Skip to content

Rev. Celso e Leiliane Dias (Portugal) 8/11/2014

 

Aos irmãos, mantenedores e amigos,

Pela graça de Deus estamos conseguindo adaptar a Portugal. Agora já esfriou bastante, mas já não nos assusta tanto como poderia assustar pessoas que viveram a maior das suas vidas em climas quentes como em novo caso, especialmente em climas muito quentes como é o Timor-Leste, onde vivemos até o ano passado. Temos já ajustado um pouco ao ritmo do país e penso que este ano as coisas serão melhores do que o ano passado.

O trabalho na igreja tem caminhado bem, é claro que dentro do ritmo de Portugal que muito diferente do ritmo brasileiro em relação às respostas que gostaríamos imensamente de ter. Mas temos procurado entender e trabalhar para que possamos ter uma boa colheita no futuro. Tivemos a grata alegria de no final do mês passado receber dois novos membros portugueses por pública profissão de fé e batismo. Este ato não é tão comum aqui infelizmente, mas o Senhor nos deu a oportunidade de participar desta recepção destes novos membros. Para Portugal esta é uma notícia extremamente agradável, porque  há poucos portugueses dispostos a simplesmente ouvir a pregação do evangelho e quando encontramos pessoas que querem seguir Jesus, sabemos que é uma festa no céu, mas também para nós aqui uma única pessoa é motivo de festa. Esperamos que mais e mais pessoas possam se disporem a servir a Jesus e nós tenhamos a oportunidade de compartilhar o evangelho com tais pessoas.

Os nossos meninos têm estado muito bem na escola, já começaram o novo ano letivo, tanto a Sarah na Universidade e o Luigi na Escola Secundária. A nossa esperança é que eles se saiam muito bem  nas suas respectivas escolas e tenham uma boa formação nos cursos que freqüentam. Estamos nos envolvendo mais na comunidade ao redor, conhecendo as pessoas e participando de atividades de assistência social, o que faz com que conheçamos melhor o dia a dia das pessoas da nossa área e ao mesmo tempo, também as pessoas comecem a nos conhecer. Os relacionamentos aqui em Portugal demoram tempo em ser construídos e tendem a ser para o resto da vida, daí esta grande dificuldade na construção destes relacionamentos.

Uma grande notícia também que recebemos é que a Igreja que ajudamos a plantar em Timor-Leste, terá o seu templo inaugurado agora no mês de dezembro. Fomos convidados para participar desta inauguração, mas devido a distância e o preço da passagem, infelizmente mão podemos estar com os irmãos lá. No entanto, é motivo de grande alegria e para nós e para todos aqueles que participam do nosso ministério deste o tempo em Timor, esta igreja plantada em Díli tem participação de nossos intercessores e mantenedores, porque participaram de tudo isto e agora podem também se alegrar com esta igreja, porque cada um dos que participam conosco em nosso ministério tem parte nisto.

 

MOTIVOS DE LOUVOR

– Pela inauguração do templo da Igreja Presbiteriana Central de Díli – Timor-Leste.

– Pela recepção de dois novos membros portugueses em nossa igreja.

– Por algumas pessoas que tem passado a freqüentar a nossa igreja.

– Pela boa comunhão que temos experimentado em nossa igreja.

PEDIDOS DE ORAÇÃO

 – Por podermos enfrentar o alto custo de vida em Portugal.  

 – Para que a igreja consiga crescer e nós saibamos aproveitar as oportunidades que surgirem para a evangelização.

 – Pelo bom desempenho dos nossos filhos na escola.

– Para que os visitantes sejam bem acolhidos em nossa igreja e possam permanecer.

Em Cristo,

Rev. Celso Dias Alves

Compartilhe esta postagem

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on twitter

Últimas postagens

Você pode contribuir para o Evangelho a qualquer momento com sua oferta.
Informativos