Skip to content

O. F.

Oriente Médio, novembro de 2021

 

Sinto fortemente que preciso ter um conhecimento mais claro de Cristo e um senso perceptível de sua presença e amor. Ser missionário sem ter amor fervoroso por Cristo e zelo pelas almas é mau negócio. Devo renovar a minha consagração” ASHBEL GREEN SIMONTON (1834-1867)

 

 CASAMENTO

Nosso pastor Z* vai casar no dia 11 de novembro. Na realidade, dia 11 só começa, pois casamentos aqui  duram uma semana. A igreja está muito feliz e Z* mais ainda. Será um novo tempo, um novo ciclo para ele e para toda a igreja. Esteja orando por eles. 

O DESAFIO DO NOSSO CENTRO

Amados estamos reunindo semanalmente discutindo a questão do orfanato para nossas crianças órfãs. Temos em caixa 5.450 dólares, mas a arquiteta acredita que precisamos de pelo menos 10 mil dólares para começarmos as obras. Temos urgência, mas por outro lado, não temos como dar inicio as obras. Por favor, ore por nós e por recursos para esse fim. Deus vai cuidar de tudo. Estamos descansando no cuidado Dele.  

 

BÍBLIA & CONVERSÃO

Era para ser mais um dia normal para M*. Levanta pela manhã e vai preparar o café da manhã para o marido que vai trabalhar e para os filhos que vão para a escola. Um dia de sol, M* está muito animada com seus afazeres. Todos sentam a mesa para a primeira refeição do dia. Conversam sobre as tarefas do dia. Ouve-se uma buzina na rua. M* sai para ver e é a van que vai levar as crianças para a escola. No entanto, tem algo diferente nesse dia. M* ao abrir a porta de sua casa, olha no chão e no tapete de entrada tem um livro. Sem dar muita atenção para o livro, M* toma ele e vai logo chamar as crianças para a escola.

O livro acaba ficando ali na mesa de centro da sala. O marido conversa mais um pouco com a esposa e logo sai para o trabalho. M* continua as obrigações do dia, que a fizeram esquecer totalmente do livro. Em um momento de descanso, ela toma uma xícara de chá e vai até o sofá da sala. Ali ele vê o livro novamente. Toma em suas mãos, folheando lentamente, mas sem muito interesse. Abre o livro aleatoriamente em uma página e começa a ler.

Bom, o livro era uma Bíblia. M* fica encantada com o livro e quer ler cada vez mais. Contudo, ela fica apreensiva do marido descobrir ela lendo a Bíblia, então esconde o livro, mas continua lendo todos os dias, quando ninguém estava em casa.

Deus começou a trabalhar na vida dela. Com isso o marido começou a perceber mudanças no comportamento dela. Questionada pelo marido por diversas vezes, ela acabou confessando para ele que estava lendo a Bíblia e que estava encantada com Jesus. Com o pouco conhecimento dela, ela falou para ele de Jesus com muito entusiasmo.

O marido não estava convencido ainda da verdade, com isso, M* fez a ele um desafio. Perguntou para ele pensar em algo que ele quisesse muito. Depois ela disse vamos pedir isso a Al*lah (deus do Islamismo) por uma semana, se ele não der, na outra semana a gente pede para Jesus. Por uma semana, os dois pediram muito esse pedido a Allah. Nada aconteceu. M* disse a partir de hoje, vamos pedir a mesma coisa para Jesus. No outro dia, Jesus respondeu a oração deles. Admirado o marido disse vamos pedir outra coisa. Assim fizeram e na mesma forma Jesus os respondeu. O marido ficou impactado e disse quero fazer mais um pedido, esse mais difícil. Ele pediu um novo emprego e para a surpresa dele no mesmo dia uma empresa que ele havia deixado seu currículo o chamou para trabalhar.

O marido de M* quebrantado se rende aos pés de Cristo. Os dois começam a ler a Bíblia juntos e com os filhos. Ainda não contente, M* começa a falar de Jesus para algumas amigas. O grupo cresce e ela resolve criar um encontro semanal online. Deus abençoa muito esse grupo que não para de crescer.

Resultado, hoje essa família está se preparando para ser toda batizada. Muna uma estudiosa das Escrituras tem buscado ao Senhor cada dia mais. O grupo dela já conta com a participação de 45 mulheres. Glória a Deus!! O marido de M* está se preparando para integrar a nossa equipe de trabalho aqui. Louvado seja Deus!

Lembrando de que tudo começou com uma bíblia encontrada na porta da casa deles. Essa bíblia faz parte do projeto de distribuição de bíblias que temos nas madrugadas. Isso só é possível devido seu apoio e participação, na qual, eu agradeço de coração.

Juntos somos a diferença!!!

REFUGIADOS…

Temos novos convertidos entre os refugiados, o que muito alegra o nosso coração. A conversão é o resultado do esforço que estamos fazendo para alcança-los para Cristo. A Ele seja toda a glória.

BOLETIM PROJETO ABRAÃO

Vamos orar pela Cor*eia do N*orte. 

ORANDO PELOS POVOS NÃO-ALCANÇADOS

POVO: Os Kurelú – Irian Jaya, Indonésia. POPULAÇÃO: 2.800 pessoas. MODO DE VIVER: Possuem uma sociedade guerreira, na qual a covardia é repudiada pelo grupo. O sistema de ritos é muito complexo, as iniciações e funerais estão cheios de mutilações e feitiçaria. Os kurelú são polígamos. Depois do rito de iniciação se realizam os matrimônios. OREMOS: Por missionários que preguem o Evangelho e que abram uma igreja entre eles.

   

OF

“Coragem para ser diferente, Compromisso para fazer diferença”

APMT – Oriente Médio 

Compartilhe esta postagem

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on twitter

Últimas postagens

Você pode contribuir para o Evangelho a qualquer momento com sua oferta.
Informativos