Skip to content

Miss. Mauricio e Ana Cristina Martinez

Zimbabue, maio 2021

Queridos parceiros em missão

É com muita alegria que escrevemos o nosso primeiro informativo diretamente do Zimbábue! Após anos de espera e preparação, nós, finalmente, conseguimos o nosso visto de residência! Louvado seja Deus que sempre cumpre as suas promessas!

Nós chegamos em Bulawayo no dia 18 de março e tivemos um período de adaptação para organizarmos a nossa vida neste novo local. Estamos morando em uma casa dentro da propriedade da City Presby que fica no centro da cidade. Esse é um lugar muito estratégico nesse primeiro momento pois, como fica na região central, temos fácil acesso ao comércio e podemos entender como funciona a economia em Bulawayo, além de ter contato com um grande número de pessoas que trabalham nessa região.

Estamos vivendo as alegrias da chegada no novo campo de trabalho mas, como tudo é ainda muito recente para nós, precisamos ter alguns meses para observar essa terra, conhecer esse povo e deixar que eles nos conheçam. Agradecemos, mais uma vez, aos queridos parceiros pois, sem seu apoio, esse caminho seria muito árduo. Sua participação tem sido muito importante, já que temos sido amparados por suas orações e por sua contribuição financeira, que tem garantido que nada nos falte. Saibam que temos nos sentido muito amados por vocês.

Que Deus os abençoe sempre!

Aprendendo sobre os campos do Zimbábue!

Estamos muitos animados de poder ver, na prática, o que apenas existia em nosso projeto no papel. Nossos primeiros passos com relação à realização do Projeto Casa de Pedra, tem sido conhecer os trabalhos ligados ao Presbitério de Bulawayo, o qual tem quatro igrejas: City Presby, Living Hope, Entumbane e Natissa.

Essas igrejas estão atuando em projetos de plantação de outras igrejas e temos nos dedicado a visitá-las e a conhecer todos os trabalhos em que elas estão envolvidas. Essas visitas demandam bastante tempo porque, além da grande distância de algumas igrejas em relação ao centro da cidade, precisamos fazer contato antecipado com os líderes para acompanhá-los a esses locais. Além de conhecer o trabalho específico que elas já fazem com as crianças, também estamos nos inteirando dos projetos de futuras ações nas igrejas em formação.

Louvado seja Deus, pois temos a oportunidade de ver quantas portas estão abertas no ministério com as crianças! Uma vez que não poderemos alcançar todos os trabalhos existentes dentro do presbitério, sabemos que precisamos orar para sermos conduzidos ao local onde devemos colaborar. Compreendemos que o trabalho proposto em nosso projeto pode ser de grande ajuda para as igrejas de Bulawayo, o que nos deixou muito animados e gratos a Deus, que nos guiou até esse país, nos direcionou especificamente para essa cidade e, agora, tem colocado as pessoas certas em nosso caminho.

Ainda temos algumas visitas para fazer no próximo mês e, então, junto com a liderança da APMT, poderemos decidir em que locais específicos começaremos a trabalhar neste país.

Pedimos que estejam conosco em oração para que possamos ter a clara percepção da vontade de Deus para esse começo de missão no Zimbábue!

Como participar?

  • Orando;
  • Divulgando nosso projeto em sua Igreja e aos seus amigos;
  • Mobilizando eventos;
  • Investindo financeiramente.

Motivos de oração e agradecimento:

  • Fidelidade de Deus em nossas vidas;
  • Processo de adaptação;
  • Pandemia do Covid-19 e seus efeitos em todo o mundo;
  • Pessoas do Zimbábue que também estão sofrendo com a pandemia;
  • Aprendizado da língua Ndebele;
  • Sustento.

C O N T A T O

Maurício: (11) 97465.0533 Ana: +263 78 678 4424

[email protected]

Compartilhe esta postagem

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on twitter

Últimas postagens

Você pode contribuir para o Evangelho a qualquer momento com sua oferta.
Informativos