Skip to content

Mis. Ronalda e Joseph Nassakou (Senegal) – 22/06/2016

“Vós adoreis o que não sabeis; nós adoramos o que sabemos, porque a salvação vem dos Judeus.” João 4.22

É lamentável  saber que depois de tantos séculos com o conhecimento da Bíblia que temos  e de Jesus, ainda podemos ver que tantos estão sem saber o que estão adorando, enganando e sendo enganados. É lamentável ver tantas pessoas sem destino, sem direção, sem propósito. É lamentável ver  tantas pessoas se destruindo e destruindo a tantos. É lamentável ver tanta desolação, tanta ganância, tanto egoísmo, tanto orgulho, tanto ódio e…. nós adoramos o que sabemos, adoramos a alguém que conhecemos, a um Deus que é amor, que nos faz semelhantes a Ele a medida que o busquemos. Aleluia!

SENEGAL

Estamos em pleno mês do ramadãn, como é triste ver tantas pessoas conhecidas, pessoas queridas adorando um Deus que nem eles mesmo conhecem, eles buscam muito com jejum e oração, sacrificando seus tempos valiosos, adorando um (deus) que não conhecem. Aqui no Senegal eles não conseguem separar a religião da cultura, normalmente os filhos seguem os pais e em cegueira continuam passando para gerações. É muita treva, é muita escuridão. Mas o que é isso diante dos olhos de Deus? Basta ele dizer:  “Haja Luz! Haja salvação! Haja libertação! Haja Arrependimento! Haja e haja”, e o Espirito Santo de Deus está presente em nós e Ele sopra quando e onde Ele quer e da maneira que ele quer. Por isso, existe esperança! Sim, existe Esperança! Diante dessa poderosa ação do nosso querido Espírito Santo, Deus nos fez participantes, como intercessores. Oremos para que Jesus se revele nesse tempo para todos os seus eleitos.

No final do Mês do Ramadãn, tem uma noite que eles oram por revelação, para que Maomé envie seu anjo para falar com eles, suplicamos a todos os irmãos e comecem a orar pedindo a Jesus para que nesta noite ele mesmo se revele, para que muitos sejam salvos.

Nossa família

Estamos bem, graças a Deus, sempre contemplando os cuidados do Senhor sobre nós.  O Joseph e as crianças vão bem, nossos filhos conseguiram boas notas  na escola e passaram de ano. O Isaac passou da segunda série para a terceira, a Kady terminou o terceiro ano de Direito. Este ano temos mais um novo membro na família, a sobrinha do Joseph veio do Togo para morar conosco. E eu tenho buscado cuidar da minha saúde, mas, sinto-me muito limitada.

Nosso Projeto Restituição

Temos enfrentado muitas lutas e desafios. Sabemos que é normal. Estamos  tocando no coração do islamismo do Senegal; essas crianças com as quais trabalhamos  são preparadas para serem líderes Islâmicos. Sempre com seus coraçõazinhos abertos para conhecer a verdade, mas, sendo disciplinadas e impedidas de aceitarem a verdade pelos seus próprios líderes islâmicos. A semente tem sido semeada, cremos que no seu tempo dará o seu fruto.

Pequeno testemunho de um dos nossos ex-meninos de rua.

Meu nome é Sidy Mbody. Ainda pequeno, tive que deixar a casa da minha mãe por causa do meu padrasto que me detestava, fui para as ruas onde tive que aprender com os outros meninos de rua a sobreviver, sem comida, sem banho… sem tudo, rejeitado pela sociedade, sofri durante 7 anos nas ruas. Certo dia, um dos meus colegas me chamou  para ir a um centro onde eles podiam tomar banho, comer e jogar futebol.  Eu  aceitei o convite, fiquei muito feliz com tudo que recebíamos lá, principalmente com o futebol. Tínhamos que ficar no centro até o final do trabalho, sempre antes do almoço,  os responsáveis, Joseph e Ronalda, Vildene e Jerome, colocavam todas as crianças numa sala e ali podíamos assistir filmes e depois eles cantavam louvores e  faziam estudos falando de Jesus. No início eu discordei com seus ensinamentos, mas, passando uma semana, à medida que essas pessoas iam falando de Jesus, eu comecei a sentir um grande amor,  uma paz, radiante. E esse amor e essa paz vinham junto com uma alegria e uma esperança, que eu nunca havia sentido. Não demorou muito, e nesse mesmo ano, em 2010, eu  aceitei Jesus no meu coração e nunca mais o deixei. Ele me ajudou a deixar todas as práticas do mal, perdoou os meus pecados, lavou-me com seu sangue e tornou-me uma nova criatura. Hoje com Jesus eu tenho um lugar para morar, frequento uma igreja, tenho um trabalho e sou aceito pela sociedade. Jesus me restituiu a dignidade e tudo que eu desejava. Sou feliz com Jesus meu Senhor! Amém.

Obs: hoje o Sidy é um dos nossos obreiros no Centro Restituição.

Pedidos de oração

  1. Que nesse mês do Ramadãn, muitos mulçumanos venham a ter a revelação do Senhor Jesus;
  2. Que as cadeias e prisões espirituais do Senegal sejam quebradas e que haja libertação e salvação para  nosso povo que tanto amamos;
  3. Que nossas crianças Talibés sejam protegidas e que elas sejam libertas da escravidão dos líderes Islâmicos;
  4. Que o Espírito Santo do Senhor sopre aos quatro cantos do Senegal;
  5. Que todos nós, missionários, sejamos protegidos, curados, fortificados e cheios do Espirito do Santo;

 Gratidão

  1. Agradecemos ao Senhor pelo cuidado, renovo, força, livramento, proteção, suprimentos e toda a sua graça que nos faz satisfeitos em servir e viver para Ele.
  2. Agradecemos também pelos cuidados do Senhor  para com nossa família no Brasil e no Togo;
  3. E em especial, não podemos deixar de agradecer as nossas igrejas no Brasil, nossos amigos e irmãos que também são nossa  família que amamos muito. Somos gratos por estarem sempre nos apoiando e orando por nós. Sabemos que no Senhor o nosso trabalho não é vão. Nossa vitória aqui é vossa vitória, pois, não poderíamos fazer nada sem o vosso apoio.

A Ele seja o Louvor, a Ele seja adoração, honra, glória e toda gratidão para sempre, Amém!

Abraços saudosos, em Jesus.

Ronalda Nassakou.

Compartilhe esta postagem

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on twitter

Últimas postagens

Você pode contribuir para o Evangelho a qualquer momento com sua oferta.
Informativos