Skip to content

Rev. Celso Dias Alves e Leiliane (Portugal) 03/01/2014

Aos irmãos, mantenedores e amigos,

Primeiramente desejamos a todos vocês um feliz ano de 2014 e que o Pai celeste inunde as suas vidas com toda sorte de bênçãos espirituais. Que o SENHOR possa no ano que se inicia abençoá-los de tal modo, que possam obter tudo aquilo que necessitam para o suprimento das suas necessidades e também possam atingir os seus principais objetivos.

Chegamos a Portugal no último dia 11 de setembro, depois de uma rápida estada no Brasil, onde pudemos visitar igrejas, fazer conferências, rever amigos e familiares. Conseguimos matricular sem problemas a Sarah na universidade e o Luigi, já estava matriculado na Escola Secundária. O princípio da nossa adaptação ocorreu sem sobressaltos, dentro da normalidade que acontece nesta situação.

 

CULTO NA IGREJA EM LISBOA

 

Fomos designados inicialmente para cooperar com uma pequena igreja aqui em Lisboa, e com a viagem do missionário americano, Rev. Glenn aos EUA no mês de outubro estivemos a frente da Igreja durante este tempo. Este pastor é o responsável por esta igreja. Ele retornou no início de novembro. É uma igreja pequena que luta para sobreviver, tem uma pequena membresia composta principalmente por adultos acima de 40 anos. Agora, pela graça de Deus começa a chegar alguns jovens como os meus filhos e também algumas crianças começam a ser alcançadas. Já há um planejamento para ter uma classe de escola dominical para as crianças, algo impensado quando chegamos aqui. Vemos isto como a graça de Deus nos abençoando, já que Portugal é um terreno muito duro e um povo muito difícil de ser alcançado.

No entanto, tivemos um problema bem sério, quando procuramos a imigração aqui. Os documentos apresentados não foram satisfatórios já que o nosso caso é especial, considerando que o visto de residência deve ser para religioso, e este tipo de visto só se inicia o processo para tirá-lo no país de origem. Com isto fomos obrigados a ir ao Brasil para acertar esta documentação. Estivemos no Brasil e pela graça de Deus conseguimos iniciar este processo e retornar a Portugal ainda para o natal e pudemos passar o natal junto com a família. Esta estada no Brasil foi um gasto a mais que não estava nos planos, mas pudemos concentrar neste objetivo e assim alcançamos este objetivo pela graça de Deus. Neste tempo, a Leiliane e os meninos ficaram em Portugal, os meninos porque precisavam continuar a estudar e a Leiliane teve um trabalho dobrado, porque além das atividades normais de dona de casa, ela teve que correr atrás de documentação e resolver todos os problemas que surgiram.

O ano de 2014 deverá ser um ano com bastante trabalho, já que o pastor americano ficará 06 meses nos EUA, e durante este tempo deveremos trabalhar junto a esta igreja que temos cooperado, mas a frente do trabalho. Teremos que terminar a nossa adaptação, Portugal é muito frio e não estávamos acostumados com isto. Durante este tempo temos que acabar de acertar a documentação para a imigração. Os próximos meses de fato serão desafiadores para nós, considerando que teremos a responsabilidade com igreja, em que você pode contar com poucas pessoas e procurar desenvolver o trabalho visando a consolidação da igreja, já que a igreja não é autossustentável, nem nas atividades espirituais e nem financeiramente.

MOTIVOS DE LOUVOR

Por termos conseguido acertar a documentação no Brasil.

Por termos conseguido um tratamento odontológico feito pelo Dr. Luiz Petrilli e família, durante a nossa estada no Brasil. Tratamento muito caro e que ele disponibilizou como oferta missionária.

Por termos conseguido um exame igualmente caro em Gov. Valadares, através do irmão Ademar Monte Alto, também como uma oferta missionária.

Por termos encontrado a família no nosso retorno a Portugal, muito bem.

Pela Leiliane ter conseguido resolver todos os problemas aqui em Portugal, enquanto estivemos no Brasil.

PEDIDOS DE ORAÇÃO

Para uma boa adaptação ao país. Para que nós aprendamos a conviver com o frio intenso que se faz aqui. Já que sempre vivemos em lugares quentes.

Pela obtenção do visto de residência. O processo começou no Brasil, mas aqui nós temos que continuar para a obtenção deste visto de residência.

Para conseguirmos fazer um bom trabalho na pequena igreja que estaremos a frente nos próximos seis meses.

Para que consigamos relacionar bem com os portugueses a fim de cumprirmos bem a nossa missão aqui.

Para que os nossos filhos possam ter um bom desempenho na escola no ano de 2014.

Em Cristo,

Rev. Celso Dias Alves

Compartilhe esta postagem

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on twitter

Últimas postagens

Você pode contribuir para o Evangelho a qualquer momento com sua oferta.
Informativos