Skip to content

CE-SC intercede pelos missionários transculturais enviados pela IPB

 

Por Emma Castro 

 

Na quinta-feira, 21 de março passado, durante a reunião da CE-SC/IPB (Comissão Executiva do Supremo Concílio da Igreja Presbiteriana do Brasil) foram apresentados os missionários que em breve seguirão para campos transculturais em diferentes países, como Espanha, Afeganistão, Timor Leste entre outros.

O Rev. Obedes Jr., presidente da APMT, apresentou os missionários presentes no plenário, mencionando o país onde cada um deles estará atuando.A seguir, oRev. Roberto Brasileiro, presidente do SC/IPB se dirigiu a cada um deles destacando a importância do trabalho que irão realizar. Ele se emocionou quando falou de uma das missionárias que cursou o IBEL (Instituto Bíblico Eduardo Lane), que está concluindo o curso de Enfermagem na Cruz Vermelha, em São Paulo, e que em breve seguirá para o Afeganistão.

O presidente convidou todo o plenário para se colocar de joelhos e clamar ao Senhor por todos os missionários que atuam em diferentes lugares ao redor do mundo.

O Rev. Clóvis Falcão, que atua como missionário entre imigrantes hispânicos, na cidade de São Paulo, disse: “Participar deste momento, desta reunião, é um privilégio. É uma honra sermos abençoados pelo Eterno através da liderança que Ele mesmo levantou e constituiu no seio da nossa amada igreja”.

A missionária LM* afirmou que depois de 15 anos se preparando para ir ao Afeganistão, participar deste momento é mais uma confirmação do seu chamado para servir nesse campo. Emocionada, acrescentou que o momento de intercessão de toda a liderança que representa a IPB era um sonho que se fez realidade. “Espero das igrejas brasileiras o apoio incondicional. Pela graça de Deus gostaria de reunir pelo menos cinquenta igrejas intercessoras comigo, parceiras no ministério, que me conheçam, que saibam quem eu sou e estejam orando por mim”, enfatizou a missionária.

O Rev. Marcos Agripino, executivo da APMT, manifestou que se sente extremamente honrado em participar deste momento histórico em que os missionários são apresentados ao plenário, que de joelho orou, enviando-os aos campos. Para o executivo, este momento permite que a liderança conheça o avanço da obra missionária em contexto transcultural dentro e fora do Brasil. “Foi um momento muito abençoador, enriquecedor e de comoção do plenário. Foi um tempo de sensibilidade dada pelo Espírito Santo, um tempo que em meio a tantas reuniões burocráticas, protocolares e outras, foi reservado para refletirmos sobre o avanço da igreja e sobre aqueles que são enviados. Em 153 anos da história da IPB, nunca tivemos um crescimento tão significativo de missionários sendo enviados pela Igreja” explicou o executivo.

Durante o diálogo no plenário, depois da leitura do relatório anual da APMT, o qual foi aprovado com vários destaques sobre o avanço missionário, o Rev. Ludjero Bonilla, Secretário Executivo do SC/IPB sugeriu acrescentar-se um adendo ao relatório, com um pronunciamento oficial da Igreja, representada pelo plenário da Comissão Executiva do Supremo Concílio, sobre a situação dos missionários Rev. José Dílson da Silva, da APMT eZeneide Novais, da missão Servos, detidos no Senegal desde o dia 6 de novembro de 2012, que será enviado ao Governo Federal do Brasil e também ao Governo Federal do Senegal.

Finalmente, o Rev. Agripino desafiou a Igreja a continuar engajada na causa missionária porque a missão da igreja é anunciar da Glória de Deus em todas as nações.“Sobre aqueles que têm compromisso com a obra missionária, é necessário que sejam encaminhados à APMT, para caminharmos juntos, pois mesmo recebendo um bom número de candidatos, nos últimos anos, ainda não podemos atender a demanda dos campos ao redor do mundo”, concluiu o executivo.

 

*LM – Por segurança não falamos o nome da missionária que atuará em área de perseguição.

 

Compartilhe esta postagem

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on twitter

Últimas postagens

Você pode contribuir para o Evangelho a qualquer momento com sua oferta.
Informativos