Skip to content

Rev. Antônio Xavier e Nete

Guiné Bissau, abril de 2021

 

Olá queridos Parceiros do campo missionário!

Somos gratos a Deus por contarmos com vocês na missão de alcançar o povo da Guiné-Bissau com Sua Palavra. É um privilégio transmitir ao povo a mensagem do amor de Deus na língua que lhes fala aos seus corações.

Em nossas igrejas – Pirada – Os primeiros meses deste ano foram marcados com algumas mudanças em nossa igreja em Pirada. Contávamos com o pastor Aliu à frente das atividades, mas pelo fato dele ser tradutor da Bíblia da língua Fula da Guiné-Bissau, teve que ser dispensado para que pudesse se dedicar mais especificamente a este trabalho. Ele tinha pouco tempo para atuar na igreja e dar assistência a família, assim eles se mudaram para perto do escritório de tradução instalado em Gabu. Com isso, o Conselho da IPG (Igreja Presbiteriana de Gabu) resolveu substituí-lo pelo Presb. Rui Nanquesa. Foi uma mudança necessária para que a Igreja de Pirada continuasse crescendo. Logo ao chegar, o Presb.Rui identificou a necessidade de iniciar uma classe de discipulado. Nós o apoiamos e dispusemos bíblias em crioulo para cada participante. Em breve teremos uma classe de batismo.

Em Serração a igreja continua atuante e influenciando às comunidades vizinhas por meio da escola. Temos contado com o incansável apoio do irmão Iafai e família.

Em Bissau temos buscado estabelecer e apoiar às igrejas presbiterianas da cidade. Em janeiro nos mudamos para casa onde morava o Rev. Paulo Serafim. A Nete aproveitou para dar continuidade ao evangelismo de rua que era feito pela missionária Maria. Deus nos tem concedido graça diante das oportunidades.

Tradução da Bíblia – Este primeiro trimestre foi bem produtivo tanto com a língua SNK como também para a língua Bidjagô. Com os SNK, conseguimos deixar as cartas de 2a Coríntios, Efésios e Colossenses prontas para verificação e correção. Conseguimos fazer a consultoria de Gálatas e 1a Coríntios; trabalhamos três semanas e ambas as cartas foram aprovadas pelo nosso consultor Roger Reeck. Estamos planejando para que que, em breve, possamos realizar a consultoria dos livros em correção.

Com os bidjagôs fizemos uma pré-consultoria dos livros de Juízes e Neemias. Foram duas semanas de muito trabalho. Estamos planejando uma consultoria, mas ainda não sabemos quais livros serão submetidos; isso dependerá dos consultores em disponibilidade.

Uma outra benção foi a oportunidade de contribuir no treinamento de mais uma equipe de tradutores nacionais. Desta feita foi a equipe de tradução do AT da língua mandjaco. Louvamos a Deus por mais esta iniciativa do ITA-GB (Instituto de Tradução e Alfabetização da Guiné-Bissau).

Atividades de ação social

Educação — O novo decreto do governo relacionado a pandemia só afetou às escolas de Bissau durante os meses de janeiro e fevereiro. As escolas das demais regiões funcionaram normalmente. Nossas escolas continuam respondendo bem dentro do programado para o ano letivo. Os professores continuam empenhados em compartilhar aos alunos a Palavra de Deus e todo plano pedagógico desenvolvido na escola. Louvamos a Deus pela oportunidade de semear na vida destas crianças.

Saúde – A situação relacionada ao COVID permanece estável. Tivemos um pequeno aumento no número de casos confirmados, mas sem muitas mortes. Ao longo de todo período da pandemia, pela graça de Deus, tivemos menos 70 mortes. A vacinação está acontecendo, e nós conseguimos tomar a primeira dose, a segunda está agendada para julho. Deus é bom e tem nos preservado!

Nossa família – Somos gratos a Deus por seu cuidado para conosco, em todos os aspectos. Conseguimos alugar uma casa próxima da escola do Alex. Uma benção!

Nós estamos planejando uma viagem para o Brasil no início do segundo semestre, mas ainda não sabemos se será possível, tendo em vista a crise sanitária que o Brasil está enfrentando. Esta viagem faz-se necessária pelo fato de necessitarmos fazer um check-up de nossa saúde e por estarmos há quatro anos sem visitar as igrejas parceiras.

Motivos de agradecimentos:

  • Somos gratos a Deus por sua graça, provisão e bondade para com a nossa família;
  • Louvamos a Deus pelos alvos alcançados, especialmente no trabalho de tradução da Bíblia;
  • Pela forma como Deus tem preservado o povo guineense em meio a pandemia;
  • Pela unidade de nossa equipe missionária e pelos irmãos nacionais que estão contribuindo com a pregação do evangelho em Guiné-Bissau.
  • Pelo crescimento espiritual de nossos irmãos, principalmente os novos convertidos;
  • Pelo Presb. Rui que aceitou o desafio de contribuir com o trabalho de Pirada;
  • Pelo período da campanha da castanha de caju. Este é o momento em que o povo consegue dinheiro para complementar o sustento familiar.

 

Desejamos que os irmãos sejam sustentados e confortados pelo Senhor nestes dias difíceis que todos estamos enfrentando. Conte com nossas orações!

Nossa gratidão a todos vocês que nos acompanham em oração e participam financeiramente deste projeto missionário.

 

Em Cristo, nossa esperança.

Toni, Nete e Álex.

Compartilhe esta postagem

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on twitter

Últimas postagens

Você pode contribuir para o Evangelho a qualquer momento com sua oferta.
Informativos