Skip to content

Mis. Gislene T. dos Santos (Suriname) – 02/12/2011

 

Setembro

Continuo com o trabalho voluntario de enfermagem no Hospital Público de Paramaribo, na sessão de pediatria. Vou pra o hospital três vezes na semana, de manhã, de segunda a quarta-feira.

No hospital tenho a oportunidade de treinar e aprender os idiomas holandés e taki taki, mas o que eu consigo mesmo e me comunicar em inglés.

Uma enfermeira tem se aproximado de maneira muito insistente e sempre me pede para conversar comigo depois do trabalho. Ela me disse que queria saber porque eu sou diferente e porque eu estou sempre alegre e disposta a realizar o trabalho, pois ela sente uma pressão terrível. Isso me deu a oportunidade de compartilhar da soberania de Deus e do Deus vivo em quem confio, e que é na Sua protecção que eu  descanso, como a Palavra diz no Salmo 91.

Quanto as crianças vejo que sentem a diferença do meu trato para com elas.

Nas noites de quarta, quinta-feira participo das aulas de inglês em uma escola ao norte da cidade, onde residem muitos brasileiros.

Pelas manhãs de quinta e sexta-feira participo das aulas de inglés na escola da nossa igreja.

 

Outubro

 

Fiz uma noite do pijama com as meninas da nossa igreja e comemoramos o aniversário de uma delas. Foi um momento de confraternização e noite da beleza, onde cortei cabelos e me tornei uma cabelereira…rsrsr.

No dia 21 foi meu aniversário. Meus amigos e o pessoal da igreja me fizeram uma festa surpresa.

Continuo com o trabalho voluntário no Hospital e as aulas de inglês. 

Este mês iniciou as minhas aulas de holandês em uma escola publica perto de casa.

A escola chama-se Polanenschool. O curso é de segunda-feira a quinta-feira das 5:30h a 8:00h. No Curso estou fazendo vários amigos de diferentes nacionalidades. No meu grupo tem pessoas de Trindade e Tobago, Guiana Inglesa, Venezuela, Brasil, e grupos étnicos do suriname como: Saramaccas, Aukans e descendenetes de indianos.

Uma das minha amigas de classe de Trindade e Tobago e a minha professora de inglês.

Todas as sextas-feiras pela manhã tenho aula de taki taki 2 horas por dia. 

Um colega de classe que e Guianense o nome dele e Nadim, através do meu convite tem visitado a nossa igreja aqui e tem gostado, ja participou da noite da familia que a igreja e a escola Presbiteriana promovem para a comunidade. 

Orem por um jovem de 22 anos e esta na escola de alfabetização e que Deus se revele a ele, o grande misterio que e Cristo. 

    

Novembro

 

Continuo no trabalho voluntario do hospital com as crianças e tem sido muito bom poder ajudar, principalmente as crianças e também a oportunidade de poder falar com a enfermeira Sampaio que tem muita pressão no trabalho e sempre pergunta como faço para ficar tranquila e confiante em Deus. Ela disse que fica o tempo todo em oração expulsando o mal, mas ela sente a opressão na vida dela, mesmo sendo membro de uma igreja evangélica. Tive a oportunidade de falar do Salmo 91 e que o meu trabalho era orar e descansar e que Deus daria ordens aos anjos ao nosso respeito, Deus e o nosso refugio e protecção. Tem sido edificante.

Na segunda semana do mês passado, fiquei perguntando pra Deus, mas sabendo já a resposta, pois tudo ele tem um  propósito. A minha pergunta era porque tanta criança com anomalias por aqui… mas logo vi a resposta de Deus. Naquela manhã era a primeira vez que estava vendo uma criança que tinha microcefalia e foi internada. Perguntei para a enfermeira Sampaio e ela me contou da gravidade so problema. Enseguida dei um banho no menino, ele foi medicado mais não resistiu, veio a falecer. Vi quanto aquela criança era amada pois a mãe estava desconsolada ao perder aquele filho. Esta experiência também foi a resposta de Deus para as minha indagações. 

Deus nos fala de maneira surpreendente, mesmo que as vezes não conseguimos compreender as circunstancias. Esta experiência me fez crescer muito.

A minha chefe no hospital e a senhora Marmam foi internada na semana passada, pois sente dores terríveis na cabeça e todo o corpo, será preciso fazer uma cirurgia na cabeça para drenar o liquido que se espalha pelo corpo. Ore por ela. 

Na escola Polanenschool de Holandês, os alunos nos juntamos e compramos tinta e pintamos as salas de aula da escola, onde as crianças estudam pela manhã e nós também temos a oportunidade de estudar.

Tenho novos vizinhos brasileiros, e me chamaram para ajudar na tradução, pois não falam inglês. Já fiz amizade com a família, principalmente com as duas filhas já estão estudando no nosso Colegio Presbiteriano. 

No domingo pela manhã tivemos visita na igreja: meus vizinhos e o meu colega de classe o Nadim. Estejam orando.

 

Dezembro

 

Mês que todos se preparam para as festas! O hospital esta todo decorado, a escola  e a igreja, também. 

No hospital tenho cuidado de crianças com macrocefalia.  Estava triste, pois fazia uma semana que uma das crianças não estava mais se alimentando. Estive orando por ela e quando cheguei na segunda-feira, a sonda  de alimentação saiu e eu tentei alimenta-la com papa e ela comeu tudo, o meu coração se alegrou muito com isso.

   

O mês de janeiro esta chegando e a minha passagem esta marcada para o dia 23 de janeiro e se puder quero compartilhar com os irmãos pessoalmente sobre o ministério que Deus me confiou aqui em Suriname.

 

Deixo com os irmãos o Salmo 119:130 “A revelação das tuas palavras esclarece e da entendimento aos simples”. 

 

Agradeço de todo meu coração a Deus pelas igrejas e os amados irmãos e irmãs que tem orado por mim e pelo “Projeto Suriname”.

Que Deus os retribua em bênçãos  dos céus sobre cada um.

 

Em Cristo!

 

Gislene Teixeira dos Santos

 

P.S.    

Em relação a minha comunicação, quase nunca tenho acesso a internet.  

Veja as fotos na página do Facebook da APMT www.facebook.com/apmtipb

 

    

 

 

Compartilhe esta postagem

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on twitter

Últimas postagens

Você pode contribuir para o Evangelho a qualquer momento com sua oferta.
Informativos