura”. Terceiro, porque somos transformados à medida que a lemos. Os nossos valores mais profundos são alterados, a paz alcança nosso espírito, a alegria enche o nosso coração. “A Palavra de Deus está cheia de poder de vida. Ela é mais afiada que a faca mais cortante, cortando profundamente nossos pensamentos e desejos mais secretos. Ela expõe aquilo que realmente somos” (Hb 4:12 NLT). As respostas que você precisa estão na sua Bíbli@, portanto, torne-a parte da sua vida diária.  

 

OS PEIXES AINDA ESTÃO NO RIO…

O que é fé? Ouvindo o bater da porta em sua cabana africana, um mission@rio encontrou um menino nativo levantando um grande peixe. O menino disse: “Mission@rio, você ensinou que nós devemos entregar a De*us um décimo do que Ele nos dá, por isso, eu trouxe aqui o meu décimo”. O mission@rio, com muita gratidão, pegou o peixe e fez uma pergunta ao menino: “Onde estão os outros nove peixes?” Com o rosto brilhando, o menino respondeu: “Eles ainda estão no rio. Eu estou voltando para pegá-los agora”. Agradecer a Deus pelas coisas que ainda não foram vistas é a melhor maneira de praticar a nossa fé. Crer é louvar ao Senhor mesmo que “os peixes ainda estejam no rio”!

BOLETIM PROJETO ABRAÃO…

A C* do N* é considerado um país da fome e do terror. Apesar do cenário triste que reflete a realidade daquela nação, Deus está movendo no meio dos n*c* de forma maravilhosa. A igreja segue firme em um crescimento acentuado, apesar de toda a perseguição. Vamos continuar com nossos joelhos dobrados em favor desses nossos irmãos.

 

ORANDO PELOS POVOS NÃO-ALCANÇADOS

POVO: Os Árabes Marroquinos – Marrocos. POPULAÇÃO: 15.929.000 pessoas. MODO DE VIVER: Constituem 59% da população. Distinguem-se vários dialetos árabes: sahrawi moro, sulaka, entre outros. Sua cultura é influenciada pelos berberes; sua religião é m*. OREMOS: Pela vida espiritual dos missionários que estão na região.

 

 

Miss. OF

“Juntos Somos a Diferença”

APMT – Oriente Médio

 

Compartilhe esta postagem

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on twitter

Últimas postagens

Você pode contribuir para o Evangelho a qualquer momento com sua oferta.
Informativos