Rev. Everton Pita e Nayra (Espanha) 16/03/2019


Queridos irmãos em Cristo,

É sempre uma satisfação escrever aos amados, compartilhando tanto as bênçãos recebidas das mãos de Deus bem como as necessidades da família missionária e da igreja aqui em Sevilha.

Primeiramente, falemos sobre a família.

O nosso filho Leandro continua em Madri, fazendo cursos de especialização e procurando se estabilizar profissionalmente. A situação de trabalho ainda continua bem complicada especialmente em sua área, arquitetura, pois não tem muito trabalho disponível pelo pouco investimento na área da construção civil. O Leandro está pensando em ir a outro país em busca de trabalho, por favor pedimos que orem por isso.

A nossa filha Ruth está bem e muito feliz em sua tarefa de mãe com o Daniel que, por sinal tem crescido bastante e, como toda criança, sempre tem os seus resfriados. A Ruth tem buscado trabalho como fisioterapeuta, pues a situação econômica dela e do Alejandro é bem limitada. Damos a graças Deus pelos seus fiéis mantenedores do Brasil que têm sido uma bênção na vida deles e Nayra e eu seguimos ajudando economicamente aos dois. Tem sido difícil porque o câmbio está muito alto. Temos visto a mão de Deus dando-lhes o necessário. O Alejandro, nosso pastor auxiliar, está se preparando para tentar conseguir algumas aulas de religião evangélica nas escolas públicas de Sevilha. Segundo as exigências da Delegação de Ensino de Andaluzia, para ser professor necessita um mestrado oficial, além dos cursos de teologia e de ensino religioso e ele está tentando terminar agora em junho esse mestrado oficial. O casal tem sido uma bênção nosso meio, ocupando-se do grupo de louvor, do trabalho com os adolescentes e jovens, no estudo bíblico da quinta-feira e nas visitas, etc., ou seja, tem sido um grande companheiro e apoio indispensável no trabalho pastoral.

Em segundo lugar, falemos da igreja, onde estamos vivendo uma época bastante intensa, graça a Deus, motivo pelo qual temos escrito menos cartas aos amados irmãos. Por favor nos perdoe! A intensidade do trabalho se deve:

 chegada de novas pessoas e a necessidade de discipular para recebê-las como membros comungantes. Estamos com o projeto de formar e treinar uma equipe de

discipulado.
 

Ao trabalho quinzenal na residência dos idosos.


Às reuniões de oração e estudo bíblico que têm sido muito bem frequentadas, graças a Deus. Ressaltamos o número maravilhoso de irmãos que têm vindo orar nas terças-feiras, momento chave na vida espiritual da igreja.

Ao preparo cuidadoso com as mensagens dominicais. Estamos fazendo uma
série de estudos sequenciados sobre “A Igreja, Corpo vivo de Cristo”. Dentro
da temática, estamos estudando os dons espirituais, porém tivemos que dar
um preparo prévio do assunto, explicando o que é a igreja, a diferença entre
talentos e dons espirituais, etc. Tem sido uma experiência maravilhosa, pois os irmãos estão muito interessados, graça a Deus.

As visitas pastorais têm aumentado e temos feito, Alejandro e eu, a santa ceia na casa dos irmãos que não podem ir à igreja por motivo de saúde como é o caso de uma senhora, Carmem, de 87 anos. 


Ruth continua com os adolescentes na escola bíblica dominical e a Nayra com as crianças. 


Estamos preparando o 3o acampamento de verão da igreja, cuja data será de 17 a 20 de julho. Para isso já temos vários inscritos e estamos orando também pela vinda de um grupo de aproximadamente 15 irmãos da Igreja Presbiteriana das Graças, em Recife. Esse grupo ficará duas semanas por aqui, onde nos ajudará no acampamento e depois fará atividades evangelísticas por Sevilha, seja em parques municipais, centro e na própria igreja. Será um enorme desafio e estamos torcendo para que Deus abra as portas e levante os recursos para que os irmãos possam vir e nos ajudar com o seu testemunho. Desde já agradecemos à amada 
Graças pelo carinho, empenho e apoio! 


O pastor Juan, membro da Igreja começou o ponto de missões em Guillena, cidade próxima 
a Sevilha. É um projeto dele junto ao Sínodo Nacional da nossa denominação. Ele é membro comungante da igreja a 9 anos e sempre levou em seu coração o desejo de começar um trabalho nessa cidade, pois vive bem perto. A igreja tem orado por esse desafio e pelos casais que têm que Deus tem levantado ali. O pastor Juan é espanhol, é um pastor antigo, experiente e, atualmente, é membro do nosso sínodo ocupando a função de secretário. 


No dia 27 de abril, teremos um novo encontro da APPEN, o que seria a APEC aí no Brasil. Esse encontro será realizado em nossa igreja e dirigido pelo grupo da APPEN que nesse ano os estudos serão voltados para o trabalho com crianças nas praças, parques, etc. 


Considerando a situação de desemprego de algumas famílias da igreja, voltamos a atuar com a obra social, claro que diferente de antes, porém estamos incentivando os irmãos a fazerem parte dessa obra mediante a colaboração com alimentos não perecíveis. A Igreja não tem recursos econômicos para cobrir tantas necessidades que têm aparecido. 
Com tantas atividades, reconhecemos que o inimigo das nossas almas não está nada satisfeito e tem lançado as suas setas de fogo para desanimar e desequilibrar o trabalho.

 

Por favor orem pelos seguintes pedidos: 


  1. Pelos projetos em andamento mencionados acima; 

  2. Pelo aconselhamento pastoral que tem sido um verdadeiro desafio, considerando o aumento 
de pessoas que nos tem procurado e pelos dois casos gravíssimos de duas pessoas que estão chegando na igreja. Essas pessoas, colocadas por Deus no caminho da Igreja, merece que dobremos os joelhos e oremos para que sejamos usados para gloria e louvor do Senhor. 

  3. Pela saúde física dos irmãos, complicado com o fim do inverno e o aumento o número de casos de gripe, de alergias pelo pólen, etc. 

  4. Pela situação econômica do país que tem sofrido pela instabilidade política atual. 

  5. Pelas famílias da igreja e pela educação dos filhos. Vivemos uma época tremenda, onde os filhos estão perdendo o respeito pelos pais em consequência da falta de estrutura familiar que na verdade está voltada mais para o materialismo que para as coisas de Deus. Tal contexto afeta diretamente a igreja, especialmente aqueles que querem viver debaixo do senhorio de 
Cristo. 

  6. Começamos a oferece um café da manha no domingo antes do culto, com o objetivo de desenvolver a comunhão. Tem vindo poucos, porém o número tem crescido.

Queridos, queremos agradecer as suas orações e, para os mantenedores, agradecemos também a fidelidade no envio das ofertas mensais. Reconhecemos o esforço e a dedicação dos amados e oramos, diariamente, para que Deus os abençoe. Queremos ser bênçãos na vida da igreja de cada um de vocês.

Recebam o nosso carinho e o forte e saudoso abraço.

 

Em Cristo.
Pr. Everton e Nayra.

 

Comentários