Skip to content

Rev. Everton Pita e Nayra

Espanha, junho, 2020

Caros irmãos,

Depois de quase três meses fechada devido ao estado de alarma decretado pelo governo da Espanha, por causa da crise sanitária provocada pelo Covid-19, a nossa Igreja Presbiteriana de Sevilha reabre as suas portas com um culto de ação de graças a nosso bondoso e eterno Pai.

Reabrimos com algumas mudanças que vêm à raiz dos cuidados necessários para evitar o contagio do vírus. Tais medidas de segurança deram um aspecto diferente à igreja como podem observar nas fotos, porém não nos impediu de adorar a Deus e louvar o Seu nome e agradecer pela saúde, pelo retorno às atividades e pelos 15º anos de fundação da igreja.

Aproveitamos o período em que a igreja esteve fechada para reorganizar alguns detalhes, como por exemplo pintar o local e espalhar as cadeiras para adaptar ao número reduzido de pessoas por determinação do governo.

Realmente foi uma alegria reencontrar os irmãos que nos víamos só por vídeo conferencia. O problema foi evitar os abraços, os beijos e a recepção calorosa bastante típica do povo espanhol, especialmente do sevilhano. Porém fizemos tudo muito bem e com responsabilidade, algo que deve caracterizar o crente.

Foi um culto de gratidão a Deus, como mencionamos anteriormente. A liturgia foi apropriada para o momento e para o tempo máximo de 90 minutos, também estabelecidos pelo governo para uma reunião pública.

A nossa filha Ruth dirigiu o louvor congregacional com o acompanhamento da Nayra no teclado. O Pastor Alejandro nos trouxe a mensagem baseada em Ezequiel 37:1-14 que tanto nos edificou.

Com o número bastante reduzido de pessoas, imortalizamos o momento com uma foto histórica da família Presbiteriana, pelo menos parte dela, pequena, porém bem representada, graça a Deus.

Parte do grupo de louvor com o seu uniforme dominical e a espantosa máscara obrigatória que, obviamente, não faz parte da vestimenta.

Realmente é uma situação que ninguém esperava passar, mas que nos tem dado muitas lições.

Confiamos em Deus que seguiremos firmes em Seus propósitos e que nada nem ninguém nos impedirá semear a Palavra de Deus e de viver com alegria no centro da Sua boa, perfeita e agradável vontade.

Fazer a obra missionária é um privilégio recebido das mãos de Deus e fazer parte dela é uma bênção, apesar as lutas e desafios, porém jamais deixa de ser sempre uma alegria e uma satisfação plena e constante. Nayra e eu temos visto a nossa família crescer nos caminhos do Senhor e servi-lo de coração e com todo o seu amor. É verdadeiramente a graça bendita de Deus sobre os seus, renovando a cada dia a Sua eterna misericórdia.

Um grande abraço e muito obrigado a todos por suas orações.

Em Cristo.

Pr. Everton, Nayra e Igreja de Sevilha

 

 

Compartilhe esta postagem

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on twitter

Últimas postagens

Você pode contribuir para o Evangelho a qualquer momento com sua oferta.
Informativos