Skip to content

Rev. Humberto de Oliveira e Brandali

Italia, janeiro de 2021

Prezados colaboradores,

“Chegaram as tempestades”. Marcos 4.35-41

 

Algumas lições que aprendemos na nossa vida ministerial.

Temos vivido das situações mais adversas e imprevisíveis possíveis nesses últimos meses. Foi um ano muito complicado e afetou nossas vidas em todas as áreas.
Enquanto Jesus dormia se levantou grande tempestade de vento.
Não é porque Jesus está no nosso barco que não seremos atingidos pelas tempestades da vida, mas com Ele no barco temos esperança de que chegaremos do outro lado do mar. O problema não são as tempestades da vida, mas como reagimos diante delas.

Existem quatro tipos de tempestades:

1- As naturais, a tempestade que Paulo enfrentou é uma delas (At 27), e os discípulos também, algumas durante o ministério de Jesus.
2- Aquelas que nós provocamos, Jonas é um bom exemplo disso. Quando somos causadores de males para nós mesmos e para outras pessoas. Quando deixamos de obedecer a voz de Deus e passamos a seguir a nossa própria vontade, as consequências são calamitosas.

3- Aquelas que procedem do diabo, são as tentações da vida. Aquelas tempestades que vemos que não são naturais, que também sentimos que há algo errado, que não procede de Deus, mas tem a mão do diabo nisso. Jó passou por esse temporal.
4-Aquelas que procedem de Deus, um bom exemplo é o de Abraão quando vai oferecer Isaque em sacrifício; diz-nos o texto em Gênesis 22.1 que o Senhor pôs Abraão à prova. A provação procede de Deus, a tentação procede do diabo. A provação é para o nosso crescimento espiritual e a tentação é para nossa queda. São as provas da vida que Deus permite que passemos para o nosso crescimento espiritual.

Mas as quatro tem algo em comum: todas elas são inesperadas. Elas não avisam quando virão. Elas chegam como um ladrão de forma inesperada. Elas não mandam recado.
As tempestades da vida são: um acidente, uma enfermidade, uma crise financeira, uma crise familiar, um desemprego e porque não dizer uma crise espiritual.

Com isso aprendemos que quando a tempestade chegar ela não deveria nos surpreender, pois afinal de contas ela sempre vem.
Na tempestade não devemos perguntar: “Porque eu”, como muitos fazem pensando ser melhores que os outros, mas dizer:

“Socorre-me Senhor!”, reconhecendo a nossa dependência de Deus. Essa é a diferença.

Nosso trabalho

Nossa pequena igreja que se mantem firme e está crescendo, isso tem nos alegrado muito. Apesar de grandes obstáculos causados pelo vírus, o trabalho seguiu online e presencial, em Brescia tivemos que fechar o local em 02 ocasiões e planejamos reabrir em breve.
A variação cambial foi outro problema enfrentado trazendo mudanças no orçamento ministerial, no início de 2021 tivemos alguns parceiros que terminaram com as contribuições, outros reduziram, ampliando as dificuldades que enfrentamos.

Estamos com um projeto para ampliar nossa presença na Italia através da literatura reformada e confessional, se Deus permitir planejamos colocar um livro no mercado em breve.

Nossa família

Nossos filhos têm se mantido firmes e constantes durante esse tempo e apesar de todos os obstáculos Deus tem abençoado nossa família.
A Brandali segue com seu tratamento e agora com um novo diagnostico de fibromialgia que amplia as doenças que ela tem tratado.

Agradecemos

Pelos mantenedores e parceiros que estão conosco orando e contribuindo neste difícil período que enfrenta nossa nação e o mundo inteiro, com muitas incertezas políticas e econômicas, nós sempre rogamos a Deus que esteja presente abençoando cada Igreja, e parceiro.

Oremos

Por nossa saúde física, espiritual e mental.
Pedimos oração para termos condições de retomar as atividades ministeriais, em Legnano e Brescia.
Pela saúde da Brandali, que segue com seu tratamento.
Por novos parceiros para podermos continuar atuando na plantação de igrejas na Italia.
Para que tenhamos novas estratégias para poder compartilhar o evangelho na cidade, e que Deus transforme os corações de pedra em carne.

Se desejarem contribuir por favor entrem em contato conosco.

 

Rev. Humberto e Brandali

[email protected]

www.chiesapresbiteriana.com

www.federiformata.com

Compartilhe esta postagem

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on twitter

Últimas postagens

Você pode contribuir para o Evangelho a qualquer momento com sua oferta.
Informativos