Skip to content

Mis. Eliane Machado (Angola) 13/03/2017

Graça e paz!

Passaram-se trinta e seis dias, cheguei aqui no campo no dia 25 de novembro, de certo com algumas “indagações”: minha moradia; segurança; o fato de estar sozinha (solteira), sem equipes; a recepção pelos pastores, como seria o fato de eu ser mulher aqui nesse contexto? Apesar de ter feito três viagens missionárias a esse país, de curto prazo, agora vim para ficar, o tempo que o Senhor quiser, portanto, o choque cultural é “normal”. Sair do seu país e enfrentar o desafio de outra realidade, outra cultura, outro povo, enfim mudanças sempre nos trazem várias indagações, e, confesso, oramos mais e mais.

Fui surpreendida, muito bem recebida pelo presidente da igreja, pelos pastores, presbíteros, e demais irmãos da IPA, o carinho demonstrado por todos, percebo claramente o cuidado de Deus em todo o tempo.

Na chegada, fiquei hospedada no complexo da AEA (Aliança Evangélica de Angola), na casa de uma missionária, chamada Edna, que serve ao Senhor aqui durante onze anos, e isso, foi muito importante para minha vida e ministério, pois essa irmã ajudou-me em vários detalhes, vários conselhos por sua experiência aqui, deu-me várias orientações, bênção!

Em seguida fui para um apto “provisório”, e finalmente, ontem, mudei para o apto que foi fechado quando eu ainda estava no Brasil, espero que fique aqui o tempo de Deus. O local é uma cidade de condomínios, chamada Kilamba, tem vários blocos, e algo que é bem difícil aqui em Angola, como a falta d’água e falta de energia elétrica, aqui, não há esse problema, além disso, tem segurança na portaria de cada prédio. Tenho plena convicção que quem me guarda é o Nosso Deus, mas alguns detalhes precisamos ser prudentes. O fato de eu ser estrangeira, aqui sou “branca”, chamo à atenção de muitos, existem os observadores. Só Deus mesmo para me guardar e livrar-me de todo o mal.

Contemplando o cuidado de Deus, conheci o Pr. Mateus que tem sido como um pai, e tenho um amigo mais chegado que irmão, o Pr. André, um braço direito no projeto, de grande ajuda aqui, estamos caminhado juntos. Louvado seja Deus!

Nos dias 29/11 e 11/12, Fui oficialmente apresentada para o Sínodo Geral da IPA, bem como para todos os irmãos num culto geral da Igreja.

Dando início aos trabalhos, tive várias reuniões, e, assim expus meu planejamento estratégico para o Seminário da IPA em 2016. Estarei visitando todas as igrejas, congregações e ponto de pregações de Luanda, e passarei um tempo em cada uma delas. Reuni também com várias lideranças das sociedades internas para acertarmos os trabalhos e parcerias. Vale ressaltar que minha prioridade aqui será o Seminário. Em breve teremos a capacitação de professores para a EBD.

E, dando prosseguimento nas atividades, os obreiros das províncias estarão se deslocando para Luanda, assim, teremos uma formação/capacitação (intensivão teológico) durante todo o mês de Janeiro. No momento, estou preparando aulas, toda a organização juntamente com o Pr. André e Pr. Bento. Ajudem-nos em orações, existem muitos obreiros que precisam de recursos para o deslocamento, estão em lugares longínquos e muitas vezes inóspitos.

Enfim, hoje, o último dia do ano de 2016, gostaria de agradecer a Deus por tudo! E, também, a todos os irmãos (ãs), amigos, minha família que continuam comigo, sustentando-me, segurando às cordas em orações. À Igreja Presbiteriana de Manaus, aos meus líderes, meus pastores, o Conselho da IPM, grata pelas orações e sustento enviado; bem como a IPJT (Igreja Presbiteriana Jardim Tranquilidade – Garulhos – SP); e a Congregação Presbiteriana Suarão SP, grata pelas orações e ofertas enviadas.

Continuo pedindo suas orações por tudo: pela minha segurança, preciso urgente de um transporte, nos trabalhos a serem desenvolvidos no Seminário da IPA, que Deus nos fortaleça a cada dia, nos ajude, nos sustente em todo o tempo para glória dEle. Peço também que orem pela minha família. Ontem, meu irmão teve um livramento de morte, louvado seja Deus! Deus tem cuidado de nós!

Desejo a todos Um Feliz Ano Novo! Finda mais um ano, tempo de celebrações que despedem o ano velho, mas é também momento de reflexão, de ponderação e principalmente de gratidão. Deus nos presenteou com mais um ano que agora despedimos, e a Ele devemos agradecer pela generosidade e misericórdia infinita.  

Que em 2017 seja abençoando para todos nós!

 

Abraços

Miss. Eliane Machado.

 

 

Compartilhe esta postagem

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on twitter

Últimas postagens

Você pode contribuir para o Evangelho a qualquer momento com sua oferta.
Informativos