Skip to content

Luiz Fernando e Cláudia

Portugal, abril de 2021

 

“Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou; não vo-la dou como a dá o mundo. Não se turbe o vosso coração, nem se atemorize”. João 14:27

 

A Igreja em Colmeias

Quando se serve a um Deus tão grandioso e criativo, é impossível descrever seu imenso poder e soberania. Quis o Senhor receber, neste últimos tempos, louvor do seu povo através de colmeias. Quando participamos de reuniões e cultos ao Senhor através de plataformas como o Zoom e similares, a principio temos alguma dificuldade de entender que o culto está sendo feito em outro local e não estamos lá. O culto começa e termina em nossos corações e mentes. Portanto, é até possível que alguém esteja presencialmente no culto, mas sua mente esteja longe dali. A paz que Cristo nos dá é pessoal e intransferível. Não depende de circunstância nem de efeitos especiais. Não é como o mundo supostamente promete. Ele afirma: não se atemorize. Se esta crise passar, Ele estará conosco, se não passar, podemos continuar a descansar nEle. O seu Santo Espirito nos consola e faz companhia. Que Deus tenha misericórdia da sua igreja.

Atividades

Nestes tempos de excepcionalidades, temos nos servido bastante da ajuda da internet, através das reuniões virtuais pelo Zoom, Google meting, werbex. Etc.

Neste trimestre, temos pregado em algumas reuniões de SAFs, tal como da Fed. de SAFs Alto Caparaó. Pregamos também em 5 oportunidades para um grupo de irmãos brasileiros e portugueses que estão a viver na região de Cascais, aqui em Portugal. Em uma oportunidade na Igreja Presbiteriana de Itaguai, e também na Igreja Presbiteriana das Américas(RJ), e na Federação de mocidade da Paraiba (gravado em vídeo). Temos participado ativamente das reuniões de oração da base Europa, que acontecem todas as terças-feiras às 07:00 horas, e as quintas-feiras às 19:00, onde algumas vezes tenho sido convidado para trazer uma meditação aos nossos colegas da base.

Embora com muitas restrições ao contacto com idosos, tivemos a oportunidade de, guardando todo cuidado (máscara e álcool em gel), visitar a pelo menos 2 idosos que já acompanhamos a bastante tempo. Uma em sua própria casa e outra num Café. Louvamos a Deus por poder ser útil neste tempo de tanta restrição, pois foi motivo de grande alegria para os idosos e também para nós

DESEMPENHO NO CAMPO

No Centro de Convivência: no Projeto do Centro de Convivência para Idosos, ainda não podemos estar presencialmente com os nossos queridos idosos. Nestes últimos dias, o número de infectados com o coronavírus tem aumentado sobremaneira, e o Serviço Nacional de Saúde de Portugal tem sido bastante rigoroso quanto ao contato com os utentes dos lares de idosos. Normalmente, os cristãos tem buscado as redes sociais para cultuar ao nosso Deus, porém, com os idosos isto é sempre uma grande dificuldade. Muitos deles tem dificuldades de aceitar o culto on-line. Acham que o culto está acontecendo lá no templo e que eles estão distantes do culto. Continuamos a gravar vídeos reproduzindo todo nosso momento de culto onde eles já estão habituados. Ali cantamos, oramos por eles e pregamos a palavra. Enviamos para a direção do lar de idosos e eles tem apresentado para eles no data show. Recebemos o retorno da direcção de que eles têm gostado muito por ter este tempo de culto ao Senhor, como também de serem lembrados por nós nestes tempos difíceis. A Deus toda honra e toda a Glória.

No apoio Domiciliário: igualmente, o projecto ACTOS 2.47, de apoio domiciliário, teve que ser interrompido por se tratar de visitas aos idosos em suas casas. O que temos procurado fazer é entrar em contato telefônico regularmente com eles e ali conversamos bastante, lemos a Bíblia e oramos com eles. Temos visto a mão de Deus agir na vida deles, bem como também em nossas vidas, pois tem nos animado e abençoado neste tempo de confinamento. Quando possível, temos procurado encontrar algumas irmãs em locais aberto para um café.

MOTIVOS DE LOUVOR

Agrademos a Deus por nos eleger e enviar, mesmo sem ter qualquer mérito. Pelas lutas e provações onde sentimos sua doce presença. Por nos legar uma igreja que é apaixonada pelos perdidos. Por recebermos carinho e parceria de tantos irmãos que oram por nós

PEDIDOS DE ORAÇÃO

– Peço aos queridos irmãos que orem por minha esposa Cláudia, pela minha filha Liz, seu esposos e filhos, pelo meu filho Lucas, sua esposa e filha (ambos no Brasil), e meu filho Nathan (aqui em Portugal).

– Por Portugal e Brasil, para que este tempo de grande provação seja também de quebrantamento aos Deus único e verdadeiro

– Pelo Projeto do Centro de Convivência para Idosos, para que Deus continue a abrir portas e novos parceiros. Para que Deus nos use mais e mais em sua obra aqui em Portugal.

– Pela Igreja Cristã Presbiteriana de Portugal. Por novos obreiros para o campo.

– Para que a igreja no Brasil e em todo mundo jamais perca a paixão pelas almas perdidas.

– Pelos Brasileiros que chegam em grande quantidade a Portugal, e muitos passam por grandes dificuldades porque o desemprego tem aumentado de forma drástica em todo o pais.

Peço que orem para que Deus nos dê forças e saúde para levar a cabo todo trabalho que temos o privilégio de desenvolver aqui. Ele é fruto único e exclusivo da ação de Deus e sua soberania.

Deus tem nos abençoado sobremaneira. Agradeço a Deus pelos irmãos, pela fidelidade na intercessão e no sustento e pela companhia. Somos muito pequenos e limitados, porém nosso Deus é grande e soberano. Certamente recompensará a cada um segundo sua graça e misericórdia.

 

Em Cristo

Luiz Fernando e Cláudia

Compartilhe esta postagem

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on twitter

Últimas postagens

Você pode contribuir para o Evangelho a qualquer momento com sua oferta.
Informativos