Skip to content

Rev. Giancarlo da Costa e Adriana

OM, 24 de novembro de 2019

NOSSA VIAGEM AO BRASIL

Um dos motivos de nossa ida ao Brasil, foi levar nossa filha Sarah Ruhama que completou seus 18 anos e que, em 2020, iniciará seus estudos
universitários. Vocês não fazem idéia do
vazio que ficou em nossa casa aqui no
 C* com a ida de nossa princesa amada
 (é o significado do nome SARAH RUHAMA),
 para o Brasil. Eu e Adriana, agora tivemos de
retornar ao campo transcultural sem os
filhos. Lucas, que já está no Brasil há 3 anos e
meio, segue firme nos estudos e já está
terminando o seu 6 período (3o ano), do
curso de engenharia mecânica.

Adriana e eu estamos entrando num novo período que alguns denominam: “A SÍNDROME DO NINHO VAZIO”.

Como vocês sabem, nossos filhos nasceram e cresceram nos campos transculturais em que trabalhamos (Lucas no Uruguai e Sarah em Cabo Verde-África). Eles sempre nos acompanharam pelos campos que trabalhamos como missionários. É uma sensação muito estranha e nova para nós que somos pais, e que passamos todo o tempo servindo ao Senhor juntos como família missionária, e que agora, estamos de casa vazia.

Peço oração pelos nossos filhos que agora estão morando sozinhos em São Paulo em um apartamento que alugamos para eles. Peço também oração para que o Senhor cuide deles e fortaleça o nosso coração cheio de saudades.

Aproveitamos a nossa ida ao Brasil para renovar o nosso contrato missionário com a nossa agência APMT para mais dois anos. Agora, só retornaremos ao Brasil em Agosto de 2021, se Deus assim permitir. Foi um tempo igualmente precioso com a liderança de nossa agência, onde pudemos passar um relatório pessoal para a nossa liderança, e avaliar o projeto LUMEN KURDEN e também definir alguns passos para o futuro próximo.

Peço oração por este novo período do trabalho missionário transcultural e pelos desafios que temos para o futuro aqui no C* .

Tive a oportunidade e o prazer de rever minha querida mãe e passar alguns dias com ela e comer a “comida da mamãe”. Tempo precioso com a mulher que me gerou por nove meses e que cuidou de mim em todo o meu crescimento. Foi possível lembrar algumas vezes que apanhei, pois eu era muito levado diz ela. Ela segue firme e bem, mesmo depois de ter passado pelo vale da sombra da morte.

Por favor, orem por minha mãe que apesar de estar aparentemente bem, já se sente bastante cansada, por causa do peso da idade e as complicações desaúde após os 75.Outra grande bênção que eu e Adriana obtivemos

da parte do Senhor, foi a realização de nossas Bodas de Prata. Completamos 25 anos de vida conjugal com muita experiência em todas as áreas. Oferecemos um lindo culto de gratidão ao Senhor nosso Deus quem nos uniu nEle e para a glória dEle. O culto de ações de graças pelos 25 anos de casamento foi realizado na 1a IPB de Juiz de Fora – MG, onde os pais de Adriana foram membros fundadores. Contamos com a presença de muitos amigos e irmãos em Cristo que também estiveram em nossas bodas de casamento. Tempo de muito louvor e gratidão ao nosso Deus.

culminando com um maravilhoso sermão pregado pelo Reverendo Eloy Frossard que, além de ser o pastor da 1a IPB de Juiz de Fora, é uma grande amigo e exemplo de servo que ama ao Senhor, e que tem o coração na obra e que tem iniciado várias igrejas na cidade de JF.

DANDO RELATÓRIO PESSOAL

Adriana e eu, tivemos a oportunidade de visitar algumas igrejas parceiras para dar um relatório pessoal sobre o nosso trabalho e ministério entre os curdos. Foi muito bom e edificante estar com os nossos parceiros e dividir a alegria de ver o trabalho prosperar, ainda que de forma humilde.
Uma das grandes surpresas que tivemos em nosso tempo no Brasil, foi rever a nossa irmã Rosângela Cunha, que foi a pessoa que nos falou sobre os curdos e sua grande necessidade de serem alcançados com o evangelho do Senhor Jesus. Fomos
despertados por Deus para o trabalho
entre os curdos através da nossa irmã nos
idos de 1994, e depois de 25 anos,
voltamos a nos encontrar em Uberlândia,
onde ela mora até o dia de hoje. Foi um
reencontro muito emocionante, pois o
trabalho de mobilização que nossa irmã
fez por todo o Brasil em prol dos curdos,
não foi em vão.
Pedimos desculpas por este

está inteiramente voltado para as notícias de nossa família, mas achamos necessário que os nossos parceiros saibam bem sobre as coisas que nos sucederam nesses últimos meses. Entre as alegrias pelas bodas de prata, e o coração apertado pelo retorno ao campo sem os filhos, este é o misto de sentimentos que iniciamos uma nova etapa de nossas vidas e ministério em terras distantes, entre um povo que precisamos alcançar com o Evangelho da graça do Senhor Jesus Cristo.
Orem por nós e pelos nossos filhos para que como família possamos seguir servindo e agradando a Deus, sendo consolados e fortalecidos por Ele.

De seus irmãos na missão:

Gian & Adriana

Se desejar contribuir com o nosso ministério aqui no C* – , poderá fazê-lo da seguinte maneira:

Conta APMT : Banco do Brasil AG 0635-1 (Cambuci) CC 7500-0􏰀CNJP 04.138.895/0001-86 ** Lembrando que, se depositar na conta da APMT, é necessário colocar o código 0,64 em centavos (exemplo: R$ 50,64) para que a oferta chegue até nós.

Conta Pessoal: Banco do Brasil AG 0635-1(Cambuci) CC17509-9 – CPF 016558367-30 Banco Bradesco AG 1591-1 (Lgo Riachuelo) CC 30564-2

 

Compartilhe esta postagem

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on twitter

Últimas postagens

Você pode contribuir para o Evangelho a qualquer momento com sua oferta.
Informativos