Skip to content

Mis. Ludimílian Coelho (Base) 07/05/2014

Sou grata a Deus pelo privilégio de poder trabalhar em favor da Sua causa. Confesso que não tem sido fácil… O trabalho missionário na Base além de ser “pouco reconhecido” é bastante burocrático e estressante. Mas é extremamente necessário e, no Senhor, não é vão.

Depois de muito trabalho e esforço missionário, chegou-se a conclusão de que o missionário necessita de pessoas na retaguarda, que trabalhem a seu favor, que sejam pontes entre ele, as igrejas e parceiros dos projetos, que cuidem da sua “vida burocrática” enquanto ele está no campo.

O projeto que tenho desempenhado “Segurando as Cordas: DA BASE PARA O MUNDO” tem auxiliado os nossos mais de 140 missionários não só na chegada e na saída, mas também durante a permanência deles no campo.

Recentemente, tive que ir várias vezes a um determinado Consulado para soli- citar autenticação de documentos que um missionário (que já estava no campo) precisava com urgência a fim de conseguir o visto permanente no País. Situações como essa são recorrentes.

Também tenho tido o privilégio de assessorar os nossos mais de 100 candidatos que estão em preparação para o exercício do ministério transcultural.

Louvo a Deus porque não só tenho visto o crescimento da obra missionária transcultural da IPB, mas também tenho participado e contribuído para esse crescimento. Hoje, estamos em mais de 30 países, evangelizando, discipulado, formando lideranças autóctones, enfim, levando o “Evangelho todo, para todo o homem e para o homem todo” (cf, Pacto de Lausanne).

Ore pelos missionários na Base. Seja parceiro deste ministério.

DIVULGAÇÃO

No dia 27 de abril, participei do culto vespertino da Igreja Presbiteriana Jardim Tranquilidade, em Guarulhos, SP. Na ocasião, foi- me dada a oportunidade para falar acerca dos avanços e perspectivas da APMT.

Também fui convidada para falar, no mês de agosto, em duas conferências missionárias: uma em São Vicente (SP) e outra em Campos dos Goytacazes (RJ). Nas ocasiões, falarei sobre o crescimento da obra missionária da IPB e sobre os novos desafios da APMT.

Segue minha agenda:

23 e 24/08 – I.P. Parque das Bandeiras (São Vicente, SP): III Conferência Missionária e Festa das Nações.

29 a 31/08 – I.P. Parque Aurora (RJ): Congresso de Missões.

VAMOS NOS CASAR!

Faltam menos de 5 meses para o GRANDE DIA.

Eu e o Henrique nos casaremos em outubro deste ano! A cerimônia religiosa será em Guarulhos, SP – cidade em que fixaremos residência.

Contamos com suas orações para que esse tempo de preparo seja aproveitado da melhor forma possível.

ACONTECEU E FOI MUITO BOM

Tive o privilégio de representar a APMT no 2o Congresso Nordestino de Missões que ocorreu nos dias 21 a 25/10/2013, em João Pessoa, PB. Foi um tempo muito bom em que pude não só divulgar o trabalho missionário da APMT, mas também rever pessoas muito queridas.

SAUDE

No dia 07/03, me submeti a uma pequena cirurgia para remoção de três calázios que estavam na minha pálpebra inferior direita. Infelizmente, devido ao estresse, não tive a recuperação que esperávamos, embora meu olho esteja um pouco melhor.

O calázio é um cisto da pálpebra causado pela inflamação de uma das glândulas que produzem material sebáceo. No meu caso, por tratar-se de calázios de repetições, o médico prescreveu a cirurgia e o uso de antibiótico.

Ainda estou em tratamento e, se em quinze dias não obtivermos melhora, terei que fazer uma nova cirurgia.

Ore pela minha saúde. Ore pela saúde do Henrique também.

Compartilhe esta postagem

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on twitter

Últimas postagens

Você pode contribuir para o Evangelho a qualquer momento com sua oferta.
Informativos