fbpx Skip to content

Rev. Marcos Agripino e Mônica

Fevereiro 2020

Janeiro se foi e fevereiro já passa da metade. No meio do vai e vem do trabalho na Base da Missão, cada dia é uma aventura!

Passamos a última semana de janeiro em Recife, para o último módulo do CFM Nordeste II Ciclo, e no dia 31 foi a cerimônia de Formatura. Ao todo foram 10 formandos. Um casal vai para a Itália, dois irão para a Romênia, uma moça vai para a Austrália, um rapaz para os Indígenas, uma moça para o Ir@que, e um irmão para o País de Gales.

Uma das formandas disse: No CFM-Recife vive-se intensamente cada dia em sala de aula. Aprende-se não somente conteúdos, mas vida, experiência
e exemplos daqueles que estão ou já estiveram no campo transcultural. É um curso acadêmico, porém sem a presença do academicismo sem efeito prático, porque não nos são passadas ideias ou atitudes especulativas, mas vida vivida no campo por meio da prática e pregação do evangelho. Rev. Agripino e Mônica são exemplos disso tudo. O amor e a dedicação deles, em tudo que fazem pelo CFM e por cada aluno, excede as palavras, pois é vida ministerial na prática, é a expressão do amor cristão, pastoral, fraterno e ministerial. Exalam isso a cada oportunidade quando estamos juntos. Tenho muita gratidão a Deus pela vida e exemplo deles.

Logo em seguida, no dia 3 de fevereiro de manhã, fomos para Campinas/SP. Ficamos lá até sexta, com um grupo de mais de 50 pessoas. Durante 5 dias, demos aulas, palestras,aconselhamentos, explicamos todo o Regimento Interno da APMT, como funciona cada área, respondemos centenas de perguntas e encorajamos os colegas que estão começando sua caminhada a fim de se tornarem missionários da APMT e seguirem para os campos.

Um dos participantes nos enviou o seguinte depoimento: “Participar da Semana de Orientação é uma experiência enriquecedora para todo candidato ou aspirante que almeja servir como missionário da IPB. Tempo de qualidade para conhecer melhor a estrutura, dimensão e detalhes do funcionamento da APMT. Observamos, nas mínimas coisas, a importância do trabalho da equipe de Base. É realmente impressionante o nível de conhecimento de toda engrenagem estrutural demonstrados pelos irmãos Pr Marcos Agripino e Mônica. Mesmo com o grande crescimento da Agência nos últimos anos, eles conseguem saber particularidades de cada um dos mais de 230 missionários e campos. O Pr Agripino foi agraciado por Deus com inteligência, disciplina e habilidade organizacional de tirar o chapéu, isso sem falar no super ‘HD de sua memória’! O homem é realmente uma máquina que trabalha de forma apaixonada.”

Testemunhos assim nos renovam e nos fazem enxergar nosso ministério como um presente de Deus. De fato, enquanto o campo missionário de alguns colegas nossos é a cidade de Lubango em Angola, ou Bangkok na Tailândia, ou Mangalia na Romênia, o nosso campo é a BASE da APMT em São Paulo e temos a mais absoluta convicção de estarmos exatamente onde Deus quer que a gente esteja! O melhor de tudo isso é que nosso Deus tem nos sustentado e levantado irmãos e irmãs que compreendem a importância desse ministério. Os depoimentos acima são fruto das orações que os intercessores têm apresentado ao Senhor. Juntos conseguimos ir cada vez mais longe! Um forte abraço!

 

Família Mesquita

Missionários na Base da APMT

+55 11 997130133

monica@ipb.org.br

agripino@apmt.org.br

 

 

Compartilhe esta postagem

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on print

Últimas postagens

Arquivo

Arquivos

Você pode contribuir para o Evangelho a qualquer momento com sua oferta.
Informativo