Skip to content

Rev. Dirceu e Tirza Mendonça

Huelva, setembro de 2020.

 

Compassivo e justo é o Senhor; o nosso Deus é misericordioso. O Senhor vela pelos simples; achava-me prostrado, e ele me salvou. Volta, minha alma, ao teu sossego, pois o Senhor tem sido generoso para contigo.” Salmo 116. 5-7 

 

Queridos, como é bom saber que nosso Deus está presente em cada momento de nossa vida e que tudo está sob Seu controle, não é? Essa é a nossa esperança, a certeza que nos faz caminhar com segurança e paz, apesar das tribulações.

 

Anunciamos diariamente, como servos de Deus, que Ele está atento a nossa vida, por mais que alguém possa sentir-se solitário, abandonado ou, em muitos casos, ainda que alguém sinta-se “muito” pecador, a tal ponto de considerar-se abominável diante de Deus, nosso Senhor está sempre presente porque é compassivo, justo e misericordioso.

 

Um dos jornais espanhóis de grande circulação trouxe, no dia de ontem, uma reflexão sobre nossa capacidade de adaptar-nos as circunstâncias, mas, ao mesmo tempo, nossa incapacidade de permanecer sensíveis à dor alheia quando as tragédias se fazem constantes. Em realidade, tentamos nos adaptar à dor para torná-la menos dolorosa, como se isso fosse possível. Muitos podem se submeter a uma espécie de engano coletivo, um tipo de anestesia social, como se pudéssemos olhar para o outro lado afirmando que “a vida continua”, quando na verdade nada continua com normalidade.

 

Há 11 anos os jornais espanhóis alardeavam que havíamos entrado em uma das maiores crises econômicas da história, hoje a crise econômica é maior. Há 6 meses diziam que buscavam uma saída para a crise de saúde. Atualmente afirmam que as incertezas são abundantes e os contágios e mortes continuam. Quando se pergunta ao cidadão sobre a solução, passivamente responde que nos toca sobreviver e esperar.

 

Não é assim com nosso Deus, pois Ele está velando por nós. Sua generosidade fará com que nossa alma se assossegue mesmo diante de tantos “laços de morte” (v.3). Assim também é a Sua igreja que crê e dá testemunho de sua fé dizendo como Agostinho em suas Confissões: “Senhor, deveras sou teu servo, teu servo, filho da tua serva”, e podemos acrescentar, “quebraste as minhas cadeias. Oferecer-te-ei sacrifícios de ações de graças” (v.16 e 17).

 

Cremos em um Deus que intervém e que se importa com cada detalhe.

 

Amados irmãos e amigos, diante de tanta dúvida neste país agravada pelo abandono da fé cristã, continuamos nossa caminhada de testemunho e anúncio da salvação em Jesus Cristo. O Senhor nos tem dado inúmeras oportunidades de socorrer aqueles que se encontram em desespero, muitos por seu próprio pecado, vendo que o Espírito Santo lhes está confrontando para o arrependimento.

 

Temos acompanhado diariamente os desafios de nossas queridas igrejas no Brasil, vendo como o Senhor tem fortalecido nossos irmãos e multiplicado em seus corações a fidelidade e a compaixão, pois mesmo em atribulação, se movem para ajudar os que estão sofrendo, socorrer aos que necessitam auxilio financeiro e anunciando sem cessar, que Jesus é Senhor e Salvador, mesmo com as limitações impostas por este tempo tão especial. Glória a Deus por Sua obra através de nossas igrejas que tem alcançado até os confins do mundo.

 

Agradecemos ao Senhor:

 

– O socorro enviado por nossas igrejas e irmãos diante do caos econômico que fez com que o Euro alcançasse valores tão altos tem sido contínuo, possibilitando cobrir o déficit;

– A saúde física e emocional de nossa família tem sido preservada pelo Senhor;

– As oportunidades de dar testemunho de Cristo às pessoas afligidas por este tempo tão difícil tem se multiplicado, graças a ação do Espírito Santo nos corações;

– O Mateus, Gabriela, Daniel e Maíra estão bem, graças ao Senhor;

– Apesar de tantas limitações, nossa igreja tem se reunido na maior parte das vezes com todos os seus membros, seja nos domingos ou nas quartas-feiras para orar;

– Temos discipulados e estudos bíblicos quase todos os dias, especialmente para fortalecimento dos quebrantados de espírito.

– Temos feito algumas Lives com crianças e juniores. Tem sido uma bênção. Recentemente estreamos um novo boneco para nosso trabalho com ventriloquia. Somos gratos a Deus pela oportunidade de apoiar algumas igrejas em suas atividades on-line.

 

Clamamos ao Senhor:

 

– Que Ele possibilite a continuidade do apoio e socorro de nossas igrejas parceiras a todos os missionários que estão em muitas partes do mundo anunciando o nome de Cristo;

– Por nossa família: O Mateus e a Gabriela moram em bairros de Madri com um alto índice de contágio. O Mateus tem se dedicado a novos programas evangelísticos na rádio. O Daniel já voltou a trabalhar na sede da empresa e a Maíra continua sua atividade diária na igreja.

– Por nossa igreja: Alguns irmãos estão em alerta por suspeita de contágio de um dos companheiros de trabalho. Estamos cuidando de pessoas que necessitam de apoio espiritual e emocional.

– Temos familiares contagiados por Covid e outro que está passando por exames por um problema no coração.

– O Rev. Dirceu “pai” está hospitalizado. Considerando seus 80 anos e os antecedentes de saúde, sua situação inspira cuidados, apesar de não se tratar de nada grave.

 

Queridos irmãos, muito obrigado por estarem sempre junto a nós. O Senhor é sempre maravilhoso e coloca ao nosso lado a cada um de vocês. Deus abençoe e guarde a Seu querido povo.

 

Dirceu e Tirza de Mendonça.

 

ENDEREÇO – Calle El Granado, 38, 3º B, Huelva – CP. 21007 – España
E-mails: [email protected][email protected]
Facebook
: www.facebook.com/dirceutirza.mendonca

WhatsApp: +34.665303977

Banco do Brasil: Ag. 0659-9 / Conta: 1156-8

Compartilhe esta postagem

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on twitter

Últimas postagens

Você pode contribuir para o Evangelho a qualquer momento com sua oferta.
Informativos