Skip to content

Rev. Luiz Augusto e Rachel Bueno

Covilhã, Novembro de 2020

 

“Converte-nos, Deus dos Exércitos; faze resplandecer o teu rosto, e seremos salvos”. Salmo 80:7

 

Prezados irmãos, amigos e igrejas parceiras,

 

Portugal está, partir de hoje (6.11) a entrar mais uma vez no “Estado de Emergência”, sem previsão de fim. O confinamento é obrigatório entre 23h às 5h durante os dias da semana e nos finais de semana das 13h às 5h. Há permissões especiais para trabalho e  ações  emergenciais.  Nos  finais  de  semana  será  proibido  sair  de  sua  cidade (concelho). O Serviço Nacional de Saúde (SNS) está em ruptura, isto é não consegue corresponder ao número excessivo de casos. Nesse tempo precisamos orar a oração do salmista no Salmo 80.7.

 

Nossa chegada na Covilhã se deu no dia 1 de outubro. Como nossa moradia não estava pronta, ficamos num alojamento local durante todo mês de outubro e no dia 30 de outubro  entramos  no  apartamento  definitivo.  Graças  ao  Senhor,  Ele  tem  suprido nossas necessidades.

 

Com o projeto missionário aprovado pela nossa Missão (APMT), agora estamos a dar os  primeiros  passos  para  sua  execução:  ambientação,  acomodação,  adaptação  e  a busca de novos relacionamentos, como tem acontecido, mas de forma tímida devido a todos estarem com o receio do contágio. Temos buscado conhecer melhor a história da cidade e feito algumas pesquisas formais e informais mais específicas quanto ao número de igrejas evangélicas. Na Covilhã só há quatro igrejas locais: uma Assembleia de Deus e três igrejas neopentecostais.  A carência é por demais grande nesta linda cidade ao pé da Serra da Estrela.

 

Gostaríamos que orassem connosco agradecendo:

  • Pelas igrejas do Barreiro e Alhos Vedros, que já estão com pastores e que as atividades pastorais não foram descontinuadas com nossa mudança;
  • Pela nossa chegada e recém-adaptação na cidade da Covilhã;
  • Pela simpatia e recepção que algumas pessoas têm nos dado como M. e J. e o proprietário do apartamento o Sr. ;

 

Mas também que orassem connosco suplicando:

  • Pela continuidade de nossa adaptação;
  • Pelas estratégias que deveremos implementar para dar início a plantação de uma igreja presbiteriana na cidade;
  • Pelo convite que temos recebido para dar aulas online;
  • Por novos relacionamentos com propósito de posteriormente testemunharmos do amor de Cristo;
  • Pela saúde da família: Por termos tido contato no mês de outubro com uma pessoa que adquiriu o Covid19, Rachel precisou fazer o teste, mas graças a Deus deu Pela saúde do Sr. Raul (pai do Luiz – tem feito o uso de oxigênio) e de Da. Rosa (mãe de Rachel). Estão bem debilitados.
  • Pela vida dos filhos Beatriz e Pedro que estão no Beatriz na linha de batalha, trabalha nas UTIs (tem percebido o aumento das internações). Pedro, que foi contratado pela empresa na qual estagiava.

 

Enfim, irmãos e amigos, damos graças ao Senhor pela participação de cada um no apoio financeiro e nas orações por nós. As necessidades são enormes, os povos estão longe do Senhor. Precisamos de mais trabalhadores para esta Seara. Orem também para que possamos expandir a mensagem da Palavra de vida. Que estejamos juntos lutando pela fé verdadeira.

 

Um abraço fraternal a todos, Luiz e Rachel Bueno

Compartilhe esta postagem

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on twitter

Últimas postagens

Você pode contribuir para o Evangelho a qualquer momento com sua oferta.
Informativos