Skip to content

Rev. Norval Silva e Lau

Brasil/Indígenas, março de 2022

Queridos irmãos e parceiros do nosso projeto missionário,

Estamos escrevendo para atualizá-los de nossas notícias do campo missionário indígena em que atuamos. Por favor, reserve alguns minutos para ler nossa carta e orar por nós.

    1. Dias difíceis na aldeia

De todos esses anos (mais de 30) que temos trabalhando com indígenas, esses últimos quarenta e cinco dias podem ser classificados entres os mais difíceis que já passamos.  Desde o final do ano passado que eu, Norval, venho apresentando alguns problemas de pele, com feridas, vermelhidão e inflamação.  Antes de entrar para a aldeia novamente em janeiro procurei uma dermatologista que me diagnosticou como escabiose. O tratamento foi prescrito e iniciei imediatamente. Ao chegar na aldeia, continuei a medicação, mas a situação não melhorava. Para complicar ainda mais as coisas, esse é o tempo das chuvas na aldeia e há todo tipo de mosquitos e pragas que se possa imaginar. Assim, desenvolvi uma alergia severa às picadas. A coceira e a irritação na pele eram absurdas. Passei 45 dias sem dormir direito. Foram dias difíceis. Com a chegada da Lau duas semanas depois, fiquei mais tranquilo porque ela passou a ajudar nas atividades ministeriais e eu pude tentar descansar um pouco. Mas, não foi fácil!

Ao retornar para Belém nesta semana fui direto à emergência do hospital e com a medicação antialérgica que me prescreveram comecei a melhorar. Que sensação boa poder dormir bem após quarenta e cinco dias! Uma bênção!

    2. Teste positivo e nova quarentena da Lau

Como trabalhamos com um povo indígena de recente contato, o protocolo da FUNAI para ingresso em área indígena é diferenciado e exige duas doses da vacina de covid, quarentena de sete dias e exame negativo. A Lau tomou a dose de reforço e entrou em quarentena domiciliar. Após a quarentena viajou para a aldeia, onde eu já me encontrava, e na última cidade, antes da área indígena, fez o teste de covid. Para nossa surpresa o teste deu positivo. Isso significava que ela não podia prosseguir para a aldeia. Teria que ficar novamente em quarentena até que um novo teste desse negativo. Pela misericórdia do Senhor e parceria da igreja presbiteriana de Zé Doca-MA, conseguimos uma sala anexa ao templo onde ela pudesse ficar. Foram mais sete dias isolada até que o teste deu negativo e ela pode seguir para a aldeia. Somos imensamente gratos a Deus pela IPB de Zé Doca, especialmente pelo Rev. Veronilton e sua esposa Helenilda. Esses irmãos são muito comprometidos com a obra missionária e têm nos dado um apoio incrível! Devemos mencionar também o irmão Cacio que faz as compras na cidade e envia para nós na aldeia já que não podemos sair devido ao mesmo protocolo da FUNAI que determina que, uma vez na aldeia, não pode ir à cidade e retornar.

    3. A igreja

Esse período também não foi fácil no trabalho da igreja. Ao chegarmos encontramos o pessoal um pouco disperso e muitos estavam desanimados. Com a retomada dos trabalhos, cultos e estudos, além da tradução, a situação foi voltando ao normal.

 

 

 

 

 

 

 

    4. Motivos de oração

  1. Ore por nossa colega de equipe Ruth Kelly seu esposo Adriano e as filhas Sofia e Helena. Ruth perdeu o seu pai nestes dias (pastor Abel) e a família passa por esse momento de dor e saudade.
  2. Orem pela viagem do Adriano para a aldeia provavelmente dia 15 desse mês.
  3. Ore pela igreja indígena, por firmeza e vigor.
  4. Ore por nossa saúde
  5. Ore por viagem que faremos em breve para visitar os nossos filhos.
  6. Agradeçam a Deus por mais um ano de vida que Deus concede a nossa filha Ana Carolina (dia 09) e seus estudos de mestrado em São Paulo.
  7. Ore pelo nosso filho Lucas, sua esposa Priscila e os filhos Elisa e Natan. Orem pelo doutorado do Lucas nesta reta final.
  8. Ore pela nossa filha Sara, pelos estudos de psicologia, saúde física e espiritual, pelo namoro com o jovem Jaime, para que Deus mostre a Sua vontade.
  9. Agradeça a Deus pela conclusão da tradução de Filemom e Tiago e pela reta final de revisões de 1 e 2 Pedro.

 

Compartilhe esta postagem

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on twitter

Últimas postagens

Você pode contribuir para o Evangelho a qualquer momento com sua oferta.
Informativos