Skip to content

Rev. Cácio e Elisângela Silva

Tribo Y, 24 de Março de 2020.

Queridos irmãos,

Gratos a todos que têm orado por nós e feito contato para verificar como estamos, escrevemos para dar rápidas notícias.

Cheguei há poucos dias das aldeias Yuhupdeh, onde nem as notícias do coronavírus já tinham chegado. Infelizmente, fui portador de más notícias desta vez. Alguns “vendavais” passaram pela igreja nos últimos meses, quanto todas as famílias estavam dispersas em acampamentos, cidade e noutras aldeias. Nosso tempo ali foi de muito aconselhamento, encorajamento e também disciplina. A igreja segue em consolidação e mais um grupinho está pedindo batismo. Graças a Deus.

Ao regressar, o COVID-19 já havia rapidamente se tornado uma pandemia! Muitas informações para processar e várias medidas para se tomar como missão. Todos os colegas que estavam em aldeias retornaram de imediato para as cidades. Todas as atividades foram suspensas até segunda ordem, incluindo os cultos nas igrejas. A orientação é isolamento domiciliar e as pequenas cidades do interior do Amazonas, incluindo as da nossa região, estão isoladas. Aqui não tem acesso terrestre e o transporte de passageiros seja por vai fluvial ou aérea está suspenso, restrito a casos de emergência de saúde.

Contudo, nossa família, assim como todos da equipe Amanajé, está bem, em paz e guardada pelo Senhor. Nosso principal motivo de oração é pelos indígenas, visto que o sistema imunológico deles é mais vulnerável a doenças virais. Até agora, nenhum caso confirmado por aqui. Oremos por eles e uns pelos outros.

No Senhor, nossa fé e nossa segurança,

Rev. Cácio e Elisângela, Maria Elisa e Micael Silva

Compartilhe esta postagem

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on twitter

Últimas postagens

Você pode contribuir para o Evangelho a qualquer momento com sua oferta.
Informativos