Skip to content

Rev. Everton e Nayra (Espanha) – 07/11/2012

Os nossos filhos estão bem e seguem com as suas ocupações diárias que na verdade não são poucas. Os dois são ricamente abençoados por Deus, mas a nossa maior alegria é que estão firmes nos caminhos do Senhor e envolvidos em Sua igreja. Aqui as oportunidades para um jovem se afastar dos caminhos do Senhor são abundantes, em virtude do estilo de vida liberal da sociedade. Pedimos ao Senhor que eles continuem sempre como são. O Leandro está fazendo o possível para terminar o curso de arquitetura no próximo ano, no mês de julho. A Ruth está empenhada por terminar o seu trabalho de fim de mestrado e apresentá-lo agora no dia 20 de dezembro, investigação que vem como fruto de longas horas de tarefas com a sua tutora da Universidade. 

Graças a Deus a igreja recebeu os alimentos fornecidos pela União Europeia, pois como havíamos pedido as suas orações em cartas anteriores, já estávamos a meses sem recebê-los por causa da crise financeira que afeta a Europa, prejudicando as nossas famílias cadastradas no projeto social. É muito doloroso presenciar o sofrimento de tantas famílias necessitadas, inclusive algumas estão ameaçadas de perder o seu apartamento por falta de dinheiro para pagar a mensalidade ao banco. Algumas delas compraram o seu imóvel quando tinham emprego, porém agora com o desemprego estão se vendo no aperto para cumprir o seu compromisso mensal. Não estamos falando de imigrantes, mas sim na maioria de famílias espanholas. Porém o Senhor tem cuidado dos Seus de uma forma tão maravilhosa e tem suprido as suas necessidades. Mesmo com uma receita mensal tão pequena em nossa igreja, ainda assim temos conseguido ajudar aos membros comungantes mais necessitados, dando-lhes alguns produtos complementares como é o caso de fraldas para a recém-nascida do casal nigeriano, Jacob e Doris.

Dentro de poucas semanas teremos o batismo e a profissão de fé de um jovem-adulto (Oscar) e de uma jovem (Yensi) que estão sendo discipulados. Estamos bem contentes com eles e com os outros que se converteram inclusive a Yensi tem levado as suas amigas à igreja e uma senhora e a sua filha já estão frequentando regularmente os cultos dominicais.

        

No dia 27 de outubro fomos à cidade de Rota, Cádiz, para realizar o primeiro culto na casa de Maricarmen e Jesus, família da igreja que ali está morando por motivo de trabalho. Essa família tem 4 filhos e estava sem frequentar nenhuma igreja, motivo pelo qual começamos a nos reunir em sua casa pelo menos uma vez ao mês, considerando a distância e os gastos. Temos orado por isso e pedimos que nos ajudem em oração, porque a nossa igreja não tem condições de assumir mais uma despesa mensal. 

 

O culto foi maravilhoso e apesar de não haver tido tanta gente, a Nayra ficou com as crianças, a Ruth com os adolescentes e os jovens e adultos ficaram comigo.

 

Depois do culto tivemos um precioso almoço e uma maravilhosa comunhão. Estamos orando para que o Senhor modele esta situação e faça a Sua vontade, pois é o que mais anelamos, a fim de sabermos se tomaremos este trabalho como a primeira congregação da Igreja de Sevilha. 

 

Pedidos de Oração:

 

  1. Orem pelo Oscar porque acaba de perder o seu emprego e tem esposa (Maria) e dois filhos pequenos para sustentar.
  2. Orem por Elena, uma senhora que se converteu na igreja e tem permanecido firme também nos cultos semanais. O seu esposo e dos dois filhos ainda não foram à igreja.
  3. Orem por Loli, que tomou uma decisão por Cristo, porém tem ido muito pouco aos cultos. 
  4. Orem por José Garrido que está com problemas de saúde e no tem ido à igreja, no entanto tem melhorado bastante e tem demonstrado um grande desejo de voltar a se congregar.
  5. Orem pelas famílias que estão prestes a perder o seu apartamento. A sociedade espanhola está pressionando o governo federal para que tome medidas urgentes e reforme de uma vez por todas a lei, amenizando a situação das famílias que não têm para onde ir. É curioso que os bancos tomam os imóveis e os deixam fechados por não conseguirem revendê-los por falta de compradores. 
  6. Orem pelo calendário das festas de final de ano da igreja. 

 

Queridos, recebam o nosso forte e carinhoso abraço e que o Senhor os abençoe ricamente.

Obrigado por tudo.

 

Em Cristo.

Pr. Everton e Nayra 

 

Compartilhe esta postagem

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on twitter

Últimas postagens

Você pode contribuir para o Evangelho a qualquer momento com sua oferta.
Informativos