Skip to content

Rev. Euripides Dantas e Esther

Croácia, janeiro de 2021

E HOUVE GRANDE BONANÇA!

“(…) E levantou-se grande temporal de vento, e subiam as ondas por cima do barco, de maneira que já se enchia. E ele (Jesus) estava na popa, dormindo sobre uma almofada, e despertaram-no, dizendo-lhe: Mestre, não se te importa que pereçamos? E ele, despertando, repreendeu o vento, e disse ao mar: Cala-te, aquieta-te. E o vento se aquietou, e houve grande bonança (…). Quem é este que até o vento e o mar lhe obedecem?” Mc 4.35-41

Este relato bíblico me encanta pelos detalhes. Consigo imaginar a mudança repentina na coloração das nuvens, o barulho ensurdecedor do vento, o mar revolto, as ondas se chocando contra a pequena embarcação, o som das vozes dos discípulos e o pavor estampado em seus rostos. Também consigo ver, em meio a toda essa agitação, a calma e o sono profundo de Cristo que, por ser homem, descansava deitado na popa do barco, sabendo que estava seguro nos braços do Pai. Mas, sendo Deus, tinha autonomia para exercer controle sobre toda a criação, e até o vento e o mar lhe obedecem.

Existe semelhança entre essa narrativa e as nossas histórias. Em certos momentos também enfrentamos situações que nos fazem sentir como se estivéssemos no meio da tempestade. É como se ventos fortes e ondas bravias assolassem os nossos corações com desesperança, medo e angústia. Nesses momentos, precisamos lembrar que não estamos sozinhos, pois o Emanuel, o Bom Pastor, o Senhor e Redentor nosso está conosco. Ele é refúgio e fortaleza. Ele é consolo e esperança ao coração aflito. Ele é porto seguro para ancorarmos a nossa vida.

Nós do Projeto Tito temos certeza de que com Cristo, por Cristo e para a glória de Cristo viveremos, com contentamento, esperança e alegria, o que nos aguarda no ano de 2021.

Agradecemos a você e sua família pela parceria durante o ano de 2020. Louvamos a Deus pelas orações, pelas mensagens de ânimo e pelas ofertas. Sua fidelidade a Deus e sua integridade em relação ao Projeto Tito nos alegra. Continuamos contando com você em 2021. Que o Ano Novo seja cheio de bênçãos!

 

Em Cristo,

Pastor Dantas, Esther e Equipe Tito

 

INFORMAÇÕES SOBRE O CAMPO

 

Respostas a algumas perguntas feitas com frequência.

 

  1. COMO ESTÁ O APRENDIZADO DO INGLÊS?

Chegamos à Irlanda no dia 07 de outubro de 2020, em meio à pandemia de COVID-19, mas com o país aberto por um período de 14 (catorze) dias. Pouco depois da nossa chegada, fechou novamente. Estão funcionando apenas os comércios essenciais. Essas restrições prejudicam o aprendizado do inglês, pois só podermos ter aulas online. Além disso, nosso contato com a população local acaba sendo limitado, o que impede uma maior interação com falantes nativos ou outros migrantes mais fluentes no idioma. No entanto, sabemos que ainda é melhor estar estudando inglês aqui do que no Brasil, pois, apesar de todas as limitações, experimentamos a imersão linguístico-cultural.

 

  1. COMO É VIVER NA IRLANDA?

Temos consciência de que a Irlanda é um campo intermediário e, por isso, é bem menor a preocupação com a adaptação cultural. Além disso, temos uma tolerância maior às questões climáticas, envolvendo a chuva, o frio intenso e o dia cinza, pois sabemos que são situações provisórias. Mesmo assim, os primeiros dias foram desafiadores, da mesma forma que seriam se tivéssemos mudado para qualquer outro país. Hoje, já estamos mais adaptados. Cremos que, pela graça de Deus, foi uma boa escolha de campo intermediário, devido às muitas semelhanças com a Croácia.

 

  1. EM QUAL IGREJA VOCÊS ESTÃO CONGREGANDO NA IRLANDA?

Como falamos anteriormente, o país está fechado, o que inclui as igrejas. Por isso, continuamos participando dos cultos realizados no Brasil, através da internet, pois é a única opção que temos no momento.

 

  1. QUAIS FORAM OS MAIORES DESAFIOS ATÉ AGORA?

– O estudo-aprendizado do inglês;

– A comunicação inicial com as pessoas;

– Os dias cinzentos e o clima frio e chuvoso característicos do país;

– A alimentação, pois as comidas são, em geral, muito apimentadas para o nosso paladar (além de outras diferenças já esperadas).

– A desvalorização do Real em relação a outras moedas, o que diminui nosso poder aquisitivo e gera preocupações.

  • A falta que sentimos da igreja, da família e dos amigos.

Quanto ao mais, irmãos, sejam fortalecidos no Senhor e na força do seu poder. Nós, graças a Deus estamos bem! Cristo, o nosso Bom Pastor, tem suprido todas às nossas necessidades. Somos gratos a Deus e aos que tem se associado conosco nesta missão.

 

Ore pela Equipe Tito, pela Croácia, pela APMT e pelos parceiros.

Compartilhe esta postagem

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on twitter

Últimas postagens

Você pode contribuir para o Evangelho a qualquer momento com sua oferta.
Informativos