Skip to content

Mis. OF (Oriente Médio) – 06/11/2012

CONSTRUÇÃO DO TEMPLO…

Queridos é com muita alegria que comunico aos irmãos que o templo da igr*eja paquistanesa está entrando na reta final. Essa comunidade que é composta de pessoas muito simples, abraçaram um desafio de fé de erguer um local de adoração. Foram dias de muito choro, suor e ora*ção, mas o fruto foi gerado. O templo está erguido e nessa semana com uma oferta de um empresário brasileiro pudemos acompanhar a instalação das portas, janelas e ar condicionados. Ainda falta a aquisição de cadeiras, mas com a participação de alguns irmãos brasileiros, o dinheiro já está disponível para esse fim. De*us ouviu o nosso clamor e o alvo de terminar o templo até o final do ano, poderá ser adiantado, provavelmente para meados de Dezembro. Tenho algumas fotos do templo como está no momento e do pastor paquistanês, aqueles irmãos que desejarem receber essas fotos favor me comunicar. Louve a De*us conosco por essa vitória.  

PR YOUSEF NADHARKANI AINDA VIVE SOB AMEAÇAS NO IRÃ…

Após 3 anos de cárcere em uma prisão iraniana, o pr Youcef Nadharkani finalmente obteve a liberdade e está com sua família. Mas apesar de livre, ele atualmente é constantemente vigiado e está proibido de sair do país por tempo indeterminado. Considerado culpado por realizar atividades evangelísticas entre muçul*manos, o líder religioso continua com seu caso em aberto na justiça. Infelizmente ainda existe a possibilidade de o pr Yousef ser preso e até morto. O caso Nadharkani alcançou repercussão internacional e organismos internacionais como a União Européia e o congresso norte-americano atuaram pressionando o Irã por violar a Declaração Universal dos Direitos Humanos. Um clamor internacional foi levantado pela sua libertação. O Centro Americano para Lei e Justiça (ACLJ) realizou uma campanha que atingiu cerca de 3,1 milhões de contas no Twitter com notícias sobre sua prisão. Nadharkani, apesar de viver todo o tempo do cárcere sob ameaça, nunca aceitou retornar ao isla*mismo.

II TIMÓTEO 3: NOS ÚLTIMOS DIAS VIRÃO TEMPOS DIFÍCEIS…

A igre*ja está passando por um momento muito preocupante. A fé está muito relativizada. Parece que cada um faz o que lhe apraz. estão acontecendo coisas que nunca aconteceram no passado. Enquanto alguns estão na prisão por causa de Cris*to, outros estão tentando se adaptar ao caminho largo. Nestes últimos tempos o Evan*gelho tem sido envergonhado por tantas pessoas. O pior é que as a coisas estão acontecendo e parecem tão normais! Aniversário de 15 anos de muitas meninas da igre*ja tem sido festejado por meio de balada e regado a cerveja. Onde vamos parar como igre*ja? Os casamentos hoje, em grande parte, são realizados da mesma forma. Shows mundanos são comuns até para famílias dos crentes. Será que haverá fé na terra até que Cristo volte? Isso me faz lembrar das palavras sábias do meu avô José Bernegossi que dizia: “No céu haverá muita surpresa”. Surpresa porque aqueles que pensávamos iríamos encontrar lá, não estão por lá e outros que nem imaginávamos encontrar no céu, vão estar lá. Confesso que estou um pouco assustado com tudo isso. Será que estamos precisando de uma nova Reforma da igre*ja como se deu no século XVI? Recentemente recebemos a visita ilustre do renomado pas*tor americano Paul Washer no Brasil. Consegui acompanhar algumas de suas palestras pela internet e a palavra dele foi simples e antiga. Nada de novo, apenas a necessidade de voltarmos aos princípios básicos da nossa fé, Bí*blia e Ora*ção. Que o Eterno nos ajude a regastarmos esses princípios perdidos do Evangelho contemporâneo.

CRIS*TÃOS PERSEGUIDOS…

Estudo da organização AIS (Ajuda à Igre*ja que Sofre) mostra que cerca de 350 milhões de cris*tãos sofrem perseguição ou discriminação religiosa em todo o mundo. Soma-se a esse número o dado de que os ataques contra cristãos aumentaram 309% entre 2001 e 2010. No estudo foram analizados 196 países. O que assusta nesse recente relatório é que a perseguição religi*osa tem alcançado países democráticos, como é o caso de alguns países na Europa, onde grupos laicizantes tentam impor suas idéias seculares. Será que essa perseguição também não está prestes a chegar em nossa terrinha brasileira? Precisamos dobrar nossos joelhos.

CORÉIA DO NORTE: ESPERANÇA DE MUDANÇAS…

O atual líder norte-coreano Kim Jong-un permaneceu mais de nove anos na Suíça, entre o final de 1991 e o início de 2001. Segundo o jornal suíço Le Matin, o líder norte-coreano chegou na Suiça quando tinha apenas 9 anos de idade. Isso traz um pouco de esperança ao povo norte-coreano, de que a influência da liberdade na Europa, possa ajudar o líder a fazer mudanças substânciais nessa nação que vive isolada para o resto do mundo. Algumas mudanças já tem sido feitas, entre elas algumas bastantes sátiras, como a autorização do líder para o povo comer batatas fritas. Que as batatas possam ser apenas o ínicio de grandes mudanças que vão acontecer no país. Esse é o nosso desejo e esperança. Projeto Abraão –www.projetoabraao.blogspot.com

PERSEVERANÇA EM MEIO AS PERSEGUIÇÕES…

Fátima (nome fictício) nasceu filha de pais islâ*micos no Oriente Médio. Quando ainda era criança perdeu o pai, um homem que era muito fiel aos princípios da re*ligião islâ*mica. Contudo, a mãe tomou a liderança da casa e ensinou com muita fidelidade a reli*gião islâ*mica para os filhos. Fátima era obrigada a orar 5 vezes ao dia e a observar todas as ordenanças do Al*corão. Aos 6 anos de idade sua mãe a obrigou a cobrir o cabelo e o rosto, conforme as exigências da reli*gião. Fátima foi crescendo dentro deste contexto que a reli*gião exigia. Sempre acompanhada dos irmãos que a vigiavam o tempo todo. Quando completou 21 anos de idade pediu para sua mãe como presente, um curso de computação. Tudo isto já era a mão de De*us na vida dela. A mãe concedeu desde que o irmão fosse levá-la e buscá-la nas aulas de computação. Em uma dessas aulas Fátima encontrou uma mission*nária que compartilhou do amor de Cris*to para ela. Ela ficou muito entusiasmada com Je*sus e queria saber mais sobre o Evan*gelho, porém, ela disse para a mission*nária que seria impossível a mãe dela aceitar esta idéia. Então a mission*nária sugeriu que ela fizesse meia hora de computação e depois mais meia hora de discipulado. Fátima muito entusiasmada e aceitou prontamente a sugestão da mission*nária e na semana seguinte começaram o discipulado. Assim foram por três meses, até que um dia, a mission*nária foi até o local do discipulado e não encontrou Fátima, e o mesmo se repetiu nas semanas seguintes. A mission*nária perdeu o contato com a Fátima. Um dia Fátima ligou na casa da mission*nária e começou a compartilhar o que havia acontecido com ela. A mãe havia encontrado uma Bí*blia no quarto de Fátima que estava escondida debaixo do colchão e a mãe desafiando De*us colocou fogo na Bíblia. Fátima tentou explicar sobre sua nova vida com Je*sus, mas a mãe muito irada, trancou-a  no quarto e disse que ela só iria sair do quarto no dia que desistisse de seguir a Cris*to. Fátima passou quase 6 meses trancada no quarto de casa. Sozinha, fechada em quatro paredes, por várias vezes Fátima pensou em desistir de seguir a Cris*to, mas segundo ela, foram as visões e sonhos, onde o próprio Je*sus aparecia a ela, que a alimentavam na fé. Fátima via sua mãe uma vez no dia, quando ela trazia alimento no quarto. Fátima foi perseverante e foi liberta pela mãe, depois de passar quase 6 meses trancada naquele quarto. Hoje Fátima compartilha esse ocorrido em sua vida como um tratamento de De*us. Ela continua firme na fé, testemunhando de Cris*to, porém com dificuldades para participar das reuniões da igre*ja secreta. Sua mãe está bem mais maleável e já até ouve algumas parábolas da Palavra de De*us pela filha. De*us tem honrado a fé de Fátima que mesmo em meio a fortes perseguições, perseverou na fé. Fátima tem um chamado miss*ionário e está oran*do para uma oportunidade de trabalhar de tempo integral para o Reino de De*us. Que a vida dessa serva de De*us sirva de exemplo para todos nós. E a Ele seja toda a glória!!

 

Mis. OF

“Coragem para ser diferente, compromisso para fazer diferença”

Oriente Médio – Golfo Pérsico

Compartilhe esta postagem

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on twitter

Últimas postagens

Você pode contribuir para o Evangelho a qualquer momento com sua oferta.
Informativos