Skip to content

Rev. Norval e Laudicéia da Silva (Povos Indígenas) – 17/06/2012

Queridos irmãos,

Com prazer e alegria escrevemos para compartilhar com todos as últimas notícias de nosso trabalho missionário entre povos indígenas. Temos boas notícias e também alguns motivos de oração.

1. Treinamento de tradutores

No final de abril eu e Lau participamos de um treinamento para tradutores da Bíblia na sede da missão ALEM em Brasília. O treinamento foi sobre exegese e foi ministrado pelo Rev. Tarcísio, professor no Mackenzie.

A Exegese é um passo fundamental para o trabalho de tradução, pois é através das ferramentas oferecidas por ela que fazemos a análise do sentido do texto. Como disse Martinho Lutero “só posso traduzir o que entendo”. É através da exegese que procuramos entender o sentido do texto e buscar formas naturais de como expressá-lo na língua indígena.

Na ocasião, também recebemos treinamento no programa Paratext, ministrado pelo nosso irmão Cristiano Barros da ALEM. Ferramenta muito útil para a tradução.

2. Trabalho na aldeia

No mês de maio, continuamos nosso trabalho na aldeia, desenvolvendo as atividades corriqueiras de educação bilíngue, desenvolvimento autossustentável, e tradução. Conseguimos traduzir mais dois capítulos de Atos e agora estamos prestes a iniciar o capítulo 11. Também fizemos verificações e correções no Evangelho de Lucas. Nesse processo de correções, lemos o texto e fazemos perguntas a pessoas que não participaram da tradução para ver como elas entendem o texto. Nesta fase, podemos testar palavras- chave que foram usadas, construções gramaticais, e principalmente os elementos discursivos para ver se o texto apresenta coesão e coerência.

3. Encontro da APMT

Entre os dias 6 a 8 de maio, participamos de um encontro promovido pela APMT em Manaus que reuniu a maioria dos missionários que atua entre povos indígenas. Na ocasião tivemos oportunidade de compartilhar nosso projeto, discutir estratégias futuras, nos fortalecer mutuamente na palavra. Na ocasião também foi consolidada a criação da Base Indígena da APMT em Manaus com a confirmação dos irmãos Rev. Ronaldo Lidório e Rossana como líderes da Base e eu e Lau como vice-líderes.

4. CONPLEI regional

Em nossa última carta falamos da possibilidade de participação do nosso povo no primeiro encontro regional de pastores e líderes indígenas promovido pelo CONPLEI. Pedimos a ajuda financeira dos irmãos e os irmãos nos abençoaram sobremaneira. Pois bem, o encontro foi uma grande bênção! Dois casais de nossa aldeia participaram, acompanhados pelo casal Kuikari Bakairi e Ruth Kelly. Durante o encontro nossa equipe se apresentou cantando dois

cânticos na língua indígena. Os irmãos não imaginam a nossa emoção! Sete anos atrás esse povo não conhecia o evangelho. Era totalmente não alcançado. Agora, sete anos depois, temos pessoas cantando alegremente ‘aiko mata Jexu rakanamẽ!”, ou “estou seguindo a Jesus”.

Louvamos a Deus pelo privilégio de ver surgir a Sua igreja entre mais esse povo!

5. Kuikari e Ruth

Esse casal jovem e simpático está se preparando para trabalhar conosco. No momento, estão em processo de filiação e levantamento de sustento. Nesse período em que estamos ausentes da aldeia para mais uma etapa do mestrado, eles continuarão o trabalho lá. Estavam na aldeia, mas Ruth teve problema de saúde e eles precisaram sair esta semana para ir ao médico. Meus irmãos, esse é um casal jovem e comprometido com a causa do evangelho. Kuikari é indígena da tribo Bakairi. Deixou o seu povo para ser um missionário transcultural, trabalhando em outro povo indígena conosco. Esse casal está lutando para conseguir o sustento necessário exigido pela missão. Por favor, orem por eles, para que consigam mantenedores e assim brevemente possam se juntar a nós efetivamente no trabalho na aldeia.

6. Motivos de louvor

  • Pelo encontro do CONPLEI que foi grande bênção
  • Pelas primeiras conversões na aldeia
  • Por Kuikari e Ruth Kelly
  • Pela saúde dos filhos Lucas, Carol e Sara
  • Pela continuação da tradução de Atos
  • Aquisição de dois painéis solares e uma bateria (pagos pela ALEM)
  • Pela Base Indígena da APMT em Manaus

7. Motivos de oração

  • Discipulado dos convertidos na aldeia para que se mantenham firmes
  • Sustento do Kuikari e Ruth Kelly
  • Etapa do meu mestrado em linguística
  • Continuação da tradução
  • Para que haja mais conversões na aldeia

Queridos, muito obrigado mais uma vez pelo sustento financeiro e espiritual. Louvamos a Deus pela privilégio de servi-lo em missões. E por nos ter dado irmãos tão queridos e fiéis em seu apoio para com o nosso trabalho!

Em Cristo, Rev. Norval (por Lau, Carol, Lucas e Sara)

Compartilhe esta postagem

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on twitter

Últimas postagens

Você pode contribuir para o Evangelho a qualquer momento com sua oferta.
Informativos