Skip to content

Rev. Jose Roberto da Silva e Ivone

Portugal, 13 de outubro de 2019

Deus também abre portas onde não batemos.

Porque não quero, agora, ver-vos apenas de passagem, pois espero permanecer convosco algum tempo, se o Senhor o permitir. Ficarei, porém, em Éfeso até ao Pentecostes; porque uma porta grande e oportuna para o trabalho se me abriu; e há muitos adversários. (1 Cor. 16.7-9)

Ora, quando cheguei a Trôade para pregar o evangelho de Cristo, e uma porta se me abriu no Senhor, não tive, contudo, tranqüilidade no meu espírito, porque não encontrei o meu irmão Tito; por isso, despedindo-me deles, parti para a Macedônia. (2 Cor.2.12,13)

Quando lemos declarações como estas do apóstolo Paulo, notamos que Deus abriu- lhe portas para a pregação. Quando chegamos a Portugal em 2016, ainda perplexos, desde então batemos em muitas portas. Várias delas ainda estão fechadas. No entanto, inúmeras foram abertas e, para nosso espanto, o Senhor também abre-nos portas onde não batemos. Isto é motivo para agirmos, agradecer e interceder.

Agradeça connosco

– Pela família da Teresa, em Lisboa , que estava em processo de separação conjugal, mercê do Senhor, o casal reconciliou-se. Tivemos a alegria de um tempo de convivio com o casal e outros membros da família.

– Com muita gratidão e alegria o culto de organização da Congregação da Luz em Igreja realizou-se, como desejado, no domingo, 29 de Junho.

– Pelo casamento do Paulo filho do Pastor Paulo Jorge, nova família da aliança, agora em Outubro.

– Pela moradia da familia do missionário Pr Denílson.

– Pela vida do Nelson em Montalegre, antes, tão resistente ao trabalho dos missionários, causando destacado impecílio para que sua esposa e filhos fossem a igreja. Deus gosta de surpreender-nos e isso alegra-nos. Ele tem ido à igreja. Em nosso último encontro estava a falar de “nossa igreja”.

– Evangelização de Miguel. Partilhamos e agradecemos pela sua vida.
O Senhor tem nos aproximado e através de muitas perguntas partilhamos das boas novas e da vida cristã. Conhecêmos há alguns meses. É de origem católica romana, membro de uma seita por 20 anos que isolou-o socialmente após sua ruptura com ela.

– Evangelização e discipulado de um jovem na fronteira com a Espanha.
O Senhor abriu-nos uma porta à evangelização, onde não batemos. Ele contactou- me desejoso de conhecer a Cristo e ser salvo. É de origem católica romana. Andou a ouvir mensagens “evangélicas” que, segundo ele, davam-lhe nós nas idéias. Nestas últimas semanas temos estudado a Palavra e continuamos. Partilho com os irmãos um extrato das nossas conversas:

 “Prezado Rev. José Roberto, Espero que o senhor e a sua esposa estejam na santa paz de Deus! Peço-lhe desculpas pelo e-mail grande que estou apresentando-lhe. Tenho apredido muito com a matéria que o senhor enviou-me. Estou meditando nos mínimos detalhes todos os dias. Confesso-lhe que já aprendi mais com esse pouco do que com dezenas de livros, dos quais nem conseguia chegar na metade por deixarem-me mais deprimido.

Prezado Rev. José Roberto, bom dia! Gostaria de começar com: Meu Reverendo! Não tenho palavras para agradecer a forma como o senhor escreveu-me, de maneira tão profunda e de fácil compreensão, o que realmente é o Evangelho. Estou muito feliz com as suas palavras! Muito mesmo! Evangelho puro e simples! Eu nunca havia pensado profundamente, nos mandamentos do “Não Matarás” e “Não Darás Falso Testemunho”. Estou chegando cada vez mais a conclusão de que o meu coração, literalmente, é podre, pois os meus pensamentos também contam e não somente as palavras e atos. As pessoas não gostam de examinar os seus corações. Por causa disso, pouco ou nada encontrava, nas livrarias, sobre os “10 Mandamentos”. Percebia que havia, e ainda há, um certo “tabu” nessa área de exame de consciência e meditação na Lei de Deus. E, isso é fundamental para o Arrependimento!

Interceda

– Pela Igreja Cristã Presbiteriana de Portugal .
Precisa firmar-se em sua identidade e missão, para que cresça em coragem, força e confiança na direção do Senhor para o desenvolvimento de seu ministério. Interceda por todos os pastores, presbíteros, missionários, e todos os irmãos.

– Pela família do Pr. Paulo Jorge
Está num período de transição até que seja definido o campo ministerial.

– Pela família do Pr Denílson
Leva bastante tempo acomodar-se num novo ambiente, cultura, hábitos e costumes.

Ore pela adaptação da família, recursos financeiros, saúde do filho que ficou no Brasil.

– Pelos trabalhos em Paços de Ferreira.
Pela transição pastoral. Para que a igreja tenha sabedoria, bom ânimo e comprometimento com o trabalho, bem como desenvolva-se na evangelização de sua região.

– Pelo trabalho em Montalegre e pela família missionária do Alexandre e Valdicélia. Viajará para o Brasil em dezembro para visitar a família e estabelecer parcerias, com expectativa de retornar ao campo em fevereiro. Ore para que façam boa viagem e estabeleçam parcerias para dar continuidade ao belo trabalho em Montalegre, pela vida de igreja, pela vida do Nelson que tem assistido aos cultos.

– Pela Igreja em Braga.
Continua a desenvolver-se e a chegar gente, em especial irmãos brasileiros.

Ore pelo desenvolvimento sustentável, pelos irmãos que tem dado apoio material ao trabalho; pelos líderes, em especial pelo evangelista Heraldo e sua família, por sabedoria e bom ânimo; para que os irmãos da igreja envolvam-se na evangelização de sua região.

– Nosso carro quebrou mais uma vez, carece de ir para oficina nos próximos dias. Seus 17 anos parecem pesar-lhe. Precisamos muito dele para assistir o campo. Ore por este assunto.

Desafios, aja connosco:

– Precisamos de vários volumes de Bíblias (para doação) e de livros de história e teologia.

Como podes colaborar? Entre em contacto connosco pelo e-mail para tratarmos mais expecificamente sobre os livros e para onde mandar.

– O desenvolvimento e sustentabilidade de Nosso Projecto: Esperança Para Portugal. Hoje contamos com mais de uma centena de pessoas em diversos Conselhos do País, contactadas, visitadas, concedendo literatura, partilhando o evangelho, influíndo, ouvindo, aconselhando. Continuamos a desbravar lugares. Continuamos a treinar liderança. Este trimestre segue o curso de Homilética, a começar na semana que vem,

preparado durante meses deste ano.
Quem é suficiente? O caminho tem pedras, mas é abençoado

Como podes colaborar? Este trabalho só é possível com a ajuda da Igreja. Seja parceiro deste projecto, precisamos de recursos materiais e gente comprometida. Continue a interceder por nós. Se sobrar um tempo, escreva-nos uma carta, pode ser um e-mail. É um bálsamo, verdadeira alegria, irmãos, ler palavras de encorajamento.

Bênçãos!

No amor do Cordeiro
Porto,

 

Rev. José Roberto da Silva e Ivone Rocha dos Santos Silva

 

 

 

Compartilhe esta postagem

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on twitter

Últimas postagens

Você pode contribuir para o Evangelho a qualquer momento com sua oferta.
Informativos