Skip to content

Miss. Maria Gomes

Timor Leste, setembro de 2020

A VOZ DO CORAÇÃO DE DEUS AO CORAÇÃO DO POVO TIMORENSE

QUERIDOS IRMÃOS E AMIGOS,

COM O CORAÇÃO CHEIO DE ALEGRIA E GRATIDÃO PELA VIDA DE CADA UM DOS IRMÃOS QUE TEM INVESTIDO NA OBRA MISSIONÁRIA. O SENHOR DA SEARA HÁ DE RECOMPENSÁ-LOS. CONTINUO CONTANDO COM TODO O APOIO NESSE NOVO PROJETO JUNTO AO POVO TIMORENSE, ESPECIALMENTE NUM PROJETO DE FORTALECIMENTO DA IGREJA EVANGÉLICA NO TIMOR. Fl. 4:19

INFORMAÇÕES GERAIS – TIMOR LESTE

Localização: sudeste Asiático, porém, a apenas 550 km da Austrália (Oceania);

Governo: república parlamentarista; População: 1,183 milhão;

Idiomas: 32 línguas no total, mais dialetos. As Línguas Portuguesa e Tétum Díli são oficiais;

Moeda: dólar americano; Religião: Cerca de 90% Católicos.Comunidades minoritárias de protestantes e muçulmanos. Embora católicos, os timorenses mantêm as crenças tradicionais animistas e culto aos ancestrais. INTERCEDA, ENVOLVA-SE COM O TIMOR LESTE.

CURIOSIDADE CULTURAL

O mito da criação timorense afirma que um crocodilo envelhecido transformou-se na ilha de Timor, como parte de um pagamento da dívida a um rapaz que o ajudou quando ele estava doente. Como resultado, a ilha tem a forma de um crocodilo e os descendentes do rapaz são os timorenses nativos que nela habitam. A frase “deixar o crocodilo” refere-se ao aflito dos timorenses de sair de sua ilha.

CURIOSIDADES DA EDUCAÇÃO – MULTILINGUISMO

Aproximadamente, 60% de pessoas em situação de pouco ou nenhum domínio da língua escrita, seja o Português e ou o Tétum. Porém, além destas duas línguas consideradas oficiais, tem-se que: Aproximadamente, 24%, 200.000 pessoas falam Tétum; em torno de, 180.000, Mambae, 13%; 110.000 pessoas, Macassae; o Bunak é falado por, aproximadamente 7% da população; 5,4%, o Baequeno; 5,4%, Kemak; já o Fatalucu é falado por 4,5% da população e ainda, tem-se o Isni que é a língua de 290 pessoas.

Mesmo que a alfabetização seja em Língua Portuguesa não massacrará as línguas locais, diferentemente se o Inglês tomasse este lugar.

Pv.22.6 – CLAME PELA EDUCAÇÃO DOS TIMORENSES

PRÓXIMOS PASSOS

Viagem estava planejada para 17 de Setembro de 2020 em razão da Pandemia da COVID-19.
Por orientação da APMT – Agência Presbiteriana de Missões Transculturais e WEC Brasil (Missão AMEM) estaria visitando o Timor Leste para conhecer um pouco das necessidades ministeriais, outros projetos, equipe missionárias e a Igreja Evangélica Presbiteriana do Timor para entender um pouco das suas necessidades e assim fazer parcerias com a liderança da Igreja do Timor e equipes de missionários que já estão no país há alguns anos. O Tempo de estadia no país nesse ano de 2020 seria de dois meses, no entanto Deus não permitiu que assim fosse.

Deus tem me orientado em ir já para ficar no ano de 2021. Assim, que tiver abertura para entrada no país, mais estabilidade com a pandemia e Deus enviar os recursos necessários para estadia e exercer o ministério lá.
Por favor: ORE! ENVOLVA-SE! DIVULGUE!

Sigo o trabalho aqui com a minha igreja enviadora – IPB-SJP. Estou à disposição para divulgações de forma remota usando a tecnologia em vista de não poder visitá-los presencialmente.

INTERCESSAO -Fl.1:3-6

• Gratidão a Deus por todo cuidado e suprimento;
• Por esta situação de crise e sofrimento na saúde e economia em todos os países que sofrem pela pandemia do Covid-19;
• Pelo restante da passagem da Indonésias para o Timor Leste;
• Pelo suprimento do aluguel, aprendizagem da língua que são pagos adiantados por todo o ano;
• Pelo plano internacional de saúde e viagem que é pago anualmente à vista;
• Pelos contatos com a liderança da Igreja do Timor;
• Por bom relacionamento e tempo precioso com a equipe da APMT e WEC;
• Por sensibilidade e sabedoria do Espírito para entender e investir nas áreas mais necessitadas;
• Por saúde e livramento do mal;
• Pelos trâmites de vistos que nos primeiros anos será com visto de turismo tendo que pagar a cada três meses;
• Por encorajamento, sabedoria e estratégias para uma boa aprendizagem da língua e cultura;
• Pela vida da Tábata, Jessé e Helen Fogaça, missionários da APMT;
• Pelos missionários da WEC Internacional e Brasil que atuam com vários projetos no país;
• Pelas igrejas (lideranças) e irmãos que têm investido e empenhado em alcançar todos os povos para o Senhor Jesus.

PARA MAIS INFORMAÇÕES E ENVOLVIMENTO COM O PROJETO LIAFUAN

WHATSAPP: 97 99183-1889
FONE: 38 99985-9142
E-MAIL: lia_sjp@yahoo.com.br; ou lianadebmaria@gmail.com;

Compartilhe esta postagem

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on twitter

Últimas postagens

Você pode contribuir para o Evangelho a qualquer momento com sua oferta.
Informativos