Skip to content

Rev. Jorge Neves e Jarci

Líbano, agosto de 2022

Gl 6.9 E não nos cansemos de fazer o bem, pois no tempo próprio colheremos, se não desanimarmos.

Queridos parceiros de caminhada, temos sentido na pele as dificuldades que o povo libanês tem passado, especialmente os mais carentes. Cada grupo religioso vai se adaptando do jeito que é possível, para garantir pelo menos a sobrevivência aos seus seguidores. Muitas vezes falta água, combustível, energia, pão, outros produtos e, mesmo quando alguns itens são encontrados os preços cobrados os tornam inacessíveis. O reflexo desta situação é que cada vez mais as pessoas estão dependentes das doações e ajudas humanitárias. Nesse período de verão, o país recebe um grande número de turistas, o que ajuda um pouco na economia mas, os benefícios não chegam para quem precisa. A diferença entre os ricos e pobres é muito grande e, somente quem possui dólares consegue ter um nível de vida melhor. Como o país não possui programas sociais relevantes e nem perspectivas de melhoras no que tange a economia e aos altos índices de corrupção, a maioria dos jovens e muitas famílias tem emigrado para outros países.

Aqui no lar para idosos os empregados estão com cargas exaustivas de trabalho, salários menores do que a concorrência e sem motivação. Quanto aos idosos, são influenciados pelas famílias, as quais estão mais pobres e endividadas. Este é o contexto no qual temos trabalhado. Minhas atividades incluem até manutenção quando isso é necessário. Temos realizado o nosso trabalho e também contribuído com projetos de apoio a pessoas carentes de dentro e de fora da Instituição. São muitas as demandas mas Deus nos tem dado vitórias graças também a parceria de vocês (financeira e intercessória). Meu filho mais velho, o Timóteo foi ao Brasil para participar de um encontro de filhos de missionários no interior de São Paulo e aproveitou para ficar um pouquinho com a Jarci (minha esposa). O Samuel (filho mais novo) concluiu a faculdade e começará a trabalhar como professor na escola onde outrora ele estudou.

Ambos continuarão aqui no Líbano, cada qual trabalhando como professor, em escolas diferentes e envolvidos na missão. Enquanto isso, a Jarci continua seu tratamento no Brasil, ativa na missão, na cidade de Jataí- Goiás, sendo amparada pela família, Igreja e amigos. Agradecemos a Deus pela sua parceria nesta obra e rogamos as mais copiosas bênçãos sobre cada um de vocês. Orai por nós para que sejamos relevantes no trabalho do Senhor. A Deus seja a glória, a honra e o domínio pelos séculos dos séculos amém. 

Daqui seguimos firmes em Cristo, Projeto Nur : Jorge, Jarci, Timóteo e Samuel. –whatsapp : +96176641537

 

Compartilhe esta postagem

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on twitter

Últimas postagens

Você pode contribuir para o Evangelho a qualquer momento com sua oferta.
Informativos