Skip to content

João Calvino – O Reformador Missionário

João Calvino é conhecido por todos nós Reformados como a estrela de primeira grandeza na galáxia dos Reformadores, e o grande intérprete da Reforma do século XVI.

O calvinismo obteve força mundial desde os dias áureos da Reforma, mas Calvino tem sido interpretado, por outro lado, como o Reformador indiferente à causa missionária. Alguns o interpretam como um homem muito ocupado com as causas internas e polêmicas da Reforma, sem dar uma atenção especial aos pecadores perdidos entre as nações. Outros creem que há uma grande injustiça da parte de alguns quando acusam Calvino de não ter dado ênfase às missões.

Ele nunca escreveu um tratado específico sobre missões, todavia entendia, conforme expressa nas Institutas, que o objeto da obra da pregação do evangelho deveria ser “a todos os incrédulos de todos os lugares”. Ele entendia que a implantação e o avanço do reino de Deus apenas se dão quando o evangelho é pregado entre todas as nações.

Calvino insistia que os cristãos carregam a responsabilidade de espalhar o Evangelho. Ele afirma: “porque é nossa obrigação proclamar a bondade de Deus para todas as nações… a obra não pode ser escondida em um canto, mas proclamada em todos os lugares”.

Embora Deus pudesse ter usado outros meios, Ele escolheu “empregar a ação de homens” para a pregação do Evangelho. Pelo fato de entender que o catolicismo é o próprio paganismo, onde houvesse um católico o evangelho deveria ser pregado, especialmente na Europa.

Seus comentários estão repletos de referência a respeito da necessidade de a igreja clamar ao Senhor para que envie obreiros à sua seara. Historiadores honestos afirmam que João Calvino enviou centenas de missionários para a França, para o resto da Europa e para a América. Ele mesmo estava em Genebra, cantão francês, como missionário convidado por Farel.

A Academia de Calvino em Genebra foi interpretada como sendo “um centro de treinamento missionário”. Os doutores preparados na Academia foram enviados especialmente para o mundo romanista do continente europeu. Em 1544, uma delegação da igreja reformada da Bélgica foi até Genebra para solicitar a Calvino que lhes enviasse um missionário reformado para a sua terra devido ao grande paganismo existente lá.

Em 1556 João Calvino enviou dois pastores missionários, um de 50 e outro de 30 anos, para acompanhar um grupo de Huguenotes que veio ao Brasil para a Baía da Guanabara, a fim de trabalhar entre os índios Tupinambás. Chegaram dia 7 de março de 1557 e realizaram o primeiro culto evangélico em 10 de março, a seguir, em terras brasileiras. Cantaram naquele dia o hino que interpreta o Salmo 5 “A minha voz ó Deus atende” (122 do H.P). Alguns foram assassinados brutalmente, mas o sangue desses mártires foi a primeira semente em nossa terra para o nascimento da igreja cristã reformada.

Como é denominado de “O teólogo do Espírito Santo”, deixar de se envolver com a obra missionária seria um verdadeiro contrassenso. Por volta de 1542, a Genebra de Calvino tornou-se um centro de refúgio. Protestantes de toda a Europa iam à Genebra para refugiar-se da perseguição religiosa. Em 1555, a população de Genebra duplicou. O próprio Calvino tinha prazer em abrigar esses refugiados. Isso revela seu coração missionário.

John Knox, pai do presbiterianismo histórico, foi um desses que recebeu toda a influência de Calvino sobre sua vida. Por meio de sua Academia preparou centenas de doutores e os entregou a várias nações europeias para a pregação do evangelho. Países que receberam a influência missionária de Calvino: Holanda, Escócia, Inglaterra, Hungria, Polônia e outros; e, na América, Brasil.

Somos hoje herdeiros da Reforma calvinista. Ser calvinista significa ter também um coração missionário. O mundo inteiro recebeu influência da pregação e dos ensinos de João Calvino. Nossa pergunta é: quem influenciou mais o mundo do que Calvino na expansão do evangelho? Ensina-se missões fazendo missões.

Rev. José João de Paula

Compartilhe esta postagem

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on twitter

Últimas postagens

Você pode contribuir para o Evangelho a qualquer momento com sua oferta.
Informativos