Skip to content

Discurso da Paraninfa da turma do CFM 2012

 

É a primeira vez na minha vida que sou convidada para ser Paraninfa de uma turma. Mas afinal de contas, o que é um paraninfo? Encontrei, rapidamente, graças ao Santo Google, algumas definições: 

  1. É o padrinho da turma e quem, formalmente, recomendará o bom desempenho dos formandos perante à sociedade, nas funções que porventura vierem a exercer. O paraninfo é a pessoa que conduz os formandos na entrada do salão, e entrega os certificados aos seus afilhados. Ele também deverá proferir mensagem formal na solenidade de Colação de Grau, não podendo, sob qualquer hipótese, ultrapassar o tempo limite de dez minutos.
  2. O paraninfo é o professor a quem incumbe a última lição e o amigo a quem cabe o primeiro conselho. Ele é como uma madrinha….
  3. Pegue o professor que mais gosta…
  4. Paraninfo, do grego paraninphun, significa padrinho. É o professor que a turma de formandos escolhe entre todos aqueles que lhes ensinaram ao longo do curso. Ele faz um discurso para seus pupilos, seus afilhados, como se fora uma última lição e
  5. O primeiro de tantos conselhos que receberão ao longo de sua vida profissional.
  6. O nosso paraninfo ofereceu um almoço pago por ele, mas poderia ter sido um jantar, coquetel. É um modo de retribuir o convite dos alunos e mostrar a amizade dele para com a turma.

Bom, resumindo a história, então é assim: sou a madrinha de vocês, posso falar no máximo 10 minutos e preciso dar-lhes o primeiro conselho para a nova fase de suas vidas.

O maior dos teólogos puritanos, John Owen, certa vez, foi inquirido pelo Rei Charles, sobre o que o motivou a se dar ao trabalho de ouvir o funileiro, leigo e iletrado John Bunyan pregar, e a resposta foi: “Eu trocaria toda minha erudição pelo poder que o funileiro tem de tocar nos corações das pessoas”.

Outro pregador memorável, David Brainerd, viveu apenas 29 anos, 5 meses e 19 dias. Somente 8 anos como crente e somente 4 como missionário. Por que, então, sua vida causou e causa tanto impacto até hoje? Por que John Wesley disse que todo pregador deveria ler cuidadosamente o diário de Brainerd? Por que Willian Carey considerou a vida de Brainerd como preciosa e santa? 

Segundo John Piper, a resposta a essas perguntas é simples “a vida de Brainerd é um testemunho vívido e poderoso de que Deus pode e usa santos fracos, doentes, desanimados, surrados, solitários e lutadores, que clamam a Ele dia e noite, para realizar coisas surpreendentes para a Sua glória.”

Bianca Madeira Bomfim Inawashiro

Charles Kenny Monteiro de Souza

Cleber Macedo de Oliveira

Diogo Inawashiro

Elmer Victor Laura Quiñones

Jânio Aparecido Ciritelli

Jéssica Taylor de Oliveira

Luiz Fernando Machado Gomes

Magali Cristina Fidelix

Ronaldo Ferreira André

Thiago Henrique Alves Espírito Santo

Cada um de vocês tem particularidades que os definem em relação aos demais. Cada um tem seu ponto forte e dons e talentos únicos concedidos por Deus para que sejam exercidos. Foi excelente a nossa caminhada até aqui. Em breve, espero, estaremos todos servindo juntos na APMT, como colegas missionários, sendo essa a vontade de Deus.

Busquem dentro de si mesmos, com a assistência do Espírito, o que devem fazer, quando, onde e como. São quatro questionamentos básicos e fundamentais, que nortearão suas vidas no campo missionário. Nada menos que isso. Se souberem o que devem fazer, mas errarem quanto ao quando e onde, haverá problemas. Se souberem onde ir, mas não discernirem quando e como, também não haverá êxito. Simplesmente derramem-se diariamente na presença Santa de Deus Pai e colham os excelentes frutos que Ele vos dará. 

Sintam-se individualmente abraçados, neste momento. Vocês estarão sempre em meu coração e orações.

 

Paraninfa Ms. Mônica Guimarães de Mesquita

Compartilhe esta postagem

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on print

Últimas postagens

Arquivo

Arquivos

Você pode contribuir para o Evangelho a qualquer momento com sua oferta.
Informativo