Skip to content

Mis. Luciano Azevedo (Moçambique) 09/10/2012

 

Deus tem nos abençoado muito e é possível notar a evolução de nossos alunos, tanto a nível acadêmico como no desejo em melhor servir a Deus. Na última reunião do Sínodo da Igreja Presbiteriana de Moçambique foi feita a solicitação para que a ETK abra algumas classes para o curso teológico também na cidade vizinha, Matola. Isso é sinal de a igreja está reconhecendo nosso trabalho. 

 

 

Por outro lado, ainda estamos lutando com o problema de espaço em nossas instalações atuais. Todas as carteiras (25) estão tomadas (temos duas pequenas salas, enquanto que nosso curso consiste em três anos!) e não há nem espaço para se colocar mais carteiras. A evolução da escola, necessariamente, deve passar pelo melhoramento de nosso prédio. Diferente do que ocorre no Brasil, quase não existem igrejas com prédios de educação cristã, o que aumenta a necessidade de se investir na construção de mais salas. Nas próximas semanas estaremos fazendo alguns contatos com engenheiros, na tentativa de elaborar um projeto de construção de mais salas. Peço que os irmãos estejam orando acerca disso. A ETK está localizada no centro da cidade! O ponto negativo aqui é que não se pode simplesmente fazer qualquer tipo de construção precária. O governo tem novas regras para construções feitas na zona central, o que faz aumentar as exigências para o tipo de construção e custos mais elevados. Fizemos alguns contatos meses atrás, mas ainda não identificamos alguém realmente interessado em nos ajudar, até porque, no momento, temos visão e muita boa vontade – porém nenhum recurso! Creio que Deus tem planos para essa escola – orem que Ele confirme essa visão proporcione os recursos necessários.

 

 

Casa Koinonia

 

Algo histórico aconteceu na casa Koinonia durante o mês de Outubro! Um grupo de tradutores e linguistas da SIL e da Sociedade Bíblica estiveram aqui reunidos para a conclusão do Novo Testamento na língua Sena, uma das línguas faladas em Beira, onde vivi por cerca de 10 anos. Para minha alegria, dois dos pastores envolvidos na tradução trabalharam comigo na Beira e um dos linguistas envolvidos, Justino, é um amigo de muitos anos, antes até de eu chegar a Moçambique! Que grande alegria saber que os falantes da língua Sena terão agora o NT em sua própria língua – glória a Deus por essa vitória! Minha alegria é maior por Deus ter permitido que um encontro especial como esse ocorresse aqui na Casa Koinonia e envolvendo pessoas tão próximas de mim durante esses anos que estou servindo em Moçambique.

 

Visita da liderança da APMT

 

No mês de outubro recebemos a visita do Diretor da APMT, Rev. Obedes e do Executivo, Rev. Marcos Agripino. Essas visitas são interessantes no sentido de estreitar os laços e fortalecer a parceria de trabalho existente entre a IPB e a Igreja Presbiteriana de Moçambique. Além disso, é sempre bom receber a visita de nossos líderes e poder pessoalmente compartilhar os desafios e sonhos que Deus tem colocado em nossos corações no que diz respeito ao trabalho missionário. Tivemos boas reuniões! A s conversas em sempre foram fáceis, mas no final Deus nos fortaleceu e encorajou a todos. Orem que Deus nos dê sempre sabedoria do alto para traçar planos relevantes, como missão, para o trabalho em Moçambique. Orem que Deus revele a Sua vontade soberana e nos capacite a ter boa comunicação e a trabalharmos juntos para a expansão de Seu Reino nesse país. As necessidades são tantas! Orem que Deus nos ajude a identificar e a focar naquilo que Ele espera de meu ministério e do trabalho da APMT no contexto maior do trabalho missionário em Moçambique.

 

Um discípulo e Jesus

 

Como é bom ver o poder de Deus agindo na vida das pessoas a quem ele salva e transforma! Também não há melhor forma de reconhecer que Deus tem nos usado no ministério do que olhando para a vida daquelas com quem trabalhamos e a quem ministramos! Estarei compartilhando com vocês em minhas cartas a história de algumas pessoas que Deus tem me dado o privilegio de conhecer, trabalhar junto, ensinar e discipular. Hoje vou compartilhar um pouco sobre o Paulo Mafunga.

 

 

Paulo é um jovem evangelista da IPM a quem tive o prazer de ensinar no curso de evangelistas. Mesmo na sala de aulas era possível detectar o dom de liderança na vida desse jovem, sempre à frente da turma, encorajando a todos. Atualmente o Paulo cuida de uma congregação chamada Boquisso, nos arredores de Maputo. Seu desejo é continuar nos estudos de teologia e fazer o bacharel. Ele foi indicado para tentar uma vaga num seminário na Zâmbia onde, caso seja admitido, será contemplado com uma bolsa de estudos a partir de 2013. O Paulo é órfão de pai (faleceu quando ainda era bebê) e vive com a mãe e outros irmãos mais jovens. 

 

O Paulo tem se revelado um obreiro dinâmico e empreendedor. Ele deu início a um projeto denominado “ronda a bola” (o mesmo que “passa a bola” no Brasil). O projeto consiste em atividades esportivas e recreativas para alcançar jovens e crianças com o Evangelho na zona de Boquisso. A própria igreja de Boquisso tem reconhecido o trabalho dele como evangelista.

 

Para além de aluno e colega de ministério, Paulo se transformou também num grande amigo que me encoraja muito quanto me sinto desanimado ou enfrento algum problema.

 

Peço vossas orações pelo Paulo: os planos de estudo na Zâmbia; o projeto em Boquisso; por sua família (uma das irmãs esteve bastante doente); por sua vida espiritual e por seus planos futuros de se casar e constituir uma família.

 

 

Obrigado pelas orações! 

 

Um grande abraço a todos!

 

 

Luciano de Azevedo

 

 

 Caixa Postal 21 

Maputo – Moçambique  /    luciano@ipb.org.br

Web: www.missionarioluciano.com

 

Compartilhe esta postagem

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on twitter

Últimas postagens

Você pode contribuir para o Evangelho a qualquer momento com sua oferta.
Informativos