Rev. Charles e Sheila Sousa (Nepal) 15/10/2018


A Paz do Senhor, irmãos!

Esperamos que todos estejam bem. Nossa família está bem, graças a Deus. Nossas filhas estão crescendo, saudáveis e neste ano tivemos a grande alegria de ter a minha filha mais velha, Elis, aqui conosco, ela mora em Salvador/BA.

Pela graça de Deus, continuamos com o nosso grupo de oração por missões e missionários aqui em casa. Somos três famílias e nos reunimos a cada quinze dias para orarmos especificamente pelos missionários que conhecemos e que estão no campo. Nesses encontros e em outros momentos Deus tem falado conosco sobre confiança. Cremos que, apesar da aparente demora em chegarmos ao Nepal, Deus tem tratado e cuidado de nós. Às vezes, frustrações e preocupação batem à porta, mas Deus é sábio e tem nos encorajado a crer, com paciência.

Graças a Deus, tivemos uma boa agenda de divulgação no mês de agosto e início de setembro. Visitamos diversas igrejas, na região metropolitana de São Paulo e interior, além de Imbituba/SC. Foi um tempo muito bom, apresentando o projeto e pregando a palavra de Deus.

Recentemente mandamos fazer a tradução juramentada dos nossos documentos, pois precisamos de tudo em Inglês no Nepal. Tudo foi encaminhado e já está pronto, chegando em poucos dias. Em breve, faremos novos passaportes e daremos entrada nos vistos. Também começamos a fazer troca de câmbio da poupança para nossa mudança.

Ainda não definimos a data de nossa partida, faremos isso à medida que os alvos avançarem. Temos mantido contato com irmãos no Nepal em busca de suporte e orientação, e esperamos que Deus nos dê novos parceiros, pois nosso sustento mensal ainda
não está completo. Motivos de louvor sempre temos: pela saúde,
graças a Deus, estamos realmente bem; pelas bolsas de estudos
no Mackenzie, que têm sido um diferencial, a Clara se formará esse
ano no Fundamental I, cremos que fechar este ciclo é muito
importante para ela e a Sheila está no mestrado em Letras; pela agenda que nos deu no mês de agosto, as visitas às igrejas foram muito importantes para nós; pelas ofertas que nos ajudaram a resolver pendências financeiras e a reservarmos para a viagem - isso também é motivo de gratidão a Deus; pela igreja que temos frequentado, Igreja Presbiteriana Gileade, que se tornou nossa mais recente parceira.

Mais uma vez, queremos expressar nossa gratidão a cada um de vocês que tem sido fiel a Deus e tem nos abençoado. Nós cremos que Deus está agindo e que no momento certo nos colocará no campo que ele tem separado para nós. Muito obrigado porque vocês têm insistido em andar conosco, certamente Deus tem usado vocês. Por isso, nossa oração é que o Senhor mova em cada um de vocês para que a sua vontade seja realizada em todo tempo. E que a graça do nosso senhor Jesus Cristo, o Amor de Deus, nosso eterno Pai e a consolação do Espírito Santo sejam sobre todos os seus eleitos, para que ele seja glorificado em tudo.

Gostaríamos de compartilhar os seguintes pedidos de oração:

a) NEPAL:
• Ore pela nação e pela Igreja Perseguida no Nepal. Para que, apesar da inconstância do

governo, a igreja consiga testemunhar de Cristo.
• Interceda pelos governantes e autoridades. Peça a Deus que ilumine aqueles que têm poder

sobre outros, para que sejam justos em suas decisões. Peça também para que Deus haja nas mudanças que têm ocorrido sob o governo comunista;

• Clame a Deus pelos novos convertidos, principalmente os que deixam o hinduísmo e são perseguidos pela família e comunidade. Coloque diante de Deus o futuro e a vida deles.

 

b) Direção de Deus (e data) para nossa mudança para o Nepal;
c) Por direção de Deus para o Projeto de Pesquisa da Sheila (Mest.);

d) Por mais parceiros e recursos financeiros para nossa mudança e sustento;

e) Pela documentação necessária, especialmente pelos vistos;
f) Saúde do pai da Sheila, Sr. Geremias, que está com leucemia, e por sua avó, D. Alzira, que tem idade muito avançada e está adoentada

SR.GEREMIAS E D. EDNA COM AS NETAS, CLARA E LORENA.

 

Esdras 8:22b

boa mão do nosso Deus é sobre todos aqueles que o buscam.

 

Rev. Charles, Mis. Sheila, Clara e Lorena.

 

Comentários