Skip to content

Rev. Everton Pita e Nayra

Espanha, novembro de 2020

Irmãos,

“A palavra está perto de ti, na tua boca e no teu coração; isto é, a palavra da fé, que pregamos. Porque, se com a tua boca confessares a Jesus como Senhor, e em teu coração creres que Deus o ressuscitou dentre os mortos, será salvo; pois é com o coração que se crê para a justiça, e com a boca se faz confissão para a salvação.” Romanos 10:8-10

É sempre um enorme prazer conversarmos com vocês, mesmo que seja por carta. Porém, para nós, pensar em cada um é uma forma de lembrar o quanto são importantes para Deus, primeiramente, e para nós como família e ministério aqui em Sevilha. Muito obrigado por suas orações, ofertas e, sobretudo, pelo carinho que nos une a tantos anos. Oramos, diariamente, por cada um e pedimos ao Senhor que os guarde sempre em Seus caminhos e propósitos.

Em meio à situação de pandemia que nos encontramos, damos graças a Deus porque estamos bem de saúde. Na semana passada ficamos meio assustados com Nayra pelos sintomas apresentados, porém não passou de um susto. Deus é bom! Agradeço as orações dos irmãos e as mensagens que recebi nesse sentido. Foram quase dois meses sofrendo, porém me sinto bem e com a tensão ocular dentro do normal.

Ruth, nossa filha, está entrando no sétimo mês de gestação. Está linda como sempre e muito amada! O Samuel, que está a caminho, está muito bem e, pelo visto, será um menino grande. O Daniel com três anos está crescendo rapidamente, continua na escola e tem sido uma bênção em nossas vidas. Ruth está nos dando uma força enorme no trabalho da igreja, colaborando tanto no louvor congregacional como no grupo de jovens.

O Leandro continua em Madri e buscando emprego. Enquanto isso, está fazendo um outro mestrado que abrirá portas para conseguir pontos em vista de um futuro contrato de trabalho. Sabemos que Deus tem um plano muito especial para ele e oramos para que siga sempre como tem sido, um filho querido e firme nos caminhos de Deus. Atualmente, está colaborando com uma Igreja Batista que se encontra no térreo da residência em que mora.

A situação sanitária em que vivemos tem levado o governo de Andaluzia a sérias restrições para evitar o aumento no número de contagio do Covid. O comércio não essencial está obrigado a fechar às 18:00 horas. E o “toque de queda” obriga a população a estar em casa às 22:00hs com pena de multa. Graças a Deus a curva de contagio está mais estável, apesar do triste aumento diário no número de falecidos. Temos orado a Deus que nos guarde a todos, porque a rede hospitalar está no seu limite. Apesar de tudo isso, não tivemos nenhum caso na Igreja. Estamos abrindo a igreja nas terças, com a reunião de oração, e nas quintas-feiras, com o estudo bíblico. No sábado, reduzimos o número de reunião dos jovens para uma vez ao mês até que se normalize a situação. Os cultos dominicais estão normais de horário, porém limitados à 1h30m e, finalizado o culto, pedimos aos irmãos que conversem na calçada da igreja e que não demorem a ir para casa. É tudo muito estranho chegar a pedir isso, porém faz parte do cuidado que devemos ter. Seguimos com as medidas de higiene e com a distância de segurança em todo recinto da igreja e, graças a Deus, tem funcionado perfeitamente bem.

Estamos tão agradecidos a Deus pela maturidade espiritual que temos visto nos irmãos. Deus é muito bom e nos está dando o privilégio de ver tanto o crescimento espiritual com numérico da igreja. As reuniões semanais e os cultos dominicais têm sido uma bênção e muito bem frequentados. Temos recebido famílias

novas e, graças à boa localização da igreja, muitos passam pela frente, entram e continuam a assistir com regularidade.

Os jovens estiveram reunidos no sábado, día 14 e, apesar da ausência de alguns, foi um tempo maravilhoso de comunhao entre eles. Muitas das suas atividades planejadas não vao poder ser realizadas em virtude da situaçao sanitária que nos encontramos. Uma vez ao mês estamos dando a oportunidade para que os jovens tenham uma considerável participaçao no culto dominical, com o objetivo de ir preparando-os para uma futura liderança efetiva.

Estamos orando a Deus para que retornemos com as visitas pastorais, com o
discipulado, com o acompanhamento ao Centro de Idosos e demais atividades essenciais da igreja. Faz muita falta! Desde março não temos o almoço comunitário. E a comunhão com os irmãos é uma característica nossa a muitos anos. Sentimos uma enorme limitação para realizarmos as atividades, porém temos aprendido a depender de Deus e confiar em Sua eterna graça.

PEDIDOS DE ORAÇÃO:

  1. Pelo retorno às atividades normais da igreja.
  2.  Pela realização da programação natalina.
  3. Pelo jantar de natal – Não estamos seguros se vamos ou não poder fazê-lo já que não se pode fazer nenhum tipo de almoço ou jantar no local da igreja. Estávamos pensando em realizá-lo em um restaurante conhecido e a data prevista seria o dia 11 de dezembro.
  4. Pelas novas famílias que estão assistindo à igreja.
  5. Pelas crianças da escola dominical.
  6. Pela saúde dos irmãos.

Agradecemos a todos pelo carinho e por suas orações. Que Deus os abençoe ricamente.
Em Cristo.


Pr. Everton e Nayra

 

 

Compartilhe esta postagem

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on twitter

Últimas postagens

Você pode contribuir para o Evangelho a qualquer momento com sua oferta.
Informativos