Como ser um voluntário

PROPÓSITO DA APMT 

Criar, coordenar, dirigir e administrar toda e qualquer obra missionária ligada à Igreja Presbiteriana do Brasil em contexto transcultural, dentro ou fora do Brasil, visando à implantação do Reino de Deus na Terra e a organização de igrejas genuinamente cristãs, de fé reformada presbiteriana, respeitando as peculiaridades culturais de cada povo e etnia.

MISSÃO 

Contribuir, em caráter voluntário, para o desenvolvimento das atividades dos campos missionários.

RECURSOS HUMANOS 

Os voluntários deverão ter motivação pelo trabalho, qualificação, experiência, disponibilidade, flexibilidade na adaptação local e no trabalho em equipe, equilíbrio emocional para envolver-se em situações de calamidades e estar em boas condições físicas.

RECURSOS MATERIAIS

Estarão sujeitos à necessidade e realidade de cada região em que a equipe irá atuar.
A APMT, juntamente com os esforços dos voluntários, irá buscar contribuições para equipagem das áreas de carência.

RECURSOS FINANCEIROS 

– Cabe ao participante levantar todos os recursos necessários para o custeio da sua viagem ao campo.
– Os voluntários não serão remunerados.

POLÍTICA DE PESSOAL 

Os voluntários deverão:

– Submeter-se as normas e a liderança da APMT;
– Ser membros ativos da Igreja Presbiteriana do Brasil;
– Ter a recomendação por escrito do pastor, Conselho ou Presbitério;
– Ter atitude de humanidade, imparcialidade, neutralidade, voluntariado, serviço e unidade na visão.

PRAZO 

O tempo de serviço prestado poderá ser de 15 a 30 dias. Casos especiais serão estudados com a equipe local.

BENEFICIÁRIOS 

– A comunidade assistida pelos voluntários.
O voluntário deverá entrar em contato direto com o missionário da APMT que está em campo, a fim de buscar maiores informações. O local e o período do trabalho voluntário serão definidos pelo missionário local.

ALGUMAS CONSIDERAÇÕES 

– A APMT atuará como uma ponte entre a equipe de voluntários e o missionário local, podendo, se necessário, fornecer aos voluntários o contato dos missionários e informações dos campos.
– A APMT não se responsabilizará pela formação (criação) da equipe de voluntário.
– A APMT não levantará recursos financeiros para o sustento e eventuais despesas de viagem.
– Não será permitido trabalho voluntário em campos de risco (que comprometam os nossos missionários)