Skip to content

Rev. José Wilton e Zenilde

Colômbia, julho de 2022

 

“Faze-me ouvir, pela manhã, da tua graça, pois em tí confio; mostra-me o caminho por onde devo andar, porque a ti elevo a minha alma”. (Sl 143:8)

 

Amados irmãos e parceiros da missão que o Senhor nos tem confiado,

Finalizamos o primeiro semestre do ano com o trabalho que temos feito com as duas Igrejas as quais apoiamos aqui em Bogotá. Trabalhamos na revitalização destas congregações com o propósito de, a partir delas, plantarmos uma terceira e trabalharmos com a possibilidade da organização de um presbitério.

Neste último mês iniciamos o discipulado com algumas pessoas, trabalho este realizado nas casas de pessoas que nos convidam para estudarem a Bíblia. Tem sido um trabalho abençoado e nos alegra muito o fato de ver estas pessoas aprendendo a manusear a Bíblia, conhecer mais a Cristo e se habilitarem para compartilhar sua fé. É um tempo muito precioso, que nos faz ver como é grande a seara e poucos os obreiros, como disse o Senhor.

Também iniciamos um grupo de estudo para líderes em nossa casa. O grupo é pequeno, mas a intenção é vê-lo crescer mais e mais, a fim de que estas pessoas multipliquem o conhecimento adquirido. Estamos analisando a possibilidade de começarmos em breve um trabalho pioneiro em um bairro perto de onde moramos. Verificamos que há grande necessidade de igrejas com boa doutrina e fiéis ao evangelho. Temos orado para que o Senhor nos ilumine nesta tomada de decisão.

Zenilde viajou para ajudar nossa filha com o nascimento da nossa netinha, que deve ocorrer em breve.

Tivemos o privilégio de receber um casal missionário, Reverendo Marcos e sua esposa Cristina, missionários no Paraguai. Foi um tempo muito bom no qual pudemos compartilhar dificuldades e bênçãos, comuns nos nossos campos. Também nos alegrou bastante a visita do Reverendo Cácio Silva, nosso coordenador junto à APMT.

Foi uma visita rápida, porém edificante. Temos vivido na Colômbia um tempo de grandes incertezas. Antes era a proximidade da eleição e agora sua consequência. O temor de todos é que a violência, que já é grande, se agrave ainda mais.

Nos últimos dias fui surpreendido uma inusitada hipertensão arterial, coisa até então não observada, mas pela graça de Deus fui medicado. Estão agendados exames para os próximos dias para investigar sua causa.

Motivos de oração:

  • Pelos membros de nossa família, principalmente pela nossa filha que vai ter uma filhinha em breve.
  • Pelo trabalho de discipulado que estamos fazendo para que mais pessoas venham participar.
  • Pela possibilidade de iniciar uma nova congregação a partir destes grupos com quem temos trabalhado.
  • Para que o Senhor nos dê direção em respeito aos próximos passos aqui na Colômbia

Jose Wilton e Zenilde,

 

Compartilhe esta postagem

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on twitter

Últimas postagens

Você pode contribuir para o Evangelho a qualquer momento com sua oferta.
Informativos